Manoel de Oliveira           11.12.1908
Biografia      De seu nome, Manoel Cândido Pinto de Oliveira nasceu a 11 de Dezembro de1908 na cidade do Porto, no seio de...
Biografia      Nos   anos    50,   ”Angélica”,    “Pedro   e   Inez”,   “Vilarinho   daFurna”(documentário etnográfico sob...
Biografia      Em 1987 realiza um documentário “A propósito da Bandeira Nacional” ondeestá incluído uma exposição do pinto...
Biografia      De volta à literatura portuguesa, Oliveira parte das cartas e dos sermõesdo Padre António Vieira para reali...
Técnica e Equipamento     A acção nos seus filmes desenrola-se de forma demasiadolenta, uma vez que a câmara raramente se ...
PortefólioDouro, Faina Fluvial – 1931Nome original: Douro, Faina FluvialGénero: DocumentárioSinopse:A azáfama da zona ribe...
PortefólioMiramar, Praia das Rosas - 1938Nome original: Miramar, Praia das RosasGénero: DocumentárioSinopse:«Origens lendá...
PortefólioJá Se Fabricam Automóveis em Portugal- 1938Nome original: Já Se Fabricam Automóveis emPortugalGénero: Documentár...
PortefólioFamalicão – 1941Nome original: FamalicãoGénero: DocumentárioSinopse:Origens   lendárias    de   Famalicão,    ce...
PortefólioAniki Bóbó – 1942Nome original: Aniki BóbóGénero: Longa-metragem de FicçãoSinopse:Dois garotos, os Carlitos (Hor...
PortefólioO Pintor e a Cidade– 1956Nome original: O Pintor e a CidadeGénero: DocumentárioSinopse:Documentário sobre a cida...
PortefólioO Acto da Primavera – 1963Nome original: O Acto da PrimaveraGénero: DocumentárioSinopse:Representação popular do...
PortefólioA Caça – 1964Nome original: A CaçaGénero: DocumentárioSinopse:Dois rapazes desocupados deambulam pelo campo.Simu...
PortefólioAs Pinturas do meu Irmão Júlio – 1965Nome original: As Pinturas do meu Irmão JúlioGénero: DocumentárioSinopse:Ob...
PortefólioO Pão – 1966Nome original: O PãoGénero: DocumentárioSinopse:O pão de cada dia obriga a um esforço constante, deq...
PortefólioO Passado e o Presente – 1971Nome original: O Passado e o PresenteGénero: DramaSinopse:Lúcia é cortejada por Ant...
PortefólioBenilde ou a Virgem Mãe – 1974Nome original: Benilde ou a Virgem MãeGénero: DramaSinopse:Com Benilde temos mais ...
PortefólioAmor de Perdição – 1979Nome original: Amor de PerdiçãoGénero: DramaSinopse:O fatalismo arrebatado e a tragédia a...
PortefólioFrancisca – 1981Nome original: FranciscaGénero: DramaSinopse:O filme baseia-se em factos verídicos ocorridos nos...
PortefólioNice - À Propos de Jean Vigo - 1983Nome original: Nice - À Propos de Jean VigoGénero: DocumentárioSinopse:Nice. ...
PortefólioLisboa Cultural - 1983Nome original: Lisbonne CulturelleGénero: DocumentárioSinopse:Um filme sobre a cidade de L...
PortefólioO Sapato de Cetim - 1985Nome original: Le soulier de SatinGénero: DramaSinopse:Durante o Século de Ouro espanhol...
PortefólioO Meu Caso - 1986Nome original: Mon CasGénero: DramaSinopse:Pouco   antes  do   início  de   uma   representação...
PortefólioOs Canibais - 1988Nome original: Os CanibaisGénero: Drama, musicalSinopse:Filme-ópera, com música de João Paes, ...
PortefólioNon, ou a Vã Glória de Mandar - 1990Nome original: Non, ou la Vaine Gloire de CommanderGénero: DramaSinopse:O pa...
PortefólioA Divina Comédia - 1991Nome original: A Divina ComédiaGénero: DramaSinopse:Afinal nós é que compomos a grande co...
PortefólioO Dia do Desespero - 1992Nome original: O Dia do DesesperoGénero: DramaSinopse:Conta a história verídica dos últ...
PortefólioVale Abraão - 1993Nome original: Vale AbraãoGénero: DramaSinopse:Vale Abraão é a história de Ema, uma mulher de ...
PortefólioA Caixa - 1994Nome original: A CaixaGénero: ComédiaSinopse:Numa inclinada rua do bairro popular de Alfama, umceg...
PortefólioO Convento - 1995Nome original: Le CouventGénero: DramaSinopse:O professor Michael Padovic é um investigadornort...
PortefólioParty - 1996Nome original: PartyGénero: Drama, comédiaSinopse:É a história de um jovem casal que comemora dezano...
PortefólioViagem ao Princípio do Mundo - 1997Nome original: Viagem ao Princípio do MundoGénero: DramaSinopse:Um veterano c...
PortefólioInquietude - 1998Nome original: InquietudeGénero: DramaSinopse:São       homens      famosos,     cobertos      ...
PortefólioA Carta - 1999Nome original: A CartaGénero: DramaSinopse:A Carta é uma transposição inspirada no romance dosécul...
PortefólioPalavra e Utopia - 2000Nome original: Palavra e UtopiaGénero: Biográfico, dramaSinopse:Em 1663, o Padre António ...
PortefólioVou para casa - 2001Nome original: Je Entre à La MaisonGénero: Drama, comédiaSinopse:Uma noite, no fim de uma re...
PortefólioPorto da Minha Infância - 2001Nome original: Porto da Minha InfânciaGénero: DocumentárioSinopse:“Porto da Minha ...
