SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 34
Baixar para ler offline
Educação
online
Introdução/
Abordagens
Profª. Adriana Rocha Bruno
FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFISSIONAIS
O cenário atual:
• sistemas de ensino ‘mistos” ou ‘integrados’,
• oportunidades diversificadas de formação, organizáveis de modo flexível, de
acordo com as possibilidades do aluno,
• atividades presenciais e a distância (hibridismo/ubiquidade)hipermodalidade),
- uso intensivo de tecnologias diversas: (podcast, wiki, audi e video
aulas, fóruns, chats, games, ambientes imersivos, dispositivos móveis, web
conferencias etc)
• interação e interatividade
• mediação pedagógica e partilhada (Bruno, 2007)
• Trabalho em equipe de modo cooperativo./colaborativo
Profª. Adriana Rocha Bruno
Profª. Adriana Rocha Bruno
Na década de 80 orientações teóricas que predominaram no campo da
Educação e da Educação a Distância:
Estilo Fordista: educação de massa (modelo Industrial Fordista da
primeira metade do século XX)
Estilo Pós-Fordista: proposta mais aberta e flexível, aparece
como forma do capitalismo do futuro “mais justo e democrático”
A EaD sofre e reproduz as influências dos estilos acima, tanto que os
modelos industriais e behavioristas aplicados à EaD objetivam não apenas o
aluno passivo, mas também o professor, fruto e agente reprodutor dessa
sociedade.
P
H istórico
rocesso
Profª. Adriana Rocha Bruno
Modelo Pós-Fordista de EaD:
- Descentralizado; conservação da integração entre os diferentes modos de estudo;
convencional e a distância;
- Equipe acadêmica ==> controle e autonomia em relação aos cursos ==> ajuste aos
currículos e métodos.
A partir dos anos 90:
- Necessidade de competências múltiplas do trabalhador;
- Trabalho de equipe;
- Reformulação radical dos currículos e métodos de educação;
- Formação continuada ligada aos ambientes de trabalho;
- Perspectiva de aprendizagem ao longo da vida (lifelong learning)
P
H istórico
rocesso
Profª. Adriana Rocha Bruno
•Telecursos 1º e 2º Graus - Fund. Pe Anchieta
• Instituto Universal Brasileiro (1941)
• Projeto Minerva
• Cursos por
correspondência
• Fitas cassete
• Rádio
• Vídeo
• TV
• Material Impresso
• Computador
• Internet
Tipos de EaD
P
H istórico
rocesso
Profª. Adriana Rocha Bruno
Exigência cada vez maior de aprendentes autônomos (capaz de
autogestão de seus estudos)
Modelo
ainda
embrionário
atualmente.
..
Educação superior precisa considerar “o conhecimento como
processo e não como mercadoria” (Paul, 1990)
Q studanteE
D
uem é o
istância?a
Essa é a primeira questão que
devemos fazer....
Profª. Adriana Rocha Bruno
Modelo de aprendizagem para adultos com maturidade e motivação a
auto-aprendizagem
- Aprendizagem autônoma: processo de ensino aprendizagem
centrada no aprendente (suas experiências são muito importantes);
-Aprendente: ser autônomo, gestor do seu processo de aprendizagem,
capaz de autodirigir-se e auto-regular esse processo
Mas para que isso ocorra de forma satisfatória, precisa do
professor.
Aprendizagem autônoma
Q studanteE
D
uem é o
istância?a
Profª. Adriana Rocha Bruno
Na prática, é “processo complexo, multifacetado, que inclui muitas
pessoas, todas podendo reinvidicar sua contribuição ao ensino”.
Temos assim, equipes multidisciplinares trabalhando coletivamente,
de forme interdependente. Dentre eles, destaco:
o autor – seleciona conteúdos;
o editor – trabalha a qualidade comunicacional do texto;
tecnólogo educacional (instructional designer)-organiza
pedagogicamente os materiais;
artista gráfico – aparência visual e arte final do texto etc.
Muitos outros profissionais estarão envolvidos como programadores, operadores, editores de
vídeo, audio etc, bem como administradores, planejadores e organizadores que cuidarão do
processo como um todo.
nsinaE
D
uem
istânciaa
Q Em EaD quem ensina é uma instituição”
(Marsden, 1996)
?
Profª. Adriana Rocha Bruno
Mas, e o professor???
Há um desdobramento docente em EaD e podemos destacar algumas
das múltiplas funções do professor, que deve ser visto como parceiro dos
estudantes e sempre integrado com a equipe multidisciplinar.
Professor: formador; conceptor ou realizador de cursos e materiais;
pesquisador; tutor; monitor etc.
- Professor: assume-se como recurso e parceiro do aprendente;
Professor coletivo: a figura do professor pode corresponder
não a um indivíduo, mas a uma equipe de professores.
Relações são dialógicas todos são também aprendizes.
Profª. Adriana Rocha Bruno
nsinaE
D
uem
istânciaa
Q
?
ABORDAGENS
EM
EAD
Conceitos apresentados por José
Armando Valente (UNICAMP-SP)
Influências
Profª. Adriana Rocha Bruno
INSTRUCIONISMO
VALENTE, J.A.
Profª. Adriana Rocha Bruno
CONSTRUCIONISMO
o aprendiz constrói, por
intermédio do computador, o seu
próprio conhecimento (Papert,
1986).
VALENTE, J.A.
Profª. Adriana Rocha Bruno
Ciclo de Aprendizagem
descrever-executar-refletir-depurar-descrever
VALENTE, J.A.
Profª. Adriana Rocha Bruno
VALENTE, J.A.
