Manual de orientação

175 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
175
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Manual de orientação

  1. 1. Sou Hipertenso E agora? MANUAL DE ORIENTAÇÃO A PACIENTES HIPERTENSOS SSIIPPAATT
  2. 2. O que é Pressão Arterial ? O coração bombeia o sangue para os demais órgãos do corpo por meio das artérias. Quando sangue é bombeado, praticamente é “empurrado” contra a parede dos vasos sanguíneos. Esta pressão nas artérias é denominada Pressão Arterial. O que é Hipertensão ? É a elevação da pressão arterial (pressão do sangue contra a parede das artérias).Esta elevação depende dos níveis, que se superior aos considerados normais (14/9), por um longo período (tempo) podendo gerar complicações. Isso acontece porque os vasos onde o sangue circula se contraem, fazendo com que a pressão do sangue se eleve. Para que você entenda, melhor, compare o coração e os vasos a uma mangueira aberta, saindo água normalmente. Se dobrarmos a mangueira, a pressão irá subir. Desta maneira quando o coração bombeia o sangue os vasos estão estreitados, a pressão dentro deles também tende a aumentar. 7) Os medicamentos não podem ser esquecidos. Cabe aos familiares vigiarem para que os remédios sejam tomados no horário certo. 8) Os remédios, por mais caros que sejam, NECESSITAM ser tomados. Alguns deles, já estão comercializados como genéricos ou fornecidos na Secretaria da Saúde, mediante receita médica e cadastro junto ao órgão. Procure se inteirar. 9) Nos primeiros dias de tratamento acompanhe o paciente. É seguro e eles gostam e se sentem mais protegidos. 10) Faça disto um hábito diário, uma rotina! Lembre-se: O apoio da família com as orientações da equipe de saúde, terão um retorno mais rápido para a melhora da nova vida do paciente. CENTRO UNIVERSITÁRIO FRANCISCANO-UNIFRA ACADÊMICAS DO 4º SEMESTRE / AGOSTO 2004. ACADÊMICA: Isabel Carolina Cechin COLABORADORES: Dayanna Casaes Magliani Machado PATROCINADORES: SSIIPPAATT - Semana Interna de Prevenção de Acidentes.
  3. 3. Os 10 mandamentos do Hipertenso: (família com o paciente) 1) Desde a 1ª consulta, acompanhe o paciente. Não tenha medo pois nada será pedido em troca, a não ser a compreensão. 2) Converse com o médico. Esclareça algum dado que não foi bem entendido. Pergunte e participe! 3) Procure entender que o paciente está passando por uma fase difícil. Discussões menores, agora, assumem proporções imensas. E entendendo desta forma, você não vai feri-lo. 4) Alguns pacientes negam até para si mesmo que estão doentes. O papel da família é não permitir que isto continue de forma irresponsável (consultas desmarcadas, dieta errada, medicamento interrompido), e sim, de forma afetiva (porém firme), mostre o quanto o paciente é importante à família, para seus amigos, seus filhos, netos e que todos esperam colaboração no tratamento. 5) Existem pacientes deprimidos, e a depressão corrói com o indivíduo, de tal forma que as esperanças vão diminuindo a cada dia. Cabe a você, nestas horas, estar ao lado do paciente, não se omitir, mesmo que a realidade seja ruim, ela precisa ser vivida! Vigie o paciente para que não aconteçam “acidentes”. Para a maioria, este estado é uma etapa, para outros demoram um pouco mais, então cabe a você ser o elo de ligação com a equipe de saúde. 6) Se a fome desaparecer, fale ao médico. Não entenda que o paciente não come porque não aceita a dieta. Isto não é verdade e prejudica o andamento do tratamento podendo levar o paciente à desnutrição! Existem formas de contornar este problema. Quais são os sintomas? A maioria das pessoas que tem hipertensão não apresentam sintomas. Por isso, também é chamada de “assassino silencioso”. Sendo ela a principal causa de insuficiência cardíaca, ataques, doenças dos rins. Quando presentes: Dor de cabeça; Dor na nuca Sangramento nasal; Tontura; Palpitação. Sintomas que demonstram o compromentimento de outros órgãos: Dor no peito; Alterações visuais; Inchaço; Falta de ar; Palidez; Problemas renais; Dores nas pernas. Quando a PA está elevada, prolongada e não controlada (causas): Angina; Infarto; AVC (Acidente Vascular Cerebral, “Derrame”). Portanto, para evitar estes problemas deve-se procurar um médico IMEDIATAMENTE!!!
  4. 4. Por que as pessoas tem pressão alta? Ela é uma doença crônica (que dura a vida toda), mas pode ser tratada, não curada. Não se conhece exatamente uma causa de sua origem, mas sabe-se que pode ser hereditária ou por hábitos inadequados de vida. Quando a causa for hereditária, é importante o cuidado com os demais membros da família (filhos, netos). Quais são os hábitos adequados de vida? Aproveitar os momentos de lazer; Praticar exercícios regularmente (ser fisicamente ativo); Evitar o excesso no consumo de bebidas alcoólicas; Evitar o fumo; Evitar uma alimentação desequilibrada; Evitar o excesso de peso. Como tratar a pressão alta? O tratamento para pressão alta dura a vida toda. Deve ser realizado com medicamentos que ajudam a controlar os níveis da pressão, junto de hábitos saudáveis. É importante tomar corretamente a medicação prescrita pelo médico e seguir corretamente as instruções fornecidas pelos profissionais de saúde (Enfermagem). Orientações Nutricionais Evite alimentos gordurosos; Escolha margarina e queijo sem sal; Alimentos enlatados, antes de serem consumidos devem ser retirados da lata e enxaguados com água corrente por várias vezes; Crie o hábito de ler os rótulos dos alimentos, ficando atento para as palavras como: sódio, glutamato monossódico acidulantes, anti- oxidantes, aromatizantes, estabilizantes, devem ser evitados; Bebidas que contém cafeína (café, chá preto, chimarrão) podem elevar a pressão arterial, devendo ser usados com moderação; O sal deve ser retirado da mesa como medida preventiva; A ingestão de alimentos ricos em potássio são importantes, auxiliam na redução da pressão arterial, inclua-os na sua alimentação, são eles: mamão, laranja, banana, ameixa, batata, cenoura, beterraba. Alimentos que devem ser EVITADOS na dieta sem sal Salgados gordurosos e embutidos (toucinho, costela, salame, mortadela, presunto, carne seca, lingüiça, salsicha, bacon, bacalhau, salaminho) Molhos e temperos prontos e concentrados (mostarda, maionese, catchup, molho inglês, caldo de carne em cubos e demais temperos, extrato de tomate, molho de soja); Bolachas salgadas, pães salgados, salgadinhos de padaria, pipoca com sal, salgadinho industrializado); Aperitivos como: amendoim salgado, azeitonas, pepino, castanha).

×