PortefólioO Princípio da Incerteza - 2002Nome original: O Princípio da IncertezaGénero: DramaSinopse:Desde a sua infância ...
PortefólioUm Filme Falado - 2003Nome original: Um Filme FaladoGénero: Drama, comédiaSinopse:Verão de 2001. A pequena Maria...
PortefólioO Quinto Império - 2004Nome original: O Quinto Império – Ontem como HojeGénero: Drama históricoSinopse:«O Quinto...
PortefólioEspelho Mágico - 2005Nome original: Espelho MágicoGénero: DramaSinopse:Alfreda uma jovem aristocrata vive fixada...
PortefólioBelle Toujours – 2006Nome original: Belle ToujoursGénero: DramaSinopse:«"Belle      Toujous"     ocorreu-me     ...
PortefólioCristóvão Colombo – O Enigma - 2007Nome original: Cristóvão Colombo – O EnigmaGénero: DramaSinopse:Manuel    Luc...
PortefólioSingularidades de uma Rapariga Loura -2009Nome original: Singularidades de uma Rapariga LouraGénero: Drama, comé...
PortefólioO Estranho Caso de Angélica - 2010Nome original: O Estranho Caso de AngélicaGénero: DramaSinopse:Uma noite, Isaa...
Webgrafia   http://pt.wikipedia.org/wiki/Manoel_de_Oliveira   http://www.citi.pt/cultura/cinema/manoel_de_oliveira/biogr...
Pesquisa de Autor   Produção Audiovisual I   Ana Sofia Leite         n.º 50726  Comunicação e Multimédia            UTAD  ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Manoel de Oliveira - Pesquisa de Autor

1.101 visualizações

Publicada em

Ana Sofia Leite

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.101
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
190
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Manoel de Oliveira - Pesquisa de Autor

  1. 1. Manoel de Oliveira 11.12.1908
  2. 2. Biografia De seu nome, Manoel Cândido Pinto de Oliveira nasceu a 11 de Dezembro de1908 na cidade do Porto, no seio de uma família burguesa. Fez os seusprimeiros anos de escola no Porto, no Colégio Universal e mais tarde noColégio Jesuíta de La Guardiã na Galiza. Aos 20 anos vai para a escola deactores fundada no Porto pelo cineasta italiano Rino Lupo, um dos pioneiros docinema português de ficção, e onde participa como figurante no filme docineasta em “Fátima Milagrosa” em 1928. Começa a filmar o seu primeira filme “Douro, Faina Fluvial”, inspirado nofilme “Berlim, Sinfonia de uma capital de Walter Ruttman, publicando a versãomuda em 1931. Em 1933 participa como actor no filme de Cottinelli Telmo, “ACanção de Lisboa”. Em 1934 estreia a versão sonora de “Douro, Faina Fluvialque o consagrou como cineasta. Em 1942 realiza a sua primeira longa metrage, “Aniki-Bobó”, adaptado doconto Os Meninos Milionários, que devido a controvérsia que gerou em Portugalsó mais tarde se tornou um dos mais populares filmes portugueses. Ainda nadécada de quarenta não passaram do papel ”Hino daPaz”(documentário), ”Saltimbancos e Clair de Lune”(conto de Guy deMaupassant).
  3. 3. Biografia Nos anos 50, ”Angélica”, “Pedro e Inez”, “Vilarinho daFurna”(documentário etnográfico sobre a obra de Jorge Dias), ”A VelhaCasa”,“De Dois Mil Não Passarás”, ”O Poeta”, e outros não chegaram a serrealizados devido a falta de apoio financeiro. Após a longa metragem, Manoel decide dedicar-se à família voltando aocinema catorze anos depois com “O Pintor e a Cidade” em 1956, resultado da suaida a Alemanha em 1955 com o objectivo de estudar a cor aplicada ao cinema. Em 1963, “Acto de Primavera” leva-o a passar 10 dias de cadeia na PIDEdevido a alguns diálogos do filme. Em 1964 o cineasta recebe uma homenagem noFestival de Locarno na Itália e em 1965 a sua obra é passa na Cinemateca deHenri Langlois em Paris.p’p Mais tarde, em 1971, estreia “O Passado e o Presente” que mais uma vezprémios internacionalmente e polémica em Portugal. Com este filme Oliveirainaugura a chamada “Fase Gulbenkian” do cinema português. É também a partirdeste filme que o cineasta dá início à Teatralogia dos Amores Frustrados com“Virgem Mãe”, “Amor de Perdição” e “Francisca”. Recebe em 1980 a medalha de ouro pelo CIDALC e em 1985 volta a receber umprémio, o Leão de Ouro pelo seu filme “Le Soulier de Satin”, no Festival de Veneza.
  4. 4. Biografia Em 1987 realiza um documentário “A propósito da Bandeira Nacional” ondeestá incluído uma exposição do pintor Manuel Casimiro de Oliveira, seu filho. Em 1988 apresentou Os Canibais ao Festival de Cannes. Em 1990 apresentaao Festival de Cannes o filme “Non ou Vã Glória de Mandar” e graças ao qualrecebeu uma menção especial do júri oficial. Mais tarde, em 1995 a Sociedade Portuguesa de Autores atribui-lhe oprémio Carreira. As homenagens recebidas em Veneza, em 1991, La Carmo, em1992, Tóquio, em 1993, São Francisco e Roma, em 1994, que lhe dão um prestígiomundial. Em 1994 participa na ”Lisbon Story” de Wim Wenders. Em 1995 a Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) atribui-lhe o PrémioCarreira, inserido na comemoração do centenário do cinema. Participa comAntoine de Baecque, num livro sobre diálogos para os "Cahiers du Cinéma". Aestação de televisão SIC e a revista CARAS e outros órgãos de comunicaçãoportugueses, atribuem-lhe o prémio de Melhor Realizador em 1997 e 1999 bemcomo outros prémios a nível internacional dos festivais mais prestigiados domundo como o Festival de Cannes, Festival de Veneza e o Festival de Montreal.
