SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 23
Baixar para ler offline
1
2
•A Vida no Plano Espiritual - Clarêncio1º - 1943 – NOSSO LAR
•As Falências Mediúnicas - Aniceto2º - 1944 – OS MENSAGEIROS
•A Reencarnação/O Processo Reencarnatório - Alexandre3º - 1945 – MISSIONÁRIOS DA LUZ
•A Desencarnação – Jerônimo/ Zenóbia
4º - 1946 – OBREIROS DA VIDA
ETERNA
•A Mente/ Distúrbios Mentais - Calderaro5º - 1947 – NO MUNDO MAIOR
•A obsessão/Vampirismo/Ovoides/Licantropia - Gúbio6º - 1949 – LIBERTAÇÃO
•As Patologias do corpo espiritual - Clarêncio7º - 1954 – ENTRE A TERRA E O CÉU
•A Mediunidade - Aulus
8º - 1954 – NOS DOMÍNIOS DA
MEDIUNIDADE
•A Lei de Causa e Efeito - Druso9º - 1956 – AÇÃO E REAÇÃO
•As Relações Ciência/Doutrina Espírita/Medicina
10º - 1958 – EVOLUÇÃO EM DOIS
MUNDOS
•As Relações Ciência/Doutrina Espírita/Mediunidade
11º - 1959 – MECANISMOS DA
MEDIUNIDADE
•O Sexo desequilibrado - Felix12º - 1963 – SEXO E DESTINO
•A Imortalidade/Pós-desencarne – Claudio/Plotino13º - 1968 – E A VIDA CONTINUA
André Luiz – Livros – Série: A vida no mundo Espiritual
1947/Agenda Cristã
1964/Desobsessão
1960/Conduta Espírita
LIVRO MISSIONÁRIOS DA LUZ – 75 anos
LIVRO
• Missionários
AUTOR
• André Luiz
MÉDIUM
• Chico Xavier
TEMA
• A Reencarnação / Processos
Mediúnicos / Intercâmbio
fluídico
1945 1965 1990 2020
1943
1993
1910
2002
∑ = 31
∑ ≥ 400
45º
≥ 500K
André Luiz – a obra - Importância
O MUNDO ESPIRITUAL
(...) Podemos dividir os períodos que dizem respeito
ao desdobramento das revelações espíritas a respeito
do mundo transcendente em ANTES E DEPOIS de
André Luiz.
A DOUTRINA ESPÍRITA E OS LIVROS DE ANDRÉ LUIZ
(...) FIEL aos ensinamentos ditados pelos Espíritos
superiores e insertos nas obras básicas da Doutrina
Espírita, ampliou-os, detalhou-os.
A LEI DE CAUSA E EFEITO/O Plantar e o Colher
(...) Estudando com profundidade os mecanismos das
LEIS DE CAUSA E EFEITO, confirmou as informações
contidas na Codificação do Espiritismo.
Geraldo
Campetti
2015 - FEB
Eurípedes
Kuhl
2014 – Boa Nova
André Luiz : Autor
CARLOS CHAGAS ??
 Médico sanitarista
 Membro da
Academia nacional
de Medicina
 1879(RJ)/1934(RJ)
ANTÔNIO ESPOSEL ??
 Médico neurologista
 Membro da
Academia nacional
de Medicina
 1888(RJ)/1931(RJ)
1964 – Anuário Espírita
Waldo Vieira/Joaquim Alves
André Luiz
Irmão de Chico Xavier, de quem foi
tirado o nome
Chico Xavier
Missionários da Luz – Livro : Sinopse
•André LuizAutor
•Francisco Candido XavierMédium
•FEB/1945 ( > 37 edições / > 400.000 )Editora/Ano
•“Romance” MediúnicoGênero
•Essa obra descreve vários processos
mediúnicos e como se desenvolvem as
providências do plano espiritual, antes,
durante e após as reuniões mediúnicas.
Nelas, são pormenorizados atendimentos a
encarnados e desencarnados, sobressaindo
preciosos ensinamentos.
•Há descrição da sublimidade da
reencarnação de um espírito, a partir da
obra-prima que é a fecundação.
Conteúdo
•20 CapítulosEstrutura
A REENCARNAÇÃO
• O Processo Reencarnatória
• O Tempo de Vida/Os Completistas
O INTERCÂMBIO DE ENERGIAS
• Positivos: Passes/Curas
• Negativos: Simbioses/Vampirismo
“O aprendizado fornece-nos conhecimento.
A vida oferece-nos a prática.
Unamos a sabedoria com o amor, na
atividade de cada dia, e descobriremos a
divindade que palpita dentro de nós...,”
Alexandre – Cap. 20
(...) ESTUDAR a fantástica obra do
mensageiro espiritual é dever de
todo aquele que deseja
compreender a vida e os
fenômenos em torno da morte,
assim como da sobrevivência do
Espírito à disjunção cadavérica.
Manoel Philomeno de Miranda – A Vida
no Mundo Espiritual - Introdução
[1] RESTRINGÊNCIA
[2] RESSONÂNCIA
