III SIMPÓSIO ÁLCOOL E DROGAS
ALCOOLISMO: CRITÉRIOS DE
DEPENDÊNCIA E TRATAMENTO
Renata C. S. de Azevedo
FCM/UNICAMP
ASPECTOS EPIDEMIOLÓGICOS
• 90% da população com uso experimental
• 60 a 70% bebem habitualmente
• 40% já tiveram problemas...
ÁREA DE RECOMPENSA CEREBRAL
RELAÇÃO SUJEITO X ÁLCOOL
ABSTINÊNCIA
USO
ABUSO
DEPENDÊNCIA
ESTRUTURAÇÃO DA DEPENDÊNCIA
SUJEITO
DROGA MOMENTO
Fonte : OLIVENSTEIN
CRITÉRIOS DA CID-10 E DSM-IV PARA
DEPENDÊNCIA DE SUBSTÂNCIAS
• FORTE DESEJO OU
COMPULSÃO
• DIFICULDADE DE CONTROLE
• ABSTI...
SÍNDROME DE DEPENDÊNCIA DO ÁLCOOL
ELEMENTOS CHAVE
• Estreitamento do repertório
• Saliência do beber
• Aumento da tolerânc...
DIFICULDADES DE FAZER O DIAGNÓSTICO
• Não saber o que se está procurando
• Falta de vigilância
• Vergonha de fazer pergunt...
COMO FACILITAR O RECONHECIMENTO
• Uso de perguntas desarmantes
• Lembrar quem pode estar especialmente em risco
• “Pistas”...
PROCEDIMENTOS DE TRIAGEM
PROCEDIMENTO VANTAGENS DESVANTAGENS
ENTREVISTA
CLÍNICA FLEXIBILIDADE,
ESPECIFICIDADE,
POTENCIAL P...
ESTÁGIOS DE MUDANÇA
• Pré-contemplação
• Contemplação
• Preparação
• Ação
• Manutenção
• Recaída
PROCHASKA E DICLEMENTE, 1...
Alcoolismo critérios de dependência e tratamento
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Alcoolismo critérios de dependência e tratamento

296 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
296
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Alcoolismo critérios de dependência e tratamento

  1. 1. III SIMPÓSIO ÁLCOOL E DROGAS ALCOOLISMO: CRITÉRIOS DE DEPENDÊNCIA E TRATAMENTO Renata C. S. de Azevedo FCM/UNICAMP
  2. 2. ASPECTOS EPIDEMIOLÓGICOS • 90% da população com uso experimental • 60 a 70% bebem habitualmente • 40% já tiveram problemas decorrentes do álcool • 20% e 10% abusam de álcool • Prevalência de 13.8% de dependência ou abuso de álcool (ECA) • 10%e 3 a 5% são dependentes de álcool NIDA, 1991; MILAN, 1991; ALTERMAN, 1982, DEYKIN, 1987
  3. 3. ÁREA DE RECOMPENSA CEREBRAL
  4. 4. RELAÇÃO SUJEITO X ÁLCOOL ABSTINÊNCIA USO ABUSO DEPENDÊNCIA
  5. 5. ESTRUTURAÇÃO DA DEPENDÊNCIA SUJEITO DROGA MOMENTO Fonte : OLIVENSTEIN
  6. 6. CRITÉRIOS DA CID-10 E DSM-IV PARA DEPENDÊNCIA DE SUBSTÂNCIAS • FORTE DESEJO OU COMPULSÃO • DIFICULDADE DE CONTROLE • ABSTINÊNCIA • TOLERÂNCIA • ABANDONO DE PRAZERES PELO USO • PERSISTÊNCIA NO USO APESAR DE PREJUÍZOS Fonte: OMS, 1992 e APA, 1994 • DESEJO OU ESFORÇOS MALSUCEDIDOS DE CONTROLE • PADRÃO DE USO SUPERIOR AO PRETENDIDO • ABSTINÊNCIA • TOLERÂNCIA • ABANDONO DE ATIVIDADES PELO USO • PERSISTÊNCIA NO USO APESAR DE PREJUÍZOS • TEMPO GASTO COM A OBTENÇÃO
  7. 7. SÍNDROME DE DEPENDÊNCIA DO ÁLCOOL ELEMENTOS CHAVE • Estreitamento do repertório • Saliência do beber • Aumento da tolerância • Sintomas de abstinência • Alívio ou evitação dos sintomas de abstinência com a ingesta • Percepção subjetiva da compulsão para beber • Reinstalação após abstinência Fonte: EDWARDS e GROSS, 1976
  8. 8. DIFICULDADES DE FAZER O DIAGNÓSTICO • Não saber o que se está procurando • Falta de vigilância • Vergonha de fazer perguntas • Não saber o que fazer se o caso for descoberto • Negação ou evasivas do paciente
  9. 9. COMO FACILITAR O RECONHECIMENTO • Uso de perguntas desarmantes • Lembrar quem pode estar especialmente em risco • “Pistas” psiquiátricas e médicas • Não ignorar o óbvio • Conversar com o cônjuge • Testes laboratoriais (VCM, GGT, AST, ALT, FA, BR, ácido úrico, colesterol)
  10. 10. PROCEDIMENTOS DE TRIAGEM PROCEDIMENTO VANTAGENS DESVANTAGENS ENTREVISTA CLÍNICA FLEXIBILIDADE, ESPECIFICIDADE, POTENCIAL PARA DETECTAR NUANCES SUBJETIVIDADE, DEPENDE DA HABILIDADE CLÍNICA, NEGAÇÃO, TEMPO TESTES DE LABORATÓRIO OBJETIVOS, RÁPIDO PARA TRIAR GRANDE NÚMERO, ÚTIL PARA MONITORAR EVOLUÇÃO SENSIBILIDADE LIMITADA, NÃO DETECTAM PROBLEMAS SOCIAIS E PSICOLÓGICOS QUESTIONÁRIOS PADRONIZADOS E OBJETIVOS, BARATOS SUJEITOS À HONESTIDADE DO RESPONDENTE, SENSIBILIDADE LIMITADA
  11. 11. ESTÁGIOS DE MUDANÇA • Pré-contemplação • Contemplação • Preparação • Ação • Manutenção • Recaída PROCHASKA E DICLEMENTE, 1986

×