  5. 5. Biografia De volta à literatura portuguesa, Oliveira parte das cartas e dos sermõesdo Padre António Vieira para realizar Palavra e Utopia, em 2000. Setenta anosdepois da primeira exibição ”Douro, Faina Fluvial”, Oliveira regressa à cidadeonde sempre viveu e filma ”Porto da Minha Infância”, uma evocação da suainfância feita a partir de fotografias e gravuras da época. O Princípio de Incerteza, em 2002, marca o reencontro com AgustinaBessa-Luís, cuja obra "Jóia de Família" descreve a progressiva decadência daburguesia do Vale do Douro. Recebeu em 2008 o Prémio Mundial do Humanismo, e o Doutoramento honoriscausa pela Universidade do Algarve. Em 2009 recebeu nos XIV Globos de Ouro (SIC) um prémio de prestígio e dehomenagem pelo seu trabalho já com 100 anos de idade. Em 2011, recebeu odoutoramento honoris causa pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. Hoje, é o cineasta mais velho do mundo em actividade.
  6. 6. Técnica e Equipamento A acção nos seus filmes desenrola-se de forma demasiadolenta, uma vez que a câmara raramente se move. O seu primeirofilme, “Douro, Faina Fluvial”, foi filmado com uma máquina de filmarKimano, a sua primeira máquina. A produção deste filme foi suportadafinanceiramente por Manoel e uma curiosidade resultante destefinanciamento foi a forma como este filmou, em negativo, fazendo apositivação depois de montado. «Às vezes acusam-me de que os meus filmes são muito falados.Ora, falados são os filmes americanos, e falam sem dizer nada. Aomenos os meus filmes dizem alguma coisa porque eu escolho textosricos, bons, profundos, mais difíceis naturalmente.», Manoel deOliveira.
  7. 7. PortefólioDouro, Faina Fluvial – 1931Nome original: Douro, Faina FluvialGénero: DocumentárioSinopse:A azáfama da zona ribeirinha da cidade do Porto éilustrada tendo o rio Douro como personagemcentral, como pano de fundo. Homens, mulheres ecrianças, gente humilde, agitam-se no confronto comele, convergindo num só rosto. O retrato dentro deretrato dá-nos a ver o lugar no tempo e o seuambiente humano.
  8. 8. PortefólioMiramar, Praia das Rosas - 1938Nome original: Miramar, Praia das RosasGénero: DocumentárioSinopse:«Origens lendárias de Famalicão - centro decomunicação rodoviária e ferroviária, entre váriaslocalidades do Norte. As alegres e pitorescas ruas.Acontecimentos registados nos jornais da terra.Edifício - hospital da Misericórdia, CâmaraMunicipal. Monumento a Camilo Castelo Branco. Casade Camilo, em São Miguel de Ceide. Trabalho noscampos. Igrejas. Os arredores românticos.Indústrias de fiação e tecidos, de botões e derelógios (única na Península). Aspectos típicos:vindimas, malhadas, feira». (in MANOEL de OLIVEIRA ea montra das tentações, Publicação D.Quixote, Lisboa 1996, p. 155, por Luís Matos-Cruz)
  9. 9. PortefólioJá Se Fabricam Automóveis em Portugal- 1938Nome original: Já Se Fabricam Automóveis emPortugalGénero: DocumentárioSinopse:Reflexo da paixão automobilística do cineasta, quena juventude participou de corridas deautomóveis, inclusive no Brasil, o filme retrata atentativa de fabricação de um novo modelo dafábrica Ford na cidade do Porto. O modelo foraespecialmente criado por Eduardo Ferreirinha, oEd, e chamava-se justamente Edfor em sua homenagem.Ferreirinha, que fora o criador dos três automóveisem que Manoel de Oliveira competiu, criou este novomodelo usando um motor Ford, um chassis modificadoe uma carroçaria própria. Foi ao volante de umdestes carros que o cineasta venceu uma prova em1938, a II Rampa do Gradil.
  10. 10. PortefólioFamalicão – 1941Nome original: FamalicãoGénero: DocumentárioSinopse:Origens lendárias de Famalicão, centro decomunicação rodoviária e ferroviária entre váriaslocalidades do Norte. As alegres e pitorescas ruas.Acontecimentos registados nos jornais da terra.Edifícios - Hospital da Misericórdia, CâmaraMunicipal, Monumento a Camilo Castelo Branco, em S.Miguel de Ceide. Trabalho nos campos. Igrejas. Osarredores românticos. Indústrias de fiação etecidos, de botões e de relógios (única naPenínsula). Aspectos típicos:vindimas, malhadas, feiras.
  11. 11. PortefólioAniki Bóbó – 1942Nome original: Aniki BóbóGénero: Longa-metragem de FicçãoSinopse:Dois garotos, os Carlitos (Horácio Silva) e o Eduardinho(António Santos), gostam da mesma rapariga, a Teresinha(Fernanda Matos). Um é audacioso, brigão, atrevido; ooutro é de carácter tímido, bom, sossegado. A rivalidadevai-se acentuando e, um dia, para agradar à suaapaixonada, Carlitos rouba, uma boneca. Teresinha sente-se inclinada para ele até que um dia, numa inocentebrincadeira, Eduardinho escorrega por um talude e cai aolado de um comboio que passa. Todos pensam que Carlitoso empurrou e todos passam a afastar-se dele, enquantoEduardinho sofre numa cama de hospital. Carlitos pensaem fugir num barco ancorado no cais de Massarelos, mastudo se esclarece por intervenção do dono da “loja dastentações” que vira o acidente e que, no final, tiratodas as suspeitas de cima do jovem Carlitos. E osgarotos lá puderam de novo jogar aos polícias eladrões, ao jogo do Aniki-Bobó…
  12. 12. PortefólioO Pintor e a Cidade– 1956Nome original: O Pintor e a CidadeGénero: DocumentárioSinopse:Documentário sobre a cidade do Porto através dasaguarelas do pintor António Cruz. O artista sai doseu atelier e percorre a cidade. As imagens reaisalternam com as impressões estéticas que o artistavai registando nas suas aguarelas.
