Por:Wesley Simões
“Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim,    ainda que esteja morto, viverá; e todo aquele que vi...
Jesus era um homem paciente.Várias vezes, amavelmente,       desenhou um quadro para seus seguidores:“Eu sou o caminho, e ...
De novo, parece simples, mas estamos densos. Como crianças,    precisamos ser docilmente conduzidos, pacientemente  encora...
Ele é a Verdade. Existem tantas “pseudos verdades” que parecemos     desesperados para segui-las; afinal, elas são tão atr...
Você pode escolher viver regaladamente aqui na terra – tal escolha    é cheia de ganância, egoísmo, sedução, prazer e de f...
Todavia, perdemos isso de vista quando nos comprometemos com o  que é correto; substituímos nossa vontade pela dele. Não é...
Mais uma vez, Jesus exercita sua paciência. Parecia impossível  para os discípulos conceberem a unidade de Jesus com o Pai...
Os pais pensam que exercitam uma paciência ilimitada com seus   filhos. Jesus está dizendo: “Olá! Você está ouvindo? Toc, ...
Talvez precisemos ter isso martelado em nós, novamente... Não aprendemos facilmente! Os discípulos, sentados na primeira f...
“Pai, que está em mim, é quem faz as obras” (João 14:10).Assim, Jesus pacientemente trabalha com os homens que nãoparecem ...
Na própria época de Jesus, diante dos seus olhos, ocorreram o    levantamento dos mortos; as curas; as mudanças físicas, m...
Eles precisarão lembrar-se da ação esquematizada para eles. Nãosomos salvos por nossos trabalhos, mas Deus quer que seus c...
Nosso propósito como crentes é realizar trabalhos maiores aqui do que até mesmo Cristo fez. Isso parece impossível agora. ...
Se nosso propósito derradeiro é glorificar Deus, seu pedido final  é que nos conectemos intimamente com ele, peçamos em se...
A vida eterna é uma obra da livre graça de Deus. A salvação em   sua maior expressão. Nem mesmo a morte física serve de   ...
Disse Jesus: "Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá; e todo o que vive e crê em ...
Jesus Cristo, ao declarar-se o pão da vida, quer expressar que a real e verdadeira satisfação, realização e felicidade do ...
Conclusão  Este belo evangelho nos traz profundo consolo. Jesus conhece nossas aflições. Ele ampara os seus. O que nos aco...
Amém !
Tenha uma semana abençoada       Não se esqueça ! ! Confie em Deus, Ele é a única solução           para sua vida ! ! !   ...
Créditos:Formatação: Wesley Simões.Texto: Eu sou a ressurreição e a vidaMúsica: Cortázar-Autumn RoseContato:  wesley@evang...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Eu sou-a-ressurreição-e-a-vida

545 visualizações

Publicada em

So Jesus Salva ^ ^

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
545
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
129
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Eu sou-a-ressurreição-e-a-vida

