SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 23
Baixar para ler offline
.
Prof. Angela Francisca Mendez
Coesão
Coerência
Intencionalidade
Aceitabilidade
Situacionalidade
Informatividade
Intertextualidade
Fatoresinternos
COESÃO
Coesão é a ligação, a relação de nexos que se estabelecem
entre os elementos que constituem uma superfície textual. A
coesão garante a unidade do texto através do uso adequado
dos conhecimentos gramaticais e lexicais da língua.
Num texto, há coesão quando existe uma conexão entre os
períodos, produzindo o sentido do texto. Para alcançar a
união entre os vários enunciados existem classes de
palavras chamadas de elementos de coesão ou conectivos
(preposições, conjunções, pronomes e advérbios).
REFERENCIAL
SEQUENCIAL
COESÃO
SUBSTITUIÇÃO
REITERAÇÃO
PROGRESSÃO
RECORRÊNCIA
ORTOGRAFIA
NEXOS COESIVOS
REFERENTES
PARALELISMO SINTÁTICO
VÍRGULA (PONTUAÇÃO)
AMBIGUIDADE
São várias as receitas para a cura de panema em Itá. Em sua
maioria consistem em cozimentos feitos principalmente com alho e
pimenta, aplicados na forma de banhos ou fumigações. A
composição, a dose e o número de tratamentos variam conforme a
gravidade do caso e a preferência das rezadeiras. Felizes com a
existência de tais mulheres, muitos moradores de comunidades
distantes da sede procuram-nas para serem medicados.
(WAGLEY, Charles. Uma comunidade amazônica, 2007; adaptado)
consistem
aplicados
variam
Felizes
tais mulheres
procuram-nas
procuram-nas
serem
Tendo em vista o paralelismo sintático, marque a frase que NÃO
apresenta quebra de paralelismo.
1. A boa pontuação serve para a orientação do leitor e dar clareza ao
texto.
2. A solução, às vezes, implica diminuir despesas, otimizar o uso dos
recursos materiais e melhor seleção de material.
3. Em público, ele demonstra insociabilidade, ser irritável, desconfiança
e não ter segurança.
4. O programa tinha três objetivos: a) reorganizar o transporte coletivo;
b) priorizar os espaços para ciclistas; c) regulamentar o transporte
pesado no centro da cidade.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

. LÍNGUA PORTUGUESA – 1ª SÉRIE – HABILIDADE DA BNCC | (EM13LP02) D15
. LÍNGUA PORTUGUESA – 1ª SÉRIE – HABILIDADE DA BNCC | (EM13LP02) D15. LÍNGUA PORTUGUESA – 1ª SÉRIE – HABILIDADE DA BNCC | (EM13LP02) D15
. LÍNGUA PORTUGUESA – 1ª SÉRIE – HABILIDADE DA BNCC | (EM13LP02) D15GernciadeProduodeMat
 
Aula sinais de pontuação
Aula sinais de pontuaçãoAula sinais de pontuação
Aula sinais de pontuaçãoPéricles Penuel
 
LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE BNCC (EM13LGG101)
LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE BNCC  (EM13LGG101) LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE BNCC  (EM13LGG101)
LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE BNCC (EM13LGG101) GoisBemnoEnem
 
Frase, Oração e Periodo.
Frase, Oração e Periodo.Frase, Oração e Periodo.
Frase, Oração e Periodo.Keu Oliveira
 
1 coesão textual - referencial e sequencial
1   coesão textual - referencial e sequencial1   coesão textual - referencial e sequencial
1 coesão textual - referencial e sequencialLuciene Gomes
 
Oficina de descritores português 9º ano
Oficina de descritores português 9º anoOficina de descritores português 9º ano
Oficina de descritores português 9º anoClaudiaAdrianaSouzaS
 
MEMES EM AULAS DE PORTUGUÊS NO ENSINO MÉDIO: linguagem, produção e replicação...
MEMES EM AULAS DE PORTUGUÊS NO ENSINO MÉDIO: linguagem, produção e replicação...MEMES EM AULAS DE PORTUGUÊS NO ENSINO MÉDIO: linguagem, produção e replicação...
MEMES EM AULAS DE PORTUGUÊS NO ENSINO MÉDIO: linguagem, produção e replicação...Carlos Fabiano de Souza
 
