SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 15
BASEADO NO
ESTUDOS
1) IDENTIDADE
2) EXPECTATIVAS
3) SINGULARIDADE
4) PENSAMENTOS
5) ATITUDES
6) POTENCIAL
7) ESSÊNCIA
Texto base: 1 Samuel 1:4-6
• E sucedeu que no dia em que Elcana sacrificava,
dava ele porções a Penina, sua mulher, e a todos
os seus filhos, e a todas as suas filhas.
• Porém a Ana dava uma parte excelente; porque
amava a Ana, embora o Senhor lhe tivesse
cerrado a madre.
• E a sua rival excessivamente a provocava, para a
irritar; porque o Senhor lhe tinha cerrado a
madre.
• Então Ana se levantou, depois que comeram e
beberam em Siló; e Eli, sacerdote, estava
assentado numa cadeira, junto a um pilar do
templo do Senhor.
• Ela, pois, com amargura de alma, orou ao Senhor,
e chorou abundantemente.
• E fez um voto, dizendo: Senhor dos Exércitos! Se
benignamente atentares para a aflição da tua
serva, e de mim te lembrares, e da tua serva não
te esqueceres, mas à tua serva deres um filho
homem, ao Senhor o darei todos os dias da sua
vida, e sobre a sua cabeça não passará navalha.
Jesus e as mulheres
• No A.T. havia cerca de 253 leis que compunham o
código obedecido pelos judeus. Depois, na época
de Jesus, os judeus quase triplicaram esse
número: 603 leis.
• Cerca de 100 delas haviam sido escritas contra as
mulheres!
• Os judeus prefeririam queimar a Torá a ter que
ensiná-la às mulheres.
• Jesus rompeu com todos os “nãos” criados contra
as mulheres. Ele desafiou as regras impostas
pelos homens:
1) Ensinava na parte externa do templo para
que as mulheres pudessem se unir aos
ouvintes;
2) Chamou uma mulher aleijada à frente da
sinagoga e a curou;
3) Disse a Marta que o lugar de Maria era aos
pés dele, não na cozinha;
4) Teve o maior diálogo registrado na Bíblia com
a mulher samaritana, discutindo e ensinando
Teologia a ela.
SEJA LIVRE DA PERFEIÇÃO
• O mundo estabelece um padrão inalcançável
para as mulheres, elas tem que:
Ser linda, bem-sucedida, fitness, segura e feliz
Dar conta da casa, dos filhos, do marido;
Ser inteligente, emocionalmente estável e de
auto estima elevada
Ou seja, tem que ser a MULHER MARAVILHA
• No tempo de Ana e Penina, uma mulher só
alcançaria a tão alcançada perfeição caso fosse
mãe. Ela poderia ter todos aqueles atributos, mas
se não desse filhos ao seu marido seria
“imperfeita”, “incompleta”
• Ana já era amada por seu marido e pensava que
tudo seria perfeito se tivesse um filho...
• Mas, precisamos entender que Deus não espera
que sejamos perfeitas. Pelo contrário, Ele já
conhece todas as nossas imperfeições.
• Nossas imperfeições não nos afastam de Deus,
elas nos guiam para um caminho de dependência
nele!
SEJA LIVRE DA COMPARAÇÃO
• A rivalidade entre as esposas de Elcana nos
chama a atenção:
• Penina por conseguir engravidar, provocava
Ana;
• Ana vivia chorando de tamanha tristeza
• Penina se alegrava mais em provocar Ana, do
que ser fértil
• Ana se entristecia tanto que não percebia o
quanto seu marido lhe amava.
• Ana comparava a sua vida com a de Penina (“ah
se eu tivesse filhos seria feliz e realizada”)
enquanto esta comparava a sua vida com a de
Ana (“ah se Elcana me amasse como Ana eu seria
feliz e realizada”)
• A verdade é que se as coisas fossem
completamente do jeito que queríamos, ainda
assim não seríamos completas e realizadas.
• Quando estamos presas ao vício da comparação
não conseguimos ter contentamento na vida
• É estupidez nos compararmos aos outros, pura
tolice. Todas somos diferentes!
PARA REFLETIR
a) Pare de escolher a INVEJA: quando nos
comparamos, além de nos depreciarmos,
estamos alimentando a inveja, e esta por sua
vez, nos torna miseráveis. Se você costuma
comparar sua aparência física, suas roupas, sua
família, você está abrindo uma legalidade na sua
vida para a inveja e a baixa autoestima
b) Não tente mudar suas circunstancias por
INVEJA: quem tem baixa autoestima costuma
querer mudar as circunstancias para se sentir
melhor. “Ela trocou de carro; eu preciso trocar o
meu também”. Se sua motivação for a inveja
você se desgastará muito.
c) Não tente forçar uma mudança de
sentimentos: você precisa mudar a sua
perspectiva. Deus não tem filhos prediletos,
Ele tem propósitos diferentes para cada filho.
Como diz Filipenses 4:11 “aprendi a estar
satisfeito com o que tenho”. Aqui está o
segredo: APRENDI.
Não é natural estar satisfeito com o que
temos, fomos criados para estar descontentes,
por isso, precisamos aprender.
Quem não aprende a celebrar as próprias
conquistas jamais se sentirá completo.
SEJA LIVRE DO PAPEL DE
COADJUVANTE
• A Bíblia fala que Penina sempre lembrava a Ana
que Deus a deixá-la sem filhos, é como se Penina
estivesse evidenciando que a Ana cabia o papel
de coadjuvante, de segundo lugar.
• Mas, no início do capítulo, somos apresentados a
familia de Elcana: “Ele tinha duas mulheres: uma
se chamava Ana e a outra Penina”. Penina é que
foi identificada como a “outra”
• Apesar de receber privilégios de quem é
protagonista, Ana se via como alguém esquecida.
CONCLUSÃO
• Quando não acreditamos em nós mesmas, na
verdade não estamos acreditando em Deus, pois
Ele age por meio da nossa fé.
• Quando Ana clamou e creu, ela fez um voto.
Parou de olhar para Penina e voltou os olhos para
aquele que poderia atender seu desejo.
• Reconheça que você é uma excelente candidata
por meio de quem Deus pode demonstrar o seu
favor e a sua bondade.
• E quando Deus desperta um sonho ou uma
promessa no seu coração, Ele deposita tudo que
é necessário para que se realize.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a SÉRIE CONHECENDO NOSSA IDENTIDADE - ESTUDO 2.pptx