Profª. Adriana Rocha Bruno
AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM - AVA
VALENTE, J.A.
Profª. Adriana Rocha Bruno
Três abordagens
(Valente, 2001)
Broadcast
Virtualização da sala
de aula tradicional
Disponibilização de informações Não há
interação professor-aluno
Reprodução do ambiente
Interação mínima Perguntas e
respostas
Estar junto
virtualmente:
“.. múltiplas interações no sentido de
acompanhar e assessorar
constantemente o aprendiz para poder
entender o que ele faz e, assim, propor
desafios que o auxiliem a atribuir
significado ao que está desenvolvendo.
Estas interações criam meios para o
aprendiz aplicar, transformar e buscar
outras informações e, assim, construir
novos conhecimentos.”
Profª. Adriana Rocha Bruno
Profª. Adriana Rocha Bruno 19
Broadcast
Informação
Informação
Informação
A
p
r
e
n
d
iz
e
s
VALENTE, J.A.
Profª. Adriana Rocha Bruno
Profª. Adriana Rocha Bruno 20
Implantação do modelo
broadcast via Internet :
● Criação de um portal educacional
para disponibilizar material
instrucional
● Plataforma de EAD com bons
recursos de interatividade
VALENTE, J.A.
Profª. Adriana Rocha Bruno 21
Ênfase da abordagem
broadcast :
● Material instrucional
● Transmissão da informação contida
no material
● Aspecto técnico da Plataforma de
EAD
VALENTE, J.A.
Profª. Adriana Rocha Bruno 22
Versão virtual da sala de aula tradicional
Professor
Informação
Informação
Informação
A
p
r
e
n
d
iz
e
s
VALENTE, J.A.
Profª. Adriana Rocha Bruno 23
Versão virtual da sala de aula
tradicional
● Baseado no sistema tradicional de
ensino
● Centrado no professor
● Pouca interação do professor com
o aprendiz
VALENTE, J.A.
Profª. Adriana Rocha Bruno 24
Ambiente virtual para a construção de conhecimento
Estar junto virtualmente
Professor
Aprendiz
age
reflete descreve
indagações
reporta idéias
reflete
VALENTE, J.A.
Profª. Adriana Rocha Bruno 25
Estar junto virtualmente
● Combina atividades presenciais e via
plataforma
● Aprendiz, no seu contexto, resolve tarefas e
recebe suporte via plataforma
● Aprendizagem = construção de
conhecimento
● Plataforma possibilita o “estar junto”
virtual
VALENTE, J.A.
Profª. Adriana Rocha Bruno 26
Ênfase do ambiente virtual para construção
de conhecimento (Estar junto virtualmente):
● Ação que o aprendiz realiza
● Reflexão sobre o resultado da
ação
● Depuração das idéias que
nortearam a ação (teorias)VALENTE, J.A.
Profª. Adriana Rocha Bruno 27
Desenvolvimento de plataformas
de EAD:
● Conhecimento dos recursos
computacionais
● Design participativo envolvendo os
usuários
● Envolvimento de áreas como Semiótica
e Educação
● Visão interdisciplinar
VALENTE, J.A.
Profª. Adriana Rocha Bruno 28
Sucesso do design e da
implementação da plataforma de
EAD
Os profissionais atuando de
modo integrado e a serviço
do usuário
VALENTE, J.A.
Buscar, coletivamente, novas perspectivas para a
formação continuada dos profissionais, nas mesclagem
de midias, tecnologias, perspectivas e modalidades.
Proposta:
- construcionismo contextualizado:
*enfatiza o processo
*busca apreender e retratar a visão pessoal dos
participantes;
- estar junto virtualmente
O que se espera hoje?
Profª. Adriana Rocha Bruno
• Um modelo sistêmico de EAD deve ser composto de conteúdo,
design, comunicação, interação, ambiente de aprendizagem e
gerência.
• Uma estrutura de EAD deve ser composta por times de especialistas
trabalhando em conjunto
• Num modelo sistêmico deve existir um mecanismo de
controle que assegure que todos os componentes do
processo estejam totalmente integrados e interagindo
entre si (feedback)
MODELO SISTÊMICO
Profª. Adriana Rocha Bruno
Profª. Adriana Rocha Bruno
O progresso científico e
tecnológico que não
responde fundamentalmente
aos interesses humanos, às
necessidades de nossa
existência, perdem, para
mim, sua sig-nificação.
Paulo Freire
Georgia O’Keefe, Abstração Azul, 1927.
Profª. Adriana Rocha Bruno
Obrigada,
Adriana
Bibliografia
BRUNO, Adriana R. e OLIVEIRA, Lucila P. EaD – 2003. Apresentação em PPT.
BELLONI, M. L. Educação a distância. Campinas: Autores Associados, 1999.
EASTMOND, Nick. Assessing needs, developing instruction, and evaluating results in distance education. In: WILLIS,
Barry. Distance education - strategies and tools. Englewood Cliffs (New Jersey): Educational Technology Publications
Inc., 1994.
LITWIN, E. (org.). Educação a Distância: temas para o debate de uma nova agenda educativa. Trad. F. Murad. Porto
Alegre: Artmed, 2001.
MODELOS de EaD. In: http://www.inf.ufsc.br/~carine/MEAD/transp/Aula05mooeast.ppt
MOORE, Michael & Kearsley, Greg. Distance Education: A Systems View. EUA: Wadsworth Publisher. 1996.
OLIVEIRA, Lucila P. e ALEGRETTI, Sonia. Ead na Formação de Educadores. ABED - X Congresso Internacional –
2003.
WILLIS, Barry. Distance Education at a Glance (1996). Series of Guides prepared by Engineering Outreach at the
University of Idaho. URL: http://www.uidaho.edu/evo/distglan.html (Consultado em agosto de 2003)
Profª. Adriana Rocha Bruno