Elementos da narrativa
Elementos da narrativaElementos da narrativa
Elementos da narrativaAna Castro
 
AULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃO
AULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃOAULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃO
AULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃOMarcelo Cordeiro Souza
 
Gêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuaisGêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuaismarlospg
 
Aulas gêneros e tipos textuais
Aulas   gêneros e tipos textuaisAulas   gêneros e tipos textuais
Aulas gêneros e tipos textuaisMairus Prete
 

Mais procurados (20)

. LÍNGUA PORTUGUESA – 1ª SÉRIE – HABILIDADE DA BNCC | (EM13LP02) D15
. LÍNGUA PORTUGUESA – 1ª SÉRIE – HABILIDADE DA BNCC | (EM13LP02) D15. LÍNGUA PORTUGUESA – 1ª SÉRIE – HABILIDADE DA BNCC | (EM13LP02) D15
. LÍNGUA PORTUGUESA – 1ª SÉRIE – HABILIDADE DA BNCC | (EM13LP02) D15
 
Coesão
CoesãoCoesão
Coesão
 
Fatores de textualidade
Fatores de textualidadeFatores de textualidade
Fatores de textualidade
 
Funções da linguagem
Funções da linguagemFunções da linguagem
Funções da linguagem
 
Aula sinais de pontuação
Aula sinais de pontuaçãoAula sinais de pontuação
Aula sinais de pontuação
 
LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE BNCC (EM13LGG101)
LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE BNCC  (EM13LGG101) LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE BNCC  (EM13LGG101)
LÍNGUA PORTUGUESA | 1ª SÉRIE | HABILIDADE BNCC (EM13LGG101)
 
Frase, Oração e Periodo.
Frase, Oração e Periodo.Frase, Oração e Periodo.
Frase, Oração e Periodo.
 
Conjunções
ConjunçõesConjunções
Conjunções
 
1 coesão textual - referencial e sequencial
1   coesão textual - referencial e sequencial1   coesão textual - referencial e sequencial
1 coesão textual - referencial e sequencial
 
Classes de palavras
Classes de palavrasClasses de palavras
Classes de palavras
 
Características do anúncio publicitário
Características do anúncio publicitárioCaracterísticas do anúncio publicitário
Características do anúncio publicitário
 
Oficina de descritores português 9º ano
Oficina de descritores português 9º anoOficina de descritores português 9º ano
Oficina de descritores português 9º ano
 
Tipologia textual
Tipologia textualTipologia textual
Tipologia textual
 
MEMES EM AULAS DE PORTUGUÊS NO ENSINO MÉDIO: linguagem, produção e replicação...
MEMES EM AULAS DE PORTUGUÊS NO ENSINO MÉDIO: linguagem, produção e replicação...MEMES EM AULAS DE PORTUGUÊS NO ENSINO MÉDIO: linguagem, produção e replicação...
MEMES EM AULAS DE PORTUGUÊS NO ENSINO MÉDIO: linguagem, produção e replicação...
 
Elementos da narrativa
Elementos da narrativaElementos da narrativa
Elementos da narrativa
 
AULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃO
AULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃOAULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃO
AULA 05 - DICAS DE REDAÇÃO - DETALHES QUE FARÃO DIFERENÇA NA SUA REDAÇÃO
 
Aula intertextualidade
Aula intertextualidadeAula intertextualidade
Aula intertextualidade
 
Gêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuaisGêneros e tipos textuais
Gêneros e tipos textuais
 
Aulas gêneros e tipos textuais
Aulas   gêneros e tipos textuaisAulas   gêneros e tipos textuais
Aulas gêneros e tipos textuais
 
Crônica
CrônicaCrônica
Crônica
 

Destaque

AULA 02 - FATORES DE TEXTUALIDADE - PRONTO
AULA 02 -  FATORES DE TEXTUALIDADE  - PRONTOAULA 02 -  FATORES DE TEXTUALIDADE  - PRONTO
AULA 02 - FATORES DE TEXTUALIDADE - PRONTOMarcelo Cordeiro Souza
 
Técnicas para resumir
Técnicas para resumirTécnicas para resumir
Técnicas para resumirgnidya79
 