UMA LIÇÃO DE PERSISTÊNCIA – GERANDO SONHOS E CONCEBENDO MILAGRES
UMA LIÇÃO DE   PERSISTÊNCIA –  GERANDO  SONHOS E CONCEBENDO MILAGRESUMA LIÇÃO DE   PERSISTÊNCIA –  GERANDO  SONHOS E CONCEBENDO MILAGRES
UMA LIÇÃO DE PERSISTÊNCIA – GERANDO SONHOS E CONCEBENDO MILAGRES
Abelhinha Preciosa
 
003-Jornal Cesesul 13-04-14
003-Jornal Cesesul 13-04-14003-Jornal Cesesul 13-04-14
003-Jornal Cesesul 13-04-14
CESESUL
 
Honra principio base, para um discipulado eficaz
Honra principio base, para um discipulado eficazHonra principio base, para um discipulado eficaz
Honra principio base, para um discipulado eficaz
Marcos De Oliveira Leite
 
De 28 A 03 De Abril
De 28 A 03 De AbrilDe 28 A 03 De Abril
De 28 A 03 De Abril
guestdd2255
 
Familia um projeto de deus
Familia um projeto de deusFamilia um projeto de deus
Familia um projeto de deus
conexaoad
 

Semelhante a SÉRIE CONHECENDO NOSSA IDENTIDADE - ESTUDO 2.pptx (19)

Narrador
NarradorNarrador
Narrador
 
Informativo da União Fenimina
Informativo da União FeniminaInformativo da União Fenimina
Informativo da União Fenimina
 
12
1212
12
 
UMA LIÇÃO DE PERSISTÊNCIA – GERANDO SONHOS E CONCEBENDO MILAGRES
UMA LIÇÃO DE   PERSISTÊNCIA –  GERANDO  SONHOS E CONCEBENDO MILAGRESUMA LIÇÃO DE   PERSISTÊNCIA –  GERANDO  SONHOS E CONCEBENDO MILAGRES
UMA LIÇÃO DE PERSISTÊNCIA – GERANDO SONHOS E CONCEBENDO MILAGRES
 
