Patrimonio

74 visualizações

Publicada em

Qual a importância do patrimônio na Empresa

Publicada em: Serviços
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
74
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Patrimonio

  1. 1. PATRIMÔNIO
  2. 2. INTRODUÇÃO AO CONTROLE PATRIMONIAL Quanto maior e mais complexa a empresa se torna, mais patrimônio a empresa acumula. É possível definir o controle patrimonial como o gerenciamento de todo o patrimônio de um empreendimento. Este controle abrange desde os ativos tangíveis quanto os intangíveis. É interessante ressaltar que este controle é feito também do ponto de vista legal, devido às diversas responsabilidades e normas existentes.
  3. 3. Como patrimônios podem entender também as matérias primas, os produtos que estão no estoque e até mesmo patentes. A propriedade intelectual e descobertas tecnológicas que uma empresa tem, também fazem parte do seu patrimônio e devem ser contabilizadas pelo controle patrimonial. INTRODUÇÃO AO CONTROLE PATRIMONIAL
  4. 4. CONTROLE PATRIMONIAL Implantar o processo de controle patrimonial na empresa significa identificar e catalogar todos os bens disponíveis e verificar o preço atual de cada um deles, conhecendo o preço de cada um dos bens disponíveis e somando os seus valores, podemos ter uma ideia exata do valor de mercado da empresa.
  5. 5. GESTÃO PATRIMONIAL É totalmente relevante ao empreendedor ter o total controle de seu empreendimento, principalmente dos custos e despesas. Este fato por ser um item básico dentro da gestão empresarial, a qual muitas vezes não recebe devida atenção, os gestores da empresa se preocupam em diversos campos e perdem o foco no controle patrimonial eficiente.
  6. 6. CONTROLE PATRIMONIAL EFICAZ Controle Patrimonial somente pode ser considerado eficiente se 3 aspectos forem atendidos: 1) Controle físico 2) Controle contábil 3) Normas e procedimentos
  7. 7. Controle físico • Inventário basicamente é uma lista de bens e materiais disponíveis em estoque que estão armazenados na empresa ou então armazenados externamente mas pertencentes a empresa. Os materiais disponíveis listados em um inventário podem ser utilizados na fabricação de bens mais complexos ou então eles mesmos podem ser comercializados, dependendo do negócio da empresa. • A origem da palavra inventário, vem da palavra inventarium, que era um termo Romano ( latim ) para designar um grande documento/lista onde se encontravam registrados os produtos dos armazéns. • A principal característica de um bom inventário são os detalhes. Quanto mais minucioso e mais preciso for um inventário, melhor ele cumpre o seu papel. É sempre interessante que o inventário contenha além do nome dos itens e da sua quantidade, também uma boa descrição destes itens.
  8. 8. • Cada país tem suas próprias leis, práticas e regras no que diz respeito a produção de um inventário. No Brasil, este conceito é regulamentado pelo Conselho Federal de Contabilidade que determina os padrões para produção de inventários através das Normas Brasileiras de Contabilidade. • Segundo estas normas, no Brasil, as empresas tributadas com base no lucro real, devem produzir trimestralmente ou anualmente o Livro de Registro de Inventário. O Livro de Registro de Inventário é obrigatório para estas empresas e tem como objetivo principal registrar todas as mercadorias presentes no estoque para se poder realizar o balanço da empresa. • A atualização do Livro de Registro do Inventário também é obrigatória, toda vez que for iniciado um processo de incorporação, cisão ( a empresa vai se dividir em 2 ou mais empresas ), fusão ( a empresa vai ser unir a outra empresa ) ou falência.
  9. 9. Controle contábil • Qual é a importância que o profissional contabilista tem para o controle patrimonial da empresa? • Apesar de aparentar ser um processo simples, a verdade é que obter esse controle patrimonial sobre a empresa é realmente muito trabalhoso. Imagine todo o trabalho e a cautela que é necessária para calcular todo o dinheiro que entrou e que saiu da empresa no período de um ano, por exemplo. • Mas esse processo, por mais trabalhoso que possa ser, é extremamente importante para a empresa para que se possa ter um controle patrimonial preciso. Só através desse controle patrimonial é que é possível analisar a viabilidade do negócio. Se uma empresa deixa de se atentar para esse fluxo, a conta pode acabar saindo muito cara no final, pois é apenas com esse balanço que é possível manter um controle de custos eficiente na empresa. Afinal, qual é a empresa que sobrevive gastando muito e lucrando pouco? • Portanto, ter um profissional qualificado para fazer esse controle patrimonial é extremamente importante para manter o negócio sempre viável.
  10. 10. Finalizando • Como patrimônio podemos entender também as matérias primas, os produtos que estão no estoque e até mesmo patentes, isso mesmo! A propriedade intelectual e descobertas tecnológicas que uma empresa tem, também fazem parte do seu patrimônio e devem ser contabilizadas pelo controle patrimonial. • Mas o que é controle patrimonial? Afinal, o que significa esse conceito? Implantar o processo de controle patrimonial na empresa significa identificar e catalogar todos os bens disponíveis e verificar o preço atual de cada um deles, conhecendo o preço de cada um dos bens disponíveis e somando os seus valores, podemos ter uma idéia exata do valor de mercado da empresa.

×