O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
REA E POMAR:
BRACONAGEM NA EDUCAÇÃO
PROFa. Dra. ADRIANA ROCHA BRUNO
UFJF-2014
ADRIANA ROCHA BRUNO
UFJF
adriana.bruno@ufjf.edu.br
REA E POMAR:
BRACONAGEM NA
EDUCAÇÃO
https://sites.google.com/site/arbruno
ADRIANA ROCHA BRUNO
2014
Insanidade é fazer as
coisas sempre do mesmo
jeito e esperar resultados
diferentes – A. Einstein
Profª.Drª.AdrianaRochaBru...
Vamos começar situando
alguns cenários que
fazem parte da nossa
vida.
Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
•É o 65º colocado entre
os países com maior
acesso digital (Segundo a
ONU – divulgado em maio de
2014)
• Quesitos: infra-e...
•oficialmente chamado de Lei nº 12.965, de 23
de abril de 2014, é a lei que regula o uso da
Internet no Brasil, por meio d...
• Entre 156 países, o Brasil ocupa a 72ª posição em
ranking de inclusão digital, segundo dados da FGV e
Fundação Telefônic...
Segundo o Blog do Estadão (24/12/2013), desde 2010, o acesso a
internet por smartphones e tablets cresceu 43%. E 25% dos u...
•Segundo pesquisa (a agência de
inteligência de mercado Hello Research)
divulgada em janeiro de 2013, o Nordeste
está na v...
NO MUNDO E NO BRASIL AS REDES SOCIAIS
MOSTRAM SUA FORÇA, SUA POTÊNCIA…
CADA UM PODE EXPRESSAR IDEIAS, OPINIÕES,
DADOS, PRO...
 2011, na Tunísia – Egito, que culminaram na queda da
ditadura de Bem Ali e, como efeito em ‘dominó, com o poder
de Hosni...
Viciados em redes sociais
- Novos estudos mostram que é mais difícil resistir à
tentação de acessar sites como Facebook e ...
O que está rolando na rede?
- SINESP CIDADÃO – (Sinesp – Sistema Nacional
de Segurança Pública) - Aplicativo para tablet e...
- Google lança app grátis que otimiza tempo do
professor: Classroom
recursos do Gmail, Drive e Google Docs,
gerencia as ta...
FAZGAME – o game para criar games
educacionais - qualquer usuário pode criar
games.
É só escolher seus cenários, personage...
Ensino superior insere métodos
alternativos em aula
•estudo Horizon Report: 2014 Higher
Education Edition, desenvolvido pe...
Outras palavras…Outras
ideias… Outros cenários…
Gameficação, plataformas digitais,
comunicação por nuvem, celulares,
smart...
REA (Recursos Educacionais Abertos),
MOOC (Cursos online Abertos e Massivos,
POMAR (Percursos Online Massivos
Abertos e Ri...
aprendizagem do adulto, docência
online, redes rizomáticas, linguagem
emocional, mediação partilhada,
interatividade etc.,...
E NÓS NESTE CENÁRIO,
COMO-ONDE FICAMOS?
Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
MAS DESEJAMOS…
Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
BEM, HOJE TEMOS
OUTRAS
POSSIBILIDADES…
PODEMOS TER TUDO
ISSO E MUITO MAIS!
Open Education Matters (BUSQUE NO
YOUTUBE)
https://www.youtube.com/watch?v=7NH7vLzt9jY#t=56
POMA
R
PERCURSOS ONLINE
MASSIVOS ABERTOS E
RIZOMÁTICOS
Autoria: Adriana Rocha Bruno
O Que é, afinal, POMAR?
• Percurso online massivo aberto e rizomático surge da
necessidade de criar:
• espaços online, for...
POMAR NÃO É CURSO!
É PERCURSO!
Convergente com os pressupostos da Educação Aberta e
com a concepção de REA, os POMAR:
• nã...
OS POMAR…
• Não oferecem certificação. Como não se trata de um curso, os
POMAR não estão necessariamente vinculados a uma
...
E MAIS, OS POMAR…
• Buscam processos interativos rizomáticos, por meio de
redes rizomáticas (BRUNO, 2010, 2012). Isso sign...
