ATUALIZAÇÃO NO DIAGNÓSTICO E
TRATAMENTO DAS DIARRÉIAS
AGUDAS
Aderbal Sabra MD. PhD.
Cientista Visitante e Staff Senior
ICI...
Considerações no Diagnóstico
Diarréia Aguda
Diarréia Osmótica Diarréia Infecciosa
Diarréia Aguda
Considerações no Diagnóstico
- Mecanismo Fisiopatológico -
Diarréia Osmótica:
Dano na mucosa intestinal
Déficit na produçã...
Considerações no Diagnóstico
- Mecanismo Fisiopatológico -
Diarréia Aguda Infecciosa (DAI):
Toxigenicidade (ECET, Cólera, ...
Diagnóstico da Diarréia Aguda
Diarréia Osmolar Diarréia Infecciosa
Resposta a Dieta Cura Inalterada
Volume Fecal – 24h < 5...
Diagnóstico da Diarréia Aguda
- Alterações Laboratoriais -
Osmótica Vírus Invasora Toxigênica Aderente
pH < 5 5 ± 6 N ou <...
Diagnóstico da Diarréia Aguda
- Alterações Laboratoriais na DAI-
Na+
fecal (mEq/L) Osmolaridade
Cólera > 100 N
ECET > 80 N...
Diagnóstico da Diarréia Aguda
- Exames Especiais -
Diagnóstico da DAI:
Cultura de Fezes Diarréia Bacteriana
Rotazine Rotav...
Tratamento da Diarréia Aguda
- Estratégias -
Correção da Desidratação
Tratamento da DAI
Correção da Desidratação
Realiment...
Tratamento da Diarréia Aguda
- Estratégias -
Correção da Desidratação:
Terapia de Reidratação Oral (TRO)
Solução da OMS cl...
Tratamento da Diarréia Aguda
- Estratégias -
Realimentação Precoce:
Shigella, Salmonella, ECEI Dieta isenta de
lactose
Rot...
Tratamento da Diarréia Aguda
- Estratégias -
Uso de Antibióticos:
Uso Recomendado:
Diarréia por Cólera
Pacientes imunossup...
Tratamento da Diarréia Aguda
- Estratégias -
Uso de Antibióticos:
Contra-indicação formal:
Criptosporidiose
Infecção Viral...
Tratamento da Diarréia Aguda
- Estratégias -
Uso de Antibióticos:
Campylobacter Eritromicina
Salmonella Ampicilina, amoxic...
Tratamento da Diarréia Aguda
- Estratégias -
Probióticos:
Os probióticos são espécies de bactérias que
colonizam e se repl...
Tratamento da Diarréia Aguda
- Estratégias -
Probióticos:
Mecanismos de Ação:
Interação com a microflora do hospedeiro
Ina...
Tratamento da Diarréia Aguda
- Estratégias -
Uso de Probióticos:
Traz benefícios na prevenção de DAI por C.
difficile, nos...
Aderbal Sabra MD. PhD.
Cientista Visitante e Staff Senior
ICISI – Georgetown University
USAUSA
Professor de Pediatria, Gas...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Considerações no diagnóstico

559 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
559
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Considerações no diagnóstico

