SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
Baixar para ler offline
Cuidando do solo?
 A maioria dos produtores rurais nem lembra
dele, da importância que ele tem, não faz nem
idéia de como lidar com ele e ele é o que de
mais importante um agricultor têm, mas não se
preocupe, através deste material te passarei
algumas dicas importantes.
Você coloca fogo na vegetação
seca de sua propriedade?
 O ato de colocar fogo na vegetação veio
com os imigrantes, na Europa após um
inverno intenso, aonde o solo chega a ficar
meses sobreposto de neve isso é
necessário.
 Juntamente com nossos ancestrais veio o
costume de colocar fogo, porém uma única vez
que incendiamos a vegetação pode destruir a
matéria orgânica que demorou até 10 anos pra
se formar e além do mais no Rio Grande do Sul
raramente neva e quando neva na maioria das
vezes após alguns minutos a neve já derreteu
logo o fogo deve ser algo evitado, sendo
utilizado apenas no ultimo dos casos.
Você coloca fogo na vegetação
seca de sua propriedade?
Qual a importância da matéria
orgânica para o solo da minha
propriedade?
 A matéria orgânica é um agente cimentante, o que
significa que a mesma funciona como uma liga sendo
que quando chove a presença desta dificulta o
processo de erosão.
 Outra vantagem da matéria orgânica é que quanto
mais matéria orgânica tiver mais microrganismos
existirão no solo e os microrganismo são agentes
fixadores de nutrientes no solo, como você já sabe
“solo com maior quantidade de matéria orgânica gera
maior produtividade”.
 As vantagens da matéria orgânica não param por
ai, nos locais em que há matéria orgânica a água
encontra maior dificuldade em evaporar, logo as
plantas demorarão mais a sofrer com os efeitos
da seca.
 A matéria orgânica não só ajuda a evitar a
evaporação de água como ajuda a fixar mais
água no solo ao possibilitar a existência de uma
maior quantidade de poros no mesmo.
Qual a importância da matéria
orgânica para o solo da minha
propriedade?
A aração do solo aumenta a
produtividade da terra?
 A maioria dos produtores rurais têm o costume
de arar anualmente as terras, tal ato somente é
vantajoso nos casos em que o solo está muito
compactado pois ao arar a terra destrói-se toda
a base de organismos existentes na mesma e
como você já sabe os microrganismos ajudam a
fixar nutrientes na terra.
A aração do solo aumenta a
produtividade da terra?
 Além de quebrar a estrutura do solo ao arar a terra o
produtor está expondo o mesmo a erosão.
 Antes de arar a terra consulte seu técnico e se
possível faça um teste para saber se é necessário
arar, a maioria das cooperativas possui
penetrometros, o equipamento necessário para fazer
o teste de compactação do solo.
 Normalmente a aração se faz necessária em um
intervalo de aproximadamente 10 anos, exceto nos
lugares de trafego intenso de maquinários.
Tempo necessário para a
formação do solo
 Agora que você entendeu a importância da
matéria orgânica saiba que o solo levou
milhões de anos para se formar, que no inicio
era tudo rocha base e como você já sabe em
rocha não se produz alimentos nem
pastagens.
 Imagine quanto tempo foi necessário para se
formar o solo que uma única chuva pode levar
embora.
Tempo necessário para a
formação do solo
 Trate o solo de sua propriedade com o maior
cuidado possível, utilizando plantio direto, ficando
o maior tempo possível sem arar o mesmo, se
possível sempre que seu técnico indicar faça um
teste da compactação do solo e busque sempre
utilizar a rotação entre culturas.
 Evite colocar fogo na vegetação e deixar o solo
exposto, além de evitar a erosão e ajudar no
aumento da produtividade este ato garantirá que
seus filhos também tenham terras produtivas.
Topografia
Geomarketing
Licenciamento ambiental
Obtenção e tratamento de dados
Produtos de sensoriamento remoto
Mapas e plantas Georreferenciados
(55) 96466726

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

SR - Anderson - Lote 21
SR - Anderson - Lote 21SR - Anderson - Lote 21
SR - Anderson - Lote 21cerradounb
 
Plantio palma forrageira
Plantio palma forrageiraPlantio palma forrageira
Plantio palma forrageirabrunohenryque
 
Cópia de jardinagem prática
Cópia de jardinagem práticaCópia de jardinagem prática
Cópia de jardinagem práticaaltino3
 