OS POMAR E OS REAS
• Os percursos online massivos abertos e rizomáticos, por
sua concepção de abertura, são criados a part...
Os POMAR e a
Braconagem
Palavra aportuguesada
do francês braconnage,
é trazida por Michel de
Certeau (HAREL, 2005)
em refe...
Espionar, ser clandestino….
Ser nômade…
desapegar…
Caçar…
Criar caminhos onde não existem…
Adentrar espaços, invadir, reterritorializar…
Docente/discente/aprendiz
Braconnier/braconeiro
Ser aprendiz braconier
(ou braconeiro) é criar
redes rizomáticas.
Redes ...
Criar, habitar, recriar os POMAR significa ousar,
desapegar, ser transgressor e se permitir ser
braconeiro… questionar o s...
Assumimos a docência e a discência, os
processos de aprendizagem, como
apropriações, e cocriação de
informações, estejam e...
O que docentes e
discentes tem cocriado?
A cultura digital e em rede e seus
desdobramentos na-para a
Educação
Profª.Drª.Ad...
Estudantes desenvolvem aplicativos que
facilitam a vida das pessoas alunos da UFPE
No aplicativo Buson, é possível ver pel...
Professor cria, junto com alunos, plataforma para
celular e muda visão de alunos sobre filosofia
Idealizado pelo professor...
Cursos online – USP, PUC e
UNICAMP
A) A Universidade de São Paulo (USP) lança cursos online
grátis de nível superior. Em p...
Ensino de inglês aproxima estudantes
brasileiros de idosos dos EUA
De um lado, idosos americanos que
querem socializar, co...
USP disponibiliza mais de 3 mil livros grátis para
download. É possível pesquisar, visualizar e fazer o
download de mais d...
“Pequenas” e intensas
transgressões
• Inversão da aula “tradicional”… diminuição da
quantidade de horas em que o professor...
• Escolas onde não existem livros didáticos, o professor é
visto como um designer de conhecimento e os alunos
se organizam...
Mudar…
Não adianta querer mudar o professor, o
gestor, o estudante, o sistema…
Não se muda o profissional… O que pode
muda...
REA, POMAR,
BRACONAGEM…
Mais do que nomes, recursos, espaços, as
mudanças se dão nos sujeitos…
São as ideias que os REA, o...
Insanidade é fazer as
coisas sempre do
mesmo jeito e esperar
resultados diferentes –
A. Einstein
Profª.Drª.AdrianaRochaBru...
57
58
MUITO GRATA!
ADRIANA.BRUNO@UFJF.EDU.BR
https://sites.google.com/site/arbruno
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

PALESTRA_ADRIANABRUNO_UFJF_Evidosol 03_jun2014

343 visualizações

Publicada em

PALESTRA_ADRIANABRUNO_UFJF_Evidosol 03_jun2014

  1. 1. REA E POMAR: BRACONAGEM NA EDUCAÇÃO PROFa. Dra. ADRIANA ROCHA BRUNO UFJF-2014
  2. 2. ADRIANA ROCHA BRUNO UFJF adriana.bruno@ufjf.edu.br REA E POMAR: BRACONAGEM NA EDUCAÇÃO
  3. 3. https://sites.google.com/site/arbruno ADRIANA ROCHA BRUNO 2014
  4. 4. Insanidade é fazer as coisas sempre do mesmo jeito e esperar resultados diferentes – A. Einstein Profª.Drª.AdrianaRochaBruno Pensem nisso…
  5. 5. Vamos começar situando alguns cenários que fazem parte da nossa vida. Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
  6. 6. •É o 65º colocado entre os países com maior acesso digital (Segundo a ONU – divulgado em maio de 2014) • Quesitos: infra-estrutura, preço, alfabetização (nível de instrução), qualidade e número de usuários •o acesso a tecnologias da informação no Brasil é inferior ao de nações como •Kuwait (60º), •Costa Rica (58ª), •Jamaica (57ª), •Argentina (54ª), •Uruguai (51º) e •Chile (43º). O BRASIL E O ACESSO DIGITAL E ÀS TECNOLOGIASProfª.Drª.AdrianaRochaBruno
  7. 7. •oficialmente chamado de Lei nº 12.965, de 23 de abril de 2014, é a lei que regula o uso da Internet no Brasil, por meio da previsão de princípios, garantias, direitos e deveres para quem usa a rede, bem como da determinação de diretrizes para a atuação do Estado. •Uma conquista, via redes sociais digitais Aprovamos o Marco Civil da internet no Brasil Profª.Drª.AdrianaRochaBruno Mas, ao mesmo tempo…