  13. 13. PortefólioO Acto da Primavera – 1963Nome original: O Acto da PrimaveraGénero: DocumentárioSinopse:Representação popular do Auto da Paixão, segundo otexto medieval de Francisco Vaz deGuimarães, apresentando a atmosfera duma comunidadeque, para além das fainas e dos ritmosquotidianos, se transfigura em seus rituaisingénuos mas sinceros. Ao espectáculo, celebradopela Páscoa e de iniciativa própria, assistem asgentes das aldeias vizinhas, sendo antecedido poruma apresentação, em que se enumeram as suasdiversas fases.
  14. 14. PortefólioA Caça – 1964Nome original: A CaçaGénero: DocumentárioSinopse:Dois rapazes desocupados deambulam pelo campo.Simulam a caça (mas não têmespingardas), emaranham-se, perdem-se de vista, atéque um deles cai no pântano, começando a afundar-selentamente. O amigo grita por socorro. Várioshomens mobilizam-se, e vão acudir. Vão dar com elecoberto de lama preta, enterrado. Só a cabeça defora, continua a gritar. É preciso fazer um cordãohumano para o tirar dali. Mas esta cadeia desolidariedade rompe-se porque os salvadores começama discutir entre si. Um homem berra para lhe darema mão e estica o seu braço: é maneta.Este filme obteve uma Menção Especial do Júri daFederação Internacional de Cine-Clubes reunido emToulon, que o considerou a melhor curta metragem.
  15. 15. PortefólioAs Pinturas do meu Irmão Júlio – 1965Nome original: As Pinturas do meu Irmão JúlioGénero: DocumentárioSinopse:Obra documental, dedicada ao artista Júlio Régio,irmão do escritor José Régio (1901-1969) que setorna, a partir daqui, um frequente colaborador deManoel de Oliveira. O fio condutor está nasmemórias de José Régio, reconstituindo a figura doirmão a partir das lembranças de sua convivência nacasa em que nasceram e onde estão guardados muitosdos seus quadros.
  16. 16. PortefólioO Pão – 1966Nome original: O PãoGénero: DocumentárioSinopse:O pão de cada dia obriga a um esforço constante, deque o homem sai dignificado... O ciclo da semente:fecundação, nascimento, recolha, transporte dogrão, moagem industrial, panificaçãomoderna, distribuição e consumo do pão. Regresso dasemente à terra. Um novo ciclo se inicia...
  17. 17. PortefólioO Passado e o Presente – 1971Nome original: O Passado e o PresenteGénero: DramaSinopse:Lúcia é cortejada por António, da mesma classesocial, embora guarde memória amorosa deFrancisco, um marginal meio aventureiro. Ausente hálongo tempo, Francisco manda recado a Lúcia do seuregresso, por Maldevivre, um vagabundo, mas éliquidado por um gangue, talvez em ajuste decontas. Lúcia espera pois, em vão, no dia e localmarcado numa praia deserta, até saber da suamorte, por Maldevivre, o que o faz perder aspossibilidades de evasão para um mundo que, nãosendo o seu, a atrai. Desencantada, Lúcia curva-seperante a ordem de valores que António representa.Enquanto só, mas não o único, Maldevivre continua àespera que a raiva cresça e rebente.
  18. 18. PortefólioBenilde ou a Virgem Mãe – 1974Nome original: Benilde ou a Virgem MãeGénero: DramaSinopse:Com Benilde temos mais uma das passagens de Manoelde Oliveira pela teatralogia do cinema, ouseja, pela representação da representação. O filmecomeça com um plano sequência da câmara a entrarnos bastidores do filme, ou seja, a mostrar-nosonde a acção irá se desenrolar. Daí ser umarepresentação da representação. Depois é oarrogante comportamento de Benilde, que nos leva apensar como esta engravidou.É em volta destemisterioso fenómeno que todo o filme se desenrola.Primeiro trata-se de saber como é possível a jovemBenilde estar grávida; depois, vem a parte deinvestigação para saber quem poderá ser o pai dacriança, e, por fim, é a aceitação da gravidez comoum acto divino. Sem possibilidade de explicaçãohumana. Um filme feito a partir de uma peçahonónima de José Régio, que anteriormente já tinhaparticipado indirectamente nalguns trabalhos deManoel de Oliveira, como foi o caso das "Pinturasdo Meu Irmão Júlio"
  19. 19. PortefólioAmor de Perdição – 1979Nome original: Amor de PerdiçãoGénero: DramaSinopse:O fatalismo arrebatado e a tragédia amorosa entreTeresa de Albuquerque e Simão Botelho, quesobrevive ao litígio intolerante de suas nobresfamílias. Destaque, ainda, para a letal rivalidadeentre Simão e Baltasar Coutinho, primo epretendente de Teresa; para a incondicionalprotecção do ferreiro João da Cruz, e para aresignada adoração de sua filha, Mariana, porSimão..