Lição 2: Mulheres na Bíblia Ana e eu
Lição 2: Mulheres na Bíblia Ana e euLição 2: Mulheres na Bíblia Ana e eu
Lição 2: Mulheres na Bíblia Ana e eu
 
UFC: Entrando em Combate pela Formação dos Filhos
UFC: Entrando em Combate pela Formação dos FilhosUFC: Entrando em Combate pela Formação dos Filhos
UFC: Entrando em Combate pela Formação dos Filhos
 
Honrar pai e mãe
Honrar pai e mãeHonrar pai e mãe
Honrar pai e mãe
 
003-Jornal Cesesul 13-04-14
003-Jornal Cesesul 13-04-14003-Jornal Cesesul 13-04-14
003-Jornal Cesesul 13-04-14
 
Quais os fatores que influenciam o desenvolvimento espiritual
Quais os fatores que influenciam o desenvolvimento espiritualQuais os fatores que influenciam o desenvolvimento espiritual
Quais os fatores que influenciam o desenvolvimento espiritual
 
A Mulher que Deus usa - LIA.pptx
A Mulher que Deus usa - LIA.pptxA Mulher que Deus usa - LIA.pptx
A Mulher que Deus usa - LIA.pptx
 
Honrai a vosso pai e a vossa
Honrai a vosso pai e a vossaHonrai a vosso pai e a vossa
Honrai a vosso pai e a vossa
 
Honra principio base, para um discipulado eficaz
Honra principio base, para um discipulado eficazHonra principio base, para um discipulado eficaz
Honra principio base, para um discipulado eficaz
 
Mantenha sua família Conectada com Deus
Mantenha sua família Conectada com DeusMantenha sua família Conectada com Deus
Mantenha sua família Conectada com Deus
 
LBJ LIÇÃO 9 - CONFLITOS FAMILIARES
LBJ LIÇÃO 9 - CONFLITOS FAMILIARESLBJ LIÇÃO 9 - CONFLITOS FAMILIARES
LBJ LIÇÃO 9 - CONFLITOS FAMILIARES
 
EBD Revista Palavra e Vida 1T2015.Aula 9: A oração de súplica
EBD Revista Palavra e Vida 1T2015.Aula 9: A oração de súplicaEBD Revista Palavra e Vida 1T2015.Aula 9: A oração de súplica
EBD Revista Palavra e Vida 1T2015.Aula 9: A oração de súplica
 
SEGREDOS DE UM LÍDER QUE VAI ALÉM
SEGREDOS DE UM LÍDER QUE VAI ALÉMSEGREDOS DE UM LÍDER QUE VAI ALÉM
SEGREDOS DE UM LÍDER QUE VAI ALÉM
 
De 28 A 03 De Abril
De 28 A 03 De AbrilDe 28 A 03 De Abril
De 28 A 03 De Abril
 
Familia um projeto de deus
Familia um projeto de deusFamilia um projeto de deus
Familia um projeto de deus
 
O teu Samuel vai nascer
O teu Samuel vai nascerO teu Samuel vai nascer
O teu Samuel vai nascer
 

Mais de Adina Silva

Mais de Adina Silva (20)

A Mulher que Deus usa - HULDA E MIRIÃ.pptx
A Mulher que Deus usa - HULDA E MIRIÃ.pptxA Mulher que Deus usa - HULDA E MIRIÃ.pptx
A Mulher que Deus usa - HULDA E MIRIÃ.pptx
 
A Mulher que Deus usa - A VIÚVA DE SEREPTA.pptx
A Mulher que Deus usa - A VIÚVA DE SEREPTA.pptxA Mulher que Deus usa - A VIÚVA DE SEREPTA.pptx
A Mulher que Deus usa - A VIÚVA DE SEREPTA.pptx
 
A Mulher que Deus usa - ABIGAIL.pptx
A Mulher que Deus usa - ABIGAIL.pptxA Mulher que Deus usa - ABIGAIL.pptx
A Mulher que Deus usa - ABIGAIL.pptx
 