  8. 8. • Entre 156 países, o Brasil ocupa a 72ª posição em ranking de inclusão digital, segundo dados da FGV e Fundação Telefônica/Vivo divulgados em julho de 2012. • Das mais de 5 mil cidades brasileiras listadas no Censo 2010, a conectividade é maior em São Caetano do Sul (SP), Santos (SP), Florianópolis (SC), Vitória (ES) e Niterói (RJ). • São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília ocupam a 19ª, 20ª e a 21ª posições no ranking nacional, respectivamente. Sobre a Inclusão Digital Profª.Drª.AdrianaRochaBruno Por outro lado…
  9. 9. Segundo o Blog do Estadão (24/12/2013), desde 2010, o acesso a internet por smartphones e tablets cresceu 43%. E 25% dos usuários de internet usam o smartphone como seu principal ponto de acesso. A explosão social online está intimamente relacionada com as melhorias socioeconômicas que o País viveu nos últimos dez anos. Quando o assunto é REDES SOCIAIS DIGITAIS Profª.Drª.AdrianaRochaBruno Porém, paradoxalmente… Brasil vira ‘potência’ das redes sociais em 2013 Twitter, Facebook e YouTube estão entre as plataformas onde o uso brasileiro só perde para o dos Estados Unidos http://blogs.estadao.com.br/link/em-2013-brasil-vira-potencia-das-redes-sociais/
  10. 10. •Segundo pesquisa (a agência de inteligência de mercado Hello Research) divulgada em janeiro de 2013, o Nordeste está na vice-liderança no uso de redes sociais no Brasil. •Em primeiro lugar, figuram os estados do Sudeste, com 55% do total de internautas conectados nestes canais online. O terceiro lugar é ocupado pela região Sul (12% deste universo), seguida pelo Norte (7%) e Centro-Oeste (6%). Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
  11. 11. NO MUNDO E NO BRASIL AS REDES SOCIAIS MOSTRAM SUA FORÇA, SUA POTÊNCIA… CADA UM PODE EXPRESSAR IDEIAS, OPINIÕES, DADOS, PRODUÇÕES… A SOCIEDADE MOSTRA SUA VOZ, SUA CARA…
  12. 12.  2011, na Tunísia – Egito, que culminaram na queda da ditadura de Bem Ali e, como efeito em ‘dominó, com o poder de Hosni Mubarack.  povo saiu às ruas como na Líbia, Iêmen, Argélia, Jordânia, Bahrain e Omã implicando em mudanças políticas nestes lugares  2012/2013: Brasil: Manifestações, nas ruas, de brasileiros no Brasil e no Mundo – integração Redes Sociais e Cidades  ações organizadas contra a corrupção ou mesmo os flashmobs 12 Manifestações no Mundo e no Brasil e ações organizadas pelas redes sociais: Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
  13. 13. Viciados em redes sociais - Novos estudos mostram que é mais difícil resistir à tentação de acessar sites como Facebook e Twitter do que dizer não ao álcool e ao cigarro (http://www.istoe.com.br/reportagens/204040_VICIADOS+EM+REDES+S ) - Mais da metade dos universitários do Rio navega na rede social durante aula, diz pesquisa. - Alunos admitem que uso prejudica desempenho estudantil Jornal O Globo, 16/03/14 Profª.Drª.AdrianaRochaBruno MUDANÇAS NAS RELAÇÕES SÃO INEVITÁVEIS…
  14. 14. O que está rolando na rede? - SINESP CIDADÃO – (Sinesp – Sistema Nacional de Segurança Pública) - Aplicativo para tablet e celular ajuda a encontrar carros roubados - https://www.sinesp.gov.br/sinesp-cidadao - Livros lançados pela EDUFBA disponíveis gratuitamente, online: https://repositorio.ufba.br/ri/ Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
  15. 15. - Google lança app grátis que otimiza tempo do professor: Classroom recursos do Gmail, Drive e Google Docs, gerencia as tarefas escolares, oferecendo ao professor a possibilidade de acompanhar a execução dos trabalhos, tirar dúvidas em tempo real e manter as turmas organizadas. O Classroom será gratuito e terá versão disponível em 40 idiomas. O aplicativo fará parte do pacote Google Apps for Education Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
  16. 16. FAZGAME – o game para criar games educacionais - qualquer usuário pode criar games. É só escolher seus cenários, personagens e objetos, e criar sua história, de forma simples e divertida! - http://fazgame.com.br/presentation.html EAD NO FACE http://www.eadnoface.blogspot.com.br/p/eve ntos-realizados.html Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