Plantio e adubação do girassol
Plantio e adubação do girassolPlantio e adubação do girassol
Plantio e adubação do girassolGeagra UFG
 
[Livro] plantas noções básicas de jardinagem
[Livro] plantas   noções básicas de jardinagem[Livro] plantas   noções básicas de jardinagem
[Livro] plantas noções básicas de jardinagemmaria isabel
 
Compostagem
CompostagemCompostagem
CompostagemJNR
 
Agricultura Natural
 Agricultura Natural Agricultura Natural
Agricultura Naturalhugo369
 
Curso básico de jardinagem Parte 1/6
Curso básico de jardinagem   Parte 1/6Curso básico de jardinagem   Parte 1/6
Curso básico de jardinagem Parte 1/6ABCursos OnLine
 
Compostagem 17 11 2008
Compostagem 17 11 2008Compostagem 17 11 2008
Compostagem 17 11 2008Ádila Faria
 
Manual morada da_floresta_(2014) compostagem doméstica
Manual morada da_floresta_(2014) compostagem domésticaManual morada da_floresta_(2014) compostagem doméstica
Manual morada da_floresta_(2014) compostagem domésticaAlexandre Panerai
 
7ª apresentação do 5º horti serra gaúcha 22 5-2013
7ª apresentação do 5º horti serra gaúcha 22 5-20137ª apresentação do 5º horti serra gaúcha 22 5-2013
7ª apresentação do 5º horti serra gaúcha 22 5-2013Fattore
 
Workshop bio-hortas em apartamentos
Workshop bio-hortas em apartamentosWorkshop bio-hortas em apartamentos
Workshop bio-hortas em apartamentossiro
 
Plalestra compostagem
Plalestra compostagemPlalestra compostagem
Plalestra compostagemdgdsul3 verde
 
Manual compostagem doméstica e industrial
Manual compostagem doméstica e industrialManual compostagem doméstica e industrial
Manual compostagem doméstica e industrialEcoHospedagem
 

Mais procurados (20)

SR - Anderson - Lote 21
SR - Anderson - Lote 21SR - Anderson - Lote 21
SR - Anderson - Lote 21
 
Plantio palma forrageira
Plantio palma forrageiraPlantio palma forrageira
Plantio palma forrageira
 
Cópia de jardinagem prática
Cópia de jardinagem práticaCópia de jardinagem prática
Cópia de jardinagem prática
 
Plantio e adubação do girassol
Plantio e adubação do girassolPlantio e adubação do girassol
Plantio e adubação do girassol
 
[Livro] plantas noções básicas de jardinagem
[Livro] plantas   noções básicas de jardinagem[Livro] plantas   noções básicas de jardinagem
[Livro] plantas noções básicas de jardinagem
 
Compostagem
CompostagemCompostagem
Compostagem
 
Agricultura Natural
 Agricultura Natural Agricultura Natural
Agricultura Natural
 
Curso básico de jardinagem Parte 1/6
Curso básico de jardinagem   Parte 1/6Curso básico de jardinagem   Parte 1/6
Curso básico de jardinagem Parte 1/6
 
Noçoes de jardinagem
Noçoes de jardinagemNoçoes de jardinagem
Noçoes de jardinagem
 
Compostagem 17 11 2008
Compostagem 17 11 2008Compostagem 17 11 2008
Compostagem 17 11 2008
 
Compostagem
CompostagemCompostagem
Compostagem
 
Compostagem areia
Compostagem   areiaCompostagem   areia
Compostagem areia
 
Manual morada da_floresta_(2014) compostagem doméstica
Manual morada da_floresta_(2014) compostagem domésticaManual morada da_floresta_(2014) compostagem doméstica
Manual morada da_floresta_(2014) compostagem doméstica
 
Soluciones y productos PROJAR BRASIL
Soluciones y productos PROJAR BRASILSoluciones y productos PROJAR BRASIL
Soluciones y productos PROJAR BRASIL
 
Aula 02 compostagem
Aula 02 compostagemAula 02 compostagem
Aula 02 compostagem
 
7ª apresentação do 5º horti serra gaúcha 22 5-2013
7ª apresentação do 5º horti serra gaúcha 22 5-20137ª apresentação do 5º horti serra gaúcha 22 5-2013
7ª apresentação do 5º horti serra gaúcha 22 5-2013
 
