Webquests2

1.802 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.802
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
35
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Webquests2

  1. 1. INTERNET DISPERSÃO EXCESSO MENTIRAS DIVERSIDADE MULTIFOCAL PESQUISA NA ...
  2. 2. W e b Q u e s t
  3. 3. WebQuest é um modelo extremamente simples e rico para dimensionar usos educacionais da Web, com fundamento em aprendizagem cooperativa e processos investigativos na construção do saber. Hoje já conta com mais de dez mil páginas na Web, com propostas de educadores de diversas partes do mundo (EUA, Canadá, Islândia, Austrália, Portugal, Brasil, Holanda, entre outros).
  4. 4. WebQuest : história Bernie Dodge – U.S.A. - 1995
  5. 5. Conceito WebQuest é uma metodologia de pesquisa na Internet, voltada para o processo educacional Constitui-se em uma nova forma de ensinar e aprender, usando a criatividade. É simples e eficiente, não sendo necessário maiores conhecimentos de informática Ela procura estimular tanto nos professores que a planejam como nos alunos que a executam, o pensamento crítico, a pesquisa e a produção de materiais WebQuest Fonte: www.webquest.futuro.usp.br
  6. 6. Tipos de WebQuest <ul><li>WebQuest curta </li></ul><ul><li>Objetivo: aquisição de informações e integração do conhecimento </li></ul><ul><li>Duração (para os alunos desenvolverem): de duas a três aulas. </li></ul><ul><li>WebQuest longa </li></ul><ul><li>Objetivo: ampliação e refinamento do conhecimento </li></ul><ul><li>Duração: de uma semana a um mês </li></ul>
  7. 7. <ul><li>As WebQuests podem ser planejadas para uma disciplina ou podem ter uma abordagem multidisciplinar. Além disto, podem ser desenvolvidas para alunos desde a educação infantil até a pós-graduação </li></ul><ul><li>Planejar as primeiras WebQuests não se constitui em um processo tão simples. Bernie Dodge recomenda começar com WebQuests curtas e enfocando uma única disciplina, para depois seguir para atividades mais longas e multidisciplinares </li></ul>Tipos de WebQuest
  8. 8. Como planejar uma WebQuest <ul><li>Uma WebQuest deve: </li></ul><ul><li>Ter seu contéudo vinculado às exigências curriculares </li></ul><ul><li>Substituir uma aula (ou mais) na qual que o professor perceba que é possível trabalhar o conteúdo proposto de uma outra forma, garantindo ganhos de aprendizagem para os alunos, sem perda de tempo . </li></ul><ul><li>Ter os sites analisados e escolhidos previamente pelo professor, pois serão indicados em recursos </li></ul>
  9. 9. Estrutura de uma WebQuest Deve ser planejada e implementada em um documento segundo uma estrutura lógica, que contém os seguintes elementos: <ul><li>Introdução </li></ul><ul><li>Tarefa </li></ul><ul><li>Processo </li></ul><ul><li>Recursos </li></ul><ul><li>Avaliação </li></ul><ul><li>Conclusão </li></ul><ul><li>Créditos </li></ul>
  10. 10. Introdução <ul><li>Apresenta o assunto e fornece algumas informações de fundo </li></ul><ul><li>O texto deve ser: </li></ul><ul><ul><li>Direto e dirigido ao seu público, e a linguagem clara e compreensível </li></ul></ul><ul><ul><li>Motivador e envolvente </li></ul></ul><ul><ul><li>Curto (um ou dois parágrafos) </li></ul></ul><ul><ul><li>Não formal ou acadêmico </li></ul></ul>
  11. 11. Tarefa ( O coração da WebQuest) <ul><li>O que caracteriza uma boa WebQuest é a qualidade da tarefa, ou seja, que faça os alunos exercitarem as capacidades de analisar, julgar, prever, para decidir e criar a partir dos recursos da Internet. </li></ul><ul><li>Determina algo que seja possível aos alunos fazer e que esteja relacionado com o seu dia a dia </li></ul><ul><li>Elaboração de um produto que possa ser apresentado aos amigos, à família e à comunidade. Algo que, no mínimo, imite produtos encontrados no cotidiano das pessoas </li></ul><ul><li>Tarefas bem concebidas devem exigir que os alunos trabalhem com mais de uma dimensão e ponto de vista do conhecimento </li></ul>
