SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Olácomunidade doResidencial MarceloDéda.Meunome é Acácio,sou psicólogoe estou aqui
para dar continuidade às ações do Trabalho Social no âmbito do Programa FAR, em parceria
com a Caixa Econômica, Prefeitura Municipal de Barra dos Coqueiros em conjunto com a
Secretaria Municipal de Assistência Social, através da empresa Oliveira Consultoria, hoje
vamos falar sobre a depressão.
É muito importante falar sobre depressão porque é o transtorno mental que mais cresce e
mais incapacita pessoas no mundo.
A primeira coisa que temos que fazer para falar sobre depressão é entender que depressão
não é tristeza. Porque adepressãopossui um conjunto de sintomas e dentro destes sintomas
está a tristeza.
A diferença entre uma e outra é que a tristeza é um sentimento que todos nós temos em
algum momento da vida. Ela acontece porque alguma situação nos deixa frustrados,
impotentes ou quando perdemos alguma coisa. A depressão por sua vez acontece sem um
motivo aparente. Por vezes há uma situação inicial que provoca um tempo de tristeza e que
acaba sendo um gatilho para a depressão, mas no desenvolvimento da depressão à medida
que os dias passam a pessoa não tem mais um motivo especifico. Deu para entender?
Então pessoal dentro do conjunto de sintomas que a gente vai chamar de depressão o mais
importante é compreender que as pessoas vão ter alterações na maneira como ela se
comporta na maneira como sente e na maneira como pensa.
No comportamento a pessoa perde o interesse nas coisas que mais traziam prazer. Ela
também começa a comer demais ou perder a vontade de comer. Ela pode ter muito sono ou
perdero sono, despertarantesdotempo e não conseguirmais dormir, e emalgunsmomentos
a pessoa até consegue dormir, mas fica com o sono leve, agitado e acorda
cansada como se não tivesse dormido.
Quer ficar sozinha, evitando reuniões e até encontros de família. A maneira de pensar
também se altera e a pessoa sempre pensa negativamente, achando que nada vai dar certo,
que a vida acabou e é muito comum ter pensamentos suicidas.
É precisodizertambémque outroerroque as pessoascometem é dizerque fulano está com o
iniciode depressão. Pessoal não existe início de depressão. Ou a pessoa está com depressão
ou não está. Para diagnosticaradepressãoagente entende que apessoa que acumula alguns
dessessintomasque a gente já falou por mais de 15 dias ela está em depressão. O que muda
gente é o nível ou grau de depressão. Ela pode ser leve, moderada ou grave. E aí a gente tem
toda uma dinâmica classificatória para diagnosticar a depressão.
É interessante que você também saiba que a depressão não tem uma causa especifica. Ela é
uma doença que possui um conjunto de fatores que se interligam causando a depressão. O
que a gente pode falar é de fatores de risco para a depressão. O primeiro deles é a Genética.
Estudoscientíficosmuitoconhecidoscomprovamque apessoaque temfamiliaresque tem ou
tiveram depressão tem duas vezes mais chances de ter depressão também.
Outro fatorde risco são os eventosestressoresque a pessoa teve ou tem ao longo da vida e a
baixacapacidade que de lidarcom essassituações. Quandoagente falade eventosestressores
a gente começa principalmente citando aquelas pessoas que tiveram problemas na infância
como perdas, abuso físico ou sexual, negligência.
O stress cotidiano tambémvai desencadeandoumasériede dificuldades emocionais e outros
problemas e alterações psicológicas. É aí que entra o momento em que estamos vivendo. A
pandemia proporcionou que ficássemos mais sozinhos, não tivéssemos pessoas com que
conversarnostrouxe medosdiversoscomomedode perderoemprego,medode pegar covid,
medode que nossosfamiliarestambémpegassemcovid,medodamorte e próprio luto já que
muitas pessoas perto de nós faleceram.
Outro fator desencadeante da depressão são os fatores relacionados a alterações físicas que
são as alterações na química cerebral. É essencial destacar que muitas doenças, como as
alterações da tireoide, causam alteração na fisiologia cerebral e podem precipitar uma
depressão.
No cérebrotemos trêssubstancias que estãoligadosàdepressãoque sãoaserotonina que vai
regulara respostaque nósdamos a perigose ameaças,a noradrenalinaque regulaaenergia,a
motivação e sensibilidade à dor física e temos também a dopamina que atua na nossa
capacidade de concentração, de motivação e no nosso senso de prazer.
Então Acácio o que eu posso fazer eu ou alguém que está próximo de mim estiver tendo
algunsdestessintomas?A questãofundamental é procurarajuda. Nós temos inúmeros canais
que podem funcionar como auxilio para ajudar a você ou que você ama a sair dessa. Por
exemplovocê tempsicólogosque atendem a preços sociais que são preços mais em conta do
que os que se praticam normalmente.
Temos também as clinicas escola que são clinicas das faculdades onde atuam pessoas que
estão prestes a se formar e que tem supervisão de professores gabaritados. Geralmente o
valor pago nesses locais é apenas uma pequena taxa que se paga mensalmente.
Você também pode procurar ajuda nas emergências psiquiátricas ou mesmo diretamente no
seuposto de saúde com o seu medico da família. No mais pessoal é muito importante cuidar
da depressão pois ela pode ser altamente incapacitante, destruir relações e famílias.
Queremosque você vivabem!Nasua moradia física e no seu interior. No mais conte conosco
e nos acesse nas nossas redes sociais