Workshop bio-hortas em apartamentos
Workshop bio-hortas em apartamentosWorkshop bio-hortas em apartamentos
Workshop bio-hortas em apartamentos
 
Compostagem
CompostagemCompostagem
Compostagem
 
Plalestra compostagem
Plalestra compostagemPlalestra compostagem
Plalestra compostagem
 
Manual compostagem doméstica e industrial
Manual compostagem doméstica e industrialManual compostagem doméstica e industrial
Manual compostagem doméstica e industrial
 

Destaque (20)

Cadastro Ambiental Rural
Cadastro Ambiental RuralCadastro Ambiental Rural
Cadastro Ambiental Rural
 
Monitoramento de estruturas
Monitoramento de estruturasMonitoramento de estruturas
Monitoramento de estruturas
 
Desmembramento
DesmembramentoDesmembramento
Desmembramento
 
A importância de estar com os papéis de suas terras em dia
A importância de estar com os papéis de suas terras em diaA importância de estar com os papéis de suas terras em dia
A importância de estar com os papéis de suas terras em dia
 
Herança e usufruto
Herança e usufrutoHerança e usufruto
Herança e usufruto
 
Deterioração e erosão do solo
Deterioração e erosão do soloDeterioração e erosão do solo
Deterioração e erosão do solo
 
Direitos de quem mora nas cidades
Direitos de quem mora nas cidadesDireitos de quem mora nas cidades
Direitos de quem mora nas cidades
 
Usucapião extrajudicial
Usucapião extrajudicialUsucapião extrajudicial
Usucapião extrajudicial
 
Georreferenciamento
GeorreferenciamentoGeorreferenciamento
Georreferenciamento
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
Dicas que você precisa saber antes de comprar um terreno
Dicas que você precisa saber antes de comprar um terrenoDicas que você precisa saber antes de comprar um terreno
Dicas que você precisa saber antes de comprar um terreno
 
Defesa de estágio
Defesa de  estágioDefesa de  estágio
Defesa de estágio
 
Levantamento cadastral
Levantamento cadastralLevantamento cadastral
Levantamento cadastral
 
Trab cadastro
Trab cadastroTrab cadastro
Trab cadastro
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Metadados
MetadadosMetadados
Metadados
 
Sig
SigSig
Sig
 
Leonardo Henrique livro digital engenharia civil 03
Leonardo Henrique livro digital engenharia civil 03Leonardo Henrique livro digital engenharia civil 03
Leonardo Henrique livro digital engenharia civil 03
 
Trab cadastro
Trab cadastroTrab cadastro
Trab cadastro
 
Minicurso de GPS de navegação
Minicurso de GPS  de navegaçãoMinicurso de GPS  de navegação
Minicurso de GPS de navegação
 

Semelhante a Cuidados com o solo

plantando do jeito certo,curso de pantio sem "grotóx"
plantando do jeito certo,curso de pantio sem "grotóx"plantando do jeito certo,curso de pantio sem "grotóx"
plantando do jeito certo,curso de pantio sem "grotóx"Bruno Da Montanha
 
Dia da árvore em Itaperuçu
Dia da árvore em ItaperuçuDia da árvore em Itaperuçu
Dia da árvore em Itaperuçurbsapple
 
Dia da árvore em Itaperuçu
Dia da árvore em ItaperuçuDia da árvore em Itaperuçu
Dia da árvore em Itaperuçurbsapple
 
Biodiversidade joão sousa
Biodiversidade  joão sousaBiodiversidade  joão sousa
Biodiversidade joão sousaMayjö .
 
AULA 1º ANO Capítulo 9 Erosão e contaminação dos solos.pptx
AULA 1º ANO Capítulo 9 Erosão e contaminação dos solos.pptxAULA 1º ANO Capítulo 9 Erosão e contaminação dos solos.pptx
AULA 1º ANO Capítulo 9 Erosão e contaminação dos solos.pptxssuser6b433b
 
Solos modificaçao e_preservaçao
Solos modificaçao e_preservaçaoSolos modificaçao e_preservaçao
Solos modificaçao e_preservaçaoAdriana Gotschalg
 
Técnicas de Compostagem.pptx
Técnicas de Compostagem.pptxTécnicas de Compostagem.pptx
Técnicas de Compostagem.pptxAndré Moreira
 