  12. 12. Tarefa <ul><li>Por Exemplo: </li></ul><ul><li>Em vez de pedir um texto descritivo sobre o Canadá, pedir para se fazer sugestões de planejamento de férias no Canadá que custem x dólares, e durem uma semana, para 4 pessoas e que satisfaçam certas necessidades destas pessoas: conhecer uma das maiores cidades, 3 importantes pontos turísticos ou histórico ou econômicos do país, etc. </li></ul>A atividade é propositadamente grupal: sempre há vários aspectos e pontos de vista para um mesmo problema. Procurar evitar tarefas relacionadas a atividades escolares como seminários, palestras e questionários
  13. 13. Tarefa Um fator interessante é fazer as crianças defenderem diferentes pontos de vista: Uma fábrica dá empregos a pessoas mas também polui muito o ar de uma região. Para interromper esse processo ela deveria adotar novas tecnologias menos poluentes mas deverá gastar, para isso, uma boa quantia e terá que demitir um bom número de funcionários que trabalham com a tecnologia poluente. Talvez prefira sair da cidade. As crianças deverão defender os pontos de vista do dono da empresa, de uma ONG ambientalista, de um trabalhador da empresa, de uma mãe de família com crianças com problemas respiratórios e do prefeito da cidade.
  14. 14. <ul><li>Tarefas de Recontar </li></ul><ul><li>Tarefas de Compilação </li></ul><ul><li>Tarefas de Mistério </li></ul><ul><li>Tarefas Jornalísticas </li></ul><ul><li>Tarefas de Planejamento </li></ul><ul><li>Tarefas de Produtos Criativos </li></ul><ul><li>Tarefas de Construção de Concenso </li></ul><ul><li>Tarefas de Persuasão </li></ul><ul><li>Tarefas de Auto-conhecimento </li></ul><ul><li>Tarefas Análitica </li></ul><ul><li>Tarefas de Julgamento </li></ul><ul><li>Tarefas Científicas </li></ul>TIPOS DE TAREFAS
  15. 15. Processo <ul><li>Explicação clara do que e como os alunos devem fazer </li></ul><ul><li>Indica passo a passo a direção que os alunos devem seguir </li></ul><ul><li>De preferência a tarefa deve exigir trabalho em grupo , onde os alunos deverão atuar de modo cooperativo </li></ul><ul><li>É importante estabelecer com clareza como o grupo deve ser constituído e que dinâmica deve ocorrer </li></ul>
  16. 16. Recursos <ul><li>Representam as fontes de informações necessárias para o desenvolvimento da tarefa </li></ul><ul><li>Muitas vezes são apresentados durante a explicação do processo, à medida que os alunos deles necessitem </li></ul><ul><li>Muitos (não necessariamente todos os recursos) estão presentes no próprio documento WebQuest. Eles indicam fontes de informação na www (rede). Desta forma a escola e os alunos otimizam o tempo de utilização da web, sendo este uso direcionado </li></ul><ul><li>Os recursos também podem ser constituídos por livros, periódicos, ou documentos acessíveis no ambiente de aprendizagem dos alunos </li></ul>
  17. 17. Avaliação <ul><li>Constitui-se em uma definição prévia na própria WebQuest de como o professor fará a avaliação do processo e do produto final ou resultado da tarefa (critérios de avaliação) </li></ul><ul><li>Apresenta ao aluno como será a sua avaliação, especificando quando será individual ou coletiva </li></ul>
  18. 18. Conclusão <ul><li>Encerra a WebQuest, analisando o processo e indicando onde se chegou </li></ul><ul><li>Mostra o que foi aprendido </li></ul><ul><li>Indica outras possibilidades de pesquisa para o futuro, sinalizando campos de estudo para outras áreas de interesse ligadas ao tema estudado, proporcionando mais sentido à aprendizagem </li></ul>
  19. 19. Créditos & Referências <ul><li>Indica as fontes de informação (bibliografia tradicional e eletrônica como imagem, música ou texto) </li></ul><ul><li>Algumas vezes indica o(s) programa(s) utilizado para o desenvolvimento da WebQuest </li></ul>

×