©VSLins 1995                                                      http://SergioLins.blogspot.com       ©VSLins 1995       ...
©VSLins 1995                        Dicas                      http://SergioLins.blogspot.com       ©VSLins 1995          ...
©VSLins 1995                Habilidades dos Inovadores                    http://SergioLins.blogspot.com       ©VSLins 199...
©VSLins 1995   Surgimento de Paradigma       http://SergioLins.blogspot.com       ©VSLins 1995   Formação de Paradigma    ...
©VSLins 1995                Montagem de padrões                http://SergioLins.blogspot.com       ©VSLins 1995          ...
©VSLins 1995                        Correlação de Conceitos                                  http://SergioLins.blogspot.co...
©VSLins 1995                             Bloqueios                              http://SergioLins.blogspot.com       ©VSLi...
©VSLins 1995                Brainstorming                    http://SergioLins.blogspot.com       ©VSLins 1995            ...
©VSLins 1995                    Fases do processo criativo                           http://SergioLins.blogspot.com       ...
©VSLins 1995                    Atitudes básicas                  http://SergioLins.blogspot.com        ©VSLins 1995      ...
©VSLins 1995                O processo da inovação                     http://SergioLins.blogspot.com        ©VSLins 1995 ...
©VSLins 1995        Investindo no Capital do Cliente         http://SergioLins.blogspot.com        ©VSLins 1995        Tra...
©VSLins 1995                    Princípios da persuasão                      http://SergioLins.blogspot.com        ©VSLins...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Criatividade e Inovação

2.534 visualizações

Publicada em

"A criatividade pode ser chamada de uma postura mental... É uma maneira de fazer as coisas... é um estilo de vida..." "...Agora, mais do que nunca, temos que ter ikispiração. Isso significa que eu encorajo a mim mesmo a atravessar os três elementos da criação:" Yoshiro NakaMats.

Publicada em: Negócios, Tecnologia

Criatividade e Inovação

  1. 1. ©VSLins 1995 http://SergioLins.blogspot.com ©VSLins 1995 Transformação e qualidade http://SergioLins.blogspot.com Criatividade e Inovação Mentalidade Energia Idéia "...A criatividade pode ser chamada de uma postura mental... É uma maneira Qualidade de fazer as coisas... é um estilo de vida..." Yoshiro NakaMats Transformação 1 ©VSLins 1995 Disparando Idéias http://SergioLins.blogspot.com ©VSLins 1995 Você já ouviu falar de Ikispiração? http://SergioLins.blogspot.com "...Agora, mais do que nunca, temos que ter ikispiração. Isso PREPARAR significa que eu encorajo a mim mesmo a atravessar os três Defina o seu problema elementos da criação:" FOGO Produza tantas idéias quantas puder, tão depressa quanto possa, sem criticá-las IKI APONTAR SUJI PIKA praticalidade, conhecimento inspiração viabilidade e Peneire, sintetize e escolha negociabilidade Yoshiro NakaMats 1
  2. 2. ©VSLins 1995 Dicas http://SergioLins.blogspot.com ©VSLins 1995 Invenções "INVISÍVEIS" http://SergioLins.blogspot.com 1. A melhor maneira de ter grandes idéias é ter muitas idéias e Uma invenção "invisível" é algo jogar fora as ruins. que você não pode ver, mas 2. Crie idéias que estejam quinze minutos à frente do seu pode usar. tempo... não anos-luz à frente. É uma nova maneira de ensinar 3. Se todo mundo diz que você está errado, você está um passo alguma coisa, uma nova à frente. Se todo mundo ri de você, você está dois passos à maneira de despertar a frente. criatividade nos outros. 