[3] ACOPLAMENTO
[1] LIGAÇÃO EMOCIONAL
[2] LIGAÇÃO FLUÍDICA-ENERGÉTICA
[1] FUTURO
[2] FAMÍLIA
[3] PASSADO
[1] PLANEJAMENTO (alguns anos  - 1 mês)
[2] PRÉ-REENCARNATÓRIA (algumas semanas  0)
[3] REENCARNATÓRIA (0  9 meses)André Luiz –
Missionários da Luz – Cap. 13
[4] PÓS REENCARNE (9 meses  vida)
1
2
3
[1] Ocorre previamente no plano extrafísico, a miniaturização, que se
caracteriza pela redução da forma perispirítica. RESTRINGÊNCIA
[2] Óvulo feminino (esfera passiva) está igualmente impregnado de energias
de atração, cheio de força receptiva. RESSONÂNCIA
[3] O elemento vitorioso prosseguiu a marcha, depois de atravessar a periferia
do óvulo. Ambas as forças, masculina e feminina, formavam agora uma só,
convertendo-se em tenuíssimo foco de luz. ACOPLAMENTO
[1] O Espírito candidato à nova reencarnação passa a conviver no clima
psicofísico e emocional dos futuros pais. LIGAÇÃO EMOCIONAL
[2] Progressiva ligação fluídica do espírito com os fluidos perispirituais da
futura mãe. Estabelece-se um intercâmbio energético nas duas direções, com
efeitos bilaterais. LIGAÇÃO FLUÍDICA-ENERGÉTICA
[1]Estabelecimento do programa geral de futuras realizações e
autorrealizações no plano físico. FUTURO
[2]Execução do plano de associação e vinculação psicodinâmica,
bioenergética, mental e afetiva. FAMÍLIA
[3] Definição do mapa de provas morais, físicas (resgates). PASSADO
[1] PLANEJAMENTO (alguns anos  - 1 mês)
[2] PRÉ-REENCARNATÓRIA (algumas semanas  0)
[3] REENCARNATÓRIA (0  9 meses)André Luiz –
Missionários da Luz – Cap. 13
[4] PÓS REENCARNE (9 meses  vida)
11
O PROCESSO DA REENCARNAÇÃO
FASES DO PROCESSO REENCARNATÓRIO – 1/3
[3] Definição do mapa de provas morais,
físicas (enfermidades, etc.)
[2]Execução do plano de associação e
vinculação psicodinâmica, bioenergética,
mental e afetiva.
[1]Estabelecimento do programa geral de
futuras realizações e auto-realizações no
plano físico.
[1] PLANEJAMENTO
[1] Plano Global
[2] Plano Familiar
[3] Plano de Provas & Expiações
12
O PROCESSO DA REENCARNAÇÃO
FASES DO PROCESSO REENCARNATÓRIO – 2/3
[1] O Espírito candidato à nova
reencarnação passa a conviver no clima
psicofísico e emocional dos futuros pais.
[2] Progressiva ligação fluídica do espírito
com os fluidos perispirituais da futura mãe.
Estabelece-se um intercâmbio energético
nas duas direções, com efeitos bilaterais
[2] PRÉ-REENCARNATÓRIO
[2] Ligação Fluídica Mãe/Filho]
[1] Interação Pais/Filho
13
O PROCESSO DA REENCARNAÇÃO
FASES DO PROCESSO REENCARNATÓRIO – 3/3
[3] O elemento vitorioso prosseguiu a marcha, depois
de atravessar a periferia do óvulo. Ambas as forças,
masculina e feminina, formavam agora uma só,
convertendo-se em tenuíssimo foco de luz.
[2] Óvulo feminino –esfera passiva– está igualmente
impregnado de energias de atração, cheio de força
receptiva.
[1] Ocorre previamente no plano extrafísico, a
miniaturização, que se caracteriza pela redução da
forma perispirítica.
[3] REENCARNATÓRIA
[2] Acoplamento Espermatozóide/Ovulo
[3]União Espírito/Matéria /Filho
[1] Restringência perispiritual
Aprendizado
Elevação
Moral e
Espiritual
Reparação
Eliseu Rigonatti - O Espiritismo Aplicado – Cap.
15
COMPULSÓRIA
É aquela que acolhe o Espírito sem prévia concordância dele e até mesmo
sem o seu conhecimento. É por sua índole, própria dos Espíritos cujo grau de
perturbação impede análise clara da situação, ou cujas faltas são tão graves
que anulam a liberdade de escolha.
PLANEJADA
É aquela que leva em consideração o livre-arbítrio relativo de que dispõe o
Espírito. Mentores Espirituais estudam, sem imposição, seus débitos e
