JOÃO  NEGREIROS<br />
BIOGRAFIA<br />Nasceu<br />23 de Novembro de 1976<br />           33 anos<br />Signo Sagitário<br />Matosinhos<br />Actual...
Deu aulas na EB2,3 de Santiago (Custóias), nas Casas de Juventude de Matosinhos e de Santa Cruz do Bispo<br />BIOGRAFIA<br...
O seu Primeiro Livro de Poesia  <br />O Cheiro da Sombra das Flores<br />“Partindo do prefácio de Joaquim Pessoa sobre est...
  Peças de Teatro Editadas<br /><ul><li>Os Vendilhões do Templo</li></ul>        e       <br /><ul><li> Silêncio    </li><...
Livros Editados em Poesia<br />Editado em 2007<br />Pela Papiro Editora<br />Editado em 2010 Pela Camões e Companhia<br />...
Livro de Prosa Editado<br />O texto que agora vai lançar constituiu “ … a sua visão das famílias dos pescadores.<br />Em c...
Peças de Teatro escritas mas por Editar  <br />Estas duas peças de teatro destinam-se às crianças e serão editadas breveme...
Prémio Internacional OFF FLIP de Literatura 2009, categoria Poesia-Brasil;<br />Prémios <br />Prémio Professora Therezinha...
Poema   “O Outono Visto pela Janela”<br />na casa onde nasci havia sons e cheiros meusas pessoas que os tinham emprestavam...
p’ra que nenhuma se percaera penaé que até a gente que me fez por dentro como a um cofre já não existee quero mantê-los li...
como se estivesse ali desde o início dos tempose os tivesse começado para eu os acabaracabaracabaracaba comigo que me falh...
Métodos de Divulgação  da Poesia<br />Internet<br />O Seu Blog - http://joaonegreiros.blogspot.com/<br />Poemas Declamados...
Métodos de Divulgação  da Poesia<br />Transportes Urbanos de Braga<br />Actualmente a sua poesia pode ser lida nos autocar...
Poema“O Parto”<br />há pessoas que têm medo de dizer o que pensamhá pessoas que têm medo de dizer o que sentemhá pessoas q...
e aí todos somos o mesmoaí todos somos umaí todos somos aquele que ainda não chorou mas que está quasee quando começar já ...
http://joaonegreiros.blogspot.com/ - Consultado em 16.04.2010<br />Bibliografia<br />http://www.matosinhoshoje.com/index.a...
Escola Secundária com 3º ciclo de Vendas Novas<br />EFA, 2º Nível  - Certificação Escolar<br />Cultura, Língua e Comunicaç...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Poesia de João Negreiros

3.337 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.337
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
21
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Poesia de João Negreiros

  1. 1. JOÃO NEGREIROS<br />
  2. 2. BIOGRAFIA<br />Nasceu<br />23 de Novembro de 1976<br /> 33 anos<br />Signo Sagitário<br />Matosinhos<br />Actualmente vive em Vila Nova de Famalicão<br />Formou-se em Lisboa e no Porto<br />Faz teatro e escreve poesia desde adolescente<br />Escreveu o primeiro livro aos 16 anos “HORAS EXTRAORDINÁRIAS”<br />
  3. 3. Deu aulas na EB2,3 de Santiago (Custóias), nas Casas de Juventude de Matosinhos e de Santa Cruz do Bispo<br />BIOGRAFIA<br />Faz parte de vários grupos de Teatro<br />Fundou a Companhia Itinerante “ Repetição”<br />Director Artístico, Encenador e Argumentista do Teatro Universitário do Minho<br />ÉActor , Encenador e Dramaturgo<br />
