1
“Fraga
Quer
Postar”
2
Esse é o Ricardo Fraga
Ricardo Fraga é um paulistano.
Ele gosta de cachorros, não é muito de
viajar, mas gosta de Minas ...
3
Umdia,Fragavoltavadeumaviagemetra-
zia uma dessas lousas de acrílico para seus
filhos. Foi quando ele viu uma construção...
4
Ricardo Fraga incentivava
que pessoas olhassem por
cima do muro a construção
e desenhassem o modelo de
cidade que eles i...
5
Suas iniciativas eram pa-
cíficas e criativas.
Elas, no entanto, incomo-
daram a construtora Mo-
farrej, que entrou com ...
6
O caso teve grande re-
percussão na mídia e na
sociedade. Com o apoio
de diversas outras enti-
dades e pessoas, a ARTI-
...
7
O caso do Ricardo Fraga é emblemático
pois é o primeiro caso de censura à um
protesto online.
A internet tem sido cada v...
8
A ARTIGO 19 defende que o
direito de protesto, tanto
nas ruas como online, que en-
globa e é fruto dos direitos
à liberd...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

"Fraga Quer Postar"

1.862 visualizações

Publicada em

Quadrinhos divididos em 8 partes que conta a história de Ricardo Fraga, ativista brasileiro e uma das primeiras pessoas a serem censuradas pelo judiciário brasileiro na internet

Publicada em: Mídias sociais
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.862
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.481
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

"Fraga Quer Postar"

  1. 1. 1 “Fraga Quer Postar”
  2. 2. 2 Esse é o Ricardo Fraga Ricardo Fraga é um paulistano. Ele gosta de cachorros, não é muito de viajar, mas gosta de Minas Gerais e tem vontade de conhecer a Amazônia. Seus principais hobbies são esportes, leitu- ra e praia. Como todo bom paulistano, Fraga fala “bolacha” ao invés de “biscoito”. Além disso, Ricardo Fraga é um rapaz preocupado com a sociedade. “Acho que sempre fui“, diz ele. “Mas principalmente depois dos 40.” Para Fraga, manifestar é um direito básico do cidadão, um direito funda- mental. “Mais do que manifestar-me, o que me agrada é promover uma reflexão sobre a cidade às pessoas.”
  3. 3. 3 Umdia,Fragavoltavadeumaviagemetra- zia uma dessas lousas de acrílico para seus filhos. Foi quando ele viu uma construção em um enorme terreno que há 50 anos estava abandonado. No stand de vendas estava escrito: “3 torres, 152 aparta- mentos, 625 vagas e 29 andares”. Ricardo se lamentou ao ver no que a ci- dade estava se tornando. Questionando pessoas da região, Fraga descobriu ir- regularidades na obra ligadas a questão ambiental e logo começou a protestar.
  4. 4. 4 Ricardo Fraga incentivava que pessoas olhassem por cima do muro a construção e desenhassem o modelo de cidade que eles imaginavam para São Paulo. Uma praça, um parque, árvores... Ele então tirava fotos dos desenhos e colava no muro, além de subir os desenhos em seu Facebook.
  5. 5. 5 Suas iniciativas eram pa- cíficas e criativas. Elas, no entanto, incomo- daram a construtora Mo- farrej, que entrou com um processo contra ele. No dia 6 de março de 2013, saiu a primeira liminar do processo. Por determinação judicial, Fraga não pode mais se aproximar em um raio de 1 Km da construção. Como se esse ponto sozinho não fosse ruim o suficiente, Fraga também está PROIBIDO DE POSTAR NO FACEBOOKqualquer coisa relacionada com a obra. Caso desobedeça, pode pagar multa de R$ 10.000,00
  6. 6. 6 O caso teve grande re- percussão na mídia e na sociedade. Com o apoio de diversas outras enti- dades e pessoas, a ARTI- GO 19 realizou um mani- festo de apoio a Ricardo, reivindicando a revoga- ção da decisão. Em 15 de maio de 2013, o Tribunal de Justiça de SP reduziu a restrição de 1 km para um quarteirão. No entanto, no dia 19 de setembro de 2014, mais de um ano depois, o juiz de primeira instância deu sua decisão final, voltan- do a restrição para 1 km.
  7. 7. 7 O caso do Ricardo Fraga é emblemático pois é o primeiro caso de censura à um protesto online. A internet tem sido cada vez mais uma fer- ramenta para mobilização e manifestações dos mais variados tipos e um precedente ju- dicial como este representa uma grave amea- ça para a liberdade de manifestação online. QUANTOS MAIS “RICARDOS FRAGA“ PODERÃO SURGIR A PARTIR DESSE CASO?
  8. 8. 8 A ARTIGO 19 defende que o direito de protesto, tanto nas ruas como online, que en- globa e é fruto dos direitos à liberdade de expressão, à livre manifestação do pen- samento, à liberdade de reu- nião e associação pacíficas, deve ser protegido confor- me mandam a legislação e os padrões internacionais, pois é um direito essencial para uma sociedade verdadeira- mente plural e democrática. Convidamos a todos que participem da campanha ”Fraga quer postar”. Estaremos dia 6 de março na frente do prédio com máscaras do Ricardo Fra- ga, já que ele não pode se aproximar. Venham protestar com a gente. Para saber mais, acesse: fragaquerpostar.tumblr.com bit.ly/FragaQuerPostar2015

×