  1. 1. ATUALIZAÇÃO NO DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DAS DIARRÉIAS AGUDAS Aderbal Sabra MD. PhD. Cientista Visitante e Staff Senior ICISI – Georgetown UniversityICISI – Georgetown University USA Professor de Pediatria, Gastroenterologia e Alergia Alimentar Universidade do Grande Rio – UNIGRANRIO Brasil Membro da Academia Nacional de Medicina - ANM aderbalsabra@globo.com
  2. 2. Considerações no Diagnóstico Diarréia Aguda Diarréia Osmótica Diarréia Infecciosa Diarréia Aguda
  3. 3. Considerações no Diagnóstico - Mecanismo Fisiopatológico - Diarréia Osmótica: Dano na mucosa intestinal Déficit na produção e liberação de dissacaridasesDéficit na produção e liberação de dissacaridases Ingestão de solutos (hidratos de carbono) Gradiente osmolar para luz intestinal DIARRÉIA
  4. 4. Considerações no Diagnóstico - Mecanismo Fisiopatológico - Diarréia Aguda Infecciosa (DAI): Toxigenicidade (ECET, Cólera, Vibrios) Invasão (ECEI, Shigella, Salmonella, C. jejuni)Invasão (ECEI, Shigella, Salmonella, C. jejuni) Aderência (ECEH, ECEA, ECDA) Secreção (ECEP) Misto (Vírus, Y. enterocolitica) Desconhecido (Plesiomonas, Aeromonas, C.difficile)
  5. 5. Diagnóstico da Diarréia Aguda Diarréia Osmolar Diarréia Infecciosa Resposta a Dieta Cura Inalterada Volume Fecal – 24h < 500 ml > 700 ml Volume Fecal / vez < 50 ml > 70 ml Na+ fecal (mEq/L) < 30 > 50
  6. 6. Diagnóstico da Diarréia Aguda - Alterações Laboratoriais - Osmótica Vírus Invasora Toxigênica Aderente pH < 5 5 ± 6 N ou < 7 N ou > 7 N ou < 6 SR + + ou - - - + ou - Leuco - - + - - Sangue - - + - + ou - Na+ fecal < 20 30 ± 10 65 ± 15 100 ± 20 40 ± 20 Cultura - - + + +
  7. 7. Diagnóstico da Diarréia Aguda - Alterações Laboratoriais na DAI- Na+ fecal (mEq/L) Osmolaridade Cólera > 100 N ECET > 80 NECET > 80 N Bactéria Invasora entre 50 e 80 N Rotavírus entre 20 e 40 > 260 Valor Referência 40 260
  8. 8. Diagnóstico da Diarréia Aguda - Exames Especiais - Diagnóstico da DAI: Cultura de Fezes Diarréia Bacteriana Rotazine RotavírusRotazine Rotavírus Microscopia com Fundo Negro Cólera Meios de cultura seletivos (Skirrow) C. jejuni PCR (identificação de toxinas) ECEH Provas genotípicas ECEH, ECEP, ECEA
  9. 9. Tratamento da Diarréia Aguda - Estratégias - Correção da Desidratação Tratamento da DAI Correção da Desidratação Realimentação Precoce Uso de Antibióticos!!! Uso de Probióticos
  10. 10. Tratamento da Diarréia Aguda - Estratégias - Correção da Desidratação: Terapia de Reidratação Oral (TRO) Solução da OMS clássica (90 mEq/L de sódio) Soluções modificadas (75 e 60 mEq/L de sódio) Cálculo TRO (ml) = Peso (g) X % Peso Perdido X 2Cálculo TRO (ml) = Peso (g) X % Peso Perdido X 2 Infusão Venosa Solução Fisiológica 0,9% - 20ml/kg/hora ou em “bolus” DIURESE CLARA
  11. 11. Tratamento da Diarréia Aguda - Estratégias - Realimentação Precoce: Shigella, Salmonella, ECEI Dieta isenta de lactose Rotavírus, ECEP Dieta semi-elementar Outros Casos Dieta habitual após a reidratação
  12. 12. Tratamento da Diarréia Aguda - Estratégias - Uso de Antibióticos: Uso Recomendado: Diarréia por Cólera Pacientes imunossuprimidos (HIV e outras doenças), com neoplasias malignas, hemoglobinopatiascom neoplasias malignas, hemoglobinopatias Pacientes em tratamento imunossupressor Crianças menores de três meses Indicação Relativa: Diarréia do Viajante Diarréia por C. difficile francamente sanguinolenta Infecção sistêmica por Aeromonas Shigelloses
  13. 13. Tratamento da Diarréia Aguda - Estratégias - Uso de Antibióticos: Contra-indicação formal: Criptosporidiose Infecção Viral Salmonellose em pacientes imunocompetentes
  14. 14. Tratamento da Diarréia Aguda - Estratégias - Uso de Antibióticos: Campylobacter Eritromicina Salmonella Ampicilina, amoxicilina, SMZ+TMPSalmonella Ampicilina, amoxicilina, SMZ+TMP Shigella Ampicilina, SMZ+TMP E. coli diarreiogênicas SMZ+TMP C. difficile Metronidazol
  15. 15. Tratamento da Diarréia Aguda - Estratégias - Probióticos: Os probióticos são espécies de bactérias que colonizam e se replicam no trato intestinal humano e promovem um efeito benéfico no hospedeiro. humano e promovem um efeito benéfico no hospedeiro. S. boulardii L. acidophilus B. lactis L. caseii Vanderhoof JA, Young RJ. Gastroenterol Clin N Am 2005; 34: 451-63
  16. 16. Tratamento da Diarréia Aguda - Estratégias - Probióticos: Mecanismos de Ação: Interação com a microflora do hospedeiro Inativação de toxinas bacterianas Inibe a ligação de toxinas com receptores intestinaisInibe a ligação de toxinas com receptores intestinais Efeito Anti-secretório Estimula o Sistema Imune hospedeiro Inibe a resposta inflamatória induzida por enterotoxinas Efeito trófico na mucosa intestinal Produz substâncias antimicrobianas? Buts JP. Gastroenterol Clin N Am 2005; 34:515-32
  17. 17. Tratamento da Diarréia Aguda - Estratégias - Uso de Probióticos: Traz benefícios na prevenção de DAI por C. difficile, nos pacientes em uso de antibiótico. Traz benefícios na redução do processo inflamatório intestinal nas DAI por V. cholerae,inflamatório intestinal nas DAI por V. cholerae, ECEP e ECEH. Na diminuição da mortalidade e da severidade das lesões nas infecções por Shigella e Salmonella. Mais estudos são necessários! Buts JP. Gastroenterol Clin N Am 2005; 34:515-32 Vanderhoof JA, Young RJ. Gastroenterol Clin N Am 2005; 34: 451-63
  18. 18. Aderbal Sabra MD. PhD. Cientista Visitante e Staff Senior ICISI – Georgetown University USAUSA Professor de Pediatria, Gastroenterologia, Alergia e Imunologia Universidade Do Grande Rio – UNIGRANRIO Brasil Membro da Academia Nacional de Medicina - ANM aderbalsabra@globo.com

×