4. Procure sempre uma segunda resposta certa. As invenções "invisíveis" são tão 5. Anote as suas idéias antes que você as esqueça! poderosas e de alcance tão 6. "Faça amizade com o seu chuveiro. Se estiver inspirado a grande quanto as invenções cantar, talvez a própria canção tenha uma idéia para você." "visíveis". ©VSLins 1995 Desafios do Executivo http://SergioLins.blogspot.com ©VSLins 1995 Estratégias para a Inovação http://SergioLins.blogspot.com EU S/A Sociais "... interpretar as informações, Vencedor Econômicos criar e implementar novas idéias." Políticos Jogo da inovação 1. Mentalizar-se como "EU Empreendimentos S/A"; Mudança 2. Tornar-se um eterno aprendiz das complexidades; Idéias Competitividade 3. Acompanhar e analisar a correlação entre mudanças; ousadas Complexidade 4. Compreender seu processo de pensar; 5. Orientar-se sempre para idéias ousadas. 2
  3. 3. ©VSLins 1995 Habilidades dos Inovadores http://SergioLins.blogspot.com ©VSLins 1995 http://SergioLins.blogspot.com Senso de Paradigmas, Bloqueios e Vencedor Oportunidade Modelos Mentais Mentalidade de Visualização de estrategista tendências Facilidade de Sinergizar Jogo da inovação os Extraordinária persistência "O talento reprimido é o rochedo submerso com o qual muitas vidas se ad Uso da intuição chocam e afundam". t sul lógica Re Disparo de idéias Desengancho de ousadas preconceitos 2 ©VSLins 1995 Maneiras de Mudar http://SergioLins.blogspot.com ©VSLins 1995 Flatland http://SergioLins.blogspot.com http://www.syxt.com.br/topico.php?cid=6939&tid=17371 Mudança de Paradigma "Eu estava parcialmente certo, antes, e agora estou um pouco mais parcialmente certo." linha de linhas Mudança Pendular "Eu estava errado antes, mas agora estou certo" Mundo Linear Mundo Bidimensional Mudança Incremental "Eu estava quase certo, mas agora estou certo" Mudança por Exclusão "Eu estou certo, exceto por..." 3
  4. 4. ©VSLins 1995 Surgimento de Paradigma http://SergioLins.blogspot.com ©VSLins 1995 Formação de Paradigma http://SergioLins.blogspot.com "...idéias, Todo paradigma realizações e perspectivas... está aceitas como continuamente suficiente para explicar um aberto a determinado objeto de estudo..." modificação ou Kuhn refutação. ©VSLins 1995 Formação de Paradigma http://SergioLins.blogspot.com ©VSLins 1995 NeuroParadigma http://SergioLins.blogspot.com Valor Modelo Padrão Crença Paradigma Preconceito "...todo paradigma está continuamente Referência Parâmetro aberto a modificação ou refutação." Hábito 4
  5. 5. ©VSLins 1995 Montagem de padrões http://SergioLins.blogspot.com ©VSLins 1995 Esquema da Realidade http://SergioLins.blogspot.com Mente Normas ou mapa dos princípios sócio culturais Montadora de Padrões Valor Idéia pré-concebida sem Esquema para Convicções íntimas de ponderação ou sem Vantagens conhecimento dos fatos compreensão da aceitação dogmática Rapidez no reconhecimento realidade Velocidade de reação Preconceito Paradigma Crença Desvantagens Tendência a rigidez Disposição adquirida por repetição Mecanismo de Dificuldade de mudar de atos que retratam maneira de aprendizagem Dificuldade de usar parte de padrão em outro ser ou viver. Enquadramento de tudo que se assemelha Hábito Armadilha anti-criatividade ©VSLins 1995 Idéia pré-concebida http://SergioLins.blogspot.com ©VSLins 1995 Como podemos atuar com relação a... http://SergioLins.blogspot.com Crença Convicções íntimas de Evolução aceitação dogmática Informação Valor Normas ou mapa dos princípios sócio culturais Revisão Paradigma Esquema para compreensão da realidade Atualização Idéia pré-concebida sem Alteração Preconceito ponderação ou sem Luz a proa, boreste conhecimento dos fatos Parada ou movendo-se Eliminação Disposição adquirida por Parada Hábito repetição de atos que retratam Avise para que altere o curso maneira de ser Ponderação 5