PPT Linguagem DialóGica Instrucional
PPT Linguagem DialóGica InstrucionalPPT Linguagem DialóGica Instrucional
PPT Linguagem DialóGica InstrucionalWeb Rádio ABED Blog
 
Princípios da textualidade 3º ano
Princípios da textualidade   3º anoPrincípios da textualidade   3º ano
Princípios da textualidade 3º anoterceirob
 
Análises Enem 2016 by Evolucional - Natureza analises-enem-2016.original
Análises Enem 2016 by Evolucional - Natureza analises-enem-2016.originalAnálises Enem 2016 by Evolucional - Natureza analises-enem-2016.original
Análises Enem 2016 by Evolucional - Natureza analises-enem-2016.originalRodrigo Lara Rocha
 
Análises Enem 2016 by Evolucional - Humanas analises-enem-2016a.original
Análises Enem 2016 by Evolucional - Humanas analises-enem-2016a.originalAnálises Enem 2016 by Evolucional - Humanas analises-enem-2016a.original
Análises Enem 2016 by Evolucional - Humanas analises-enem-2016a.originalRodrigo Lara Rocha
 
Análises Enem 2016 by Evolucional - matematica analises-enem-2016.original
Análises Enem 2016 by Evolucional - matematica analises-enem-2016.originalAnálises Enem 2016 by Evolucional - matematica analises-enem-2016.original
Análises Enem 2016 by Evolucional - matematica analises-enem-2016.originalRodrigo Lara Rocha
 
Un minuto frente a la globalización
Un minuto frente a la globalizaciónUn minuto frente a la globalización
Un minuto frente a la globalizaciónhevyalex
 
Ricardo intertextualidade profletras
Ricardo intertextualidade profletrasRicardo intertextualidade profletras
Ricardo intertextualidade profletrasVal Valença
 
Tecnicas de resumen de textos
Tecnicas de resumen de textosTecnicas de resumen de textos
Tecnicas de resumen de textosJessyAcosta
 
Análise estruturada de sistemas - Modelo de contexto
Análise estruturada de sistemas - Modelo de contextoAnálise estruturada de sistemas - Modelo de contexto
Análise estruturada de sistemas - Modelo de contextoLuciano Almeida
 
Coerência textual
Coerência textualCoerência textual
Coerência textualCarla Souto
 
Os gêneros e a ciência dialógica do texto i
Os gêneros e a ciência dialógica do texto iOs gêneros e a ciência dialógica do texto i
Os gêneros e a ciência dialógica do texto iAFMO35
 

Destaque (20)

AULA 02 - FATORES DE TEXTUALIDADE - PRONTO
AULA 02 -  FATORES DE TEXTUALIDADE  - PRONTOAULA 02 -  FATORES DE TEXTUALIDADE  - PRONTO
AULA 02 - FATORES DE TEXTUALIDADE - PRONTO
 
Elementos de textualidade
Elementos de textualidadeElementos de textualidade
Elementos de textualidade
 
Técnicas para resumir
Técnicas para resumirTécnicas para resumir
Técnicas para resumir
 
PPT Linguagem DialóGica Instrucional
PPT Linguagem DialóGica InstrucionalPPT Linguagem DialóGica Instrucional
PPT Linguagem DialóGica Instrucional
 
Elementos de coerência
Elementos de coerênciaElementos de coerência
Elementos de coerência
 
Princípios da textualidade 3º ano
Princípios da textualidade   3º anoPrincípios da textualidade   3º ano
Princípios da textualidade 3º ano
 
Análises Enem 2016 by Evolucional - Natureza analises-enem-2016.original
Análises Enem 2016 by Evolucional - Natureza analises-enem-2016.originalAnálises Enem 2016 by Evolucional - Natureza analises-enem-2016.original
Análises Enem 2016 by Evolucional - Natureza analises-enem-2016.original
 
Análises Enem 2016 by Evolucional - Humanas analises-enem-2016a.original
Análises Enem 2016 by Evolucional - Humanas analises-enem-2016a.originalAnálises Enem 2016 by Evolucional - Humanas analises-enem-2016a.original
Análises Enem 2016 by Evolucional - Humanas analises-enem-2016a.original
 
