SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
Baixar para ler offline
Profª. Adriana Rocha Bruno
Instruir; fazer saber; comunicar
conhecimentos; mostrar; guiar; orientar;
dirigir; desenvolver habilidades...
CENTRALIZADO NO PROFESSOR
EM SUAS HABILIDADES E
QUALIDADES
Podem ensinar???
Depende...
Quem quer produzir
aprendizagem
Quem tem intenção de
aprender
VERBO TRANSITIVO
ENSINANTE: Aquele que assume a
deliberação de ensinar
DIRETO O QUE???
INDIRETO A QUEM???
ENSINANTE: Conotação Profissional =Professor
INTENÇÃO EDUCACIONAL
A) O ensino é concebido como algo
que vem de fora para dentro (posição
exógena);
B) O ensino é concebido como algo
que vem de dentro para fora
(posição endógena - maiêutica);
C) Corrente piagetiana: explica esse processo por
uma construção (endógena) de instrumentos para
conhecer e a possibilidade do indivíduo, reagindo às
perturbações do meio ou a suas inquietações
internas, assimilar o “ ensinado”.
Construção simultânea dos objetos
de conhecimento e das estruturas
cognitivas e coordenações internas
Incentivar; instigar; provocar; desafiar...
Ensinar algo é sempre desafiar o
interlocutor a pensar sobre algo
CONHECIMENTO E
DESENVOLVIMENTO
Buscar informações; rever a própria experiência;
adquirir conhecimentos; desenvolver habilidades;
adaptar-se a mudanças; mudar comportamentos;
descobrir o sentido das coisas, dos fatos, dos
acontecimentos...
Se o foco for só no aluno: Antigo Paradigma
Relacionada ao mundo do aluno (contextualização);
Relacionamento interpessoal;
Processo de Feedback - professor e aluno trocam
para atingir os aobjetivos da aprendizagem;
Processo pessoal;
Desencadeada por situações problema que
possibilitem os sujeitos agirem como solucionadores
de problemas: definindo ações; escolhendo os dados e
fazendo uso de ferramentas que sejam adequadas
para a solução da situação posta.
Não se dá pela simples aquisição de conhecimentos.
“Diante de um novo conhecimento, inconsistente com
seus conceitos e crenças, o sujeito assimila-o,
distorcendo seu significado e enquadra-o à sua visão de
mundo, ou então, dá início à reformulação ou
reestruturação de suas idéias e esquemas cognitivos
prévios, aperfeiçoando-os e tornando-os mais
operativos e abrangentes, de modo a abarcar, com
coerência, a diversidade da nova informação. Nessa
perspectiva, o significado não é transmitido pelo
professor, mas é construído pelo sujeito” (Lacasa,
1994).
Assim, os processos de Ensino e de aprendizagem
estão imbricados, inter-relacionados... São
interdependentes, mas são distintos...
Fazem parte dele os sujeitos que interagem,
recursivamente, num processo de construção,
des-construção, re-construção e co-construção do
conhecimento, onde professor e alunos,
considerando seus papéis de atuação,
compartilham suas experiências e vivências em
congruência com o meio.
A ação de ensinar está vinculada a elementos que qualificam
a aprendizagem:
a) a intencionalidade do ensinante e do aprendente, embora
ensinar e aprender sejam de naturezas distintas;
b) a interação, cujo enfoque é relacional;
c) a atividade normativa, que busca pela ação didática os
meios para se atingir os objetivos e, por não ser neutra,
trabalha com valores sócio-culturais e condições éticas e;
d) a ação reflexiva, que parte da reflexão na e da ação dos
sujeitos envolvidos nesse processo, compreendendo o
currículo, as estratégias dos docentes e a própria
formação dos professores (MALLART, 2001; LA
TORRE, 1993).
Neste sentido, o processo de ensinar tem como meta o processo de
aprendizagem, uma vez que o segundo é objetivo do primeiro.
Referências Bibliográficas
LA TORRE, Saturnino de. Didactica y currículo: bases y
componentes del proceso formativo. Madri: DYKINSON, S.L.,
1993.
MALLART, Juan. Didática: conceito, objeto e finalidades. In.:
SEPÚLVEDA, Félix, RAJADELL, Nuria (Coord.) Didáctica
general para psicopedagogos. Unidades Didácticas. Universidad
Nacional de Educación a Distancia. Madri: UNED, 2001.
MASETTO, Marcos T. Competência Pedagógica do professor
universitário. São Paulo: Summus, 2003.
_____. Didática: a aula como centro. Coleção Aprender e Ensinar.
São Paulo: FTD, 1994.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Henri wallon - AFETIVIDADE
Henri wallon - AFETIVIDADEHenri wallon - AFETIVIDADE
Henri wallon - AFETIVIDADEAclecio Dantas
 
