SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 1
Números Primos
São os números naturais que têm apenas dois divisores diferentes: o 1 e ele mesmo.
Exemplos:
1) 2 tem apenas os divisores 1 e 2, portanto 2 é um número primo.
2) 17 tem apenas os divisores 1 e 17, portanto 17 é um número primo.
3) 10 tem os divisores 1, 2, 5 e 10, portanto 10 não é um número primo.
Observações:
=> 1 não é um número primo, porque ele tem apenas um divisor que é ele
mesmo.
=> 2 é o único número primo que é par.
Os números que têm mais de dois divisores são chamados números compostos.
Exemplo: 15 tem mais de dois divisores => 15 é um número composto.
Para saber se um número é primo, dividimos esse número pelos números primos 2, 3,
5, 7, 11 etc. até que tenhamos:
=> ou uma divisão com resto zero e neste caso o número não é primo,
=> ou uma divisão com quociente menor que o divisor e o resto diferente de
zero. Neste caso o número é primo.
IDENTIFICANDO NÚMEROS PRIMOS:
Vejamos agora se o número 29 é primo ou não:
29 : 2 = 14, resta 1;
29 : 3 = 9, restam 2;
29 : 5 = 5, restam 4.
Como neste ponto quociente da divisão de 29 pelo número primo 5 é igual ao próprio
divisor 5, podemos então afirmar com certeza que o número 29 é primo, pois nenhum
dos divisores primos testados resultou em uma divisão exata.
E o número 91 é primo? Vamos testar:
91 : 2 = 45, resta 1;
91 : 3 = 30, resta 1;
91 : 5 = 18, resta 1;
91 : 7 = 13, resta 0.
Como no último teste a divisão foi exata, restando zero, concluímos que o
número 91 não é um número primo, de fato ele possui 4 divisores
distintos: 1, 7, 13 e 91.
Concluímos que os números primos não são difíceis de serem descobertos,
sendo que existem cálculos simples a serem realizados para sabermos se tal número
pertence à essa classe.
FONTES: www.somatematica.com.br/fundam/primos &
www.matematicadidatica.com.br/NumerosPrimos.aspx
INTEGRANTES DO GRUPO: Victor Costa, Lucas Eduardo, Laura, Cecília e Júlia.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Criterios de divisibilidade
Criterios de divisibilidadeCriterios de divisibilidade
Criterios de divisibilidadeHelena Borralho
 
Números Relativos 6º ano
Números Relativos 6º anoNúmeros Relativos 6º ano
Números Relativos 6º anoAna Duarte
 
Criterios de-divisibilidade
Criterios de-divisibilidadeCriterios de-divisibilidade
Criterios de-divisibilidadeSandro Francisco
 
Multiplos divisores primos
Multiplos divisores primosMultiplos divisores primos
Multiplos divisores primoslourenço laner
 
Critérios de divisibilidade
Critérios de divisibilidadeCritérios de divisibilidade
Critérios de divisibilidadeJosé Flausino
 
Números negativos
Números negativosNúmeros negativos
Números negativosleilamaluf
 
Aula 2 reta numérica e ordenação
Aula 2 reta numérica e ordenaçãoAula 2 reta numérica e ordenação
Aula 2 reta numérica e ordenaçãoOlicio Silva
 
Introdução a números inteiros
Introdução a números inteirosIntrodução a números inteiros
Introdução a números inteirosJSC125
 
EquaçãO Do 1º Grau Office 2003
EquaçãO Do 1º Grau Office 2003EquaçãO Do 1º Grau Office 2003
EquaçãO Do 1º Grau Office 2003anorbera
 
Comparação de números positivos e negativos
Comparação de números positivos e negativosComparação de números positivos e negativos
Comparação de números positivos e negativosProf. Materaldo
 

Mais procurados (19)

Divisibilidade
DivisibilidadeDivisibilidade
Divisibilidade
 
Critérios de Divisibilidade
Critérios de DivisibilidadeCritérios de Divisibilidade
Critérios de Divisibilidade
 
Números
Números Números
Números
 
Criterios de divisibilidade
Criterios de divisibilidadeCriterios de divisibilidade
Criterios de divisibilidade
 
Números Relativos 6º ano
Números Relativos 6º anoNúmeros Relativos 6º ano
Números Relativos 6º ano
 
Critérios de divisibilidade
Critérios de divisibilidadeCritérios de divisibilidade
Critérios de divisibilidade
 
Criterios
CriteriosCriterios
Criterios
 
Mat restos numericos
Mat restos numericosMat restos numericos
Mat restos numericos
 
Criterios de-divisibilidade
Criterios de-divisibilidadeCriterios de-divisibilidade
Criterios de-divisibilidade
 