Análises Enem 2016 by Evolucional - matematica analises-enem-2016.original
Análises Enem 2016 by Evolucional - matematica analises-enem-2016.originalAnálises Enem 2016 by Evolucional - matematica analises-enem-2016.original
Análises Enem 2016 by Evolucional - matematica analises-enem-2016.original
 
Un minuto frente a la globalización
Un minuto frente a la globalizaciónUn minuto frente a la globalización
Un minuto frente a la globalización
 
Ricardo intertextualidade profletras
Ricardo intertextualidade profletrasRicardo intertextualidade profletras
Ricardo intertextualidade profletras
 
Tecnicas de resumen de textos
Tecnicas de resumen de textosTecnicas de resumen de textos
Tecnicas de resumen de textos
 
REDACCION LITERARIA
REDACCION LITERARIA REDACCION LITERARIA
REDACCION LITERARIA
 
Análise estruturada de sistemas - Modelo de contexto
Análise estruturada de sistemas - Modelo de contextoAnálise estruturada de sistemas - Modelo de contexto
Análise estruturada de sistemas - Modelo de contexto
 
Resumen de textos
Resumen  de  textosResumen  de  textos
Resumen de textos
 
Resumen
ResumenResumen
Resumen
 
Coerência textual
Coerência textualCoerência textual
Coerência textual
 
Os gêneros e a ciência dialógica do texto i
Os gêneros e a ciência dialógica do texto iOs gêneros e a ciência dialógica do texto i
Os gêneros e a ciência dialógica do texto i
 
Texto, contexto e situação
Texto, contexto e situaçãoTexto, contexto e situação
Texto, contexto e situação
 
Teorias da enunciação
Teorias da enunciaçãoTeorias da enunciação
Teorias da enunciação
 

Semelhante a Fatores que garantem a coesão textual

Oficina de Língua Portuguesa
Oficina de Língua PortuguesaOficina de Língua Portuguesa
Oficina de Língua PortuguesaSadiasoares
 
Oficina de Língua Portuguesa
Oficina de Língua PortuguesaOficina de Língua Portuguesa
Oficina de Língua PortuguesaSadiasoares
 
Exercícios sobre coerência e coesão
Exercícios sobre coerência e coesãoExercícios sobre coerência e coesão
Exercícios sobre coerência e coesãoma.no.el.ne.ves
 
Breve exposição sobre a coesão textual e seus elementos
Breve exposição sobre a coesão textual e seus elementosBreve exposição sobre a coesão textual e seus elementos
Breve exposição sobre a coesão textual e seus elementosMiquéias Vitorino
 
ELEMENTO DE TEXTUALIDADE: COESÃO TEXTUAL
ELEMENTO DE TEXTUALIDADE: COESÃO TEXTUALELEMENTO DE TEXTUALIDADE: COESÃO TEXTUAL
ELEMENTO DE TEXTUALIDADE: COESÃO TEXTUALDébora Costa
 

Semelhante a Fatores que garantem a coesão textual (8)

Oficina de Língua Portuguesa
Oficina de Língua PortuguesaOficina de Língua Portuguesa
Oficina de Língua Portuguesa
 
Oficina de Língua Portuguesa
Oficina de Língua PortuguesaOficina de Língua Portuguesa
Oficina de Língua Portuguesa
 
Exercícios sobre coerência e coesão
Exercícios sobre coerência e coesãoExercícios sobre coerência e coesão
Exercícios sobre coerência e coesão
 
Breve exposição sobre a coesão textual e seus elementos
Breve exposição sobre a coesão textual e seus elementosBreve exposição sobre a coesão textual e seus elementos
Breve exposição sobre a coesão textual e seus elementos
 
Slide Coesão - aula 1.pptx
Slide Coesão - aula 1.pptxSlide Coesão - aula 1.pptx
Slide Coesão - aula 1.pptx
 
ELEMENTO DE TEXTUALIDADE: COESÃO TEXTUAL
ELEMENTO DE TEXTUALIDADE: COESÃO TEXTUALELEMENTO DE TEXTUALIDADE: COESÃO TEXTUAL
ELEMENTO DE TEXTUALIDADE: COESÃO TEXTUAL
 
