Energia nuclear

143 visualizações

Publicada em

Seminário 3ª do 3ª Ano B da Escola Estadual Dep. Francisco Villanova.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
143
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Energia nuclear

  1. 1. Energia nuclear ALUNOS: ADEMIR, THAYS, VERÔNICA , ELIZANGELA E PANMILA Escola Estadual Deputado Francisco Villanova Trabalho orientado pelo professor Aroldson como quesito avaliativo da disciplina de Química. Salto do Céu- MT Junho/ 2015
  2. 2. A energia é tudo o que produz ou pode produzir ação, podendo por isso tomar as mais variadas formas: Energia mecânica, calorífica, gravítica, eléctrica, química, magnética, radiante, nuclear, etc. Tudo isto são manifestações de energia. O que é a Energia
  3. 3. Energia Nuclear
  4. 4. O Que É ? Baseia-se no princípio, demonstrado por Albert Einstein, que nas reacções nucleares ocorre uma transformação de massa em energia. E = mc² (Energia = massa X vel.luz2)
  5. 5. Energia Nuclear Energia nuclear é a energia liberada numa reacção nuclear, ou seja, em processos de transformação de núcleos atómicos. Alguns isótopos de certos elementos apresentam a capacidade de se transformar em outros isótopos ou elementos através de reacções nucleares, emitindo energia durante esse processo. Baseia-se no princípio da equivalência de energia e massa (observado por Albert Einstein), segundo a qual durante reacções nucleares ocorre transformação de massa em energia. Foi descoberta por Hahn, Straßmann e Meitner com a observação de uma fissão nuclear depois da irradiação de urânio com neutrões. A tecnologia nuclear tem a finalidade de aproveitar a energia nuclear, convertendo o calor emitido na reação em energia eléctrica. Isso pode acontecer controladamente em reactor nuclear ou descontroladamente em bomba atómica.
  6. 6. Central Nuclear como funciona A energia libertada pelas reacções nucleares vai aquecer a parede interna do reactor, na qual existe um permutador de calor que transfere a energia calorífica para um líquido, vaporizando-o e aumentando a pressão do gás. Este vapor vai accionar uma turbina que está acoplada a um conjunto de enrolamentos eléctricos que se move num campo magnético. Desta forma, gera-se uma força electromotriz nestes enrolamentos que, após adequada transformação de tensão, é entregue à rede de distribuição de energia eléctrica.
  7. 7. Energia nuclear no Brasil  A procura da tecnologia nuclear no Brasil começou na década de 50, com o pioneiro nesta área, Almirante Álvaro Alberto, que entre outros feitos criou o Conselho Nacional de Pesquisa, em 1951, e que importou duas ultra-centrifugadoras da Alemanha para o enriquecimento do urânio, em 1953. Era de se imaginar que o desenvolvimento transcorreria numa velocidade maior, porém ainda são obscuras as reais causas que impediram este deslanche, e o país não passou da instalação de alguns centros de pesquisas na área nuclear.
  8. 8.  Em junho de 1974, as obras civis da Usina Nuclear de Angra 1 estavam em pleno andamento quando o Governo Federal decidiu ampliar o projeto, autorizando Furnas a construir a segunda usina.
  9. 9.  Angra 1 encontra-se em operação desde 1982 e fornece ao sistema elétrico brasileiro uma potência de 657 MW. Angra 2, após longos períodos de paralização nas obras, inicia sua geração entregando ao sistema elétrico mais 1300 MW, o dobro de Angra 1.
  10. 10. Para construir Angra 3, serão necessários mais R$ 7,184 bilhões.  Com as unidades 1 e 2 existentes, praticamente toda a infraestrutura necessária para montar Angra 3 já existe, tais como pessoal treinado e qualificado para as áreas de engenharia, construção e operação, bem como toda a infraestrutura de canteiro e sistemas auxiliares externos. Desta maneira, a construção de Angra 3 é somente uma questão de tempo.
  11. 11. Vantagens: É um combustível mais barato É uma fonte mais concentrada Não causa nenhum efeito de estufa ou chuvas ácidas Fácil de transportar como novo combustível É uma fonte de energia segura  Permite reduzir o défice comercial. Permite aumentar a competitividade.
  12. 12. Desvantagens: Necessidade de armazenar o resíduo nuclear em locais isolados e protegidos Necessidade de isolar a central após o seu encerramento É mais cara quando comparada às demais fontes de energia Os resíduos produzidos emitem radioactividade durante muitos anos Dificuldades no armazenamento dos resíduos, principalmente em questões de localização e segurança Pode interferir com ecossistemas Grande risco de acidente na central nuclear.
  13. 13. Conclusão A energia nuclear é, sem dúvida, o futuro das energias, actualmente, cada vez mais são os projectos desenvolvidos pelos países de forma a apostar nesta energia, e os que já produzem apostam cada vez mais nesta forma de energia rentáveis.
  14. 14. Pesquisa: www.atomico.no.sapo.pt. www.biodieselbr.com www.pt.wikipedia.org www.abcdaenergia.com www.cfn.ist.utl.pt http://g1.globo.com/Noticias/Economia_Negocios/ 0,,MUL58208-9356,00- PROJETO+DE+ANGRA+DEVE+SER+APROVAD O+HOJE.html

×