Ufrgs neurociências na formação básica do professor
Ufrgs neurociências na formação básica do professorUfrgs neurociências na formação básica do professor
Ufrgs neurociências na formação básica do professorAna Lúcia Hennemann
 
Desenvolvimento infantil
Desenvolvimento infantilDesenvolvimento infantil
Desenvolvimento infantiljacibraga
 
Becker, fernando educaçao e construcao do conhecimento
Becker, fernando   educaçao e construcao do conhecimentoBecker, fernando   educaçao e construcao do conhecimento
Becker, fernando educaçao e construcao do conhecimentomarcaocampos
 
Mapas Mentais: Educação Infantil e Desenvolvimento - IAVM
Mapas Mentais: Educação Infantil e Desenvolvimento - IAVMMapas Mentais: Educação Infantil e Desenvolvimento - IAVM
Mapas Mentais: Educação Infantil e Desenvolvimento - IAVMInstituto A Vez do Mestre
 
Epistemologia genética de jean piaget primeira parte
Epistemologia genética de jean piaget primeira parteEpistemologia genética de jean piaget primeira parte
Epistemologia genética de jean piaget primeira parteAnaí Peña
 
Rotina para quê
Rotina para quêRotina para quê
Rotina para quêAnaí Peña
 
Fases do desenvolvimento - Piaget
Fases do desenvolvimento -  PiagetFases do desenvolvimento -  Piaget
Fases do desenvolvimento - PiagetElisms88
 
1 - Jean Piaget - Histórias e suas Teorias
1 - Jean Piaget - Histórias e suas Teorias 1 - Jean Piaget - Histórias e suas Teorias
1 - Jean Piaget - Histórias e suas Teorias Bruno Djvan Ramos Barbosa
 
Bases psicomotoras retomando conceitos
Bases psicomotoras retomando conceitosBases psicomotoras retomando conceitos
Bases psicomotoras retomando conceitosAnaí Peña
 
Desenvolvimento infantil (1)
Desenvolvimento infantil (1)Desenvolvimento infantil (1)
Desenvolvimento infantil (1)Paula Santos
 

Mais procurados (20)

Desenvolvimento piaget
Desenvolvimento   piagetDesenvolvimento   piaget
Desenvolvimento piaget
 
Henri wallon - AFETIVIDADE
Henri wallon - AFETIVIDADEHenri wallon - AFETIVIDADE
Henri wallon - AFETIVIDADE
 
EDUCAÇÃO INFANTIL
EDUCAÇÃO INFANTILEDUCAÇÃO INFANTIL
EDUCAÇÃO INFANTIL
 
Neurociências e aprendizagem
Neurociências e aprendizagem   Neurociências e aprendizagem
Neurociências e aprendizagem
 
Ufrgs neurociências na formação básica do professor
Ufrgs neurociências na formação básica do professorUfrgs neurociências na formação básica do professor
Ufrgs neurociências na formação básica do professor
 
Apresentação: Fundamentos da Psicopedagogia
Apresentação: Fundamentos da PsicopedagogiaApresentação: Fundamentos da Psicopedagogia
Apresentação: Fundamentos da Psicopedagogia
 
Neurociencia e educação
Neurociencia e educaçãoNeurociencia e educação
Neurociencia e educação
 
Desenvolvimento infantil
Desenvolvimento infantilDesenvolvimento infantil
Desenvolvimento infantil
 
Becker, fernando educaçao e construcao do conhecimento
Becker, fernando   educaçao e construcao do conhecimentoBecker, fernando   educaçao e construcao do conhecimento
Becker, fernando educaçao e construcao do conhecimento
 
Autismo: o que os profissionais precisam saber?
Autismo: o que os profissionais precisam saber?Autismo: o que os profissionais precisam saber?
Autismo: o que os profissionais precisam saber?
 