  4. 4. O seu Primeiro Livro de Poesia <br />O Cheiro da Sombra das Flores<br />“Partindo do prefácio de Joaquim Pessoa sobre este livro de João Negreiros do qual destacamos as seguintes palavras - «...um jovem poeta que conhece (...) os caminhos, os segredos, a magia e a força do discurso poético (...) transformando, com invulgar talento, as diversas vozes que há na sua voz, de modo a oferecer-nos um canto em que a dúvida, a interrogação do outro, a confrontação do indivíduo com a realidade é, às vezes dolorosa e, muitas vezes, incómoda. A repetição rítmica das s palavras, das ideias, dos conceitos, é uma arma de arremesso contra uma realidade parada num palco que se move à sua volta.» - estamos perante um jovem com uma potencial invulgar, no âmbito da poesia.”<br /> <br /> <br />
  5. 5. Peças de Teatro Editadas<br /><ul><li>Os Vendilhões do Templo</li></ul> e <br /><ul><li> Silêncio </li></ul> Publicadas em 2007, pelas Edições TUM <br /><ul><li>O Segundo do Fim</li></ul> e<br /><ul><li> Os de Sempre </li></ul>Publicadas em 2008, pelas Edições TUM<br />
  6. 6. Livros Editados em Poesia<br />Editado em 2007<br />Pela Papiro Editora<br />Editado em 2010 Pela Camões e Companhia<br />Editado em 2008<br />Pela Papiro Editora<br />
  7. 7. Livro de Prosa Editado<br />O texto que agora vai lançar constituiu “ … a sua visão das famílias dos pescadores.<br />Em conversa com o “MATOSINHOS HOJE”, o autor lembra que, apesar de não ser oriundo de uma família de pescadores, os seus amigos de infância eram filhos desta classe profissional, razão pela qual considera ter uma relação muito próxima.<br /> O texto relata, na primeira pessoa, a vida e os dramas dos pescadores. Por isso o texto é, ao mesmo tempo, rude e ternurento. Procura representar o drama das gentes do mar e é igualmente uma homenagem ao povo da minha terra”, acrescentou. Tendo em conta tudo isto, João Negreiros sugeriu mesmo que «O Mar que a gente fez» fosse lançado em Matosinhos, dando-lhe alguma visibilidade e dignidade, ao mesmo tempo que retribuiu a “aquilo que a terra fez por mim”.<br />Fonte: http://www.matosinhoshoje.com/index.asp?idEdicao=436&id=22847&idSeccao=3349&Action=noticia<br />
  8. 8. Peças de Teatro escritas mas por Editar <br />Estas duas peças de teatro destinam-se às crianças e serão editadas brevemente.<br />O Dia Primeiro<br />Bendita Bruxa Má <br />Representada pela actriz Andreia Macedo<br />Mensagens deixadas nesta história:<br />Auto-Estima , a Confiança e o Amor que se revela o maior dos poderes.<br />
  9. 9. Prémio Internacional OFF FLIP de Literatura 2009, categoria Poesia-Brasil;<br />Prémios <br />Prémio Professora Therezinha Dutra Megale , São Paulo, em 2009 - Brasil<br />Prémio Nuno Júdice 2009 – Portugal( Aveiro- parceria municipal de Aveiro , Universidade de Aveiro, e grupo poético de Aveiro) – Poema “ O Outono visto pela Janela<br />Prémio Irene Lisboa e no Concurso Literário de Lions Club<br />Prémio Correntes d`escritas 2009 distinguiu de entre as melhores obras de Poesia Ibérica publicadas entre 2007 e 2008 a obra “ O Cheiro da Sombra das Flores” <br />
  10. 10. Poema “O Outono Visto pela Janela”<br />na casa onde nasci havia sons e cheiros meusas pessoas que os tinham emprestavam-nos à memóriae eu incluía-os como amigos íntimosnesta não tem genteou se tem não têm cheironem som porque eu não me lembrogastei toda a memória nas pessoas antigase o espaço para as novas é um T1 que fica muito para além do Tonde eu estou sem visitasfechado à medida de não deixar entrar<br />preciso do que já foi como do próximo ar para me lembrar que foi bomeu já fui bomagora não sei <br />mas já fuijuro que fuie quero gastar as únicas energias a fazer manutenção às memórias<br />
