Deterioração e erosão do solo

127 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
127
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Deterioração e erosão do solo

  1. 1. Degradação do Solo Solo: Deriva do Latim “solum”, que significa parte plana e inferior de um todo. Produto da ação da água, temperatura, ar e organismos sobre a rocha base. Possibilitou o Surgimento da vida na terra e com ela da matéria orgânica rica em microrganismos, sendo esta um agente cimentante, reduzindo o efeitos do intemperismo. Crescimento populacional;  pólos industriais;  pecuária e agricultura;  extração de minérios...
  2. 2. Logo percebe-se que: O solo é a base para qualquer atividade, por isso deve-se utilizá-lo de forma racional !! O uso sustentável do solo e o manejo correto das atividades são fundamentais para a manutenção dos ecossistemas terrestres e da vida propriamente dita.
  3. 3. As técnicas utilizadas como forma de conservação e uso sustentável, são adaptadas a cada tipo de solo, clima e vegetação do local. • Os solos possuem características que os diferenciam entre si por se formar a partir da desintegração de rochas, sendo elas determinadas por alguns fatores: • a) Tipos de rocha que originou o solo; b) O clima; c) Quantidade de matéria orgânica; d) Tipo de vegetação que cobre a superfície;
  4. 4. Tipos de Solos Orgânicos: quantidade de matéria orgânica superior a 20%; Minerais: quantidade de matéria orgânica inferior a 20%; Arenosos: quantidade de areia superior a 50%; Limoso: quantidade de limo (areia fina) superior a 45%; Argiloso: quantidade de argila superior a 40%;
  5. 5. Classificação a partir da Formação Granítico: originados do granito; Basáltico: formados a partir de basalto; Arenítico: formados a partir de arenito;
  6. 6. Características de um solo degradado: Desequilíbrio nutricional; Compactação e pulverização do solo; Queda da atividade biológica e dos níveis de matéria orgânica;
  7. 7. Erosão Destruição física das estruturas do solo. Agentes: água da chuva; vento. Ação do gelo.
  8. 8. A erosão destrói as estruturas e as areias, argilas, óxidos e húmus que compõe o solo, são carregados para as partes mais baixas dos relevos e em geral vão parar nos córregos e rios. A erosão destrói os solos e as águas, é um problema muito sério no Brasil.
  9. 9. Por que há erosão ? infiltração da água; topografia (aclive mais acentuado ou não); tipo de solo;  quantidade de vegetação existente. A chuva é, sem dúvida, a causa principal para que ocorra a erosão e evidente é que quanto maior sua quantidade e freqüência, mais irá influenciar no fenômenos.
  10. 10. Causas físicas São as causas oriundas das forças da natureza, pela inexistência de agentes protetores, atuam sobre o solo, prejudicando-o em suas qualidades naturais. Destacam-se: Ação dos raios solares; Ação do impacto de chuva; Queima dos restos de culturas.
  11. 11. Causas mecânicas São as causas que originam pela ação das máquinas e implementos agrícolas, comprimindo o solo ou mobilizando-o excessivamente. Destacam-se: Compactação do solo; Mobilização do solo.
  12. 12. Forma de erosão quanto a origem Erosão Acelerada
  13. 13. Forma de erosão quanto a origem Erosão Geológica
  14. 14. Forma de erosão quanto a origem Erosão Glaciária
  15. 15. Forma de erosão quanto a origem Erosão Eólica
  16. 16. Forma de erosão quanto a origem Erosão Hídrica
  17. 17. O Brasil perde anualmente, pelo menos quinhentos milhões de toneladas de terra através da erosão, correspondendo à retirada de uma camada de 15 cm de espessura numa área de 2.800.000.000 metros quadrados de terra. Essa perda de solo influencia diretamente a produtividade das culturas agrícolas, tendo-se em alguns casos de solos seriamente erodidos, a perda total da capacidade produtiva.
  18. 18. Importância da Conservação do Solo “A conservação do solo, é o uso inteligente; é o uso racional do solo, objetivando alcançar o máximo rendimento de maneira permanente”. Por sua utilidade variada, o solo é essencial para o desenvolvimento de qualquer atividade, assim foram desenvolvidas técnicas para conservar e conter a destruição desse bem.
  19. 19. Obrigado !!!

×