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Sinais e fatores da depressão

Folheto de saúde mental uremia
Folheto de saúde mental uremiaFolheto de saúde mental uremia
Folheto de saúde mental uremiaDenílson Maia
 
A depressao-e-uma-doenca-que-se-trata
A depressao-e-uma-doenca-que-se-trataA depressao-e-uma-doenca-que-se-trata
A depressao-e-uma-doenca-que-se-trataCosmo Palasio
 
Estresse e Doenças da Alma
Estresse e Doenças da AlmaEstresse e Doenças da Alma
Estresse e Doenças da AlmaRobson Roberto
 
Artigo: Crise de ansiedade não só machuca fisicamente, mas também corrói a alma
Artigo: Crise de ansiedade não só machuca fisicamente, mas também corrói a almaArtigo: Crise de ansiedade não só machuca fisicamente, mas também corrói a alma
Artigo: Crise de ansiedade não só machuca fisicamente, mas também corrói a almaClarice Ribeiro
 
depressao.pdf
depressao.pdfdepressao.pdf
depressao.pdfacl_sousa
 
Abraçando a vida.pptx
Abraçando a vida.pptxAbraçando a vida.pptx
Abraçando a vida.pptxDenner Macêdo
 
UBS JARDIM ADELAIDE ....................
UBS JARDIM ADELAIDE ....................UBS JARDIM ADELAIDE ....................
UBS JARDIM ADELAIDE ....................martins15anacarolina
 
Trabalho sobre depressão
Trabalho sobre depressãoTrabalho sobre depressão
Trabalho sobre depressãoEliete Santos
 
Guia pratico sobre psicoses
Guia pratico sobre psicosesGuia pratico sobre psicoses
Guia pratico sobre psicosesSUELI SANTOS
 
Depressão marcelly e marcilene
Depressão   marcelly e marcileneDepressão   marcelly e marcilene
Depressão marcelly e marcilenemahvieira
 
Tra. oti
Tra. otiTra. oti
Tra. oti9589
 
Depressão - Marcelly e Marcilene
Depressão -  Marcelly e MarcileneDepressão -  Marcelly e Marcilene
Depressão - Marcelly e Marcilenemahvieira
 

Semelhante a Sinais e fatores da depressão (20)

Folheto de saúde mental uremia
Folheto de saúde mental uremiaFolheto de saúde mental uremia
Folheto de saúde mental uremia
 
Como Curar a Depressão
Como Curar a DepressãoComo Curar a Depressão
Como Curar a Depressão
 
A depressao-e-uma-doenca-que-se-trata
A depressao-e-uma-doenca-que-se-trataA depressao-e-uma-doenca-que-se-trata
A depressao-e-uma-doenca-que-se-trata
 
Estresse e Doenças da Alma
Estresse e Doenças da AlmaEstresse e Doenças da Alma
Estresse e Doenças da Alma
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
 
Depressão tem Cura?
Depressão tem Cura?Depressão tem Cura?
Depressão tem Cura?
 