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Rio Info 2015 - Cidades Inteligentes e os Modelos Inovadores de Aprendizagem ...
Rio Info 2015 - Cidades Inteligentes e os Modelos Inovadores de Aprendizagem ...Rio Info 2015 - Cidades Inteligentes e os Modelos Inovadores de Aprendizagem ...
Rio Info 2015 - Cidades Inteligentes e os Modelos Inovadores de Aprendizagem ...Rio Info
 
Educação a Distância (EAD) e Educação Online (EOL): notas de um pesquisador-d...
Educação a Distância (EAD) e Educação Online (EOL): notas de um pesquisador-d...Educação a Distância (EAD) e Educação Online (EOL): notas de um pesquisador-d...
Educação a Distância (EAD) e Educação Online (EOL): notas de um pesquisador-d...Mariano Pimentel
 
Papel do E-Formador (Curso E-Formadores)
Papel do E-Formador (Curso E-Formadores)Papel do E-Formador (Curso E-Formadores)
Papel do E-Formador (Curso E-Formadores)carlospimentacom
 
Aula remota e aula presencial
Aula remota e aula presencialAula remota e aula presencial
Aula remota e aula presencialrosemaralopes
 
DMQ Talks Profa. Letícia Raposo Atividades e Ferramentas para o Ensino Online
DMQ Talks Profa. Letícia Raposo Atividades e Ferramentas para o Ensino Online DMQ Talks Profa. Letícia Raposo Atividades e Ferramentas para o Ensino Online
DMQ Talks Profa. Letícia Raposo Atividades e Ferramentas para o Ensino Online Steven Ross
 
Ensino Híbrido: Fundamentos e melhores práticas
Ensino Híbrido: Fundamentos e melhores práticasEnsino Híbrido: Fundamentos e melhores práticas
Ensino Híbrido: Fundamentos e melhores práticasLuciano Sathler
 
Artigo - Formação Presencial ou a Distância
Artigo - Formação Presencial ou a DistânciaArtigo - Formação Presencial ou a Distância
Artigo - Formação Presencial ou a DistânciaNatália Caldeira
 
Práticas didático-pedagógicas no período de pós-pandemia e a formação de prof...
Práticas didático-pedagógicas no período de pós-pandemia e a formação de prof...Práticas didático-pedagógicas no período de pós-pandemia e a formação de prof...
Práticas didático-pedagógicas no período de pós-pandemia e a formação de prof...Mariano Pimentel
 
Mediação tecnológica dos ensino e aprendizagem mediado
Mediação tecnológica dos ensino e aprendizagem mediadoMediação tecnológica dos ensino e aprendizagem mediado
Mediação tecnológica dos ensino e aprendizagem mediadoUFPE
 
Criando Redes de Aprendência...
Criando Redes de Aprendência...Criando Redes de Aprendência...
Criando Redes de Aprendência...Selma Bessa
 
EXPERIÊNCIAS NEGATIVAS NA MODALIDADE DE EAD
EXPERIÊNCIAS NEGATIVAS NA MODALIDADE DE EADEXPERIÊNCIAS NEGATIVAS NA MODALIDADE DE EAD
EXPERIÊNCIAS NEGATIVAS NA MODALIDADE DE EADculturaafro
 
Trabalho 16 congresso abed b
Trabalho 16 congresso abed bTrabalho 16 congresso abed b
Trabalho 16 congresso abed bregist
 
Educacoes e presencas online
Educacoes e presencas online  Educacoes e presencas online
Educacoes e presencas online AdrianaBruno9
 
A importância da apresentação de slides na sala de aula e quando devemos usá-la
A importância da apresentação de slides na sala de aula e quando devemos usá-laA importância da apresentação de slides na sala de aula e quando devemos usá-la
A importância da apresentação de slides na sala de aula e quando devemos usá-laJoao Maria
 

Mais procurados (20)

Rio Info 2015 - Cidades Inteligentes e os Modelos Inovadores de Aprendizagem ...
Rio Info 2015 - Cidades Inteligentes e os Modelos Inovadores de Aprendizagem ...Rio Info 2015 - Cidades Inteligentes e os Modelos Inovadores de Aprendizagem ...
Rio Info 2015 - Cidades Inteligentes e os Modelos Inovadores de Aprendizagem ...
 
Educação a Distância (EAD) e Educação Online (EOL): notas de um pesquisador-d...
Educação a Distância (EAD) e Educação Online (EOL): notas de um pesquisador-d...Educação a Distância (EAD) e Educação Online (EOL): notas de um pesquisador-d...
Educação a Distância (EAD) e Educação Online (EOL): notas de um pesquisador-d...
 
