Anatomia basica do coração

761 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
761
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
29
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Anatomia basica do coração

  1. 1. ANATOMIA BÁSICA EFISIOLOGIA DO CORAÇÃOANATOMIA BÁSICA EFISIOLOGIA DO CORAÇÃOX CONGRESSO BRASILEIRODE FÍSICA MÉDICA26 a 29 de maio de 2005Salvador-BahiaX CONGRESSO BRASILEIRODE FÍSICA MÉDICA26 a 29 de maio de 2005Salvador-Bahia
  2. 2. Modificado de .A.D.A.M. Interactive Physiology
  3. 3. Tamanho, Forma e LocalizaçãoTamanho de uma mão fechada
  4. 4. Pericárdio
  5. 5. Anatomia e Fisiologia do CoraçãoMúsculo com 250 - 350 g (0,5% do pesocorporal)Recebe 5% do débito cardíacoContrai-se 3 bilhões de vezes durante a vidaAlto gasto enérgetico (10x mais mitocôndriasque músculo esquelético)Utiliza múltiplas fontes de energia (ácidosgraxos, glicose, ácido lático)Células não se regeneram na vida adulta
  6. 6. Ciclo Cardíaco2 bombas que trabalham juntasRepetidas contrações (sístole) erelaxamento (diástole)Sangue se move de áreas de alta parade baixa pressão– Contração gera pressão
  7. 7. Sistema CardiovascularFunções :Transporte de O2 e CO2Transporte de nutrientes/escóriasDistribuição de hormôniosTermorregulaçãoManter pressão arterial
  8. 8. Parede Cardíaca
  9. 9. Células Musculares Cardíacas
  10. 10. Propriedades dos CardiomiócitosContratilidadeExcitabilidadeCondutividadeAutomaticidade
  11. 11. Circulação Coronariana
  12. 12. Válvulas Cardíacas
  13. 13. Válvulas Cardíacas
  14. 14. Débito CardíacoDC= volume sistólico × frequência cardíacaex.:– DC em repouso: VS = 75 ml; FC= 60 bpmDC=4500ml/min– DC no exercício: VS = 110 ml; FC= 180 bpmDC=19.800ml/min
  15. 15. Anatomia e Fisiologia do CoraçãoDébito Cardíaco– Volume sistólico: 70ml (DC=70 ml x 70batim/min)– DC: 5 - 35 l/min (repouso- exercício)– Todo o sangue circula ao menos 1x/min– Glóbulos vermelhos circulam milhares deves em sua vida (120 dias)• 1x60x24x120 = 172,800 vezes
  16. 16. HEMODINAMICATipos de VasosSanguíneos:– Arterias• Arteriolas• Capilares– Venas• Vénulas
  17. 17. Contração Muscular e Retorno VenosoValves keepblood flowingtoward the heart
  18. 18. Débito cardíaco depende de:Pré-carga – pressão no final da diástole(estiramento do miocárdio)Pós-Carga – Resistência que o sangueencontra para sair do ventrículoContratilidade – Força da contração docoraçãoFrequência cardíaca
  19. 19. Pressão em Diferentes VasosSanguíneos
  20. 20. Regulação CardíacaIntrinsecaLei de Frank-Starling– ↑Contratilidade ( Ca2+) com estiramento miocárdicoExtrinsecaSistema nervoso autônomo– Simpático– ParassimpáticoEstímulos periféricos– Quimio e Baro-receptore, muscularesHormonal– EPI, NE
  21. 21. Homeostase CardíacaEfeito da PA– Baro-receptoresEfeito do pH, CO2, O2– QuimiorreceptoresEfeito da concentração de íons– Nível de K+ e FCEfeito da temperatura– FC segue temperatura
  22. 22. Reflexos Baro e Quimioreceptores
  23. 23. Distribuição doSangue emRepouso
  24. 24. Efeitos do Exercício na PAPA = DC × RVS
  25. 25. Eletro-Fisiologia
  26. 26. Eletrocardiograma
  27. 27. Eletro-FisiopatologiaTaquicardia: > 100bpm– Febre, infecções, estímulo simpatico,hipertireoidismo, etc.Bradicardia: < 60 bpm– Volume sistólico elevado em atletas, estímulo vagalArritmia Sinusal– FC varia 5% durante respiração (até 30% cominspiração profunda)Extra sístoles (atrial e ventricular)– Ocorrem em pessoas sádias, mas podemrepresentar doença cardíaca
  28. 28. Doenças Cardiovasculares:Principal Causa deMortalidade52%5%12%14%19%24%0 10 20 30 40 50 60D. Cardiovasc.CancerD. InfecciosasD. PulmonaresMortes ViolentasAIDSThe World Health Report 2001. Geneva: WHO; 2001.Mortalidade (%)*Doenças Cardiovasculares, DAC, Doença cerebrovascular
  29. 29. História Natural da HipertensãoArterial essencial não tratadaNormotensãoNormotensãoIdadeIdadeHerançaHerança AmbienteAmbiente00 -- 3030PréPré--HipertensãoHipertensão2020 -- 4040Hipertensão inicialHipertensão inicialNão complicadaNão complicada ComplicadaComplicada3030 -- 5050Hipertensão estabelecidaHipertensão estabelecidaHipertensãoHipertensãomalignamalignaaceleradaaceleradaCardíacasCardíacasHipertrofiaHipertrofiaFalênciaFalênciaInfartoInfartoVascularesVascularesAneurismaAneurismaDissecçãoDissecçãoCerebraisCerebraisIsquemiaIsquemiaTromboseTromboseHemorragiaHemorragiaRenaisRenaisFalênciaFalênciaNefroNefro--escleroseesclerose
  30. 30. AteroscleroseEspessamento de vasos pela deposição deplacas de gordura (colesterol)Pode reduzir a perfusão de órgãos(Isquemia)Se isquemia progride parte do tecido podemorrer (Necrose)
  31. 31. Trombose no IAM
  32. 32. Trombose no IAM
  33. 33. Trombose no IAM
  34. 34. Trombose no IAMOclusão total em 90% dos IAM com supradesnível de ST
  35. 35. Lesão emCoronáriaDireita
  36. 36. Angioplastia Coronariana(ATC, PTCA) com ou Stent
  37. 37. Complicações do IAMArritmias / Morte SúbitaICCInsuficiência MitralPericarditeRuptura Miocárdica / CIVTrombose mural / Embolia sistêmicaAneurisma VentricularEmbolia Pulmonar
  38. 38. Cascata IsquêmicaTempo de estresseRepousoAlteração metabólicaDefícit perfusionalAlteração no relaxamentoDisfunção contráctilAlteração no ECGDor precordial
  39. 39. Mortalidade = 10% / minuto
  40. 40. OBRIGADO!

×