ESTILÍSTICA.ppt
ESTILÍSTICA.pptESTILÍSTICA.ppt
ESTILÍSTICA.ppt
 
Coesão Textual
Coesão TextualCoesão Textual
Coesão Textual
 

Mais de AFMO35

Aula produção textual dissertativo argumentativo (1)
Aula produção textual   dissertativo argumentativo  (1)Aula produção textual   dissertativo argumentativo  (1)
Aula produção textual dissertativo argumentativo (1)AFMO35
 
Variação linguística
Variação linguísticaVariação linguística
Variação linguísticaAFMO35
 
Aula produção textual dissertativo argumentativo (1)
Aula produção textual   dissertativo argumentativo  (1)Aula produção textual   dissertativo argumentativo  (1)
Aula produção textual dissertativo argumentativo (1)AFMO35
 
Defesa
DefesaDefesa
DefesaAFMO35
 
Raymond Williams
Raymond WilliamsRaymond Williams
Raymond WilliamsAFMO35
 
Raymond williams
Raymond williamsRaymond williams
Raymond williamsAFMO35
 
Gec Grupo de Estudos da Cultura
Gec Grupo de Estudos da CulturaGec Grupo de Estudos da Cultura
Gec Grupo de Estudos da CulturaAFMO35
 
Gec Grupo de Estudos da Cultura
Gec Grupo de Estudos da CulturaGec Grupo de Estudos da Cultura
Gec Grupo de Estudos da CulturaAFMO35
 
Projeto de Mestrado
Projeto de MestradoProjeto de Mestrado
Projeto de MestradoAFMO35
 
a literatura como precursora dos novos "modos de escrever e de ler"
a literatura como precursora dos novos "modos de escrever e de ler"a literatura como precursora dos novos "modos de escrever e de ler"
a literatura como precursora dos novos "modos de escrever e de ler"AFMO35
 
Inclusão Digital: TICs em sala de aula III
Inclusão Digital: TICs em sala de aula IIIInclusão Digital: TICs em sala de aula III
Inclusão Digital: TICs em sala de aula IIIAFMO35
 
Inclusão Digital: TICs em sala de aula III
Inclusão Digital: TICs em sala de aula IIIInclusão Digital: TICs em sala de aula III
Inclusão Digital: TICs em sala de aula IIIAFMO35
 
Inclusão Digital: TICs em sala de aula II
Inclusão Digital: TICs em sala de aula IIInclusão Digital: TICs em sala de aula II
Inclusão Digital: TICs em sala de aula IIAFMO35
 
Inclusão Digital: TICs em sala de aula
Inclusão Digital: TICs em sala de aulaInclusão Digital: TICs em sala de aula
Inclusão Digital: TICs em sala de aulaAFMO35
 
A linguística aplicada na era da globalização
A linguística aplicada na era da globalizaçãoA linguística aplicada na era da globalização
A linguística aplicada na era da globalizaçãoAFMO35
 
Os Gêneros e a ciência dialógica do texto
Os Gêneros e a ciência dialógica do textoOs Gêneros e a ciência dialógica do texto
Os Gêneros e a ciência dialógica do textoAFMO35
 
Os gêneros e a ciência dialógica do texto ii
Os gêneros e a ciência dialógica do texto iiOs gêneros e a ciência dialógica do texto ii
Os gêneros e a ciência dialógica do texto iiAFMO35
 
Noção de Contexto
Noção de ContextoNoção de Contexto
Noção de ContextoAFMO35
 
Ricardo Silvestrin
Ricardo SilvestrinRicardo Silvestrin
Ricardo SilvestrinAFMO35
 
A Linguagem das Placas
A Linguagem das PlacasA Linguagem das Placas
A Linguagem das PlacasAFMO35
 

Mais de AFMO35 (20)

Aula produção textual dissertativo argumentativo (1)
Aula produção textual   dissertativo argumentativo  (1)Aula produção textual   dissertativo argumentativo  (1)
Aula produção textual dissertativo argumentativo (1)
 
Variação linguística
Variação linguísticaVariação linguística
Variação linguística
 
Aula produção textual dissertativo argumentativo (1)
Aula produção textual   dissertativo argumentativo  (1)Aula produção textual   dissertativo argumentativo  (1)
Aula produção textual dissertativo argumentativo (1)
 