Papel do E-Formador (Curso E-Formadores)
Papel do E-Formador (Curso E-Formadores)Papel do E-Formador (Curso E-Formadores)
Papel do E-Formador (Curso E-Formadores)
 
Aula remota e aula presencial
Aula remota e aula presencialAula remota e aula presencial
Aula remota e aula presencial
 
DMQ Talks Profa. Letícia Raposo Atividades e Ferramentas para o Ensino Online
DMQ Talks Profa. Letícia Raposo Atividades e Ferramentas para o Ensino Online DMQ Talks Profa. Letícia Raposo Atividades e Ferramentas para o Ensino Online
DMQ Talks Profa. Letícia Raposo Atividades e Ferramentas para o Ensino Online
 
Ensino Híbrido: Fundamentos e melhores práticas
Ensino Híbrido: Fundamentos e melhores práticasEnsino Híbrido: Fundamentos e melhores práticas
Ensino Híbrido: Fundamentos e melhores práticas
 
Artigo - Formação Presencial ou a Distância
Artigo - Formação Presencial ou a DistânciaArtigo - Formação Presencial ou a Distância
Artigo - Formação Presencial ou a Distância
 
Práticas didático-pedagógicas no período de pós-pandemia e a formação de prof...
Práticas didático-pedagógicas no período de pós-pandemia e a formação de prof...Práticas didático-pedagógicas no período de pós-pandemia e a formação de prof...
Práticas didático-pedagógicas no período de pós-pandemia e a formação de prof...
 
Ensino hibrido
Ensino hibridoEnsino hibrido
Ensino hibrido
 
Mediação tecnológica dos ensino e aprendizagem mediado
Mediação tecnológica dos ensino e aprendizagem mediadoMediação tecnológica dos ensino e aprendizagem mediado
Mediação tecnológica dos ensino e aprendizagem mediado
 
Criando Redes de Aprendência...
Criando Redes de Aprendência...Criando Redes de Aprendência...
Criando Redes de Aprendência...
 
Formação on-line
Formação on-lineFormação on-line
Formação on-line
 
EXPERIÊNCIAS NEGATIVAS NA MODALIDADE DE EAD
EXPERIÊNCIAS NEGATIVAS NA MODALIDADE DE EADEXPERIÊNCIAS NEGATIVAS NA MODALIDADE DE EAD
EXPERIÊNCIAS NEGATIVAS NA MODALIDADE DE EAD
 
Trabalho 16 congresso abed b
Trabalho 16 congresso abed bTrabalho 16 congresso abed b
Trabalho 16 congresso abed b
 
Escolas conectadas
Escolas conectadasEscolas conectadas
Escolas conectadas
 
4 an zamklbv08iiefmzcpaucuz6p8wconk8ncneme
4 an zamklbv08iiefmzcpaucuz6p8wconk8ncneme4 an zamklbv08iiefmzcpaucuz6p8wconk8ncneme
4 an zamklbv08iiefmzcpaucuz6p8wconk8ncneme
 
Educação 4.0
Educação 4.0Educação 4.0
Educação 4.0
 
Educacoes e presencas online
Educacoes e presencas online  Educacoes e presencas online
Educacoes e presencas online
 
Tutoria de EAD Online - Elearning
Tutoria de EAD Online - ElearningTutoria de EAD Online - Elearning
Tutoria de EAD Online - Elearning
 
A importância da apresentação de slides na sala de aula e quando devemos usá-la
A importância da apresentação de slides na sala de aula e quando devemos usá-laA importância da apresentação de slides na sala de aula e quando devemos usá-la
A importância da apresentação de slides na sala de aula e quando devemos usá-la
 

Semelhante a Edu online introducao abordagens

Desenhos didaticos online
Desenhos didaticos onlineDesenhos didaticos online
Desenhos didaticos onlineAdrianaBruno9
 
[2014 11] concepção de ambientes colaborativos de aprendizagem design de red...
[2014 11] concepção de ambientes colaborativos de aprendizagem  design de red...[2014 11] concepção de ambientes colaborativos de aprendizagem  design de red...
[2014 11] concepção de ambientes colaborativos de aprendizagem design de red...UFPE
 
Mini curso tec_educ
Mini curso tec_educMini curso tec_educ
Mini curso tec_educAlice Lage
 
Pae 3 nadianecarolinadesouzamomospencer
Pae 3 nadianecarolinadesouzamomospencerPae 3 nadianecarolinadesouzamomospencer
Pae 3 nadianecarolinadesouzamomospencerNadiane Momo
 
Apresentação ava.revisado
Apresentação ava.revisadoApresentação ava.revisado
Apresentação ava.revisadoGuilmer Brito
 
Diferenças e convergências entre ead e eol
Diferenças e convergências entre ead e eolDiferenças e convergências entre ead e eol
Diferenças e convergências entre ead e eoladriana penha pecanha
 
Slide 1ª formação ped ii 03-02-12
Slide 1ª formação ped ii   03-02-12Slide 1ª formação ped ii   03-02-12
Slide 1ª formação ped ii 03-02-12ntemsv
 
Aula INTA - AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM
Aula INTA - AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEMAula INTA - AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM
Aula INTA - AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEMDennys Leite Maia
 
Apresentacao.do.curso100h
Apresentacao.do.curso100hApresentacao.do.curso100h
Apresentacao.do.curso100hntemultimidia
 
Blended learning caminho natural para as ies
Blended learning caminho natural para as iesBlended learning caminho natural para as ies
Blended learning caminho natural para as iesInge Suhr
 
Fluência Tecnológico-Pedagógica
Fluência Tecnológico-PedagógicaFluência Tecnológico-Pedagógica
Fluência Tecnológico-PedagógicaElena Maria Mallmann
 
UM PROCESSO REFLEXIVO A PARTIR DO ESTÁGIO DOCENTE NA EDUCAÇÃO INFANTIL: A UTI...
UM PROCESSO REFLEXIVO A PARTIR DO ESTÁGIO DOCENTE NA EDUCAÇÃO INFANTIL: A UTI...UM PROCESSO REFLEXIVO A PARTIR DO ESTÁGIO DOCENTE NA EDUCAÇÃO INFANTIL: A UTI...
UM PROCESSO REFLEXIVO A PARTIR DO ESTÁGIO DOCENTE NA EDUCAÇÃO INFANTIL: A UTI...ProfessorPrincipiante
 