  17. 17. Ensino superior insere métodos alternativos em aula •estudo Horizon Report: 2014 Higher Education Edition, desenvolvido pelo New Media Consortium, diz que nos próximos cinco anos as aulas expositivas vão ceder espaço a métodos alternativos de ensino superior. http://porvir.org/garimpo/ensino-superior-insere-metodos- alternativos-em-aula-2/20140512 Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
  18. 18. Outras palavras…Outras ideias… Outros cenários… Gameficação, plataformas digitais, comunicação por nuvem, celulares, smartphones, tablets e paredes holográficas, inteligência artificial, redes sociais, dispositivos móveis; geolocalização, conteúdo aberto, Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
  19. 19. REA (Recursos Educacionais Abertos), MOOC (Cursos online Abertos e Massivos, POMAR (Percursos Online Massivos Abertos e Rizomáticos), aplicações semânticas, software livre, hibridização, Educação Aberta, Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
  20. 20. aprendizagem do adulto, docência online, redes rizomáticas, linguagem emocional, mediação partilhada, interatividade etc., nomeiam e sinalizam as transformações socioeducacionais. Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
  21. 21. E NÓS NESTE CENÁRIO, COMO-ONDE FICAMOS?
  22. 22. Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
  23. 23. Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
  24. 24. Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
  25. 25. Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
  26. 26. MAS DESEJAMOS…
  27. 27. Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
  28. 28. Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
  29. 29. Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
  30. 30. Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
  31. 31. BEM, HOJE TEMOS OUTRAS POSSIBILIDADES… PODEMOS TER TUDO ISSO E MUITO MAIS!
  32. 32. Open Education Matters (BUSQUE NO YOUTUBE) https://www.youtube.com/watch?v=7NH7vLzt9jY#t=56
  33. 33. POMA R PERCURSOS ONLINE MASSIVOS ABERTOS E RIZOMÁTICOS Autoria: Adriana Rocha Bruno
  34. 34. O Que é, afinal, POMAR? • Percurso online massivo aberto e rizomático surge da necessidade de criar: • espaços online, formativos, – digitais e em rede; • abertos para qualquer pessoa que tenha interesse nos temas disponíveis; • massivos, no sentido de possibilitar níveis diversos de intensidade e aprofundamento das temáticas/conteúdos tratados; • Percursos, com o propósito de que os interessados criem seus trajetos, seus caminhos, suas rotas, suas travessias, da forma que desejarem;
  35. 35. POMAR NÃO É CURSO! É PERCURSO! Convergente com os pressupostos da Educação Aberta e com a concepção de REA, os POMAR: • não possuem começo, meio e fim – cada um pode acessar o que quiser, como quiser. Ou seja, é possivel acessar, explorar, apenas um determinado tema; •Se retroalimentam da própria rede. Os usuários acessam o que foi disponibilizado por outros usuários e podem, se assim desejarem, contribuir com conhecimentos e produções outras. Do mesmo modo, todos podem criar outras temáticas, outros materiais etc.;
  36. 36. OS POMAR… • Não oferecem certificação. Como não se trata de um curso, os POMAR não estão necessariamente vinculados a uma instituição e se destinam a pessoas que desejam ter acesso aos conhecimentos socializados por outros, em rede e não na obtenção de um atestado, certificado ou comprovante de qualquer natureza que não o próprio conhecimento; • Possuem como proposta a abertura total, irrestrita e, portanto, podem ser criados, compartilhados, ampliados, atualizados por todos os usuários que dele participem; • Trabalham com a mediação partilhada (BRUNO, 2007), ou seja, todos os participantes são mediadores, se assim desejarem, pois podem assumir a mediação a partir das emergências (regências emergentes) advindas da própria rede.