  6. 6. ©VSLins 1995 Correlação de Conceitos http://SergioLins.blogspot.com ©VSLins 1995 Modelos Mentais http://SergioLins.blogspot.com Atualização Estamos no negócio de fazer $$$ revisão Carros são símbolo de status Valor Aparência é fundamental Qualidade e confiabilidade acima de tudo Padrão Mercado americano está isolado Modelo IDA Operários.... Ponderação Mudança Qualidade é fundamental para.... Preconceito IDA Paradigma IDA Crença Esclarecimento Desaparecimento Crenças Hábitos Valores Referência Parâmetro IDA Preconceitos Imposição Hábito IDA Divulgação Paradigmas Aceitação Desenvolvimento ©VSLins 1995 Paradigmas para o Sucesso http://SergioLins.blogspot.com ©VSLins 1995 Lente para perceber a realidade http://SergioLins.blogspot.com Crenças Hábitos Valores Sucesso Preconceitos s Paradigma o Paradigmas l tad su Re Bloqueadores Valor Disparadores Inovação Idéias Hábito Crença Ambiente Dilemas Oportunidades Problemas Preconceito Desafios 6
  7. 7. ©VSLins 1995 Bloqueios http://SergioLins.blogspot.com ©VSLins 1995 Perfil dos Bloqueios http://SergioLins.blogspot.com ovas forma Inabilidade de ver sob Nunca Sempre N Crenças outros pontos de vista 1 s Agir Dificuldade de isolar o Pensar Valores problema 2 Visualização do que 3 Preconceitos espera ver ção percep Restrição à área do problema 4 o emoçã biente Hábitos Saturação 5 a e am ias s cultur Idéhante Falhas no uso dos diversos sensores 6 to l intelec B ri s Medo de assumir riscos expressão N ova gens Paradigmas 7 a Incapacidade de 8 ord Esquema para compreensão da Incubar Ab realidade Bloqueadores Falta de apetite para o CAOS 9 Disparadores Dilema desafio x zelo 10 excessivo ©VSLins 1995 Principais bloqueios http://SergioLins.blogspot.com ©VSLins 1995 Pensamento divergente http://SergioLins.blogspot.com Julgamento Sucesso equivocado Poucas alternativas Resistência às novas idéias Fatos Esforço indisciplinado Torpor emocional Apego ao estabelecido Presunção Conformismo Sensação de ambivalência Fatos Parecer Obsessão pela solução Intolerância a complexidade Medo que roubem idéias Pensamento Esforço incessante Autoconfiança deficiente Falta de interesse Fatos Motivação exagerada Sentimento de dependência Adesões complicadas Convergência Alternativa Excesso de racionalidade Medo da solidão Despreso a fantasia Desafio Abordagem comum Medo das críticas Competição X cooperação Alternativa Enfoque inadequado Excesso de críticas Pressão do urgente Dados Análise Avaliações prematuras Ameaça à segurança e status Canais organizacionais Alternativa Tiro rápido Tendência a comparação Isolamento Divergente Vínculos com o passado Ocupação eficiente Dados Solução Transgressão de domínio Dados Convergência 7
  8. 8. ©VSLins 1995 Brainstorming http://SergioLins.blogspot.com ©VSLins 1995 Brainstorming Eletrônico http://SergioLins.blogspot.com Idéia Idéia Paralelismo Anonimato Idéia Isolamento Valor intrínseco Julgamento suspenso Grão de loucura Incentivo a carona Quantidade sem limite Idéia Idéia Participação equalizada Documentação completa ©VSLins 1995 Vidro que retarda a luz http://SergioLins.blogspot.com ©VSLins 1995 Fases do processo criativo http://SergioLins.blogspot.com Ouça. Esteja atento Familiarização com Situação - qual é Identificação Pesquisar A luz demora a 1. Caracterizar o produto para poder ouvir os o problema. o problema? Que sons inesperados. passar pelo vidro utilidades 2. Mostrar possibilidades de uso Garimpe as Questiona- mento Diagnóstico - Preparação Absorver quando se teria esse perspectivas Explore o do problema. qual é a causa? colocam certos 3. Propor figuras e treinar futuro com um vidro? componentes soluções propósito. Inove: quebre as Tempo de digestão Ideação - quais as Incubação Explorar 4. Desenvolver guia de marketing convenções. soluções possíveis? 5. Preparar cláusula de Responda: ultrapasse Bolação ou sacação. Decisão - como Aquecimento Incubar manutenção os limites de resolver o velocidade. problema? 6. Considerar competição com Adapte-se: invada o Transpiração. Planejamento - o Iluminação Descobrir futuro. Adapte-se a um que pode dar bijuterias, fotografia, novo uso ou situação, errado? videocassete, luminárias, vidraças,etc Lidere: vá na frente. Teste das idéias Elaboração Avaliar vidro Guie indo na frente. Desenvolvimento Verificação Concretização 8