méritos, programando em seguida os principais acontecimentos da próxima
existência física, tendo em vista a liquidação ou diminuição de dívidas e
possibilidades de progresso moral e espiritual.
LIVRE
É aquela que é própria dos missionários, Espíritos redimidos perante a Lei
Divina ou próximos da redenção no plano terreno. São os que possuem ampla
liberdade de escolha.
ACIDENTAL
Há circunstâncias diversas que promovem a alteração no planejamento
reencarnatório, que pode ocorrer sem o detalhamento necessário nos casos
de reencarnações acidentais. A fecundação não estava prevista. Ocorre uma
união sexual fortuita. Carlos T. Rizzini - Evolução para o Terceiro Milênio – Cap.
16
Espíritos Perturbadores
Desafetos, inimigos espirituais do espírito reencarnante ou
dos pais
Mãe Encarnada
Relação anímica, mediúnica, psico-afetiva e biológica
(herança genética e gestação).
Pai Encarnado
Relação anímica, mediúnica, psico-afetiva e biológica
(herança genética).
Mentores
Espíritos de elevada hierarquia espiritual que atuam na
relação afetiva-espiritual e no desenvolvimento do genótipo
do reencarnante.
COMPLETISTAS
Aproveitaram todas as
oportunidades construtivas que o
corpo terrestre lhes oferece.
Vários aproveitam
parcialmente a oportunidade.
Todos nós Reencarnamos.
André Luiz – Missionários da Luz – Cap. 12
18
$
OS ESPÍRITOS/OS ENCARNADOS
No lar, na via pública, no trabalho, nas diversões, cada
criatura recebe o alimento mental que lhe é trazido por
aqueles com quem convive, temperado com o magnetismo
pessoal de cada um.
Dessa alimentação dependem, na maioria das vezes,
sobretudo para quem ainda não tem o domínio das próprias
emoções, os estados íntimos de felicidade ou desgosto, de
prazer ou sofrimento. André Luiz – Missionários da Luz – Cap. 14
ENTRE ENCARNADOS E ENTRE DESENCARNADOS
Sem preparo, as criaturas humanas prosseguem,
em muitíssimos casos, além do túmulo,
imantadas aos ambientes domésticos que lhes
alimentavam o campo emocional.
As manifestações do vampirismo não se
circunscrevem ao ambiente dos encarnados.
Quase que a totalidade dos sofrimentos nas
zonas inferiores deve a ele sua dolorosa origem.
NOS LARES/TRABALHO/NAS RUAS
NO UMBRAL
André Luiz – Missionários da Luz – Cap. 11
Em termos espíritas, que significa o vocábulo
vampiro?
“Vampiro” é toda entidade
ociosa que se vale
indebitamente das
possibilidades alheias.
André Luiz – Missionários da Luz – Cap. 11
1. O FILHO QUE EXIGE HORAS-EXTRAS DE TRABALHO
DOS PAIS PARA CUSTEAR-LHE A OCIOSIDADE;
2. O GIGOLÔ QUE EXPLORA A AMANTE
SEXUALMENTE E PARA SUSTENTAR OS VÍCIOS;
3. O DITADOR QUE EXPÕE A POPULAÇÃO AO
SERVICILISMO E ÀTORTURA FÍSICA;
4. O TRAFICANTE QUE EXPLORA O TRABALHO
JUVENIL NA DISTRIBUIÇÃO DE TÓXICOS.
SÃO CONSIDERADOS CASOS DE VAMPIRIZAÇÃO
TODAS
CERTAS
É por este motivo, leitor amigo, que André Luiz vem, uma vez mais, ao teu encontro,
para dizer-te algo do serviço divino dos "Missionários da Luz", esclarecendo, ainda :
 que o HOMEM É UM ESPÍRITO ETERNO habitando temporariamente o templo vivo
da carne terrestre;
 que o PERISPÍRITO NÃO É UM CORPO DE VAGA NEBLINA e sim organização
viva a que se amoldam às células materiais;
 que a alma, em qualquer parte, RECEBE SEGUNDO AS SUAS CRIAÇÕES
INDIVIDUAIS;
 que os LAÇOS DO AMOR E DO ÓDIO nos acompanham em qualquer círculo da
vida;
 que A REENCARNAÇÃO É ORIENTADA POR SUBLIMES ASCENDENTES
ESPIRITUAIS e
 que, além do sepulcro, a ALMA CONTINUA LUTANDO E APRENDENDO,
aperfeiçoando-se e servindo aos desígnios do Senhor, crescendo sempre para a
glória imortal a que o Pai nos destinou.
Emmanuel – Missionários da Luz - Introdução
Missionários da Luz - 75 anos