Multiplos divisores primos
Multiplos divisores primosMultiplos divisores primos
Multiplos divisores primos
 
Critérios de divisibilidade
Critérios de divisibilidadeCritérios de divisibilidade
Critérios de divisibilidade
 
Números negativos
Números negativosNúmeros negativos
Números negativos
 
Regras de sinais
Regras de sinaisRegras de sinais
Regras de sinais
 
Aula 2 reta numérica e ordenação
Aula 2 reta numérica e ordenaçãoAula 2 reta numérica e ordenação
Aula 2 reta numérica e ordenação
 
Introdução a números inteiros
Introdução a números inteirosIntrodução a números inteiros
Introdução a números inteiros
 
EquaçãO Do 1º Grau Office 2003
EquaçãO Do 1º Grau Office 2003EquaçãO Do 1º Grau Office 2003
EquaçãO Do 1º Grau Office 2003
 
Comparação de números positivos e negativos
Comparação de números positivos e negativosComparação de números positivos e negativos
Comparação de números positivos e negativos
 
Divisores e múltiplos
Divisores e múltiplos Divisores e múltiplos
Divisores e múltiplos
 
Números Inteiros
Números InteirosNúmeros Inteiros
Números Inteiros
 

Destaque (20)

Numeros primos
Numeros primosNumeros primos
Numeros primos
 
Relações trigonométricas
Relações trigonométricasRelações trigonométricas
Relações trigonométricas
 
Tangente
TangenteTangente
Tangente
 
Grupo
GrupoGrupo
Grupo
 
Pitágoras e os pitagóricos
Pitágoras e os pitagóricosPitágoras e os pitagóricos
Pitágoras e os pitagóricos
 
Grupo 5
Grupo 5Grupo 5
Grupo 5
 
Grupo 2
Grupo 2Grupo 2
Grupo 2
 
Grupo 4
Grupo 4Grupo 4
Grupo 4
 
Grupo 3
Grupo 3Grupo 3
Grupo 3
 
Grupo 1
Grupo 1Grupo 1
Grupo 1
 
Cosseno
CossenoCosseno
Cosseno
 
Apresentação de matemática
Apresentação de matemáticaApresentação de matemática
Apresentação de matemática
 
2 lista 1 tri - 9 ano
2 lista   1 tri - 9 ano2 lista   1 tri - 9 ano
2 lista 1 tri - 9 ano
 
2 lista 1 tri - 8 ano
2 lista   1 tri - 8 ano2 lista   1 tri - 8 ano
2 lista 1 tri - 8 ano
 
Algumas maneiras de demonstrar o teorema de pitágoras
Algumas maneiras de demonstrar o teorema de pitágorasAlgumas maneiras de demonstrar o teorema de pitágoras
Algumas maneiras de demonstrar o teorema de pitágoras
 
âNgulos notáveis
âNgulos notáveisâNgulos notáveis
âNgulos notáveis
 
Aplicações do teorema de pitágoras
Aplicações do teorema de pitágorasAplicações do teorema de pitágoras
Aplicações do teorema de pitágoras
 
Exercícios monomios extra 8º ano
Exercícios monomios extra   8º anoExercícios monomios extra   8º ano
Exercícios monomios extra 8º ano
 
Aplicações sobre o teorema de pitagoras
Aplicações sobre o teorema de pitagorasAplicações sobre o teorema de pitagoras
Aplicações sobre o teorema de pitagoras
 
Atividades avaliativas-IST
Atividades avaliativas-ISTAtividades avaliativas-IST
Atividades avaliativas-IST
 

Semelhante a Números primos

Múltiplos e divisores de um número natural.pptx
Múltiplos e divisores de um número natural.pptxMúltiplos e divisores de um número natural.pptx
Múltiplos e divisores de um número natural.pptxLEONARDORIBEIRO582617
 
Mat divisores de um numero
Mat divisores de um numeroMat divisores de um numero
Mat divisores de um numerotrigono_metria
 
Exercícios resolvidos numeros naturais
Exercícios resolvidos numeros naturaisExercícios resolvidos numeros naturais
Exercícios resolvidos numeros naturaisEderronio Mederos
 
AULA N.º 7_DECOMPOSIÇÃO EM FATORES PRIMOS.pptx
AULA N.º 7_DECOMPOSIÇÃO EM FATORES PRIMOS.pptxAULA N.º 7_DECOMPOSIÇÃO EM FATORES PRIMOS.pptx
AULA N.º 7_DECOMPOSIÇÃO EM FATORES PRIMOS.pptxJoana Lourenço Cunha
 