A Mulher que Deus usa - RUTE.pptx
A Mulher que Deus usa - RUTE.pptxA Mulher que Deus usa - RUTE.pptx
A Mulher que Deus usa - RUTE.pptx
 
A Mulher que Deus usa - DÉBORA.pptx
A Mulher que Deus usa - DÉBORA.pptxA Mulher que Deus usa - DÉBORA.pptx
A Mulher que Deus usa - DÉBORA.pptx
 
A Mulher que Deus usa - RAABE.pptx
A Mulher que Deus usa - RAABE.pptxA Mulher que Deus usa - RAABE.pptx
A Mulher que Deus usa - RAABE.pptx
 
A Mulher que Deus usa - EVA.pptx
A Mulher que Deus usa - EVA.pptxA Mulher que Deus usa - EVA.pptx
A Mulher que Deus usa - EVA.pptx
 
A Mulher que Deus usa.pptx
A Mulher que Deus usa.pptxA Mulher que Deus usa.pptx
A Mulher que Deus usa.pptx
 
SÉRIE VIDA QUE VENCE - ESTUDO 4.pptx
SÉRIE VIDA QUE VENCE - ESTUDO 4.pptxSÉRIE VIDA QUE VENCE - ESTUDO 4.pptx
SÉRIE VIDA QUE VENCE - ESTUDO 4.pptx
 
SÉRIE VIDA QUE VENCE - ESTUDO 3.pptx
SÉRIE VIDA QUE VENCE - ESTUDO 3.pptxSÉRIE VIDA QUE VENCE - ESTUDO 3.pptx
SÉRIE VIDA QUE VENCE - ESTUDO 3.pptx
 
SÉRIE VIDA QUE VENCE - ESTUDO 5.pptx
SÉRIE VIDA QUE VENCE - ESTUDO 5.pptxSÉRIE VIDA QUE VENCE - ESTUDO 5.pptx
SÉRIE VIDA QUE VENCE - ESTUDO 5.pptx
 
SÉRIE VIDA QUE VENCE - ESTUDO 2.pptx
SÉRIE VIDA QUE VENCE - ESTUDO 2.pptxSÉRIE VIDA QUE VENCE - ESTUDO 2.pptx
SÉRIE VIDA QUE VENCE - ESTUDO 2.pptx
 
SÉRIE VIDA QUE VENCE - ESTUDO 1.pptx
SÉRIE VIDA QUE VENCE - ESTUDO 1.pptxSÉRIE VIDA QUE VENCE - ESTUDO 1.pptx
SÉRIE VIDA QUE VENCE - ESTUDO 1.pptx
 
SÉRIE MULHERES COM ESPADAS - ESTUDO 2.pptx
SÉRIE MULHERES COM ESPADAS - ESTUDO 2.pptxSÉRIE MULHERES COM ESPADAS - ESTUDO 2.pptx
SÉRIE MULHERES COM ESPADAS - ESTUDO 2.pptx
 
SÉRIE MULHERES COM ESPADAS - ESTUDO 5.pptx
SÉRIE MULHERES COM ESPADAS - ESTUDO 5.pptxSÉRIE MULHERES COM ESPADAS - ESTUDO 5.pptx
SÉRIE MULHERES COM ESPADAS - ESTUDO 5.pptx
 
SÉRIE MULHERES COM ESPADAS - ESTUDO 6.pptx
SÉRIE MULHERES COM ESPADAS - ESTUDO 6.pptxSÉRIE MULHERES COM ESPADAS - ESTUDO 6.pptx
SÉRIE MULHERES COM ESPADAS - ESTUDO 6.pptx
 
SÉRIE MULHERES COM ESPADAS - ESTUDO 7.pptx
SÉRIE MULHERES COM ESPADAS - ESTUDO 7.pptxSÉRIE MULHERES COM ESPADAS - ESTUDO 7.pptx
SÉRIE MULHERES COM ESPADAS - ESTUDO 7.pptx
 