  37. 37. E MAIS, OS POMAR… • Buscam processos interativos rizomáticos, por meio de redes rizomáticas (BRUNO, 2010, 2012). Isso significa que tais percursos são dinâmicos, flexíveis, plásticos e não possuem um padrão, um modelo. Cada POMAR será diferente um do outro pois se cria na rede, em rede, por pessoas diferentes, com multiplas possibilidades… • São plásticos – plasticidade social e cultural (BRUNO, 2010), pois não se fixam, não se delimitam, mas se transmutam, transgridem, em devir.
  38. 38. OS POMAR E OS REAS • Os percursos online massivos abertos e rizomáticos, por sua concepção de abertura, são criados a partir de recursos, materiais, produções, recursos disponíveis na Web. • Os recursos educacionais abertos convergem com a concepção dos POMAR e, portanto, simbolizam a potência dos POMAR. • A ideia de abertura dos REA, materializada nos seus principios (reuso, revisão, remix, redistribuição), não apenas ratificam os pressupostos dos POMAR, mas sinalizam as atuais relações com o conhecimento, com a aprendizagem, com o ensino dos sujeitos contemporâneos  autônomo, colaborativo, interativo, aberto…
  39. 39. Os POMAR e a Braconagem Palavra aportuguesada do francês braconnage, é trazida por Michel de Certeau (HAREL, 2005) em referência à caça ou pesca ilícita, em tempos ou lugares proibidos.  É adentrar (ou invadir) espaços-lugares do outro, ou que estão com o outro.  É questionar a apropriação e a ideia de propriedade e, portanto, os processos hegemônicos que concentram territórios nas mãos de uns e não de outros ou ainda de todos. Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
  40. 40. Espionar, ser clandestino….
  41. 41. Ser nômade… desapegar… Caçar…
  42. 42. Criar caminhos onde não existem… Adentrar espaços, invadir, reterritorializar…
  43. 43. Docente/discente/aprendiz Braconnier/braconeiro Ser aprendiz braconier (ou braconeiro) é criar redes rizomáticas. Redes que não se criam de forma estruturada e fechada e, nesta direção, não se permitem aprisionar, não se deixam territorializar.  instigados à prática da caça.  Somos caçadores e produtores de inovações.  Farejamos pistas que nos levem a lugares desconhecidos ou mesmo proibidos.  Tendemos a não aceitar não como resposta. Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
  44. 44. Criar, habitar, recriar os POMAR significa ousar, desapegar, ser transgressor e se permitir ser braconeiro… questionar o sentido da aprendizagem ditado pelas instituições e se perceber como corresponsável e principalmente, o principal responsével, pela sua própria aprendizagem… Aprender com o outro…mas não depender do outro para sua aprendizagem…
  45. 45. Assumimos a docência e a discência, os processos de aprendizagem, como apropriações, e cocriação de informações, estejam elas onde estiverem.