Artigo: Crise de ansiedade não só machuca fisicamente, mas também corrói a alma
Artigo: Crise de ansiedade não só machuca fisicamente, mas também corrói a almaArtigo: Crise de ansiedade não só machuca fisicamente, mas também corrói a alma
Artigo: Crise de ansiedade não só machuca fisicamente, mas também corrói a alma
 
depressao.pdf
depressao.pdfdepressao.pdf
depressao.pdf
 
Abraçando a vida.pptx
Abraçando a vida.pptxAbraçando a vida.pptx
Abraçando a vida.pptx
 
doenças mentais
doenças mentaisdoenças mentais
doenças mentais
 
UBS JARDIM ADELAIDE ....................
UBS JARDIM ADELAIDE ....................UBS JARDIM ADELAIDE ....................
UBS JARDIM ADELAIDE ....................
 
Trabalho sobre depressão
Trabalho sobre depressãoTrabalho sobre depressão
Trabalho sobre depressão
 
Ansiedade
AnsiedadeAnsiedade
Ansiedade
 
Guia pratico sobre psicoses
Guia pratico sobre psicosesGuia pratico sobre psicoses
Guia pratico sobre psicoses
 
Depressão marcelly e marcilene
Depressão   marcelly e marcileneDepressão   marcelly e marcilene
Depressão marcelly e marcilene
 
Por que algumas pessoas sofrem de depressão?
Por que algumas pessoas sofrem de depressão? Por que algumas pessoas sofrem de depressão?
Por que algumas pessoas sofrem de depressão?
 
Tra. oti
Tra. otiTra. oti
Tra. oti
 
Depressão - Marcelly e Marcilene
Depressão -  Marcelly e MarcileneDepressão -  Marcelly e Marcilene
Depressão - Marcelly e Marcilene
 
E-book bem-estar .pdf
E-book bem-estar .pdfE-book bem-estar .pdf
E-book bem-estar .pdf
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
 