SÉRIE MULHERES COM ESPADAS - ESTUDO 4.pptx
SÉRIE MULHERES COM ESPADAS - ESTUDO 4.pptxSÉRIE MULHERES COM ESPADAS - ESTUDO 4.pptx
SÉRIE MULHERES COM ESPADAS - ESTUDO 4.pptx
 
SÉRIE MULHERES COM ESPADAS - ESTUDO 1.pptx
SÉRIE MULHERES COM ESPADAS - ESTUDO 1.pptxSÉRIE MULHERES COM ESPADAS - ESTUDO 1.pptx
SÉRIE MULHERES COM ESPADAS - ESTUDO 1.pptx
 
SÉRIE MULHERES COM ESPADAS - ESTUDO 3.pptx
SÉRIE MULHERES COM ESPADAS - ESTUDO 3.pptxSÉRIE MULHERES COM ESPADAS - ESTUDO 3.pptx
SÉRIE MULHERES COM ESPADAS - ESTUDO 3.pptx
 

Último

Último (8)

Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
 
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdfLeandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
 
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
 
O CRISTÃO E O MEIO AMBIENTE: o homem como jardineiro
O CRISTÃO E O MEIO AMBIENTE: o homem como jardineiroO CRISTÃO E O MEIO AMBIENTE: o homem como jardineiro
O CRISTÃO E O MEIO AMBIENTE: o homem como jardineiro
 
Lição 7 - O Perigo da Murmuração - EBD.pptx
Lição 7 - O Perigo da Murmuração - EBD.pptxLição 7 - O Perigo da Murmuração - EBD.pptx
Lição 7 - O Perigo da Murmuração - EBD.pptx
 
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdfESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
 
projeto semestral IAD departamento infantil(1).pptx
projeto semestral IAD departamento infantil(1).pptxprojeto semestral IAD departamento infantil(1).pptx
projeto semestral IAD departamento infantil(1).pptx
 
Livro sobre a Defesa espiritual - treino da mente.pdf
Livro sobre a Defesa espiritual - treino da mente.pdfLivro sobre a Defesa espiritual - treino da mente.pdf
Livro sobre a Defesa espiritual - treino da mente.pdf
 