Mapas Mentais: Educação Infantil e Desenvolvimento - IAVM
Mapas Mentais: Educação Infantil e Desenvolvimento - IAVMMapas Mentais: Educação Infantil e Desenvolvimento - IAVM
Mapas Mentais: Educação Infantil e Desenvolvimento - IAVM
 
Epistemologia genética de jean piaget primeira parte
Epistemologia genética de jean piaget primeira parteEpistemologia genética de jean piaget primeira parte
Epistemologia genética de jean piaget primeira parte
 
Desenvolvimento infância
Desenvolvimento infânciaDesenvolvimento infância
Desenvolvimento infância
 
Dificuldades de aprendizagem
Dificuldades de aprendizagemDificuldades de aprendizagem
Dificuldades de aprendizagem
 
Rotina para quê
Rotina para quêRotina para quê
Rotina para quê
 
Fases do desenvolvimento - Piaget
Fases do desenvolvimento -  PiagetFases do desenvolvimento -  Piaget
Fases do desenvolvimento - Piaget
 
1 - Jean Piaget - Histórias e suas Teorias
1 - Jean Piaget - Histórias e suas Teorias 1 - Jean Piaget - Histórias e suas Teorias
1 - Jean Piaget - Histórias e suas Teorias
 
Bases psicomotoras retomando conceitos
Bases psicomotoras retomando conceitosBases psicomotoras retomando conceitos
Bases psicomotoras retomando conceitos
 
Neuroeducação
NeuroeducaçãoNeuroeducação
Neuroeducação
 
Desenvolvimento infantil (1)
Desenvolvimento infantil (1)Desenvolvimento infantil (1)
Desenvolvimento infantil (1)
 

Destaque

Texto teorias educ dri_lu_joao_bertomeu_rev teias_ppge (2)
Texto teorias educ dri_lu_joao_bertomeu_rev teias_ppge (2)Texto teorias educ dri_lu_joao_bertomeu_rev teias_ppge (2)
Texto teorias educ dri_lu_joao_bertomeu_rev teias_ppge (2)Adriana Bruno
 
Ejercicio de-hipertexto
Ejercicio de-hipertexto Ejercicio de-hipertexto
Ejercicio de-hipertexto Sara Rios
 
Beermecanicademateriales5emanualdesolucionesc01yc02 140218075759-phpapp01 (1)
Beermecanicademateriales5emanualdesolucionesc01yc02 140218075759-phpapp01 (1)Beermecanicademateriales5emanualdesolucionesc01yc02 140218075759-phpapp01 (1)
Beermecanicademateriales5emanualdesolucionesc01yc02 140218075759-phpapp01 (1)Eiider Perez
 

Destaque (8)

Didatica dri
Didatica driDidatica dri
Didatica dri
 
Texto teorias educ dri_lu_joao_bertomeu_rev teias_ppge (2)
Texto teorias educ dri_lu_joao_bertomeu_rev teias_ppge (2)Texto teorias educ dri_lu_joao_bertomeu_rev teias_ppge (2)
Texto teorias educ dri_lu_joao_bertomeu_rev teias_ppge (2)
 
教科書LOD
教科書LOD教科書LOD
教科書LOD
 
Ejercicio de-hipertexto
Ejercicio de-hipertexto Ejercicio de-hipertexto
Ejercicio de-hipertexto
 
Ataque ad hominem
Ataque ad hominemAtaque ad hominem
Ataque ad hominem
 
CV ppt
CV ppt CV ppt
CV ppt
 
Bai tap he toan 7
Bai tap he toan 7Bai tap he toan 7
Bai tap he toan 7
 
Beermecanicademateriales5emanualdesolucionesc01yc02 140218075759-phpapp01 (1)
Beermecanicademateriales5emanualdesolucionesc01yc02 140218075759-phpapp01 (1)Beermecanicademateriales5emanualdesolucionesc01yc02 140218075759-phpapp01 (1)
Beermecanicademateriales5emanualdesolucionesc01yc02 140218075759-phpapp01 (1)
 