Compostagem domestica –_uma_solucao_para_todos_os_gostos
Compostagem domestica –_uma_solucao_para_todos_os_gostosCompostagem domestica –_uma_solucao_para_todos_os_gostos
Compostagem domestica –_uma_solucao_para_todos_os_gostosLuna Oliveira
 
Agroecologia por uma agricultura sustentável e lucrativa
Agroecologia por uma agricultura sustentável e lucrativaAgroecologia por uma agricultura sustentável e lucrativa
Agroecologia por uma agricultura sustentável e lucrativaReichard Felipe Kampmann
 
ComoCultivarAlimentosPlantandoFlorestasweb.pdf
ComoCultivarAlimentosPlantandoFlorestasweb.pdfComoCultivarAlimentosPlantandoFlorestasweb.pdf
ComoCultivarAlimentosPlantandoFlorestasweb.pdfJssicaGontijo3
 
Desertificação 9º2
Desertificação 9º2Desertificação 9º2
Desertificação 9º2Mayjö .
 
Cap 01elementosdasnaturezaepropriedadesdosolos
Cap 01elementosdasnaturezaepropriedadesdosolosCap 01elementosdasnaturezaepropriedadesdosolos
Cap 01elementosdasnaturezaepropriedadesdosolosAna_Silvah
 

Semelhante a Cuidados com o solo (20)

Conservação do solo
Conservação do soloConservação do solo
Conservação do solo
 
Cartilha adubacao
Cartilha adubacaoCartilha adubacao
Cartilha adubacao
 
plantando do jeito certo,curso de pantio sem "grotóx"
plantando do jeito certo,curso de pantio sem "grotóx"plantando do jeito certo,curso de pantio sem "grotóx"
plantando do jeito certo,curso de pantio sem "grotóx"
 
Dia da árvore em Itaperuçu
Dia da árvore em ItaperuçuDia da árvore em Itaperuçu
Dia da árvore em Itaperuçu
 
Dia da árvore em Itaperuçu
Dia da árvore em ItaperuçuDia da árvore em Itaperuçu
Dia da árvore em Itaperuçu
 
Biodiversidade joão sousa
Biodiversidade  joão sousaBiodiversidade  joão sousa
Biodiversidade joão sousa
 
AULA 1º ANO Capítulo 9 Erosão e contaminação dos solos.pptx
AULA 1º ANO Capítulo 9 Erosão e contaminação dos solos.pptxAULA 1º ANO Capítulo 9 Erosão e contaminação dos solos.pptx
AULA 1º ANO Capítulo 9 Erosão e contaminação dos solos.pptx
 
Solos
SolosSolos
Solos
 
A importância dos solos
A importância dos solosA importância dos solos
A importância dos solos
 
Solos modificaçao e_preservaçao
Solos modificaçao e_preservaçaoSolos modificaçao e_preservaçao
Solos modificaçao e_preservaçao
 
Cartilhaeucaliptoneo
CartilhaeucaliptoneoCartilhaeucaliptoneo
Cartilhaeucaliptoneo
 
Técnicas de Compostagem.pptx
Técnicas de Compostagem.pptxTécnicas de Compostagem.pptx
Técnicas de Compostagem.pptx
 
Como fazer uma horta
Como fazer uma hortaComo fazer uma horta
Como fazer uma horta
 
Compostagem domestica –_uma_solucao_para_todos_os_gostos
Compostagem domestica –_uma_solucao_para_todos_os_gostosCompostagem domestica –_uma_solucao_para_todos_os_gostos
Compostagem domestica –_uma_solucao_para_todos_os_gostos
 
Agroecologia por uma agricultura sustentável e lucrativa
Agroecologia por uma agricultura sustentável e lucrativaAgroecologia por uma agricultura sustentável e lucrativa
Agroecologia por uma agricultura sustentável e lucrativa
 
ComoCultivarAlimentosPlantandoFlorestasweb.pdf
ComoCultivarAlimentosPlantandoFlorestasweb.pdfComoCultivarAlimentosPlantandoFlorestasweb.pdf
ComoCultivarAlimentosPlantandoFlorestasweb.pdf
 
Desertificação 9º2
Desertificação 9º2Desertificação 9º2
Desertificação 9º2
 
Composto organico
Composto organicoComposto organico
Composto organico
 
Modulo 02 - O uso dos solos
Modulo 02 - O uso dos solosModulo 02 - O uso dos solos
Modulo 02 - O uso dos solos
 