SÉRIE CONHECENDO NOSSA IDENTIDADE - ESTUDO 2.pptx

  • 1.
  • 3. ESTUDOS 1) IDENTIDADE 2) EXPECTATIVAS 3) SINGULARIDADE 4) PENSAMENTOS 5) ATITUDES 6) POTENCIAL 7) ESSÊNCIA
  • 4. Texto base: 1 Samuel 1:4-6 • E sucedeu que no dia em que Elcana sacrificava, dava ele porções a Penina, sua mulher, e a todos os seus filhos, e a todas as suas filhas. • Porém a Ana dava uma parte excelente; porque amava a Ana, embora o Senhor lhe tivesse cerrado a madre. • E a sua rival excessivamente a provocava, para a irritar; porque o Senhor lhe tinha cerrado a madre.
  • 5. • Então Ana se levantou, depois que comeram e beberam em Siló; e Eli, sacerdote, estava assentado numa cadeira, junto a um pilar do templo do Senhor. • Ela, pois, com amargura de alma, orou ao Senhor, e chorou abundantemente. • E fez um voto, dizendo: Senhor dos Exércitos! Se benignamente atentares para a aflição da tua serva, e de mim te lembrares, e da tua serva não te esqueceres, mas à tua serva deres um filho homem, ao Senhor o darei todos os dias da sua vida, e sobre a sua cabeça não passará navalha.
  • 6. Jesus e as mulheres • No A.T. havia cerca de 253 leis que compunham o código obedecido pelos judeus. Depois, na época de Jesus, os judeus quase triplicaram esse número: 603 leis. • Cerca de 100 delas haviam sido escritas contra as mulheres! • Os judeus prefeririam queimar a Torá a ter que ensiná-la às mulheres. • Jesus rompeu com todos os “nãos” criados contra as mulheres. Ele desafiou as regras impostas pelos homens:
  • 7. 1) Ensinava na parte externa do templo para que as mulheres pudessem se unir aos ouvintes; 2) Chamou uma mulher aleijada à frente da sinagoga e a curou; 3) Disse a Marta que o lugar de Maria era aos pés dele, não na cozinha; 4) Teve o maior diálogo registrado na Bíblia com a mulher samaritana, discutindo e ensinando Teologia a ela.
  • 8. SEJA LIVRE DA PERFEIÇÃO • O mundo estabelece um padrão inalcançável para as mulheres, elas tem que: Ser linda, bem-sucedida, fitness, segura e feliz Dar conta da casa, dos filhos, do marido; Ser inteligente, emocionalmente estável e de auto estima elevada Ou seja, tem que ser a MULHER MARAVILHA
  • 9. • No tempo de Ana e Penina, uma mulher só alcançaria a tão alcançada perfeição caso fosse mãe. Ela poderia ter todos aqueles atributos, mas se não desse filhos ao seu marido seria “imperfeita”, “incompleta” • Ana já era amada por seu marido e pensava que tudo seria perfeito se tivesse um filho... • Mas, precisamos entender que Deus não espera que sejamos perfeitas. Pelo contrário, Ele já conhece todas as nossas imperfeições. • Nossas imperfeições não nos afastam de Deus, elas nos guiam para um caminho de dependência nele!
  • 10. SEJA LIVRE DA COMPARAÇÃO • A rivalidade entre as esposas de Elcana nos chama a atenção: • Penina por conseguir engravidar, provocava Ana; • Ana vivia chorando de tamanha tristeza • Penina se alegrava mais em provocar Ana, do que ser fértil • Ana se entristecia tanto que não percebia o quanto seu marido lhe amava.
  • 11. • Ana comparava a sua vida com a de Penina (“ah se eu tivesse filhos seria feliz e realizada”) enquanto esta comparava a sua vida com a de Ana (“ah se Elcana me amasse como Ana eu seria feliz e realizada”) • A verdade é que se as coisas fossem completamente do jeito que queríamos, ainda assim não seríamos completas e realizadas. • Quando estamos presas ao vício da comparação não conseguimos ter contentamento na vida • É estupidez nos compararmos aos outros, pura tolice. Todas somos diferentes!
  • 12. PARA REFLETIR a) Pare de escolher a INVEJA: quando nos comparamos, além de nos depreciarmos, estamos alimentando a inveja, e esta por sua vez, nos torna miseráveis. Se você costuma comparar sua aparência física, suas roupas, sua família, você está abrindo uma legalidade na sua vida para a inveja e a baixa autoestima b) Não tente mudar suas circunstancias por INVEJA: quem tem baixa autoestima costuma querer mudar as circunstancias para se sentir melhor. “Ela trocou de carro; eu preciso trocar o meu também”. Se sua motivação for a inveja você se desgastará muito.
  • 13. c) Não tente forçar uma mudança de sentimentos: você precisa mudar a sua perspectiva. Deus não tem filhos prediletos, Ele tem propósitos diferentes para cada filho. Como diz Filipenses 4:11 “aprendi a estar satisfeito com o que tenho”. Aqui está o segredo: APRENDI. Não é natural estar satisfeito com o que temos, fomos criados para estar descontentes, por isso, precisamos aprender. Quem não aprende a celebrar as próprias conquistas jamais se sentirá completo.
  • 14. SEJA LIVRE DO PAPEL DE COADJUVANTE • A Bíblia fala que Penina sempre lembrava a Ana que Deus a deixá-la sem filhos, é como se Penina estivesse evidenciando que a Ana cabia o papel de coadjuvante, de segundo lugar. • Mas, no início do capítulo, somos apresentados a familia de Elcana: “Ele tinha duas mulheres: uma se chamava Ana e a outra Penina”. Penina é que foi identificada como a “outra” • Apesar de receber privilégios de quem é protagonista, Ana se via como alguém esquecida.
  • 15. CONCLUSÃO • Quando não acreditamos em nós mesmas, na verdade não estamos acreditando em Deus, pois Ele age por meio da nossa fé. • Quando Ana clamou e creu, ela fez um voto. Parou de olhar para Penina e voltou os olhos para aquele que poderia atender seu desejo. • Reconheça que você é uma excelente candidata por meio de quem Deus pode demonstrar o seu favor e a sua bondade. • E quando Deus desperta um sonho ou uma promessa no seu coração, Ele deposita tudo que é necessário para que se realize.