Aula n.º 7 decomposição em fatores primos
Aula n.º 7 decomposição em fatores primosAula n.º 7 decomposição em fatores primos
Aula n.º 7 decomposição em fatores primosJoana Lourenço Cunha
 
Definições básicas da matemática
Definições básicas da matemáticaDefinições básicas da matemática
Definições básicas da matemáticaInesTeixeiraDuarte
 
aula2-230531004836-b0f83255.ppttttttttttx
aula2-230531004836-b0f83255.ppttttttttttxaula2-230531004836-b0f83255.ppttttttttttx
aula2-230531004836-b0f83255.ppttttttttttxalessandraoliveira324
 
Aula 6 ano MMC/MDC.pdf
Aula 6 ano MMC/MDC.pdfAula 6 ano MMC/MDC.pdf
Aula 6 ano MMC/MDC.pdfTainDutra4
 
Decomposição de um número natural em fatores primos alunos
Decomposição de um número natural em fatores primos   alunosDecomposição de um número natural em fatores primos   alunos
Decomposição de um número natural em fatores primos alunosEderronio Mederos
 
Aula 2 multiplicação e divisão
Aula 2 multiplicação e divisãoAula 2 multiplicação e divisão
Aula 2 multiplicação e divisãoDiego Costa
 
Dízimas finitas e infinitas periódicas
Dízimas finitas e infinitas periódicasDízimas finitas e infinitas periódicas
Dízimas finitas e infinitas periódicasAndreia Horta
 
Oficina de Fração
Oficina de FraçãoOficina de Fração
Oficina de FraçãoEliane
 
Números racionais representação fracionária e decimal - operações e proprie...
Números racionais   representação fracionária e decimal - operações e proprie...Números racionais   representação fracionária e decimal - operações e proprie...
Números racionais representação fracionária e decimal - operações e proprie...Camila Rodrigues
 
Resumos para a prova de aferição de matemática 4 ano
Resumos para a prova de aferição de matemática 4 anoResumos para a prova de aferição de matemática 4 ano
Resumos para a prova de aferição de matemática 4 anoovi2
 

Semelhante a Números primos (20)

Números
NúmerosNúmeros
Números
 
Painel 15
Painel 15Painel 15
Painel 15
 
Números
NúmerosNúmeros
Números
 
Múltiplos e divisores de um número natural.pptx
Múltiplos e divisores de um número natural.pptxMúltiplos e divisores de um número natural.pptx
Múltiplos e divisores de um número natural.pptx
 
Mat divisores de um numero
Mat divisores de um numeroMat divisores de um numero
Mat divisores de um numero
 
Exercícios resolvidos numeros naturais
Exercícios resolvidos numeros naturaisExercícios resolvidos numeros naturais
Exercícios resolvidos numeros naturais
 
AULA N.º 7_DECOMPOSIÇÃO EM FATORES PRIMOS.pptx
AULA N.º 7_DECOMPOSIÇÃO EM FATORES PRIMOS.pptxAULA N.º 7_DECOMPOSIÇÃO EM FATORES PRIMOS.pptx
AULA N.º 7_DECOMPOSIÇÃO EM FATORES PRIMOS.pptx
 
Aula n.º 7 decomposição em fatores primos
Aula n.º 7 decomposição em fatores primosAula n.º 7 decomposição em fatores primos
Aula n.º 7 decomposição em fatores primos
 
Definições básicas da matemática
Definições básicas da matemáticaDefinições básicas da matemática
Definições básicas da matemática
 
aula2-230531004836-b0f83255.ppttttttttttx
aula2-230531004836-b0f83255.ppttttttttttxaula2-230531004836-b0f83255.ppttttttttttx
aula2-230531004836-b0f83255.ppttttttttttx
 
Números
NúmerosNúmeros
Números
 
Aula 6 ano MMC/MDC.pdf
Aula 6 ano MMC/MDC.pdfAula 6 ano MMC/MDC.pdf
Aula 6 ano MMC/MDC.pdf
 
Decomposição de um número natural em fatores primos alunos
Decomposição de um número natural em fatores primos   alunosDecomposição de um número natural em fatores primos   alunos
Decomposição de um número natural em fatores primos alunos
 
Mat divisibilidade
Mat divisibilidadeMat divisibilidade
Mat divisibilidade
 
Aula n.º 3 divisores de um número
Aula n.º 3 divisores de um númeroAula n.º 3 divisores de um número
Aula n.º 3 divisores de um número
 
Aula 2 multiplicação e divisão
Aula 2 multiplicação e divisãoAula 2 multiplicação e divisão
Aula 2 multiplicação e divisão
 
Dízimas finitas e infinitas periódicas
Dízimas finitas e infinitas periódicasDízimas finitas e infinitas periódicas
Dízimas finitas e infinitas periódicas
 
Oficina de Fração
Oficina de FraçãoOficina de Fração
Oficina de Fração
 
Números racionais representação fracionária e decimal - operações e proprie...
Números racionais   representação fracionária e decimal - operações e proprie...Números racionais   representação fracionária e decimal - operações e proprie...
Números racionais representação fracionária e decimal - operações e proprie...
 