  20. 20. PortefólioFrancisca – 1981Nome original: FranciscaGénero: DramaSinopse:O filme baseia-se em factos verídicos ocorridos noséculo XIX, no meio de uma juventude boémia, masintelectual do Porto, da qual fazia parte oescritor Camilo Castelo Branco. É a vida de umjovem, filho dum oficial inglês que se deixaraenvolver pelo amor, provocando-lhe o fatalismo e adesgraça. Há uma ambiguidade em Francisca que aconfunde, a perturba, envolvendo o espectador numateia de excitações que não chegam a se concretizar.Por outro lado, há um olhar da câmara de Oliveirapelos jardins, pelos lagos, que se personificam nosolhares das personagens. Um jogo de imagens, deplanos, com a câmara fixa, que nem por isso deixade dar a sensação de vida, de movimento.
  21. 21. PortefólioNice - À Propos de Jean Vigo - 1983Nome original: Nice - À Propos de Jean VigoGénero: DocumentárioSinopse:Nice. Referências históricas. O quotidiano. Mercadonas ruas. Uma banda em jardim. Estátuas e fontes.Excertos de A Propos de Nice (1929 Jean Vigo)miséria, luxo, decadência, excentridade. O jogoapostas, a roleta antiga. Grande hotel, as praiapública e concessionada. Os veraneantes. A Ópera.Encontros com o pintor Manuel Casimiro aliresidente desde 1975; com EduardoLourenço, professor na universidade local; comPedro Prista, etnólogo que trabalha sobreemigrantes portugueses na região. O Clube Camões umbaile. A filha de Jean Vigo.
  22. 22. PortefólioLisboa Cultural - 1983Nome original: Lisbonne CulturelleGénero: DocumentárioSinopse:Um filme sobre a cidade de Lisboa, nas suasmúltiplas dimensões culturais, as quais abrangem ocruzamento de raças, de povos, dehábitos, costumes. Um centro cosmopolita que, paraalém das pessoas, dá ênfase ao patrimónioarquitectónico, assim como a uma série de lugaresda capital portuguesa.
  23. 23. PortefólioO Sapato de Cetim - 1985Nome original: Le soulier de SatinGénero: DramaSinopse:Durante o Século de Ouro espanhol, Doña Prouhèze,mulher de um nobre, ama profundamente Don Rodrigo.Este último é forçado a deixar a Espanha para aAmérica - onde será vice-rei -, o rei impõe a DoñaProuhèze reger a cidadela de Mogador, em África.Prouhèze manda uma carta a Don Rodrigo, mas este sóa lê dez anos depois. Deixando o Novo Continente,Rodrigo chega a Mogador, onde talvez tenhareencontrado Prouhèze, que acaba por morrerenclausurada na fortaleza. Passados dez anos,Rodrigo, que ficou mutilado, conhece Sept-Epées, afilha de Prouhèze.
  24. 24. PortefólioO Meu Caso - 1986Nome original: Mon CasGénero: DramaSinopse:Pouco antes do início de uma representaçãoteatral, um desconhecido entra em cena para expor oseu próprio caso. Logo é interrompido por umtrabalhador do teatro, depois por uma actriz, atéao autor e por fim toda a companhia. Cada qualacaba por falar do seu " próprio caso" e gera-se adiscussão. A cena vai finalmente ter lugar, mastudo recomeça da mesma maneira. Ouve-se então umtexto de Beckett. Mais uma vez sobe o pano, destavez o som está ao contrário, uma verdadeira Torrede Babel! Seguidamente assiste-se ao diálogo de Jobcom Deus, com os mesmos actores da peça a fazeremde amigos de Job. No final, Job e a mulher sãofelizes na Cidade Ideal de Pierro della Francesca.
  25. 25. PortefólioOs Canibais - 1988Nome original: Os CanibaisGénero: Drama, musicalSinopse:Filme-ópera, com música de João Paes, um dos maislivres e originais de toda a obra de Oliveira.Versão irónica do tema dos “amores frustrados”, quetanto ocupou o cineasta nos anos 70, em que aperversão das relações amorosas e o sacrifíciocarnal são levados, literalmente, às últimasconsequências. Também é um filme atravessado de umaponta a outra por um dos temas obsessivos dorealizador: a representação. Representação quepassa de um tom macabro ao de um Carnaval.
  26. 26. PortefólioNon, ou a Vã Glória de Mandar - 1990Nome original: Non, ou la Vaine Gloire de CommanderGénero: DramaSinopse:O pano de fundo deste filme é a guerra colonialportuguesa, durante a qual um oficial relata aosseus companheiros de armas, enquanto fazem apatrulha pela savana africana, a epopeia dePortugal, uma epopeia construída em torno degrandes derrotas. A história termina com arevolução de 25 de Abril de 1974, no mesmo dia emque o oficial morre, depois da sua patrulha tercaído numa emboscada.
  27. 27. PortefólioA Divina Comédia - 1991Nome original: A Divina ComédiaGénero: DramaSinopse:Afinal nós é que compomos a grande comédia humana aque chamo "A Divina Comédia": o prazer pela vida, osexo como ídolo, o poder como ambição suprema e amorte como limitação de tudo; ou a aceitação dosofrimento e da ressurreição como verdadeiraglória!? Eis o dilema! Afinal um filme históricoou, se preferirem, uma parábola sobre a civilizaçãoocidental.
  28. 28. PortefólioO Dia do Desespero - 1992Nome original: O Dia do DesesperoGénero: DramaSinopse:Conta a história verídica dos últimos anos doeminente escritor português de século XIX, CamiloCastelo Branco. Esta evocação baseia-se, fundamentalmente, em algumas das suas cartas.Os textos são, poderemos dizê-lo, o fio condutor daevolução dramática de um homem viril, polémico eromântico que contrastava com o espíritofunesto, instável e irresignado. Camilo afunda-sesem remissão num conflito íntimo, oumelhor, interno, "um drama em gente", como diriaFernando Pessoa, pois que substancialmente se passaentre era a dele, havia de ser a cegueira oimpulsor para o Acto final da sua vida. Acto finalda sua vida? E o além-Túmulo?
