Patologia na criança e no adolescente

1.801 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.801
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
32
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Patologia na criança e no adolescente

  1. 1.  Luxação Congênita do Quadril (Displasia Acetabular) Doença de Legg-Perthes-Calvet EpifisióliseProf° André MontilloUVA
  2. 2. Patologia
  3. 3. Evolução FisiológicaA Partir dos 4 anos de idadehaverá uma Obstrução da Artériado Ligamento Femoral, queretornará a sua vascularizaçãonormal a partir do 10 anos
  4. 4. EPIFISIÓLISEProf° André Montillo
  5. 5. DEFINIÇÃO:CONDROPATIA CONJUGALPROXIMAL DO FÊMURDeterminando um Enfraquecimento da PlacaFisária, que Resulta em um DeslocamentoProgressivo, Antero-Lateral, do Colo Femoral emRelação à Cabeça Femoral
  6. 6. ETIOLOGIA: IDIOPÁTICA MULTIFATORIAL: FATOR GENÉTICO FATOR BIOMECÂNICO FATOR INFLAMATÓRIO FATOR HORMONAL
  7. 7. FATOR GENÉTICOOCORRÊNCIA FAMILIAR, FREQUENTEPRINCIPALMENTE ENTRE IRMÃOS
  8. 8. FATOR BIOMECÂNICOASSOCIAÇÃO COM TRAUMAALTA FREQÜÊNCIA EM PACIENTES OBESOS
  9. 9. FATOR INFLAMATÓRIOPRESENÇA DE UMAIMUNOGLOBULINA (IGg), NOLÍQUIDO SINOVIAL DO QUADRILPATOLÓGICO E O IMEDIATODESAPARECIMENTO DESTA IGg,APÓS O TRATAMENTOCIRÚRGICO DA EPIFISIÓLISE(EPIFISIODESE)
  10. 10. FATOR HORMONALINFLUÊNCIA DOS HORMÔNIOS DOCRESCIMENTO (HC) E SEXUAL (HS) SOBRE APLACA DE CRESCIMENTOS (PLACA FISÁRIA) Hormônio do Crescimento: Negativamente Hormônio Sexual: PositivamenteÀ NÍVEL DOS RECEPTORESDA PLACA FISÁRIA
  11. 11. EPIDEMIOLOGIA: FAIXA ETÁRIA: 10 à 16 Anos SEXO: MASCULINO 2:1 FEMININO BIOTIPO: ADIPOSOGENITAL LADO: 70% UNILATERAL30% BILATERAL
  12. 12. FISIOPATOLOGIA: Alteração Estrutural da Placa Fisária:Fatores Etiológicos Enfraquecimento da Placa Fisária Forças Musculares Fisiológicas à Nível doColo Femoral Deslocamento Progressivo, Antero-Lateral, do Colo Femoral em Relação àCabeça Femoral
  13. 13. EpifisiólisePatologia
  14. 14. PATOLOGIA: Perda da ORGANIZAÇÃO COLUNARda CAMADA PROLIFERATIVA Alargamento e Irregularidade da PlacaFisária Deslocamento do Colo Femoral a Nívelda Fise Entre as CAMADAS:PROLIFERATIVA E HIPERTRÓFICA Edema e Fibrose da Sinóvia
  15. 15. Patologias do Quadril InfantilEpifisiólise: Doença da Placa deCrescimento Proximal do Fêmurcom a Perda do Aspecto Colunardas CélulasEnfraquecimento da Placa Fisária
  16. 16. Patologias do Quadril InfantilEpifisiólise: Doença da Placa deCrescimento Proximal do Fêmurcom a Perda do Aspecto Colunardas CélulasEnfraquecimento da Placa FisáriaEscorregamento Progressivo daMetáfise FemoralIdade: 11 aos 15 anos
  17. 17. QUADRO CLÍNICO: Claudicação Dor em Região Inguinal e Face internada Coxa Limitação da Abdução do Quadril Limitação da Rotação Interna doQuadril Flexão do Quadril com Rotação Externa Membro Inferior Encurtado e RodadoExternamenteDOR NO JOELHO
  18. 18. EpifisióliseQuadro Clínico
  19. 19. EpifisióliseQuadro Clínico
  20. 20. EpifisióliseQuadro Clínico
  21. 21. EpifisióliseQuadro Clínico
  22. 22. EpifisióliseQuadro Clínico
  23. 23. EpifisióliseQuadro Clínico
  24. 24. DIAGNÓSTICO PORIMAGEM Radiografia Simples Tomografia Computadorizada Ressonância Magnética
  25. 25. RADIOGRAFIA SIMPLES:RX PANORÂMICO DE BACIA:AP / LOWENSTEINAvaliar SEMPRE os 2 QuadrisAvaliar o Grau de DeslizamentoDetectar Deslizamento ConcomitanteContralateral
  26. 26. RADIOGRAFIA SIMPLES:ACHADOS RADIOLÓGICOS:Alargamento da FiseIrregularidade da FiseRarefação MetafisáriaDeslocamento do Colo Femoral àNível da Fise ( LINHA DE KLINE)
  27. 27. EpifisióliseDiagnóstico Radiológico
  28. 28. EpifisióliseDiagnóstico Radiológico
  29. 29. EpifisióliseDiagnóstico Radiológico
  30. 30. EpifisióliseDiagnóstico Radiológico
  31. 31. EpifisióliseDiagnóstico Radiológico
  32. 32. EpifisióliseDiagnóstico Radiológico
  33. 33. EpifisióliseDiagnóstico Radiológico
  34. 34. EpifisióliseDiagnóstico Radiológico
  35. 35. EpifisióliseDiagnóstico Radiológico
  36. 36. EpifisióliseDiagnóstico Radiológico
  37. 37. EpifisióliseDiagnóstico Radiológico
  38. 38. EpifisióliseDiagnóstico Radiológico
  39. 39. EpifisióliseClassificação Radiológica
  40. 40. TRATAMENTO:SEMPRECIRÚRGICO
  41. 41. TRATAMENTOCIRÚRGICO: EPIFISIODESE:FIXAÇÃO “IN SITU”Material de Osteossíntese RosqueadoParafuso EsponjosoInstalar o Implante no Centro da FiseEvitar Instalar o Implante no QuadranteAntero-Superior
  42. 42. EpifisióliseTratamento Cirúrgico: Epifisiodese
  43. 43. EpifisióliseTratamento Cirúrgico: Epifisiodese
  44. 44. EpifisióliseTratamento Cirúrgico: Epifisiodese
  45. 45. EpifisióliseTratamento Cirúrgico: Epifisiodese
  46. 46. EpifisióliseComplicação: Artrose Precoce
  47. 47. EpifisióliseComplicação: Artrose Precoce
  48. 48. EpifisióliseComplicação: Artrose Precoce
  49. 49. EpifisióliseComplicação: Artrose Precoce
  50. 50. DOENÇAS DO QUADRIL DACRIANÇA E ADOLESCENTELUXAÇÃO CONGÊNITADOENÇA DE LEGG-PERTHESEPIFISIÓLISEDIAGNÓSTICO PRECOCETRATAMENTO ADEQUADOQuadrilPatológicoQuadrilSadio

×