Semelhante a Ensino e aprendizagem: processos interdependentes

A didatica eo processo educativo.artigo
A didatica eo processo educativo.artigoA didatica eo processo educativo.artigo
A didatica eo processo educativo.artigoMayanne Leitte
 
O desenvolvimento das funções psicológicas superiores e o processo educativo
O desenvolvimento das funções psicológicas superiores e o processo educativoO desenvolvimento das funções psicológicas superiores e o processo educativo
O desenvolvimento das funções psicológicas superiores e o processo educativoJucemar Formigoni Candido
 
Estudo dirigido didatica
Estudo dirigido didaticaEstudo dirigido didatica
Estudo dirigido didaticaJosenilza Paiva
 
Estágio em séries iniciais
Estágio em séries iniciaisEstágio em séries iniciais
Estágio em séries iniciaisRosinara Azeredo
 
Apresentação inicial agosto
Apresentação inicial agostoApresentação inicial agosto
Apresentação inicial agostoElvira Aliceda
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemAna Medeiros
 
Ensino as abordagens do processo
Ensino as abordagens do processoEnsino as abordagens do processo
Ensino as abordagens do processoNayra Carneiro
 
Ensino as abordagens do processo
Ensino as abordagens do processoEnsino as abordagens do processo
Ensino as abordagens do processoSimone Everton
 
Fichamento desaulando a pr+ítica pedag+¦gica word- 2003
Fichamento  desaulando a pr+ítica pedag+¦gica word- 2003Fichamento  desaulando a pr+ítica pedag+¦gica word- 2003
Fichamento desaulando a pr+ítica pedag+¦gica word- 2003familiaestagio
 
Fichamento desaulando a pr+ítica pedag+¦gica
Fichamento  desaulando a pr+ítica pedag+¦gicaFichamento  desaulando a pr+ítica pedag+¦gica
Fichamento desaulando a pr+ítica pedag+¦gicafamiliaestagio
 
Teorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
Teorias da Aprendizagem e Modelos PedagógicosTeorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
Teorias da Aprendizagem e Modelos PedagógicosInstituto Consciência GO
 
O processo educativo antecede a escola
O processo educativo antecede a escolaO processo educativo antecede a escola
O processo educativo antecede a escolaElicio Lima
 
O professor no atual contexto profissional
O professor no atual contexto profissionalO professor no atual contexto profissional
O professor no atual contexto profissionalGerdian Teixeira
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalhothaispb
 

Semelhante a Ensino e aprendizagem: processos interdependentes (20)

A didatica eo processo educativo.artigo
A didatica eo processo educativo.artigoA didatica eo processo educativo.artigo
A didatica eo processo educativo.artigo
 
Perspectivas didáticas das práticas docentes subunidade i
Perspectivas didáticas das práticas docentes subunidade iPerspectivas didáticas das práticas docentes subunidade i
Perspectivas didáticas das práticas docentes subunidade i
 
12 ensino e aprendizagem
12 ensino e aprendizagem12 ensino e aprendizagem
12 ensino e aprendizagem
 
O desenvolvimento das funções psicológicas superiores e o processo educativo
O desenvolvimento das funções psicológicas superiores e o processo educativoO desenvolvimento das funções psicológicas superiores e o processo educativo
O desenvolvimento das funções psicológicas superiores e o processo educativo
 
Estudo dirigido didatica
Estudo dirigido didaticaEstudo dirigido didatica
Estudo dirigido didatica
 
Tendências pedagógicas
Tendências pedagógicasTendências pedagógicas
Tendências pedagógicas
 
Estágio em séries iniciais
Estágio em séries iniciaisEstágio em séries iniciais
Estágio em séries iniciais
 
Apresentação inicial agosto
Apresentação inicial agostoApresentação inicial agosto
Apresentação inicial agosto
 
G ped didp_3_1_05
G ped didp_3_1_05G ped didp_3_1_05
G ped didp_3_1_05
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
 
Ensino as abordagens do processo
Ensino as abordagens do processoEnsino as abordagens do processo
Ensino as abordagens do processo
 
Ensino as abordagens do processo
Ensino as abordagens do processoEnsino as abordagens do processo
Ensino as abordagens do processo
 