Defesa
DefesaDefesa
Defesa
 
Raymond Williams
Raymond WilliamsRaymond Williams
Raymond Williams
 
Raymond williams
Raymond williamsRaymond williams
Raymond williams
 
Gec Grupo de Estudos da Cultura
Gec Grupo de Estudos da CulturaGec Grupo de Estudos da Cultura
Gec Grupo de Estudos da Cultura
 
Gec Grupo de Estudos da Cultura
Gec Grupo de Estudos da CulturaGec Grupo de Estudos da Cultura
Gec Grupo de Estudos da Cultura
 
Projeto de Mestrado
Projeto de MestradoProjeto de Mestrado
Projeto de Mestrado
 
a literatura como precursora dos novos "modos de escrever e de ler"
a literatura como precursora dos novos "modos de escrever e de ler"a literatura como precursora dos novos "modos de escrever e de ler"
a literatura como precursora dos novos "modos de escrever e de ler"
 
Inclusão Digital: TICs em sala de aula III
Inclusão Digital: TICs em sala de aula IIIInclusão Digital: TICs em sala de aula III
Inclusão Digital: TICs em sala de aula III
 
Inclusão Digital: TICs em sala de aula III
Inclusão Digital: TICs em sala de aula IIIInclusão Digital: TICs em sala de aula III
Inclusão Digital: TICs em sala de aula III
 
Inclusão Digital: TICs em sala de aula II
Inclusão Digital: TICs em sala de aula IIInclusão Digital: TICs em sala de aula II
Inclusão Digital: TICs em sala de aula II
 
Inclusão Digital: TICs em sala de aula
Inclusão Digital: TICs em sala de aulaInclusão Digital: TICs em sala de aula
Inclusão Digital: TICs em sala de aula
 
A linguística aplicada na era da globalização
A linguística aplicada na era da globalizaçãoA linguística aplicada na era da globalização
A linguística aplicada na era da globalização
 
Os Gêneros e a ciência dialógica do texto
Os Gêneros e a ciência dialógica do textoOs Gêneros e a ciência dialógica do texto
Os Gêneros e a ciência dialógica do texto
 
Os gêneros e a ciência dialógica do texto ii
Os gêneros e a ciência dialógica do texto iiOs gêneros e a ciência dialógica do texto ii
Os gêneros e a ciência dialógica do texto ii
 
Noção de Contexto
Noção de ContextoNoção de Contexto
Noção de Contexto
 
Ricardo Silvestrin
Ricardo SilvestrinRicardo Silvestrin
Ricardo Silvestrin
 
A Linguagem das Placas
A Linguagem das PlacasA Linguagem das Placas
A Linguagem das Placas
 

Fatores que garantem a coesão textual

  • 3. COESÃO Coesão é a ligação, a relação de nexos que se estabelecem entre os elementos que constituem uma superfície textual. A coesão garante a unidade do texto através do uso adequado dos conhecimentos gramaticais e lexicais da língua. Num texto, há coesão quando existe uma conexão entre os períodos, produzindo o sentido do texto. Para alcançar a união entre os vários enunciados existem classes de palavras chamadas de elementos de coesão ou conectivos (preposições, conjunções, pronomes e advérbios).
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 22. São várias as receitas para a cura de panema em Itá. Em sua maioria consistem em cozimentos feitos principalmente com alho e pimenta, aplicados na forma de banhos ou fumigações. A composição, a dose e o número de tratamentos variam conforme a gravidade do caso e a preferência das rezadeiras. Felizes com a existência de tais mulheres, muitos moradores de comunidades distantes da sede procuram-nas para serem medicados. (WAGLEY, Charles. Uma comunidade amazônica, 2007; adaptado) consistem aplicados variam Felizes tais mulheres procuram-nas procuram-nas serem
  • 23. Tendo em vista o paralelismo sintático, marque a frase que NÃO apresenta quebra de paralelismo. 1. A boa pontuação serve para a orientação do leitor e dar clareza ao texto. 2. A solução, às vezes, implica diminuir despesas, otimizar o uso dos recursos materiais e melhor seleção de material. 3. Em público, ele demonstra insociabilidade, ser irritável, desconfiança e não ter segurança. 4. O programa tinha três objetivos: a) reorganizar o transporte coletivo; b) priorizar os espaços para ciclistas; c) regulamentar o transporte pesado no centro da cidade.