Sinais e fatores da depressão

  • 1. Olácomunidade doResidencial MarceloDéda.Meunome é Acácio,sou psicólogoe estou aqui para dar continuidade às ações do Trabalho Social no âmbito do Programa FAR, em parceria com a Caixa Econômica, Prefeitura Municipal de Barra dos Coqueiros em conjunto com a Secretaria Municipal de Assistência Social, através da empresa Oliveira Consultoria, hoje vamos falar sobre a depressão. É muito importante falar sobre depressão porque é o transtorno mental que mais cresce e mais incapacita pessoas no mundo. A primeira coisa que temos que fazer para falar sobre depressão é entender que depressão não é tristeza. Porque adepressãopossui um conjunto de sintomas e dentro destes sintomas está a tristeza. A diferença entre uma e outra é que a tristeza é um sentimento que todos nós temos em algum momento da vida. Ela acontece porque alguma situação nos deixa frustrados, impotentes ou quando perdemos alguma coisa. A depressão por sua vez acontece sem um motivo aparente. Por vezes há uma situação inicial que provoca um tempo de tristeza e que acaba sendo um gatilho para a depressão, mas no desenvolvimento da depressão à medida que os dias passam a pessoa não tem mais um motivo especifico. Deu para entender? Então pessoal dentro do conjunto de sintomas que a gente vai chamar de depressão o mais importante é compreender que as pessoas vão ter alterações na maneira como ela se comporta na maneira como sente e na maneira como pensa. No comportamento a pessoa perde o interesse nas coisas que mais traziam prazer. Ela também começa a comer demais ou perder a vontade de comer. Ela pode ter muito sono ou perdero sono, despertarantesdotempo e não conseguirmais dormir, e emalgunsmomentos a pessoa até consegue dormir, mas fica com o sono leve, agitado e acorda cansada como se não tivesse dormido.
  • 2. Quer ficar sozinha, evitando reuniões e até encontros de família. A maneira de pensar também se altera e a pessoa sempre pensa negativamente, achando que nada vai dar certo, que a vida acabou e é muito comum ter pensamentos suicidas. É precisodizertambémque outroerroque as pessoascometem é dizerque fulano está com o iniciode depressão. Pessoal não existe início de depressão. Ou a pessoa está com depressão ou não está. Para diagnosticaradepressãoagente entende que apessoa que acumula alguns dessessintomasque a gente já falou por mais de 15 dias ela está em depressão. O que muda gente é o nível ou grau de depressão. Ela pode ser leve, moderada ou grave. E aí a gente tem toda uma dinâmica classificatória para diagnosticar a depressão. É interessante que você também saiba que a depressão não tem uma causa especifica. Ela é uma doença que possui um conjunto de fatores que se interligam causando a depressão. O que a gente pode falar é de fatores de risco para a depressão. O primeiro deles é a Genética. Estudoscientíficosmuitoconhecidoscomprovamque apessoaque temfamiliaresque tem ou tiveram depressão tem duas vezes mais chances de ter depressão também. Outro fatorde risco são os eventosestressoresque a pessoa teve ou tem ao longo da vida e a baixacapacidade que de lidarcom essassituações. Quandoagente falade eventosestressores a gente começa principalmente citando aquelas pessoas que tiveram problemas na infância como perdas, abuso físico ou sexual, negligência. O stress cotidiano tambémvai desencadeandoumasériede dificuldades emocionais e outros problemas e alterações psicológicas. É aí que entra o momento em que estamos vivendo. A pandemia proporcionou que ficássemos mais sozinhos, não tivéssemos pessoas com que conversarnostrouxe medosdiversoscomomedode perderoemprego,medode pegar covid, medode que nossosfamiliarestambémpegassemcovid,medodamorte e próprio luto já que muitas pessoas perto de nós faleceram.
  • 3. Outro fator desencadeante da depressão são os fatores relacionados a alterações físicas que são as alterações na química cerebral. É essencial destacar que muitas doenças, como as alterações da tireoide, causam alteração na fisiologia cerebral e podem precipitar uma depressão. No cérebrotemos trêssubstancias que estãoligadosàdepressãoque sãoaserotonina que vai regulara respostaque nósdamos a perigose ameaças,a noradrenalinaque regulaaenergia,a motivação e sensibilidade à dor física e temos também a dopamina que atua na nossa capacidade de concentração, de motivação e no nosso senso de prazer. Então Acácio o que eu posso fazer eu ou alguém que está próximo de mim estiver tendo algunsdestessintomas?A questãofundamental é procurarajuda. Nós temos inúmeros canais que podem funcionar como auxilio para ajudar a você ou que você ama a sair dessa. Por exemplovocê tempsicólogosque atendem a preços sociais que são preços mais em conta do que os que se praticam normalmente. Temos também as clinicas escola que são clinicas das faculdades onde atuam pessoas que estão prestes a se formar e que tem supervisão de professores gabaritados. Geralmente o valor pago nesses locais é apenas uma pequena taxa que se paga mensalmente. Você também pode procurar ajuda nas emergências psiquiátricas ou mesmo diretamente no seuposto de saúde com o seu medico da família. No mais pessoal é muito importante cuidar da depressão pois ela pode ser altamente incapacitante, destruir relações e famílias. Queremosque você vivabem!Nasua moradia física e no seu interior. No mais conte conosco e nos acesse nas nossas redes sociais