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Felicidade E Infelicidade Relativa
Felicidade E  Infelicidade  RelativaFelicidade E  Infelicidade  Relativa
Felicidade E Infelicidade RelativaSergio Menezes
 
Pluralidade dos mundos habitados
Pluralidade dos mundos habitadosPluralidade dos mundos habitados
Pluralidade dos mundos habitadoshome
 
Evangeliza - Mediunidade com Jesus
Evangeliza - Mediunidade com JesusEvangeliza - Mediunidade com Jesus
Evangeliza - Mediunidade com JesusAntonino Silva
 
Influência dos espíritos em nossas vidas 1,5h
Influência dos espíritos em nossas vidas   1,5hInfluência dos espíritos em nossas vidas   1,5h
Influência dos espíritos em nossas vidas 1,5hhome
 
Cap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitos
Cap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitosCap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitos
Cap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitosEduardo Ottonelli Pithan
 
A família na visão espírita
A família na visão espíritaA família na visão espírita
A família na visão espíritaJerri Almeida
 
Apresentação do Livro Os Mensageiros
Apresentação do Livro Os MensageirosApresentação do Livro Os Mensageiros
Apresentação do Livro Os MensageirosPatricia Farias
 
Capítulo IV - Evangelho Segundo Espiritismo
Capítulo IV - Evangelho Segundo EspiritismoCapítulo IV - Evangelho Segundo Espiritismo
Capítulo IV - Evangelho Segundo EspiritismoJean Dias
 
Não vim trazer a paz, maz a espada
Não vim trazer a paz, maz a espadaNão vim trazer a paz, maz a espada
Não vim trazer a paz, maz a espadaSergio Menezes
 