Resumos para a prova de aferição de matemática 4 ano
Resumos para a prova de aferição de matemática 4 anoResumos para a prova de aferição de matemática 4 ano
Resumos para a prova de aferição de matemática 4 ano
 

Mais de Adriano Capilupe

Mais de Adriano Capilupe (10)

Trabalho artes (carina)
Trabalho artes (carina)Trabalho artes (carina)
Trabalho artes (carina)
 
Ensino médio
Ensino médioEnsino médio
Ensino médio
 
Horário de aulas ensino fundamental 2013
Horário de aulas ensino fundamental 2013Horário de aulas ensino fundamental 2013
Horário de aulas ensino fundamental 2013
 
Projeto de artes 2013
Projeto de artes 2013Projeto de artes 2013
Projeto de artes 2013
 
Horario médio
Horario médioHorario médio
Horario médio
 
Horário de aulas ensino fundamental 2013
Horário de aulas ensino fundamental 2013Horário de aulas ensino fundamental 2013
Horário de aulas ensino fundamental 2013
 
Horariodeaulaspv 2ºsemestre
Horariodeaulaspv 2ºsemestreHorariodeaulaspv 2ºsemestre
Horariodeaulaspv 2ºsemestre
 
1 lista 900 - 1bi 2013
1 lista   900 - 1bi 20131 lista   900 - 1bi 2013
1 lista 900 - 1bi 2013
 
1 lista 1 bim 7ano
1 lista 1 bim 7ano1 lista 1 bim 7ano
1 lista 1 bim 7ano
 
1 lista 1bim 1 ano
1 lista 1bim 1 ano1 lista 1bim 1 ano
1 lista 1bim 1 ano
 

Último

UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxsfwsoficial
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdfdanielagracia9
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfMaiteFerreira4
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfPastor Robson Colaço
 
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptxMovimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptxmariiiaaa1290
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxSismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxpatriciapedroso82
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfMarcianaClaudioClaud
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persafelipescherner
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASyan1305goncalves
 

Último (20)

UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptxMovimento Negro Unificado , slide completo.pptx
Movimento Negro Unificado , slide completo.pptx
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxSismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 

Números primos

  • 1. Números Primos São os números naturais que têm apenas dois divisores diferentes: o 1 e ele mesmo. Exemplos: 1) 2 tem apenas os divisores 1 e 2, portanto 2 é um número primo. 2) 17 tem apenas os divisores 1 e 17, portanto 17 é um número primo. 3) 10 tem os divisores 1, 2, 5 e 10, portanto 10 não é um número primo. Observações: => 1 não é um número primo, porque ele tem apenas um divisor que é ele mesmo. => 2 é o único número primo que é par. Os números que têm mais de dois divisores são chamados números compostos. Exemplo: 15 tem mais de dois divisores => 15 é um número composto. Para saber se um número é primo, dividimos esse número pelos números primos 2, 3, 5, 7, 11 etc. até que tenhamos: => ou uma divisão com resto zero e neste caso o número não é primo, => ou uma divisão com quociente menor que o divisor e o resto diferente de zero. Neste caso o número é primo. IDENTIFICANDO NÚMEROS PRIMOS: Vejamos agora se o número 29 é primo ou não: 29 : 2 = 14, resta 1; 29 : 3 = 9, restam 2; 29 : 5 = 5, restam 4. Como neste ponto quociente da divisão de 29 pelo número primo 5 é igual ao próprio divisor 5, podemos então afirmar com certeza que o número 29 é primo, pois nenhum dos divisores primos testados resultou em uma divisão exata. E o número 91 é primo? Vamos testar: 91 : 2 = 45, resta 1; 91 : 3 = 30, resta 1; 91 : 5 = 18, resta 1; 91 : 7 = 13, resta 0. Como no último teste a divisão foi exata, restando zero, concluímos que o número 91 não é um número primo, de fato ele possui 4 divisores distintos: 1, 7, 13 e 91. Concluímos que os números primos não são difíceis de serem descobertos, sendo que existem cálculos simples a serem realizados para sabermos se tal número pertence à essa classe. FONTES: www.somatematica.com.br/fundam/primos & www.matematicadidatica.com.br/NumerosPrimos.aspx INTEGRANTES DO GRUPO: Victor Costa, Lucas Eduardo, Laura, Cecília e Júlia.