Cap 01elementosdasnaturezaepropriedadesdosolos
Cap 01elementosdasnaturezaepropriedadesdosolosCap 01elementosdasnaturezaepropriedadesdosolos
Cap 01elementosdasnaturezaepropriedadesdosolos
 

Último

Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evoluçãoprofleticiasantosbio
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETODouglasVasconcelosMa
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxJosAurelioGoesChaves
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoJayaneSales1
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 

Último (20)

Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. EvoluçãoAs teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
As teorias de Lamarck e Darwin. Evolução
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 

Cuidados com o solo

  • 1.
  • 2. Cuidando do solo?  A maioria dos produtores rurais nem lembra dele, da importância que ele tem, não faz nem idéia de como lidar com ele e ele é o que de mais importante um agricultor têm, mas não se preocupe, através deste material te passarei algumas dicas importantes.
  • 3. Você coloca fogo na vegetação seca de sua propriedade?  O ato de colocar fogo na vegetação veio com os imigrantes, na Europa após um inverno intenso, aonde o solo chega a ficar meses sobreposto de neve isso é necessário.
  • 4.  Juntamente com nossos ancestrais veio o costume de colocar fogo, porém uma única vez que incendiamos a vegetação pode destruir a matéria orgânica que demorou até 10 anos pra se formar e além do mais no Rio Grande do Sul raramente neva e quando neva na maioria das vezes após alguns minutos a neve já derreteu logo o fogo deve ser algo evitado, sendo utilizado apenas no ultimo dos casos. Você coloca fogo na vegetação seca de sua propriedade?
  • 5. Qual a importância da matéria orgânica para o solo da minha propriedade?  A matéria orgânica é um agente cimentante, o que significa que a mesma funciona como uma liga sendo que quando chove a presença desta dificulta o processo de erosão.  Outra vantagem da matéria orgânica é que quanto mais matéria orgânica tiver mais microrganismos existirão no solo e os microrganismo são agentes fixadores de nutrientes no solo, como você já sabe “solo com maior quantidade de matéria orgânica gera maior produtividade”.
  • 6.  As vantagens da matéria orgânica não param por ai, nos locais em que há matéria orgânica a água encontra maior dificuldade em evaporar, logo as plantas demorarão mais a sofrer com os efeitos da seca.  A matéria orgânica não só ajuda a evitar a evaporação de água como ajuda a fixar mais água no solo ao possibilitar a existência de uma maior quantidade de poros no mesmo. Qual a importância da matéria orgânica para o solo da minha propriedade?
  • 7. A aração do solo aumenta a produtividade da terra?  A maioria dos produtores rurais têm o costume de arar anualmente as terras, tal ato somente é vantajoso nos casos em que o solo está muito compactado pois ao arar a terra destrói-se toda a base de organismos existentes na mesma e como você já sabe os microrganismos ajudam a fixar nutrientes na terra.
  • 8. A aração do solo aumenta a produtividade da terra?  Além de quebrar a estrutura do solo ao arar a terra o produtor está expondo o mesmo a erosão.  Antes de arar a terra consulte seu técnico e se possível faça um teste para saber se é necessário arar, a maioria das cooperativas possui penetrometros, o equipamento necessário para fazer o teste de compactação do solo.  Normalmente a aração se faz necessária em um intervalo de aproximadamente 10 anos, exceto nos lugares de trafego intenso de maquinários.
  • 9. Tempo necessário para a formação do solo  Agora que você entendeu a importância da matéria orgânica saiba que o solo levou milhões de anos para se formar, que no inicio era tudo rocha base e como você já sabe em rocha não se produz alimentos nem pastagens.  Imagine quanto tempo foi necessário para se formar o solo que uma única chuva pode levar embora.
  • 10. Tempo necessário para a formação do solo  Trate o solo de sua propriedade com o maior cuidado possível, utilizando plantio direto, ficando o maior tempo possível sem arar o mesmo, se possível sempre que seu técnico indicar faça um teste da compactação do solo e busque sempre utilizar a rotação entre culturas.  Evite colocar fogo na vegetação e deixar o solo exposto, além de evitar a erosão e ajudar no aumento da produtividade este ato garantirá que seus filhos também tenham terras produtivas.
  • 11. Topografia Geomarketing Licenciamento ambiental Obtenção e tratamento de dados Produtos de sensoriamento remoto Mapas e plantas Georreferenciados (55) 96466726