Pensamento e vontade
Pensamento e vontadePensamento e vontade
Pensamento e vontadeDalila Melo
 
Centro Espírita - Farol de Luz
Centro Espírita - Farol de LuzCentro Espírita - Farol de Luz
Centro Espírita - Farol de LuzRicardo Azevedo
 
Roteiro 5 diferentes categorias de mundos habitados
Roteiro 5   diferentes categorias de mundos habitadosRoteiro 5   diferentes categorias de mundos habitados
Roteiro 5 diferentes categorias de mundos habitadosBruno Cechinel Filho
 
Os espíritas diante da morte
Os espíritas diante da morteOs espíritas diante da morte
Os espíritas diante da mortehome
 
Nos domínios da mediunidade aula15
Nos domínios da mediunidade aula15Nos domínios da mediunidade aula15
Nos domínios da mediunidade aula15Leonardo Pereira
 
Nos dominios da mediunidade cap1
Nos dominios da mediunidade   cap1Nos dominios da mediunidade   cap1
Nos dominios da mediunidade cap1Patricia Farias
 

Mais procurados (20)

Felicidade E Infelicidade Relativa
Felicidade E  Infelicidade  RelativaFelicidade E  Infelicidade  Relativa
Felicidade E Infelicidade Relativa
 
Pluralidade dos mundos habitados
Pluralidade dos mundos habitadosPluralidade dos mundos habitados
Pluralidade dos mundos habitados
 
Evangeliza - Mediunidade com Jesus
Evangeliza - Mediunidade com JesusEvangeliza - Mediunidade com Jesus
Evangeliza - Mediunidade com Jesus
 
Influência dos espíritos em nossas vidas 1,5h
Influência dos espíritos em nossas vidas   1,5hInfluência dos espíritos em nossas vidas   1,5h
Influência dos espíritos em nossas vidas 1,5h
 
Flagelos destruidores e guerras
Flagelos destruidores e guerrasFlagelos destruidores e guerras
Flagelos destruidores e guerras
 
Cap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitos
Cap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitosCap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitos
Cap 5 do Evangelho Segundo o Espiritismo, bem aventurados os aflitos aflitos
 
Motivos de Resignação
Motivos de ResignaçãoMotivos de Resignação
Motivos de Resignação
 
A família na visão espírita
A família na visão espíritaA família na visão espírita
A família na visão espírita
 
Apresentação do Livro Os Mensageiros
Apresentação do Livro Os MensageirosApresentação do Livro Os Mensageiros
Apresentação do Livro Os Mensageiros
 
Desencarne na visão espírita
Desencarne na visão espíritaDesencarne na visão espírita
Desencarne na visão espírita
 
Capítulo IV - Evangelho Segundo Espiritismo
Capítulo IV - Evangelho Segundo EspiritismoCapítulo IV - Evangelho Segundo Espiritismo
Capítulo IV - Evangelho Segundo Espiritismo
 
Não vim trazer a paz, maz a espada
Não vim trazer a paz, maz a espadaNão vim trazer a paz, maz a espada
Não vim trazer a paz, maz a espada
 
Pensamento e vontade
Pensamento e vontadePensamento e vontade
Pensamento e vontade
 
Centro Espírita - Farol de Luz
Centro Espírita - Farol de LuzCentro Espírita - Farol de Luz
Centro Espírita - Farol de Luz
 
Roteiro 5 diferentes categorias de mundos habitados
Roteiro 5   diferentes categorias de mundos habitadosRoteiro 5   diferentes categorias de mundos habitados
Roteiro 5 diferentes categorias de mundos habitados
 
Os espíritas diante da morte
Os espíritas diante da morteOs espíritas diante da morte
Os espíritas diante da morte
 
Nos domínios da mediunidade aula15
Nos domínios da mediunidade aula15Nos domínios da mediunidade aula15
Nos domínios da mediunidade aula15
 