  29. 29. PortefólioVale Abraão - 1993Nome original: Vale AbraãoGénero: DramaSinopse:Vale Abraão é a história de Ema, uma mulher de umabeleza ameaçadora. Para Carlos, o marido com quemcasou sem amor, "um rosto como o seu podejustificar a vida de um homem". O seu gosto peloluxo, as ilusões que tem na vida, o desejo queinspira aos homens, fazem-lhe valer o epíteto de "ABovarinha". Conhecerá três amantes, mas essesamores sucessivos não conseguem suster umsentimento crescente de desilusão que a leva adefinir-se como nada mais que "um estado de alma embalouço". Ema morrerá - "acidentalmente? Quemsabe?" - num dia de sol radioso, depois de se tervestido como se fosse para ir a um baile.
  30. 30. PortefólioA Caixa - 1994Nome original: A CaixaGénero: ComédiaSinopse:Numa inclinada rua do bairro popular de Alfama, umcego perdeu a caixa de madeira onde são depositadasas esmolas e pequenas recordações da vendasimbólica de chaveiros de recordação para turistas.O que guarda naquela caixa de madeirapreta, pintada com a misteriosa sigla ABLE, podedizer-se que é todo o seu sustento. A filha docego, sempre distraída com os trabalhosdomésticos, cai estendida sobre a pilha de roupaque lava para os seus clientes. O seumarido, desempregado como o resto dos amigos, viveda caixa de esmolas do velho e do trabalho damulher. Quando a caixa desaparece, o assunto torna-se motivo de conflito violento, quase uma tragédia.Mas não há mal que venha por bem, e a ironia dodestino possibilita que a filha do cego se consigalibertar da carga familiar que suportou durantetodo aquele tempo.
  31. 31. PortefólioO Convento - 1995Nome original: Le CouventGénero: DramaSinopse:O professor Michael Padovic é um investigadornorte-americano que está a trabalhar numa tese quese destina a provar que Shakespeare tinhaascendência espanhola e não britânica. Mas faltam-lhe alguns documentos essenciais, os quais julgaestarem nos arquivos do antiquíssimo Convento daArrábida, em Portugal. Por esta razão, ele e a suamulher, Hélène, viajam de Paris até à Arrábida,onde se instalam. O seu anfitrião é o guardião doconvento, uma estranha personagem que dá pelo nomede Baltar. Há qualquer coisa de misterioso emHélène que cativa Baltar. Para distraír a atençãodo marido dela, sugere-lhe que ele contrate comosua assistente, Piedade, a nova arquivista doconvento. Hélène descobre que o marido a rejeita emfavor do trabalho e o facto de Piedade ser jovem ebonita aumenta ainda mais a tensão, servindo aomesmo tempo os propósitos diabólicos de Baltar e asubtil manipulação de Hélène. A situação torna-seextremamente bizarra e culmina de forma inesperada.
  32. 32. PortefólioParty - 1996Nome original: PartyGénero: Drama, comédiaSinopse:É a história de um jovem casal que comemora dezanos de casados e convida os amigos para uma festano jardim do seu belo palácio em Ponta Delgada -Açores. Entre os convidados há dois amigosespeciais, Irene, uma famosa actriz grega eMichel, um "bon-vivant" francês, pretenso Don Juane seu amante. Michel seduz Leonor e esta, não orecusa, deixando-se envolver pelas doces palavrasde Michel. Rogério enquanto Michel e Leonorpasseiam pelos jardins do palácio conversa comIrene ao mesmo tempo que se diverte a olhar parauma belíssima jovem convidada, que não tira osolhos dele. Passados 5 anos Michel e Irene voltamaos Açores à casa de Rogério e Leonor para umjantar a quatro. O jogo sedutor iniciado à 5 anosatrás entre Leonor e Michel aprofunda-se de formaexplícita, não perturbando Rogério que aceita ofacto com um conformismo racional. É à volta destejogo de sedução entre duas pessoas totalmenteopostas; que Oliveira centra a acção do filme. Umaacção eticamente reprovável pelo espectador que apartir de certa altura já não sabe se tornacúmplice daquele relacionamento, ou se o reprova. Omais inquietante é o facto de Rogério e Irenepactuarem com a relação de infidelidade.
  33. 33. PortefólioViagem ao Princípio do Mundo - 1997Nome original: Viagem ao Princípio do MundoGénero: DramaSinopse:Um veterano cineasta, Manoel está no Norte dePortugal, a filmar uma história de amor. Oprincipal actor é o francês Afonso, que anseiaconhecer uma tia em Lugar do Teso, CastroLaboreiro, assim completando visualmente ashistórias que o pai, emigrante, lhe contava sobreaquelas paragens...«Uma viagem de recordações, deatavismos e de coisas presas a raízes, que se vãoocultando e esquecendo através de gerações» (Manoelde Oliveira)». Entre os actores há uma grandefigura do cinema já falecido, Marcello Mastroiannique desempenha neste filme o seu último papel.Coincidência ou verdade é que Mastroianni é um«veterano cineasta», que veio rodar uma história deamor, fazer um papel que ele já conhecia como apalma da sua mão, mas nunca o tinha feito. Serrealizador. E foi no papel de realizador queMastroianni disse o último adeus ao cinema...
  34. 34. PortefólioInquietude - 1998Nome original: InquietudeGénero: DramaSinopse:São homens famosos, cobertos dehonrarias, incensados por todos... masvelhos, muito velhos. E então, para que o filhoescape à decrepitude e à decadência, que já nãotardam, o pai incita-o a suicidar-se. O que não vaiser fácil... Quando o pano cai sobre esta notatrágica, estamos nos anos 30, no Porto, ondeSusy, uma cocotte, está à beira da morte numa mesade operações, e resume assim a sua vida: "Tudo istonão é senão um detalhe". Para consolar o dandy quecom ela acabara de viver uma história de amor, umamigo conta-lhe a história de Fisalina, umacamponesa que um dia descobre que tem pontas dosdedos em ouro: durante mil anos ela será a mãe deum rio...