G ped didp_3_1_05
G ped didp_3_1_05G ped didp_3_1_05
G ped didp_3_1_05
 
Fichamento desaulando a pr+ítica pedag+¦gica word- 2003
Fichamento  desaulando a pr+ítica pedag+¦gica word- 2003Fichamento  desaulando a pr+ítica pedag+¦gica word- 2003
Fichamento desaulando a pr+ítica pedag+¦gica word- 2003
 
Fichamento desaulando a pr+ítica pedag+¦gica
Fichamento  desaulando a pr+ítica pedag+¦gicaFichamento  desaulando a pr+ítica pedag+¦gica
Fichamento desaulando a pr+ítica pedag+¦gica
 
Teorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
Teorias da Aprendizagem e Modelos PedagógicosTeorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
Teorias da Aprendizagem e Modelos Pedagógicos
 
O processo educativo antecede a escola
O processo educativo antecede a escolaO processo educativo antecede a escola
O processo educativo antecede a escola
 
Aprendizagem significativa
Aprendizagem significativaAprendizagem significativa
Aprendizagem significativa
 
O professor no atual contexto profissional
O professor no atual contexto profissionalO professor no atual contexto profissional
O professor no atual contexto profissional
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 

Mais de Adriana Bruno

Live: Entre a raiz e a flor
Live: Entre a raiz e a florLive: Entre a raiz e a flor
Live: Entre a raiz e a florAdriana Bruno
 
Edu online didaticaonline
Edu online didaticaonlineEdu online didaticaonline
Edu online didaticaonlineAdriana Bruno
 
Do pos moderno pos colonial boaventura_santos
Do pos moderno pos colonial boaventura_santosDo pos moderno pos colonial boaventura_santos
Do pos moderno pos colonial boaventura_santosAdriana Bruno
 
Edu online introducao abordagens
Edu online introducao abordagensEdu online introducao abordagens
Edu online introducao abordagensAdriana Bruno
 
Criacao do site trabalho final
Criacao do site   trabalho finalCriacao do site   trabalho final
Criacao do site trabalho finalAdriana Bruno
 
Rotina de trabalho - EI - crianças especiais
Rotina de trabalho - EI - crianças especiaisRotina de trabalho - EI - crianças especiais
Rotina de trabalho - EI - crianças especiaisAdriana Bruno
 
As tic e as neurociencias
As tic e as neurociencias As tic e as neurociencias
As tic e as neurociencias Adriana Bruno
 
Modelo Roteiro curta
Modelo Roteiro curtaModelo Roteiro curta
Modelo Roteiro curtaAdriana Bruno
 
Como criar um_curta
Como criar um_curta Como criar um_curta
Como criar um_curta Adriana Bruno
 
Atividade Caminhada Fotografica
Atividade Caminhada FotograficaAtividade Caminhada Fotografica
Atividade Caminhada FotograficaAdriana Bruno
 
Conteudo programatico oficinas-et-iespe-2018 (1)
Conteudo programatico oficinas-et-iespe-2018 (1)Conteudo programatico oficinas-et-iespe-2018 (1)
Conteudo programatico oficinas-et-iespe-2018 (1)Adriana Bruno
 
Apresentacao oficina-iespe-mai2018
Apresentacao oficina-iespe-mai2018Apresentacao oficina-iespe-mai2018
Apresentacao oficina-iespe-mai2018Adriana Bruno
 
Como criar um_curta - ok2017-Dri
Como criar um_curta - ok2017-DriComo criar um_curta - ok2017-Dri
Como criar um_curta - ok2017-DriAdriana Bruno
 
#Partiuprofessor docência-s contemporâneas no ensino (2)
 #Partiuprofessor  docência-s contemporâneas no ensino  (2) #Partiuprofessor  docência-s contemporâneas no ensino  (2)
#Partiuprofessor docência-s contemporâneas no ensino (2)Adriana Bruno
 
Adriana Bruno letramentos
Adriana Bruno letramentos Adriana Bruno letramentos
Adriana Bruno letramentos Adriana Bruno
 
Grupar conceitos 2015
Grupar conceitos 2015Grupar conceitos 2015
Grupar conceitos 2015Adriana Bruno
 