A realeza de jesus
A realeza de jesusA realeza de jesus
A realeza de jesus
 
Nos dominios da mediunidade cap1
Nos dominios da mediunidade   cap1Nos dominios da mediunidade   cap1
Nos dominios da mediunidade cap1
 
Pensamento E Vida
Pensamento E VidaPensamento E Vida
Pensamento E Vida
 

Semelhante a Missionários da Luz - 75 anos

Ame sorocaba-estudo-de-passe-2017-10-e-11a-aula-cap-7-e-8-corpos-sutis-corpo-...
Ame sorocaba-estudo-de-passe-2017-10-e-11a-aula-cap-7-e-8-corpos-sutis-corpo-...Ame sorocaba-estudo-de-passe-2017-10-e-11a-aula-cap-7-e-8-corpos-sutis-corpo-...
Ame sorocaba-estudo-de-passe-2017-10-e-11a-aula-cap-7-e-8-corpos-sutis-corpo-...Anderson da Cunha
 
Tablet reencarnação
Tablet  reencarnaçãoTablet  reencarnação
Tablet reencarnaçãoAlfredo Lopes
 
Espiritismo e mediunidade 08
Espiritismo e mediunidade 08Espiritismo e mediunidade 08
Espiritismo e mediunidade 08Leonardo Pereira
 
O homem o Perispirito a Evolução
O homem o Perispirito a EvoluçãoO homem o Perispirito a Evolução
O homem o Perispirito a EvoluçãoCeile Bernardo
 
Curso energizacao ou fluidoterapia
Curso energizacao ou fluidoterapiaCurso energizacao ou fluidoterapia
Curso energizacao ou fluidoterapiaSergioMello
 
Livro dos Espirtos Q.353 ESE cap 28 item 15
Livro dos Espirtos Q.353 ESE cap 28 item 15Livro dos Espirtos Q.353 ESE cap 28 item 15
Livro dos Espirtos Q.353 ESE cap 28 item 15Patricia Farias
 
Espírito, perispírito e corpo físico - IEE - CEM
Espírito, perispírito e corpo físico - IEE - CEMEspírito, perispírito e corpo físico - IEE - CEM
Espírito, perispírito e corpo físico - IEE - CEMWilma Badan C.G.
 
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XIX e XX - Predisposições...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XIX e XX - Predisposições...Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XIX e XX - Predisposições...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XIX e XX - Predisposições...Cynthia Castro
 
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...Cynthia Castro
 
Divaldo Franco - Nos Bastidores da Obsessão.pdf
Divaldo Franco - Nos Bastidores da Obsessão.pdfDivaldo Franco - Nos Bastidores da Obsessão.pdf
Divaldo Franco - Nos Bastidores da Obsessão.pdfVIEIRA RESENDE
 
Curso básico de mediunidade
Curso básico de mediunidadeCurso básico de mediunidade
Curso básico de mediunidadeJoaquim Fontes
 
06 perispírito
06   perispírito06   perispírito
06 perispíritojcevadro
 
11 evolucao em-dois_mundos-1958
11 evolucao em-dois_mundos-195811 evolucao em-dois_mundos-1958
11 evolucao em-dois_mundos-1958paulasa pin
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIX - Alma e Reencarnação...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIX - Alma e Reencarnação...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIX - Alma e Reencarnação...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIX - Alma e Reencarnação...Cynthia Castro
 
Problema do ser e da dor, uma obra de l
Problema do ser e da dor, uma obra de  lProblema do ser e da dor, uma obra de  l
Problema do ser e da dor, uma obra de lmarcoscubaoficial
 

Semelhante a Missionários da Luz - 75 anos (20)

Ame sorocaba-estudo-de-passe-2017-10-e-11a-aula-cap-7-e-8-corpos-sutis-corpo-...
Ame sorocaba-estudo-de-passe-2017-10-e-11a-aula-cap-7-e-8-corpos-sutis-corpo-...Ame sorocaba-estudo-de-passe-2017-10-e-11a-aula-cap-7-e-8-corpos-sutis-corpo-...
Ame sorocaba-estudo-de-passe-2017-10-e-11a-aula-cap-7-e-8-corpos-sutis-corpo-...
 
