Uma Concepção
Contemporânea da
Virtude
ESCOLA ESTADUAL DEPUTADO FRANCISCO
VILLANOVA
Alunos: Ademir , Thays , Roberio, Eliz...
Introdução
Uma Concepção Contemporânea da
Virtude
• O QUE PODE SER ÉTICO NA FAMÍLIA E NÃO SERÁ NA
PROFISSÃO E O QUE É ÉTICO EM AMBOS ...
Aristóteles Espinosa
Razão, é tudo o que é provado com fatos..
Desejo, de certa modo, move muitas coisas..
Vontade , é o que fazemos em relação...
CONCEPÇÃO INTELECTUALISTA PARA A CONCEPÇÃO
INTELECTUALISTA, A VIDA ÉTICA OU VIDA VIRTUOSA DEPENDE
DO CONHECIMENTO.
Converg...
Desejo
A VONTADE É O GRANDE DÍNAMO DA VIDA. É POR
MEIO DELA QUE POMOS EM AÇÃO NOSSOS
PENSAMENTOS, QUANDO QUEREMOS REALIZAR...
Conclusão
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Uma Concepção Contemporânea da Virtude

1.782 visualizações

Publicada em

Trabalho dos alunos do 3ª Ano B da Escola Estadual Dep. Francisco Villanova.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Uma Concepção Contemporânea da Virtude

  1. 1. Uma Concepção Contemporânea da Virtude ESCOLA ESTADUAL DEPUTADO FRANCISCO VILLANOVA Alunos: Ademir , Thays , Roberio, Elizangela e Pânmila Prof(o): Romário Trabalho orientado pelo professor Romário como quesito avaliativo da disciplina de Filosofia. Salto do Céu - MT Junho 2015
  2. 2. Introdução
  3. 3. Uma Concepção Contemporânea da Virtude • O QUE PODE SER ÉTICO NA FAMÍLIA E NÃO SERÁ NA PROFISSÃO E O QUE É ÉTICO EM AMBOS PODERÁ NÃO SÊ-LO NA POLITICA. • DESEJO DE COERÊNCIA ORIENTA NOSSAS CONDUTAS. • VIRTUDE É O QUE PROPICIA A UNIDADE NARRATIVA DE NOSSA VIDA, ISTO É O QUE DA SENTIDO ÁS NOSSAS BUSCAS... • A TRADIÇAO MORRE QUANDO SEUS VALORES E SUAS NORMAS SE TORNAM IRRACIONAIS PERANTE AS MUDANÇAS HISTÓRICAS.
  4. 4. Aristóteles Espinosa
  5. 5. Razão, é tudo o que é provado com fatos.. Desejo, de certa modo, move muitas coisas.. Vontade , é o que fazemos em relação a ações já feitas.. CONVERGÊNCIA ENTRE AS CONCEPÇÕES INTELECTUALISTA E VOLUNTARISTA. Somente como humanos temos desejo. O desejo é paixão, a vontade, decisão. O desejo nasce da imaginação, a vontade se articula à reflexão. Razão , Desejo e Vontade Mas é o desejo que oferece à vontade os motivos interiores e os fins exteriores da ação. Consciência e desejo referem-se às nossas intenções e motivações; a vontade, às nossas ações e finalidades.
  6. 6. CONCEPÇÃO INTELECTUALISTA PARA A CONCEPÇÃO INTELECTUALISTA, A VIDA ÉTICA OU VIDA VIRTUOSA DEPENDE DO CONHECIMENTO. Convergências entre as duas concepções
  7. 7. Desejo A VONTADE É O GRANDE DÍNAMO DA VIDA. É POR MEIO DELA QUE POMOS EM AÇÃO NOSSOS PENSAMENTOS, QUANDO QUEREMOS REALIZAR ALGO. É PRECISO QUERER PARA TRANSFORMAR UM SIMPLES DESEJO EM VONTADE. O DESEJO ESTÁ FREQUENTEMENTE LIGADO AOS NOSSOS SENTIMENTOS E EMOÇÕES, ENQUANTO A VONTADE REALIZADORA CAMINHA DE MÃOS DADAS COM A LÓGICA E A RAZÃO E, POR ISSO MESMO, É RESPALDADA, TAMBÉM, PELO PODER DO RACIOCÍNIO.
  8. 8. Conclusão

×