Power -point processos Pedagógicos Elearning
Power -point  processos Pedagógicos ElearningPower -point  processos Pedagógicos Elearning
Power -point processos Pedagógicos ElearningRenata Duarte
 
Power-point processos pedagógicos elearning
Power-point  processos pedagógicos elearningPower-point  processos pedagógicos elearning
Power-point processos pedagógicos elearningRenata Duarte
 
Power- point processos pedagógicos Elearning
Power- point  processos pedagógicos ElearningPower- point  processos pedagógicos Elearning
Power- point processos pedagógicos ElearningRenata Duarte
 
Revista Educação Pública - A importância dos fóruns na Educação a Distância_ ...
Revista Educação Pública - A importância dos fóruns na Educação a Distância_ ...Revista Educação Pública - A importância dos fóruns na Educação a Distância_ ...
Revista Educação Pública - A importância dos fóruns na Educação a Distância_ ...AnaCristiane3
 

Semelhante a Edu online introducao abordagens (20)

Desenhos didaticos online
Desenhos didaticos onlineDesenhos didaticos online
Desenhos didaticos online
 
Redes
RedesRedes
Redes
 
Unidade III
Unidade IIIUnidade III
Unidade III
 
[2014 11] concepção de ambientes colaborativos de aprendizagem design de red...
[2014 11] concepção de ambientes colaborativos de aprendizagem  design de red...[2014 11] concepção de ambientes colaborativos de aprendizagem  design de red...
[2014 11] concepção de ambientes colaborativos de aprendizagem design de red...
 
A docência online
A docência onlineA docência online
A docência online
 
Mini curso tec_educ
Mini curso tec_educMini curso tec_educ
Mini curso tec_educ
 
Pae 3 nadianecarolinadesouzamomospencer
Pae 3 nadianecarolinadesouzamomospencerPae 3 nadianecarolinadesouzamomospencer
Pae 3 nadianecarolinadesouzamomospencer
 
Apresentação ava.revisado
Apresentação ava.revisadoApresentação ava.revisado
Apresentação ava.revisado
 
Diferenças e convergências entre ead e eol
Diferenças e convergências entre ead e eolDiferenças e convergências entre ead e eol
Diferenças e convergências entre ead e eol
 
Unidade 3
Unidade 3Unidade 3
Unidade 3
 
Slide 1ª formação ped ii 03-02-12
Slide 1ª formação ped ii   03-02-12Slide 1ª formação ped ii   03-02-12
Slide 1ª formação ped ii 03-02-12
 
Aula INTA - AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM
Aula INTA - AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEMAula INTA - AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM
Aula INTA - AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM
 
Apresentacao.do.curso100h
Apresentacao.do.curso100hApresentacao.do.curso100h
Apresentacao.do.curso100h
 
Blended learning caminho natural para as ies
Blended learning caminho natural para as iesBlended learning caminho natural para as ies
Blended learning caminho natural para as ies
 
Fluência Tecnológico-Pedagógica
Fluência Tecnológico-PedagógicaFluência Tecnológico-Pedagógica
Fluência Tecnológico-Pedagógica
 
UM PROCESSO REFLEXIVO A PARTIR DO ESTÁGIO DOCENTE NA EDUCAÇÃO INFANTIL: A UTI...
UM PROCESSO REFLEXIVO A PARTIR DO ESTÁGIO DOCENTE NA EDUCAÇÃO INFANTIL: A UTI...UM PROCESSO REFLEXIVO A PARTIR DO ESTÁGIO DOCENTE NA EDUCAÇÃO INFANTIL: A UTI...
UM PROCESSO REFLEXIVO A PARTIR DO ESTÁGIO DOCENTE NA EDUCAÇÃO INFANTIL: A UTI...
 
Power -point processos Pedagógicos Elearning
Power -point  processos Pedagógicos ElearningPower -point  processos Pedagógicos Elearning
Power -point processos Pedagógicos Elearning
 
Power-point processos pedagógicos elearning
Power-point  processos pedagógicos elearningPower-point  processos pedagógicos elearning
Power-point processos pedagógicos elearning
 
Power- point processos pedagógicos Elearning
Power- point  processos pedagógicos ElearningPower- point  processos pedagógicos Elearning
Power- point processos pedagógicos Elearning
 
Revista Educação Pública - A importância dos fóruns na Educação a Distância_ ...
Revista Educação Pública - A importância dos fóruns na Educação a Distância_ ...Revista Educação Pública - A importância dos fóruns na Educação a Distância_ ...
Revista Educação Pública - A importância dos fóruns na Educação a Distância_ ...
 

Mais de Adriana Bruno

Live: Entre a raiz e a flor
Live: Entre a raiz e a florLive: Entre a raiz e a flor
Live: Entre a raiz e a florAdriana Bruno
 
Edu online didaticaonline
Edu online didaticaonlineEdu online didaticaonline
Edu online didaticaonlineAdriana Bruno
 
Do pos moderno pos colonial boaventura_santos
Do pos moderno pos colonial boaventura_santosDo pos moderno pos colonial boaventura_santos
Do pos moderno pos colonial boaventura_santosAdriana Bruno
 
Criacao do site trabalho final
Criacao do site   trabalho finalCriacao do site   trabalho final
Criacao do site trabalho finalAdriana Bruno
 
Rotina de trabalho - EI - crianças especiais
Rotina de trabalho - EI - crianças especiaisRotina de trabalho - EI - crianças especiais
Rotina de trabalho - EI - crianças especiaisAdriana Bruno
 