  9. 9. ©VSLins 1995 Fases do processo criativo http://SergioLins.blogspot.com ©VSLins 1995 Limites, regras e reguladores http://SergioLins.blogspot.com Orientação Questionamento Observação de uma Preparar Senso destacar o problema necessidade ou dificuldade defina seu problema Tradição Convenção Modelo comum Análise do que foi observado Preparação Acúmulo de dados Coleta da informação coletar os dados disponível Ideologia Metodologia Rotina Valor pertinentes Análise esmiuçar o material relevante Ideação Formulação de soluções Fogo Sabedoria Hábito Crença Dogma bolar alternativas objetivas produza tantas idéias convencional alinhadas Análise críticas das soluções quantas puder Incubação Incubação Nascimento da nova idéia relaxar em convite ao Iluminação "insight" Preconceito Teoria Costumes Doutrina Síntese Elaboração Experimentação para testar a Apontar colocar as peças juntas solução mais promissora peneire, sintetize e escolha Avaliação Comunicação julgar o resultado das idéias Graus de apego ©VSLins 1995 http://SergioLins.blogspot.com ©VSLins 1995 Revitalização http://SergioLins.blogspot.com Atitudes Criativas "Felizmente, nosso potencial de criatividade nunca se perde completamente, fica apenas submerso sob camadas e camadas de hábitos e bloqueios não produtivos. Através do processo de desaprender esses hábitos e autotreinamento para desabafar nossa criatividade podemos desenterrar nossos potenciais ocultos, "...Crie um espaço silencioso na mente e aprenda a incubar suas indagações. traze-los outra vez para a superfície, e usa-los para Faça arte, seja divertido, criativo; seja insólito, de vez em quando." uma vida mais criativa e completa". 3 9
  10. 10. ©VSLins 1995 Atitudes básicas http://SergioLins.blogspot.com ©VSLins 1995 Atitudes básicas http://SergioLins.blogspot.com 1. Envolva-se até com o 4. Use como ponto de apoio 6. Participe das brincadeiras 9. Afaste para bem longe que não for da sua área até mesmo o irrealizável quando surgirem o medo de errar 3. Parta da premissa que nem tudo tem lógica 8. Pesquise sempre mais uma solução possível. 7. Evite a mesmice do 10. Acredite no seu 2. Quebre os paradigmas que 5. Procure refletir bastante pensamento em grupo. potencial criativo bloqueiam a sua mente sobre ambiguidades 1 4 7 2 5 3 6 8 ©VSLins 1995 http://SergioLins.blogspot.com ©VSLins 1995 O processo da inovação http://SergioLins.blogspot.com Criatividade apenas não basta Venda Inovação 1 4 Esforço Melhor Pessoal Informação Idéia 5 Desafio Resultados Nunca esqueça que existe uma grande distância entre idéia e inovação e procure compreendê-la para superar as barreiras. 2 3 Apoio da Comunidade Recursos 4 10
  11. 11. ©VSLins 1995 O processo da inovação http://SergioLins.blogspot.com ©VSLins 1995 Análise de casos http://SergioLins.blogspot.com Roy Martin of Dunedin,um dos mais Farnsworth, inventor da televisão, obteve 6 conhecidos inventores da N.Z., acha que a patentes com sua invenção. Nova Zelândia imobiliza seus inventores, Para desafiá-lo a RCA montou um não lhes dá nenhum crédito, nenhum fundo departamento completo "pare Farnsworth." 