  35. 35. PortefólioA Carta - 1999Nome original: A CartaGénero: DramaSinopse:A Carta é uma transposição inspirada no romance doséculo XVII, La Princesse de Clèves, de Madame deLa Fayette, e recriada nos dias de hoje. Mantendo omesmo pundonor da personagem principal, que naversão A Carta é simplesmente a senhora de Clèves, uma vez que a acção já não é entre príncipes, masnum meio de alta sociedade dos dias de hoje. Ahistória desta princesa evidencia um coração quelogo se sente invulgar e que por tão verdadeiro sefaz ainda mais fascinante e enriquecedor do drama epersonagens.
  36. 36. PortefólioPalavra e Utopia - 2000Nome original: Palavra e UtopiaGénero: Biográfico, dramaSinopse:Em 1663, o Padre António Vieira é chamado a Coimbrapara comparecer diante do Tribunal do SantoOfício, a terrível Inquisição. As intrigas da cortee uma desgraça passageira enfraqueceram a suaposição de célebre pregador jesuíta e amigo íntimodo falecido rei D. João IV. Perante os juízes, oPadre António Vieira revê o seu passado: ajuventude no Brasil e os anos de noviciado naBahia, a sua ligação à causa dos índios e os seusprimeiros sucessos no púlpito. Impedido de falarpela Inquisição, o pregador refugia-se emRoma, onde a sua reputação e êxito são tão grandesque o Papa concorda em não o retirar da suajurisdição. A rainha Cristina da Suécia, que viveem Roma desde a abdicação do trono, prende-o nacorte e insiste em torná-lo seu confessor. Mas assaudades do seu país são mais fortes e Vieiraregressa a Portugal. Só que a frieza do acolhimentodo novo rei, D. Pedro, fazem-no partir de novo parao Brasil onde passa os últimos anos da sua vida.
  37. 37. PortefólioVou para casa - 2001Nome original: Je Entre à La MaisonGénero: Drama, comédiaSinopse:Uma noite, no fim de uma representação, a tragédiairrompe na sua vida; o seu agente e velhoamigo, Georges, diz-lhe que a sua mulher, a filha eo genro acabaram de falecer num acidente de viação.O tempo passa, a vida volta à normalidade. GilbertValence partilha agora o seu tempo entre o seuneto, que adora, e o teatro. Algum tempo maistarde, o seu agente propõe-lhe um papel deprotagonista num telefilme com os ingredientes emmoda: droga, sexo e violência. E ele zanga-se: nãoteve a carreira que teve para agora aceitarcomprometer-se num trabalho que lhe repugnatotalmente, sob o pretexto que ganhará muitodinheiro. Mas no dia em que um realizador americanolhe propõe fazer Ulisses, uma adaptação deJoyce, ele aceita com entusiasmo. No estúdio, com ailuminação e o décor instalados, o realizadorsugere um ensaio: Gilbert Valence tem algumashesitações, algumas falhas de memória, mas isso nãoé muito grave: retomarão no dia seguinte. Mas nodia seguinte, em plena rodagem, o velho actor senteo mundo escapar-se-lhe, e não consegue enfrentar arealidade. O texto foge-lhe. E ele pára e diz muitocalmamente: Vou para casa...
  38. 38. PortefólioPorto da Minha Infância - 2001Nome original: Porto da Minha InfânciaGénero: DocumentárioSinopse:“Porto da Minha Infância é um documentário que oProdutor Paulo Branco me convidou para fazer sobrea cidade do Porto, para a “Porto 2001 CapitalEuropeia da Cultura. Um documentário sobre o PORTOem 2001 era impossível agora, com a cidade emobras, e é cousa que poderei fazer depois. Oque, por outro lado, foi bom, porque meproporcionou a oportunidade de evocar o Porto daminha infância, graças a algumas das minhasmemórias, as mais simples e as mais ligadas àcidade. Considero o filme um documentário, emboratenha sido obrigado a algumas reconstituições, paraque não ficasse reduzido a um álbum de fotografias.Finalmente, trata-se de certas recordações dum tipode vida e de imagens de uma época passadaque, embora relacionadas comigo, não constituem umaauto-biografia.” Manoel de Oliveira
  39. 39. PortefólioO Princípio da Incerteza - 2002Nome original: O Princípio da IncertezaGénero: DramaSinopse:Desde a sua infância que António, rapaz rico e deboas famílias, e José, filho de uma criada,partilham tudo, vigiados pelo seu olhar protector.E quando adultos, os pequenos jogos do amor nãofazem senão aumentar essa proximidade: Antóniocasa-se com Camila, por quem José sempre estiveraapaixonado, e tem como amante Vanessa, sócia deJosé nos seus negócios pouco recomendáveis.
  40. 40. PortefólioUm Filme Falado - 2003Nome original: Um Filme FaladoGénero: Drama, comédiaSinopse:Verão de 2001. A pequena Maria Joana viaja com amãe, Rosa Maria, professora universitária, aoencontro do pai, num cruzeiro que parte de Lisboa ese dirige a Bombaim. Uma viagem de recreio que étambém uma viagem pela civilização Mediterrânica, amarca mais profunda da cultura ocidental. Da Gréciaantiga aos Romanos, às influências árabes, o antigoEgipto, Constantinopla, aos descobrimentosPortugueses, à Revolução Francesa. No cruzeiroviajam, para além do comandante do navio, umamericano de origem polaca, três mulheresfamosas, de diferentes nacionalidades: umaempresária francesa de renome, uma antiga modeloitaliana, uma actriz e professora grega. O navioavança no seu percurso. Mas algo terrível está paraacontecer.