As tic e as neurociencias
As tic e as neurociencias As tic e as neurociencias
As tic e as neurociencias Adriana Bruno
 
Modelo Roteiro curta
Modelo Roteiro curtaModelo Roteiro curta
Modelo Roteiro curtaAdriana Bruno
 
Como criar um_curta
Como criar um_curta Como criar um_curta
Como criar um_curta Adriana Bruno
 
Atividade Caminhada Fotografica
Atividade Caminhada FotograficaAtividade Caminhada Fotografica
Atividade Caminhada FotograficaAdriana Bruno
 
Conteudo programatico oficinas-et-iespe-2018 (1)
Conteudo programatico oficinas-et-iespe-2018 (1)Conteudo programatico oficinas-et-iespe-2018 (1)
Conteudo programatico oficinas-et-iespe-2018 (1)Adriana Bruno
 
Apresentacao oficina-iespe-mai2018
Apresentacao oficina-iespe-mai2018Apresentacao oficina-iespe-mai2018
Apresentacao oficina-iespe-mai2018Adriana Bruno
 
Como criar um_curta - ok2017-Dri
Como criar um_curta - ok2017-DriComo criar um_curta - ok2017-Dri
Como criar um_curta - ok2017-DriAdriana Bruno
 
#Partiuprofessor docência-s contemporâneas no ensino (2)
 #Partiuprofessor  docência-s contemporâneas no ensino  (2) #Partiuprofessor  docência-s contemporâneas no ensino  (2)
#Partiuprofessor docência-s contemporâneas no ensino (2)Adriana Bruno
 
Adriana Bruno letramentos
Adriana Bruno letramentos Adriana Bruno letramentos
Adriana Bruno letramentos Adriana Bruno
 
Texto teorias educ dri_lu_joao_bertomeu_rev teias_ppge (2)
Texto teorias educ dri_lu_joao_bertomeu_rev teias_ppge (2)Texto teorias educ dri_lu_joao_bertomeu_rev teias_ppge (2)
Texto teorias educ dri_lu_joao_bertomeu_rev teias_ppge (2)Adriana Bruno
 
Grupar conceitos 2015
Grupar conceitos 2015Grupar conceitos 2015
Grupar conceitos 2015Adriana Bruno
 
II Semana da FACED 2014 - GRUPAR
II Semana da FACED 2014 - GRUPARII Semana da FACED 2014 - GRUPAR
II Semana da FACED 2014 - GRUPARAdriana Bruno
 

Mais de Adriana Bruno (20)

Live: Entre a raiz e a flor
Live: Entre a raiz e a florLive: Entre a raiz e a flor
Live: Entre a raiz e a flor
 
Edu online didaticaonline
Edu online didaticaonlineEdu online didaticaonline
Edu online didaticaonline
 
Do pos moderno pos colonial boaventura_santos
Do pos moderno pos colonial boaventura_santosDo pos moderno pos colonial boaventura_santos
Do pos moderno pos colonial boaventura_santos
 
Atividade memes
Atividade   memes Atividade   memes
Atividade memes
 
Criacao do site trabalho final
Criacao do site   trabalho finalCriacao do site   trabalho final
Criacao do site trabalho final
 
Rotina de trabalho - EI - crianças especiais
Rotina de trabalho - EI - crianças especiaisRotina de trabalho - EI - crianças especiais
Rotina de trabalho - EI - crianças especiais
 
As tic e as neurociencias
As tic e as neurociencias As tic e as neurociencias
As tic e as neurociencias
 
Modelo Roteiro curta
Modelo Roteiro curtaModelo Roteiro curta
Modelo Roteiro curta
 
Como criar um_curta
Como criar um_curta Como criar um_curta
Como criar um_curta
 
Atividade Caminhada Fotografica
Atividade Caminhada FotograficaAtividade Caminhada Fotografica
Atividade Caminhada Fotografica
 
Conteudo programatico oficinas-et-iespe-2018 (1)
Conteudo programatico oficinas-et-iespe-2018 (1)Conteudo programatico oficinas-et-iespe-2018 (1)
Conteudo programatico oficinas-et-iespe-2018 (1)
 
Apresentacao oficina-iespe-mai2018
Apresentacao oficina-iespe-mai2018Apresentacao oficina-iespe-mai2018
Apresentacao oficina-iespe-mai2018
 
Como criar um_curta - ok2017-Dri
Como criar um_curta - ok2017-DriComo criar um_curta - ok2017-Dri
Como criar um_curta - ok2017-Dri
 
#Partiuprofessor docência-s contemporâneas no ensino (2)
 #Partiuprofessor  docência-s contemporâneas no ensino  (2) #Partiuprofessor  docência-s contemporâneas no ensino  (2)
#Partiuprofessor docência-s contemporâneas no ensino (2)
 
Adriana Bruno letramentos
Adriana Bruno letramentos Adriana Bruno letramentos
Adriana Bruno letramentos
 
Texto teorias educ dri_lu_joao_bertomeu_rev teias_ppge (2)
Texto teorias educ dri_lu_joao_bertomeu_rev teias_ppge (2)Texto teorias educ dri_lu_joao_bertomeu_rev teias_ppge (2)
Texto teorias educ dri_lu_joao_bertomeu_rev teias_ppge (2)
 
Grupar conceitos 2015
Grupar conceitos 2015Grupar conceitos 2015
Grupar conceitos 2015
 
Ensinar aprender
Ensinar aprenderEnsinar aprender
Ensinar aprender
 
Didatica dri
Didatica driDidatica dri
Didatica dri
 
II Semana da FACED 2014 - GRUPAR
II Semana da FACED 2014 - GRUPARII Semana da FACED 2014 - GRUPAR
II Semana da FACED 2014 - GRUPAR
 