  1. 1. Por:Wesley Simões
  2. 2. “Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá; e todo aquele que vive e crê em mim nunca morrerá. Crês tu isso?”. Joao 11.25, 26
  3. 3. Jesus era um homem paciente.Várias vezes, amavelmente, desenhou um quadro para seus seguidores:“Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim” (João 14:6).
  4. 4. De novo, parece simples, mas estamos densos. Como crianças, precisamos ser docilmente conduzidos, pacientemente encorajados e cuidadosamente ensinados.Nossa única rota para Deus é pelo seu Filho; ele é o Caminho. Siga seus Passos e receba o prêmio.
  5. 5. Ele é a Verdade. Existem tantas “pseudos verdades” que parecemos desesperados para segui-las; afinal, elas são tão atraentes... Mas ele diz a nós para resistirmos a todas as tentações temporárias e confiar apenas na verdade de Cristo Jesus, pois ele é, definitivamente, a Vida. Você tem que fazer uma escolha.
  6. 6. Você pode escolher viver regaladamente aqui na terra – tal escolha é cheia de ganância, egoísmo, sedução, prazer e de fontes aparentemente inesgotáveis de satisfação – ou você pode optar pelo caminho estreito que Deus preparou para nós. A estreiteza desse caminho é absoluta!
  7. 7. Todavia, perdemos isso de vista quando nos comprometemos com o que é correto; substituímos nossa vontade pela dele. Não é fácil ajustar nossa vida para as únicas respostas: Seu Filho, seu mundo e sua Luz. E, por seguir esse curso, viveremos eternamente com Ele.
  8. 8. Mais uma vez, Jesus exercita sua paciência. Parecia impossível para os discípulos conceberem a unidade de Jesus com o Pai. Mesmo após todo aquele tempo com ele, os homens realmentenão sabiam que, por conhecerem Jesus, também conheciam Deus, o Pai. Eles queriam conhecer Deus, e precisavam ouvir que o Senhor estava ali mesmo,na frente deles, todo o tempo. Se conhecessem Jesus, então, conheceriam o Pai.
  9. 9. Os pais pensam que exercitam uma paciência ilimitada com seus filhos. Jesus está dizendo: “Olá! Você está ouvindo? Toc, toc.Alguém em casa?” Não me admira que ele dissesse que devemos ser como as criancinhas... A abertura e a claridade da mente infantilfariam com que tivéssemos bem menos problemas em compreender a idéia de Jesus e de Deus como sendo um.
  10. 10. Talvez precisemos ter isso martelado em nós, novamente... Não aprendemos facilmente! Os discípulos, sentados na primeira fileirado maior show já visto, ainda assim não percebiam !! E, se eles não puderam, como seremos nós capazes?
  11. 11. “Pai, que está em mim, é quem faz as obras” (João 14:10).Assim, Jesus pacientemente trabalha com os homens que nãoparecem conhecer melhor. Se suas palavras são impossíveis de compreender, olhe o que tem sido feito aqui em nome de Deus!
  12. 12. Na própria época de Jesus, diante dos seus olhos, ocorreram o levantamento dos mortos; as curas; as mudanças físicas, meteorológicas e biológicas miraculosas, várias e várias vezes.Enfim, Jesus usará a idéia de seus Trabalhos para propelir seus seguidores no seu futuro. Após sua ida para o Pai, eles não devem atolar-se na lamentação e na perda, na falta de orientação e de foco.
  13. 13. Eles precisarão lembrar-se da ação esquematizada para eles. Nãosomos salvos por nossos trabalhos, mas Deus quer que seus crentes saiam entre as pessoas e façam o seu trabalho. O de Deus é restaurar o homem para o seu caminho, além de prepará-lo para uma relação eterna com ele.
  14. 14. Nosso propósito como crentes é realizar trabalhos maiores aqui do que até mesmo Cristo fez. Isso parece impossível agora. “Tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho.” (João 14:13). Contudo, as ferramentas estão aqui; é só pedir e ele dará as mesmas para nós.
  15. 15. Se nosso propósito derradeiro é glorificar Deus, seu pedido final é que nos conectemos intimamente com ele, peçamos em seu nome, e fortaleçamos nossas vidas com os trabalhos que ele nos pede para fazer.
  16. 16. A vida eterna é uma obra da livre graça de Deus. A salvação em sua maior expressão. Nem mesmo a morte física serve de obstáculo para a vida eterna; pelo contrário, a morte, para os crentes, é "uma libertação do pecado e um passo para a vida eterna"
  17. 17. Disse Jesus: "Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá; e todo o que vive e crê em mim,não morrerá, crês tu isto?" (João 11.25,26). Ter a vida eterna é o mesmo que estar salvo num processo irreversível (cf. Jo 5.24; 6.47; 10.27,28). Como o próprio nome indica, vida eterna não é uma coisa que temos hoje e perdemos amanhã. Neste caso seria vida temporária e passageira, jamais eterna!
  18. 18. Jesus Cristo, ao declarar-se o pão da vida, quer expressar que a real e verdadeira satisfação, realização e felicidade do homemestão somente nele. O espiritual é colocado acima do material; o invisível sobre o visível. A fé em Jesus nos traz vida e vida eterna: “Por isso, quem crê no Filho tem a vida eterna” (João 3.36ª). “Quem crê em mim, ainda que morra, viverá;e todo o que vive e crê em mim nunca morrerá, crês tu isto?” (João 11.25-26)
  19. 19. Conclusão Este belo evangelho nos traz profundo consolo. Jesus conhece nossas aflições. Ele ampara os seus. O que nos acontece não é puro acaso ou destino cego, mas são os caminhos amorosos de nosso Pai celestial, que cooperam para a glória de Deus. Mesmo não compreendendo os caminhos de Deus, queremos permanecerapegados à sua palavra. Olhar firmes para o autor e consumadorde nossa fé e olhar para o alvo, a esperança da vida eterna. Pois todo o que vive e crê em Cristo, não morrerá eternamente.  
  20. 20. Amém !
  21. 21. Tenha uma semana abençoada Não se esqueça ! ! Confie em Deus, Ele é a única solução para sua vida ! ! ! Um abraço... Wesley
  22. 22. Créditos:Formatação: Wesley Simões.Texto: Eu sou a ressurreição e a vidaMúsica: Cortázar-Autumn RoseContato: wesley@evangelismoemslides.com.brMais mensagens: www.evangelismoemslides.com.br

×