  41. 41. PortefólioO Quinto Império - 2004Nome original: O Quinto Império – Ontem como HojeGénero: Drama históricoSinopse:«O Quinto Império - Ontem Como Hoje», baseia-se napeça teatral «El-Rei Sebastião», de José Régio, naqual se pretendeu analizar o Rei, o Homem e a míticapersonagem. O rei Sebastião, depois da estrondosaderrota na batalha de Alcácer-Kibir (1578), maisconhecida pela Batalha dos Três Reis, e por jamaister sido identificado o seu corpo após a batalha, setornou no mito do encoberto ele que fora antes odesejado e o destinatário ao mito. Mito, aliáscantado e exaltado nos sermões do Padre AntónioVieira (Século XVII), pelo filósofo Sampaio Bruno(século XIX) e no século XX pelo poeta FernandoPessoa e pelo filósofo José Marinho, entre outrosescritores e psicólogos portugueses, como ainda porestudiosos estrangeiros.
  42. 42. PortefólioEspelho Mágico - 2005Nome original: Espelho MágicoGénero: DramaSinopse:Alfreda uma jovem aristocrata vive fixada na ideiade que assistirá a uma aparição da Virgem Maria.Afectada por uma doença grave, Alfreda procura apoiojunto de um padre, uma freira e um professor inglês.Entretanto um plano é armado para satisfazer odesejo de Alfreda, e "aliviá-la" de algum do seudinheiro...
  43. 43. PortefólioBelle Toujours – 2006Nome original: Belle ToujoursGénero: DramaSinopse:«"Belle Toujous" ocorreu-me à ideiainesperadamente, e como tinha gosto de prestar aminha homenagem a Luís Buñuel e a Jean ClaudeCarrière fiquei feliz por ter encontrado o modo de ofazer, talvez o melhor, e meti mãos à obra. De quese trata? De retomar duas das estranhas personagensdo filme «Belle de Jour», e fazê-las reviver, trintae oito anos depois, na estranheza de um segredo quesó ficara na posse da personagem masculina e cujoconhecimento se tornara crucial para a personagemfeminina» Manoel de Oliveira.
  44. 44. PortefólioCristóvão Colombo – O Enigma - 2007Nome original: Cristóvão Colombo – O EnigmaGénero: DramaSinopse:Manuel Luciano, um emigrante nos EstadosUnidos, para onde fora na década de 1940, volta aPortugal para retomar os estudos. Regressa à Américacomo licenciado em Medicina, mas, como interessadopor investigação histórica desde jovem, é conduzidoao mistério sobre Cristóvão Colombo e o seu local denascimento. Em Portugal, casa com Sílvia e com elapercorre, em Portugal e nos Estados Unidos, oslocais ligados à vida de Colombo. Na ilha de PortoSanto, onde Colombo viveu, encontram pistas que osaproximam da solução.
  45. 45. PortefólioSingularidades de uma Rapariga Loura -2009Nome original: Singularidades de uma Rapariga LouraGénero: Drama, comédia, romanceSinopse:Numa viagem de comboio para o Algarve, Macário contaas atribulações da sua vida amorosa a umadesconhecida senhora: Mal entra para o seu primeiroemprego, um lugar de contabilista no armazém emLisboa do seu tio Francisco, apaixona-seperdidamente pela rapariga loira que vive na casa dooutro lado da rua, Luísa Vilaça. Conhece-a e quer deimediato casar com ela. O tio discorda, despede-o eexpulsa-o de casa. Macário consegue enriquecer emCabo-Verde e quando já tem a aprovação do tio parafinalmente casar com a sua amada, descobre então a"singularidade" do carácter da noiva.
  46. 46. PortefólioO Estranho Caso de Angélica - 2010Nome original: O Estranho Caso de AngélicaGénero: DramaSinopse:Uma noite, Isaac, jovem fotógrafo e hóspede dapensão de Dona Rosa na Régua, é chamado com urgênciapor uma família abastada, para tirar o últimoretrato da filha, Angélica, uma jovem mulher quemorreu logo após o casamento. Na casa, emluto, Isaac descobre Angélica e fica estupefacto coma sua beleza. Quando encosta o olho à lente a jovemparece voltar à vida, só para ele. Isaac apaixona-seinstantaneamente por ela. A partir desseinstante, Angélica irá assombrá-lo dia e noite, atéà exaustão.
  47. 47. Webgrafia http://pt.wikipedia.org/wiki/Manoel_de_Oliveira http://www.citi.pt/cultura/cinema/manoel_de_oliveira/biografia.html http://comunicamos.files.wordpress.com/2008/03/manoeldeoliveira_cinema- portugues_joaosimao.pdf http://www.infoescola.com/biografias/manoel-de-oliveira/ http://cinema.sapo.pt/pessoa/manoel-de-oliveira/biografia http://takea-break.blogspot.com/2008/12/manoel-de-oliveira-biografia.html http://wwwcontamehistorias.blogspot.com/2007/10/manoel-de-oliveira.html http://www.citi.pt/cultura/cinema/manoel_de_oliveira/obra.html http://www.trailers.com.pt/douro-faina-fluvial/ http://www1.unihamburg.de/clpic/tematicos/cinema/realizadores/oliveira_manoel.html http://cinema.sapo.pt/pesquisa/filmes?terms=manoel+de+oliveira
  48. 48. Pesquisa de Autor Produção Audiovisual I Ana Sofia Leite n.º 50726 Comunicação e Multimédia UTAD 2012 Docente: Pedro Rosário

×