  11. 11. p’ra que nenhuma se percaera penaé que até a gente que me fez por dentro como a um cofre já não existee quero mantê-los ligados à máquina para sempree a máquina sou eue para sempre sou euandaaconchega-te no mofo do T1finge que és de antigamente para te dar os beijinhos de quando era pequeninocheiras à minha avóà roupa no estendalà canção do fim dos bonecosao banho que está a ficar frioao grito do granizo do dia mais longo em que a casa esteve para cair<br />Tu cheiras e sabes ao dia em que a casa esteve para cair<br />Que foi o mesmo dia em que resistiu <br />
  12. 12. como se estivesse ali desde o início dos tempose os tivesse começado para eu os acabaracabaracabaracaba comigo que me falha a lembrançae restas-me como a folha que esteve para caire que só não caiu porque o mundo acabou antes do Outono<br />Poema retirado da Obra<br />“A Verdade Dói e Pode Estar Errada” <br />
  13. 13. Métodos de Divulgação da Poesia<br />Internet<br />O Seu Blog - http://joaonegreiros.blogspot.com/<br />Poemas Declamados em Áudio<br />
  14. 14. Métodos de Divulgação da Poesia<br />Transportes Urbanos de Braga<br />Actualmente a sua poesia pode ser lida nos autocarros que circula em Braga. Iniciativa do Centro de Pesquisa de Interacção Cultural - Projecto denominado por “Grandes Poemas para Viagens Pequenas”.<br />Contacto Directo com<br /> as Pessoas<br />Percorreu as escolas, bibliotecas e auditórios de todo país, com o objectivo de divulgar autores portugueses e a sua poesia.<br />
  15. 15. Poema“O Parto”<br />há pessoas que têm medo de dizer o que pensamhá pessoas que têm medo de dizer o que sentemhá pessoas que têm medo de pensar o que dizemhá pessoas que têm medo de sentir e não dizemhá pessoas que têm medo de não dizer o que não sentemhá pessoas que têm medo de falar como quem não dizbeijar como quem não amasorrir como quem sofrenascer como quem chorafugir como quem regressa<br />caminhar como quem dormechorar como quem sonhahá pessoas que têm medotanto medo que não conseguem caminhare cada passo que dão só os leva para o mesmo sítiopara o útero da mãe que é quente e confortável e tem um sofá com naperons nas costas que <br />os faz sentir quentinhos seguros<br />
  16. 16. e aí todos somos o mesmoaí todos somos umaí todos somos aquele que ainda não chorou mas que está quasee quando começar já não se pode voltar para tráse passamos toda a vida com olhos na nuca a querer voltar para casaa querer voltar para dentro porque neva lá forae lá dentro é tão quentinhodeixem-me entrar<br />agoradepois é tarde demaisdeixem-me ser o antesquero ser o antes que seja tarde<br />Poema retirado da Obra<br />“A Verdade Dói e Pode Estar Errada” <br />
  17. 17. http://joaonegreiros.blogspot.com/ - Consultado em 16.04.2010<br />Bibliografia<br />http://www.matosinhoshoje.com/index.asp?idEdicao=436&id=22847&idSeccao=3349&Action=noticia – Consultado em 16.04.2010<br />http://nlivros.blogspot.com/2010/03/mar-que-gente-faz-o-joao-negreiros.html - Consultado em 16.04.2010<br />http://obviousmag.org/archives/2010/01/joao_negreiros_poeta.html - Consultado em 16.04.2010<br />http://sn140w.snt140.mail.live.com/default.aspx?wa=wsignin1.0 – Consultado em 17.04.2010<br />http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Gente/Interior.aspx?content_id=1354641 – Consultado em 17.04.2010<br />http://joaonegreiros.blogspot.com/2010/03/verdade-doi-e-pode-estar-errada-dia-5.html - Consultado em 17.04.2010<br />
  18. 18. Escola Secundária com 3º ciclo de Vendas Novas<br />EFA, 2º Nível - Certificação Escolar<br />Cultura, Língua e Comunicação<br />Fim<br />Trabalho elaborado <br />por:<br />Graça Costa e Fernanda Tavares<br />20/04/2010<br />

×