  46. 46. O que docentes e discentes tem cocriado? A cultura digital e em rede e seus desdobramentos na-para a Educação Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
  47. 47. Estudantes desenvolvem aplicativos que facilitam a vida das pessoas alunos da UFPE No aplicativo Buson, é possível ver pelo celular onde o ônibus está.Outro programa ajuda construtoras a comprar material para a construção. - grátis •site Cote Aqui. Os estudantes criaram um sistema de cotação de preços pela internet que coloca as construtoras em contato com os fornecedores de material de construção civil. http://g1.globo.com/jornal-da-globo/noticia/2014/03/estudantes-desenvolvem- aplicativos-que-facilitam-vida-das-pessoas.html? fb_action_ids=10152652378799989&fb_action_types=og.recommends Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
  48. 48. Professor cria, junto com alunos, plataforma para celular e muda visão de alunos sobre filosofia Idealizado pelo professor em Goiás e criado por alunos do ensino médio e que não possuem formação específica em computação, os estudantes são registrados e têm acesso ao tema de cada aula com antecedência. O professor disponibiliza textos e, ao final da leitura, os estudantes têm que responder um teste, que tem um tempo limite para ser feito, conforme a quantidade de perguntas. Às vezes, as respostas são objetivas e outras, dissertativas. http://g1.globo.com/goias/noticia/2014/04/professor-cria-plataforma-para-celular- e-muda-visao-de-alunos-sobre-filosofia.html Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
  49. 49. Cursos online – USP, PUC e UNICAMP A) A Universidade de São Paulo (USP) lança cursos online grátis de nível superior. Em parceria com o portal Veduca Entrada contínua (não há período fixo de inscrição). B) A PUC (Pontifícia Universidade Católica) oferece através de sua plataforma condigital.cursosccead.net diversas opções de cursos online grátis. C) Unicamp oferece 9 cursos online gratuitos. Todo o material didático do projeto Mini Cursos Virtuais, desenvolvido pela equipe de Educação a Distância do Centro de Computação da Unicamp. Livre, gratuito e irrestrito. Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
  50. 50. Ensino de inglês aproxima estudantes brasileiros de idosos dos EUA De um lado, idosos americanos que querem socializar, conversar com alguém. De outro, estudantes brasileiros que não têm recursos para estudar fora do país, mas que precisam aprimorar o inglês. http://queminova.catracalivre.com.br/2014/05/08/ensino-de-ingles- aproxima-estudantes-brasileiros-de-idosos-dos-eua/ Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
  51. 51. USP disponibiliza mais de 3 mil livros grátis para download. É possível pesquisar, visualizar e fazer o download de mais de 3.000 títulos Acesso ao acervo digital da BBM (Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin) Conteúdo de aulas de universidades renomadas estão disponíveis na web Harvard, Berkeley, Princeton, Stanford e das Universidades da Califórnia, de Michigan e da Pensilvânia, Instituto de Tecnologias de Massachusets (MIT) Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
  52. 52. “Pequenas” e intensas transgressões • Inversão da aula “tradicional”… diminuição da quantidade de horas em que o professor “fala”- aulas expositivas - e priorização de atividades organizadas na forma de projetos, com interação dos alunos. Como? Gravação de vídeos – disponibilizados na Web. • Grupos pequenos, formados até mesmo por estudantes de séries diferentes, se organizam para cumprir tarefas criativas, com deadline e padrões de qualidade. Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
  53. 53. • Escolas onde não existem livros didáticos, o professor é visto como um designer de conhecimento e os alunos se organizam por afinidade, e não por idade, para solucionar desafios retirados do dia a dia. • Integração dos alunos por objetivos, desafios, e não somente ou exclusivamente de acordo com a idade. • Uso de games para a aprendizagem… • Curriculos Mutantes – nada é fixo, tudo é fluido, líquido… http://revistagalileu.globo.com/Revista/noticia/2014/03/desconstrucao-da-escola.html Profª.Drª.AdrianaRochaBruno
  54. 54. Mudar… Não adianta querer mudar o professor, o gestor, o estudante, o sistema… Não se muda o profissional… O que pode mudar são as pessoas… O ser humano!
  55. 55. REA, POMAR, BRACONAGEM… Mais do que nomes, recursos, espaços, as mudanças se dão nos sujeitos… São as ideias que os REA, os POMAR, a Braconagem trazem é que podem nos fazer refletir que…
  56. 56. Insanidade é fazer as coisas sempre do mesmo jeito e esperar resultados diferentes – A. Einstein Profª.Drª.AdrianaRochaBruno Por isso tudo…
  57. 57. 57
  58. 58. 58 MUITO GRATA! ADRIANA.BRUNO@UFJF.EDU.BR https://sites.google.com/site/arbruno

×