UNIVERSIDADE ANHANGUERA UNIDERPCENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIAALUNAAna Cristina da Cruz Santos RA-198626
Os projetos de intervenção são um dos caminhos explorados porum universo bastante diverso de artistas interessados em se a...
As linguagens, técnicas e táticas empregadas nessestrabalhos são bastante heterogêneas. Intervenções podem serações efêmer...
Projeto é um conjunto de atividades que trabalham comreconhecimentos específicos construídos a partir de um dos eixos dotr...
Com a política da habitação o trabalho Social passou a ser parte obrigatória dosprojetos de intervenção habitacional sendo...
Os vídeos enfocam com ênfase a questão dos contrastes existentesem situações sociais diferenciadas que se interligam pelo ...
Contudo, as crianças de classe média se sobrecarregam, pelo fato derealizarem várias atividades físicas como: balé, tênis,...
O Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti) articula um conjuntode ações para retirar crianças e adolescentes co...
CONCLUSAOPortanto concluímos que o plano de projeto define como o projeto éexecutado, monitorado, controlado e encerrado. ...
REFERENCIAS BILBLIOGRAFICASpt.wikipedia.org/wiki/Plano_de_projetowww.gloriainforma.com.br/?pg=not%EDcia&id=3993
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Marrom

239 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Marrom

  1. 1. UNIVERSIDADE ANHANGUERA UNIDERPCENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIAALUNAAna Cristina da Cruz Santos RA-198626
  2. 2. Os projetos de intervenção são um dos caminhos explorados porum universo bastante diverso de artistas interessados em se aproximarda vida cotidiana, se inserir no tecido social, abrir novas frentes deatuação e visibilidade para os trabalhos de arte fora dos espaçosconsagrados de atuação, torná-la mais acessível ao público edesestabilizadora e menos mercantilizada e musealizada. Tal tendência,marcante da arte contemporânea, é geradora de uma multiplicidade deexperimentações artísticas, pesquisas e propostas conceituaisbaseadas em questões ligadas às linguagens artísticas, ao circuito daarte ou ao contexto sociopolítico.
  3. 3. As linguagens, técnicas e táticas empregadas nessestrabalhos são bastante heterogêneas. Intervenções podem serações efêmeras, eventos participativos em espaços abertos,trabalhos que convidam à interação com o público; inserções napaisagem; ocupações de edifícios ou áreas livres, envolvendooficinas e debates; performances; instalações, vídeos; trabalhosque se valem de estratégias do campo das artes cênicas para criaruma determinada cena, situação ou relação entre as pessoas, ouda comunicação e da publicidade, como panfletos, cartazes,adesivos (stickers), lambe-lambes; interferências em placas desinalização de trânsito ou materiais publicitários, diretamente, ouapropriação desses códigos para criação de outra linguagem;manifestações de arte de rua, como o grafite.
  4. 4. Projeto é um conjunto de atividades que trabalham comreconhecimentos específicos construídos a partir de um dos eixos dotrabalho, que se organizam ao redor de um problema para resolver. Osprojetos partem de questões que precisam ser respondidas a projeto decaráter permanente. Uma das vantagens do projeto é possibilitar asescolhas a partir de um assunto real. Todo o projeto deve e tem de serreconhecidos por algum órgão protetor ( projetos de institucionais).
  5. 5. Com a política da habitação o trabalho Social passou a ser parte obrigatória dosprojetos de intervenção habitacional sendo um eixo fundamental, esse projeto temcomo objetivo atender a classe média baixa, no Maximo.O trabalho social pretende, assim incorporar o direito ao saneamento ambiental, aotransporte e a outros serviço, também busca um modelo de trabalho participativo ede democrática, pelo qual a população envolve no projeto, quando falamos direito amoradia falamos do direito a ter um lugar na cidade, como cidadão.Este projeto tem as possibilidades de atuação a intervenção física busca diminuir asdesigualdades sociais, aprofundar o controle social e os mecanismos de democracia.
  6. 6. Os vídeos enfocam com ênfase a questão dos contrastes existentesem situações sociais diferenciadas que se interligam pelo fato, “decrianças vivendo como adultos”, ao partilhar das mesmas informações,realidades físicas ou virtuais acabam não reconhecendo o mundoinfantil como diferente ou especial.Partindo desta visão, as crianças pobres são vistas como meio desubsistência a família, na qual algumas mães relatam a perda demuitos filhos devido à situação precária, onde reclamam também afalta dos mesmos, que poderiam ajudar no sustento da família, dessemodo, são vistas como força trabalhista.
  7. 7. Contudo, as crianças de classe média se sobrecarregam, pelo fato derealizarem várias atividades físicas como: balé, tênis, natação, etc. Diantedessa realidades crianças são levadas a pensar e agir como adultos, poisatos e responsabilidades em excesso, os tomam o tempo e o direito de viverà infância, na qual consiste em brincar, estudar, se divertir, sonhar, seremamadas e viver num ambiente acolhedor.Entretanto, a erradicação do trabalho infantil é considerada temagerador para o desenvolvimento do projeto de Intervenção Social, sob aqual, visa combater todas as formas de trabalho infantil e garantir quecrianças e adolescentes frequentem a escola e atividades sócio-educativas.Onde envolvem a participação das seguintes representações nasComissões: órgãos
  8. 8. O Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti) articula um conjuntode ações para retirar crianças e adolescentes com idade inferior a 16 anosda prática do trabalho precoce,o projeto contribui de forma substancial aoconjunto de ações que o município oferece e tem como principaisreferências o núcleo familiar, a escola e a comunidade. O mesmo ajudabeneficiar as familias na renda mensal e alem disso matem as criançasnas escola.
  9. 9. CONCLUSAOPortanto concluímos que o plano de projeto define como o projeto éexecutado, monitorado, controlado e encerrado. Esse plano documenta oconjunto de saídas dos processos de planejamento que inclui:Os processosde gestão de projetos selecionados pela equipe de gerenciamento deprojetos;O nível de implementação de cada processo selecionado;Asdescrições das ferramentas e técnicas que serão usadas para realizar essesprocessos;Como os processos selecionados serão usados para gerenciar oprojeto específico, inclusive as dependências e interações entre essesprocessos e as entradas e saídas essenciais;Como o trabalho seráexecutado para realizar os objetivos do projeto;Como as mudanças serãomonitoradas e controladas;Como a integridade das linhas de base damedição de desempenho será mantida e utilizada;A necessidade e astécnicas de comunicação entre as partes interessadas;A análise de riscosdos projeto;O ciclo de vida do projeto selecionado e, para projetos comvárias fases, as fases associadas do projeto;As principais revisões degerenciamento em relação a conteúdo, extensão e tempo para facilitar aabordagem de problemas em aberto e de decisões pendentes.
  10. 10. REFERENCIAS BILBLIOGRAFICASpt.wikipedia.org/wiki/Plano_de_projetowww.gloriainforma.com.br/?pg=not%EDcia&id=3993

×