1 4 para pesquisa e nenhum capital para produção e marketing. A RCA podia, através de apoio político, atrasar o desenvolvimento da televisão Desenvolver Usar as melhores Martin diz que ele agora vai desenvolver baseada nos princípios do Farnsworth. habilidades idéias e informações todas as suas invenções fora do país. Depois de quatro anos de batalhas jurídicas e a segunda guerra para atrasar o A pessoa inovativa tem que desenvolver desenvolvimento da TV. 5 novas habilidades, para envolver e conseguir o apoio de seus mentores ou pares, Farnsworth aparentemente não teve um patrocinador nem apoio da comunidade que Produzir algo novo e de encontrar patrocinadores e recursos e usar era o única ferramenta que poderia usar valor para outras pessoas as melhores idéias e informações. contra a grana da RCA. Mesmo fazendo tudo o que devia ser feito Farnsworth morreu em 1970 sem nunca ter 2 3 temos que estar preparados para aceitar e aprender com as falhas. recebido qualquer dinheiro ou reconhecimento público por suas patentes da televisão. Envolver outras Encontrar pessoas patrocinador ©VSLins 1995 No desafio da inovação o cliente é quase rei http://SergioLins.blogspot.com ©VSLins 1995 Divida os ganhos com seus clientes http://SergioLins.blogspot.com "... o maior número de boas idéias A Hewlett-Packard em Bristol manda Capital Estrutural vem dos clientes, não do pesquisadores a salas de emergência departamento de marketing, de de hospitais para ver como os e nt lie vendas ou da alta gerência... médicos poderiam usar os eC equipamentos de comunicação ld ...lançam-se centenas de produtos ta móveis da empresa. pi diferentes no mercado para depois Parceria Ca continuar com aqueles que os clientes O chefe da Harley-Davidson passa Capital humano iente preferem..." mais da metade de seu tempo com os A Sony observa a reação dos clientes — em lojas, corridas de moto Soluções de negócio l do cl compradores às maquetes de novos e na estrada. Capita produtos em seu showroom no A Xerox empregou antropólogos para Soluções de produto distrito de Ginza. observar pessoas usando A British Airways fez mais de 200 fotocopiadoras. mudanças nas especificações básicas do 777. Transações 11
  12. 12. ©VSLins 1995 Investindo no Capital do Cliente http://SergioLins.blogspot.com ©VSLins 1995 Transformar idéia em ação http://SergioLins.blogspot.com Inove com os clientes Invista seus clientes de empowerment Desafio comum Inovação Concentre-se nos clientes Futuro Venda como indivíduos Desejado com Perseverança interseção Divida os ganhos com s de seus clientes da Inovação ni Aprenda o negócio do seu po rt u Idéia cliente e lhe ensine o seu O Transformação Torne-se Indispensável Desafio ©VSLins 1995 Criatividade apenas, não basta http://SergioLins.blogspot.com ©VSLins 1995 Aliados do INTRAPRENEUR http://SergioLins.blogspot.com Criatividade Concreto Patrocinador Inovação Inventor Intrapreneur Venda Blahh!! Intrapreneur Abstrato SABEDORIA Idéia CONVENCIONAL Idéia A verdadeira CRIATIVIDADE E INOVAÇÃO Protetor Barreiras Organizacionais consiste de VER o que todos tem visto, PENSAR o que ninguém jamais pensou, e FAZER o que ninguém fez! 12
  13. 13. ©VSLins 1995 Princípios da persuasão http://SergioLins.blogspot.com ©VSLins 1995 Mandamentos do Intrapreneur http://SergioLins.blogspot.com 1. Admita os possíveis riscos 1. Tenha paciência, 2. Não interrompa sonhos venda bit a bit. 3. Execute qualquer tarefa 2. Demonstre a 4. Procure ajuda exequibilidade 5. Trabalhe com os melhores 6. Só aposte quando você estiver no páreo. 3. Mostre a essência da sua idéia 7. Trabalhe clandestinamente 8. Peça perdão em vez permissão. 4. A emoção cataliza 9. Seja leal com relação a suas metas. mais que os fatos 10. Honre seus aliados. ©VSLins 1995 Cultura e organização http://SergioLins.blogspot.com Valores Adaptar Evoluir os adigmas P ar e it onc Pa Par Negócio P r ec radigmas Hábitos Organização adigmas Visão do Mundo Cultura ças r en C Resolver Modificar Floresta de PARADIGMAS 13

×