A Linguagem do Reino
1. Assim como qualquer povo tem
um idioma que o identifica, assim também é o reino, possui uma
lingua...
2. Falando em salmos quer dizer estar sempre
glorificando aquele que está sobre nós, que nos dirige,
é conseguir ver Crist...
3. Nossa fala tem que ser de louvor, existem vários tipos de louvor,
Davi foi especialista no assunto, (SL 150), todos os ...
Vamos enumerar alguns tipos de louvor:
- O TESTEMUNHO - isso é um louvor de testemunho, quem é
Cristo para mim.
- O PEDIDO...
5. Mas como tirar isso da musica, e transformar em vida pratica, como
eu consigo falar através de louvores com meu irmão, ...
Isso nos remete de volta ao segundo tópico,
precisamos falar entre nós a linguagem do reino,
não o “evangeliquês” tão difu...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A Essência do Discipulado - Cap. 9 - Márcio - AbrigoR15

379 visualizações

Publicada em

Sexta mensagem da série de mensagens no Abrigo R15 "A Essência do Discipulado", baseado no livro "O Discípulo" do autor Juan Carlos Ortiz. 19/01/2014

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
379
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A Essência do Discipulado - Cap. 9 - Márcio - AbrigoR15

  1. 1. A Linguagem do Reino 1. Assim como qualquer povo tem um idioma que o identifica, assim também é o reino, possui uma linguagem própria, uma identidade, americanos falam inglês, brasileiros falam português, assim também o reino tem uma linguagem própria, (EF 5;19).
  2. 2. 2. Falando em salmos quer dizer estar sempre glorificando aquele que está sobre nós, que nos dirige, é conseguir ver Cristo no meu irmão, e mostrar Cristo para ele, para que possamos nos identificar, é preciso testemunho. (JO 3;30) assim podemos nos identificar
  3. 3. 3. Nossa fala tem que ser de louvor, existem vários tipos de louvor, Davi foi especialista no assunto, (SL 150), todos os recursos são para louvar a Deus, nossa vida inteira deve ser de louvor a Deus, em tudo devemos dar graças a Deus.
  4. 4. Vamos enumerar alguns tipos de louvor: - O TESTEMUNHO - isso é um louvor de testemunho, quem é Cristo para mim. - O PEDIDO - Deus esta no meio dos louvores e a presença dele causa mudanças. - EXALTAR É reconhecer o poderio do Senhor. - por fim o MEU MAIOR ANSEIO, esse deve ser o maior anseio do cristão, que entende qual a finalidade de andar na presença de Deus.
  5. 5. 5. Mas como tirar isso da musica, e transformar em vida pratica, como eu consigo falar através de louvores com meu irmão, precisamos acima de tudo, enxergar uns aos outros como irmãos, e amar uns outros vendo quanto amor Cristo tem por ele, praticar o Amor, nosso coração é como a terra, precisa ser fértil, precisa ser cuidado para poder florescer, para podermos dar frutos, a semente tem que ser lançada no coração, é impossível amar alguém com um coração rancoroso, duro, e sem alegria.
  6. 6. Isso nos remete de volta ao segundo tópico, precisamos falar entre nós a linguagem do reino, não o “evangeliquês” tão difundido nas nossas igrejas, isso requer pratica, para amar ao próximo, é preciso que Cristo cresça em mim, é pratica.

×