Último

Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosAntnyoAllysson
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfAnaGonalves804156
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 anoAdelmaTorres2
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasRecurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasCasa Ciências
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 

Último (20)

Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteirosBingo da potenciação e radiciação de números inteiros
Bingo da potenciação e radiciação de números inteiros
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
637743470-Mapa-Mental-Portugue-s-1.pdf 4 ano
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de PartículasRecurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
Recurso Casa das Ciências: Sistemas de Partículas
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 

Edu online introducao abordagens

  • 2. FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFISSIONAIS O cenário atual: • sistemas de ensino ‘mistos” ou ‘integrados’, • oportunidades diversificadas de formação, organizáveis de modo flexível, de acordo com as possibilidades do aluno, • atividades presenciais e a distância (hibridismo/ubiquidade)hipermodalidade), - uso intensivo de tecnologias diversas: (podcast, wiki, audi e video aulas, fóruns, chats, games, ambientes imersivos, dispositivos móveis, web conferencias etc) • interação e interatividade • mediação pedagógica e partilhada (Bruno, 2007) • Trabalho em equipe de modo cooperativo./colaborativo Profª. Adriana Rocha Bruno
  • 4. Na década de 80 orientações teóricas que predominaram no campo da Educação e da Educação a Distância: Estilo Fordista: educação de massa (modelo Industrial Fordista da primeira metade do século XX) Estilo Pós-Fordista: proposta mais aberta e flexível, aparece como forma do capitalismo do futuro “mais justo e democrático” A EaD sofre e reproduz as influências dos estilos acima, tanto que os modelos industriais e behavioristas aplicados à EaD objetivam não apenas o aluno passivo, mas também o professor, fruto e agente reprodutor dessa sociedade. P H istórico rocesso Profª. Adriana Rocha Bruno
  • 5. Modelo Pós-Fordista de EaD: - Descentralizado; conservação da integração entre os diferentes modos de estudo; convencional e a distância; - Equipe acadêmica ==> controle e autonomia em relação aos cursos ==> ajuste aos currículos e métodos. A partir dos anos 90: - Necessidade de competências múltiplas do trabalhador; - Trabalho de equipe; - Reformulação radical dos currículos e métodos de educação; - Formação continuada ligada aos ambientes de trabalho; - Perspectiva de aprendizagem ao longo da vida (lifelong learning) P H istórico rocesso Profª. Adriana Rocha Bruno
  • 6. •Telecursos 1º e 2º Graus - Fund. Pe Anchieta • Instituto Universal Brasileiro (1941) • Projeto Minerva • Cursos por correspondência • Fitas cassete • Rádio • Vídeo • TV • Material Impresso • Computador • Internet Tipos de EaD P H istórico rocesso Profª. Adriana Rocha Bruno
  • 7. Exigência cada vez maior de aprendentes autônomos (capaz de autogestão de seus estudos) Modelo ainda embrionário atualmente. .. Educação superior precisa considerar “o conhecimento como processo e não como mercadoria” (Paul, 1990) Q studanteE D uem é o istância?a Essa é a primeira questão que devemos fazer.... Profª. Adriana Rocha Bruno
  • 8. Modelo de aprendizagem para adultos com maturidade e motivação a auto-aprendizagem - Aprendizagem autônoma: processo de ensino aprendizagem centrada no aprendente (suas experiências são muito importantes); -Aprendente: ser autônomo, gestor do seu processo de aprendizagem, capaz de autodirigir-se e auto-regular esse processo Mas para que isso ocorra de forma satisfatória, precisa do professor. Aprendizagem autônoma Q studanteE D uem é o istância?a Profª. Adriana Rocha Bruno
  • 9. Na prática, é “processo complexo, multifacetado, que inclui muitas pessoas, todas podendo reinvidicar sua contribuição ao ensino”. Temos assim, equipes multidisciplinares trabalhando coletivamente, de forme interdependente. Dentre eles, destaco: o autor – seleciona conteúdos; o editor – trabalha a qualidade comunicacional do texto; tecnólogo educacional (instructional designer)-organiza pedagogicamente os materiais; artista gráfico – aparência visual e arte final do texto etc. Muitos outros profissionais estarão envolvidos como programadores, operadores, editores de vídeo, audio etc, bem como administradores, planejadores e organizadores que cuidarão do processo como um todo. nsinaE D uem istânciaa Q Em EaD quem ensina é uma instituição” (Marsden, 1996) ? Profª. Adriana Rocha Bruno
  • 10. Mas, e o professor??? Há um desdobramento docente em EaD e podemos destacar algumas das múltiplas funções do professor, que deve ser visto como parceiro dos estudantes e sempre integrado com a equipe multidisciplinar. Professor: formador; conceptor ou realizador de cursos e materiais; pesquisador; tutor; monitor etc. - Professor: assume-se como recurso e parceiro do aprendente; Professor coletivo: a figura do professor pode corresponder não a um indivíduo, mas a uma equipe de professores. Relações são dialógicas todos são também aprendizes. Profª. Adriana Rocha Bruno nsinaE D uem istânciaa Q ?