II Semana da FACED 2014 - GRUPAR
II Semana da FACED 2014 - GRUPARII Semana da FACED 2014 - GRUPAR
II Semana da FACED 2014 - GRUPARAdriana Bruno
 
Sied sao carlos 2014_adriana bruno
Sied sao carlos 2014_adriana brunoSied sao carlos 2014_adriana bruno
Sied sao carlos 2014_adriana brunoAdriana Bruno
 
Método de Caso Valeria
Método de Caso ValeriaMétodo de Caso Valeria
Método de Caso ValeriaAdriana Bruno
 

Mais de Adriana Bruno (20)

Live: Entre a raiz e a flor
Live: Entre a raiz e a florLive: Entre a raiz e a flor
Live: Entre a raiz e a flor
 
Edu online didaticaonline
Edu online didaticaonlineEdu online didaticaonline
Edu online didaticaonline
 
Do pos moderno pos colonial boaventura_santos
Do pos moderno pos colonial boaventura_santosDo pos moderno pos colonial boaventura_santos
Do pos moderno pos colonial boaventura_santos
 
Edu online introducao abordagens
Edu online introducao abordagensEdu online introducao abordagens
Edu online introducao abordagens
 
Atividade memes
Atividade   memes Atividade   memes
Atividade memes
 
Criacao do site trabalho final
Criacao do site   trabalho finalCriacao do site   trabalho final
Criacao do site trabalho final
 
Rotina de trabalho - EI - crianças especiais
Rotina de trabalho - EI - crianças especiaisRotina de trabalho - EI - crianças especiais
Rotina de trabalho - EI - crianças especiais
 
As tic e as neurociencias
As tic e as neurociencias As tic e as neurociencias
As tic e as neurociencias
 
Modelo Roteiro curta
Modelo Roteiro curtaModelo Roteiro curta
Modelo Roteiro curta
 
Como criar um_curta
Como criar um_curta Como criar um_curta
Como criar um_curta
 
Atividade Caminhada Fotografica
Atividade Caminhada FotograficaAtividade Caminhada Fotografica
Atividade Caminhada Fotografica
 
Conteudo programatico oficinas-et-iespe-2018 (1)
Conteudo programatico oficinas-et-iespe-2018 (1)Conteudo programatico oficinas-et-iespe-2018 (1)
Conteudo programatico oficinas-et-iespe-2018 (1)
 
Apresentacao oficina-iespe-mai2018
Apresentacao oficina-iespe-mai2018Apresentacao oficina-iespe-mai2018
Apresentacao oficina-iespe-mai2018
 
Como criar um_curta - ok2017-Dri
Como criar um_curta - ok2017-DriComo criar um_curta - ok2017-Dri
Como criar um_curta - ok2017-Dri
 
#Partiuprofessor docência-s contemporâneas no ensino (2)
 #Partiuprofessor  docência-s contemporâneas no ensino  (2) #Partiuprofessor  docência-s contemporâneas no ensino  (2)
#Partiuprofessor docência-s contemporâneas no ensino (2)
 
Adriana Bruno letramentos
Adriana Bruno letramentos Adriana Bruno letramentos
Adriana Bruno letramentos
 
Grupar conceitos 2015
Grupar conceitos 2015Grupar conceitos 2015
Grupar conceitos 2015
 
II Semana da FACED 2014 - GRUPAR
II Semana da FACED 2014 - GRUPARII Semana da FACED 2014 - GRUPAR
II Semana da FACED 2014 - GRUPAR
 
Sied sao carlos 2014_adriana bruno
Sied sao carlos 2014_adriana brunoSied sao carlos 2014_adriana bruno
Sied sao carlos 2014_adriana bruno
 
Método de Caso Valeria
Método de Caso ValeriaMétodo de Caso Valeria
Método de Caso Valeria
 

Último

Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 

Último (20)

Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 

Ensino e aprendizagem: processos interdependentes

  • 2. Instruir; fazer saber; comunicar conhecimentos; mostrar; guiar; orientar; dirigir; desenvolver habilidades... CENTRALIZADO NO PROFESSOR EM SUAS HABILIDADES E QUALIDADES
  • 3. Podem ensinar??? Depende... Quem quer produzir aprendizagem Quem tem intenção de aprender
  • 4. VERBO TRANSITIVO ENSINANTE: Aquele que assume a deliberação de ensinar DIRETO O QUE??? INDIRETO A QUEM??? ENSINANTE: Conotação Profissional =Professor INTENÇÃO EDUCACIONAL
  • 5. A) O ensino é concebido como algo que vem de fora para dentro (posição exógena); B) O ensino é concebido como algo que vem de dentro para fora (posição endógena - maiêutica);
  • 6. C) Corrente piagetiana: explica esse processo por uma construção (endógena) de instrumentos para conhecer e a possibilidade do indivíduo, reagindo às perturbações do meio ou a suas inquietações internas, assimilar o “ ensinado”. Construção simultânea dos objetos de conhecimento e das estruturas cognitivas e coordenações internas
  • 7. Incentivar; instigar; provocar; desafiar... Ensinar algo é sempre desafiar o interlocutor a pensar sobre algo CONHECIMENTO E DESENVOLVIMENTO
  • 8. Buscar informações; rever a própria experiência; adquirir conhecimentos; desenvolver habilidades; adaptar-se a mudanças; mudar comportamentos; descobrir o sentido das coisas, dos fatos, dos acontecimentos... Se o foco for só no aluno: Antigo Paradigma
  • 9. Relacionada ao mundo do aluno (contextualização); Relacionamento interpessoal; Processo de Feedback - professor e aluno trocam para atingir os aobjetivos da aprendizagem; Processo pessoal; Desencadeada por situações problema que possibilitem os sujeitos agirem como solucionadores de problemas: definindo ações; escolhendo os dados e fazendo uso de ferramentas que sejam adequadas para a solução da situação posta.
  • 10. Não se dá pela simples aquisição de conhecimentos. “Diante de um novo conhecimento, inconsistente com seus conceitos e crenças, o sujeito assimila-o, distorcendo seu significado e enquadra-o à sua visão de mundo, ou então, dá início à reformulação ou reestruturação de suas idéias e esquemas cognitivos prévios, aperfeiçoando-os e tornando-os mais operativos e abrangentes, de modo a abarcar, com coerência, a diversidade da nova informação. Nessa perspectiva, o significado não é transmitido pelo professor, mas é construído pelo sujeito” (Lacasa, 1994).
  • 11. Assim, os processos de Ensino e de aprendizagem estão imbricados, inter-relacionados... São interdependentes, mas são distintos... Fazem parte dele os sujeitos que interagem, recursivamente, num processo de construção, des-construção, re-construção e co-construção do conhecimento, onde professor e alunos, considerando seus papéis de atuação, compartilham suas experiências e vivências em congruência com o meio.
  • 12. A ação de ensinar está vinculada a elementos que qualificam a aprendizagem: a) a intencionalidade do ensinante e do aprendente, embora ensinar e aprender sejam de naturezas distintas; b) a interação, cujo enfoque é relacional; c) a atividade normativa, que busca pela ação didática os meios para se atingir os objetivos e, por não ser neutra, trabalha com valores sócio-culturais e condições éticas e; d) a ação reflexiva, que parte da reflexão na e da ação dos sujeitos envolvidos nesse processo, compreendendo o currículo, as estratégias dos docentes e a própria formação dos professores (MALLART, 2001; LA TORRE, 1993). Neste sentido, o processo de ensinar tem como meta o processo de aprendizagem, uma vez que o segundo é objetivo do primeiro.
  • 13. Referências Bibliográficas LA TORRE, Saturnino de. Didactica y currículo: bases y componentes del proceso formativo. Madri: DYKINSON, S.L., 1993. MALLART, Juan. Didática: conceito, objeto e finalidades. In.: SEPÚLVEDA, Félix, RAJADELL, Nuria (Coord.) Didáctica general para psicopedagogos. Unidades Didácticas. Universidad Nacional de Educación a Distancia. Madri: UNED, 2001. MASETTO, Marcos T. Competência Pedagógica do professor universitário. São Paulo: Summus, 2003. _____. Didática: a aula como centro. Coleção Aprender e Ensinar. São Paulo: FTD, 1994.