  • 11. ABORDAGENS EM EAD Conceitos apresentados por José Armando Valente (UNICAMP-SP)
  • 14. CONSTRUCIONISMO o aprendiz constrói, por intermédio do computador, o seu próprio conhecimento (Papert, 1986). VALENTE, J.A. Profª. Adriana Rocha Bruno
  • 17. AMBIENTES VIRTUAIS DE APRENDIZAGEM - AVA VALENTE, J.A. Profª. Adriana Rocha Bruno
  • 18. Três abordagens (Valente, 2001) Broadcast Virtualização da sala de aula tradicional Disponibilização de informações Não há interação professor-aluno Reprodução do ambiente Interação mínima Perguntas e respostas Estar junto virtualmente: “.. múltiplas interações no sentido de acompanhar e assessorar constantemente o aprendiz para poder entender o que ele faz e, assim, propor desafios que o auxiliem a atribuir significado ao que está desenvolvendo. Estas interações criam meios para o aprendiz aplicar, transformar e buscar outras informações e, assim, construir novos conhecimentos.” Profª. Adriana Rocha Bruno
  • 19. Profª. Adriana Rocha Bruno 19 Broadcast Informação Informação Informação A p r e n d iz e s VALENTE, J.A. Profª. Adriana Rocha Bruno
  • 20. Profª. Adriana Rocha Bruno 20 Implantação do modelo broadcast via Internet : ● Criação de um portal educacional para disponibilizar material instrucional ● Plataforma de EAD com bons recursos de interatividade VALENTE, J.A.
  • 21. Profª. Adriana Rocha Bruno 21 Ênfase da abordagem broadcast : ● Material instrucional ● Transmissão da informação contida no material ● Aspecto técnico da Plataforma de EAD VALENTE, J.A.
  • 22. Profª. Adriana Rocha Bruno 22 Versão virtual da sala de aula tradicional Professor Informação Informação Informação A p r e n d iz e s VALENTE, J.A.
  • 23. Profª. Adriana Rocha Bruno 23 Versão virtual da sala de aula tradicional ● Baseado no sistema tradicional de ensino ● Centrado no professor ● Pouca interação do professor com o aprendiz VALENTE, J.A.
  • 24. Profª. Adriana Rocha Bruno 24 Ambiente virtual para a construção de conhecimento Estar junto virtualmente Professor Aprendiz age reflete descreve indagações reporta idéias reflete VALENTE, J.A.
  • 25. Profª. Adriana Rocha Bruno 25 Estar junto virtualmente ● Combina atividades presenciais e via plataforma ● Aprendiz, no seu contexto, resolve tarefas e recebe suporte via plataforma ● Aprendizagem = construção de conhecimento ● Plataforma possibilita o “estar junto” virtual VALENTE, J.A.
  • 26. Profª. Adriana Rocha Bruno 26 Ênfase do ambiente virtual para construção de conhecimento (Estar junto virtualmente): ● Ação que o aprendiz realiza ● Reflexão sobre o resultado da ação ● Depuração das idéias que nortearam a ação (teorias)VALENTE, J.A.
  • 27. Profª. Adriana Rocha Bruno 27 Desenvolvimento de plataformas de EAD: ● Conhecimento dos recursos computacionais ● Design participativo envolvendo os usuários ● Envolvimento de áreas como Semiótica e Educação ● Visão interdisciplinar VALENTE, J.A.
  • 28. Profª. Adriana Rocha Bruno 28 Sucesso do design e da implementação da plataforma de EAD Os profissionais atuando de modo integrado e a serviço do usuário VALENTE, J.A.
  • 29. Buscar, coletivamente, novas perspectivas para a formação continuada dos profissionais, nas mesclagem de midias, tecnologias, perspectivas e modalidades. Proposta: - construcionismo contextualizado: *enfatiza o processo *busca apreender e retratar a visão pessoal dos participantes; - estar junto virtualmente O que se espera hoje? Profª. Adriana Rocha Bruno
  • 30. • Um modelo sistêmico de EAD deve ser composto de conteúdo, design, comunicação, interação, ambiente de aprendizagem e gerência. • Uma estrutura de EAD deve ser composta por times de especialistas trabalhando em conjunto • Num modelo sistêmico deve existir um mecanismo de controle que assegure que todos os componentes do processo estejam totalmente integrados e interagindo entre si (feedback) MODELO SISTÊMICO Profª. Adriana Rocha Bruno
  • 32. O progresso científico e tecnológico que não responde fundamentalmente aos interesses humanos, às necessidades de nossa existência, perdem, para mim, sua sig-nificação. Paulo Freire Georgia O’Keefe, Abstração Azul, 1927. Profª. Adriana Rocha Bruno
  • 34. Bibliografia BRUNO, Adriana R. e OLIVEIRA, Lucila P. EaD – 2003. Apresentação em PPT. BELLONI, M. L. Educação a distância. Campinas: Autores Associados, 1999. EASTMOND, Nick. Assessing needs, developing instruction, and evaluating results in distance education. In: WILLIS, Barry. Distance education - strategies and tools. Englewood Cliffs (New Jersey): Educational Technology Publications Inc., 1994. LITWIN, E. (org.). Educação a Distância: temas para o debate de uma nova agenda educativa. Trad. F. Murad. Porto Alegre: Artmed, 2001. MODELOS de EaD. In: http://www.inf.ufsc.br/~carine/MEAD/transp/Aula05mooeast.ppt MOORE, Michael & Kearsley, Greg. Distance Education: A Systems View. EUA: Wadsworth Publisher. 1996. OLIVEIRA, Lucila P. e ALEGRETTI, Sonia. Ead na Formação de Educadores. ABED - X Congresso Internacional – 2003. WILLIS, Barry. Distance Education at a Glance (1996). Series of Guides prepared by Engineering Outreach at the University of Idaho. URL: http://www.uidaho.edu/evo/distglan.html (Consultado em agosto de 2003) Profª. Adriana Rocha Bruno