Coleçao andre luiz
Coleçao andre luizColeçao andre luiz
Coleçao andre luiz
 
Coleçao Andre Luiz
Coleçao Andre LuizColeçao Andre Luiz
Coleçao Andre Luiz
 
Tablet reencarnação
Tablet  reencarnaçãoTablet  reencarnação
Tablet reencarnação
 
Espiritismo e mediunidade 08
Espiritismo e mediunidade 08Espiritismo e mediunidade 08
Espiritismo e mediunidade 08
 
O homem o Perispirito a Evolução
O homem o Perispirito a EvoluçãoO homem o Perispirito a Evolução
O homem o Perispirito a Evolução
 
Curso energizacao ou fluidoterapia
Curso energizacao ou fluidoterapiaCurso energizacao ou fluidoterapia
Curso energizacao ou fluidoterapia
 
Livro dos Espirtos Q.353 ESE cap 28 item 15
Livro dos Espirtos Q.353 ESE cap 28 item 15Livro dos Espirtos Q.353 ESE cap 28 item 15
Livro dos Espirtos Q.353 ESE cap 28 item 15
 
Espírito, perispírito e corpo físico - IEE - CEM
Espírito, perispírito e corpo físico - IEE - CEMEspírito, perispírito e corpo físico - IEE - CEM
Espírito, perispírito e corpo físico - IEE - CEM
 
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XIX e XX - Predisposições...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XIX e XX - Predisposições...Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XIX e XX - Predisposições...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulos XIX e XX - Predisposições...
 
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...
 
Desencarne
DesencarneDesencarne
Desencarne
 
Divaldo Franco - Nos Bastidores da Obsessão.pdf
Divaldo Franco - Nos Bastidores da Obsessão.pdfDivaldo Franco - Nos Bastidores da Obsessão.pdf
Divaldo Franco - Nos Bastidores da Obsessão.pdf
 
Aula passe 2
Aula passe 2Aula passe 2
Aula passe 2
 
Curso básico de mediunidade
Curso básico de mediunidadeCurso básico de mediunidade
Curso básico de mediunidade
 
06 perispírito
06   perispírito06   perispírito
06 perispírito
 
Evolucão em dois Mundos
 Evolucão em dois Mundos Evolucão em dois Mundos
Evolucão em dois Mundos
 
11 evolucao em-dois_mundos-1958
11 evolucao em-dois_mundos-195811 evolucao em-dois_mundos-1958
11 evolucao em-dois_mundos-1958
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIX - Alma e Reencarnação...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIX - Alma e Reencarnação...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIX - Alma e Reencarnação...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo XIX - Alma e Reencarnação...
 
Problema do ser e da dor, uma obra de l
Problema do ser e da dor, uma obra de  lProblema do ser e da dor, uma obra de  l
Problema do ser e da dor, uma obra de l
 

Mais de ADALBERTO COELHO DA SILVA JR

A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTOA Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTOADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdfEnquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdfADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completoO Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completoADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_SinteseO Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_SinteseADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_TextoRelacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_TextoADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_ApresentaçãoO Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_ApresentaçãoADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_ApresentaçãoAs Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_ApresentaçãoADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 

Mais de ADALBERTO COELHO DA SILVA JR (20)

A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
 
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTOA Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
 
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdfEnquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
 
Enquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃO
Enquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃOEnquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃO
Enquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃO
 
Esses Dias Tumultuosos e o Natal_Exposição
Esses Dias Tumultuosos e o Natal_ExposiçãoEsses Dias Tumultuosos e o Natal_Exposição
Esses Dias Tumultuosos e o Natal_Exposição
 
Estes Dias Tumultuosos e o Natal - texto
Estes Dias Tumultuosos e o Natal - textoEstes Dias Tumultuosos e o Natal - texto
Estes Dias Tumultuosos e o Natal - texto
 
Loucura e Obsessão - 35 anos_TEXTO
Loucura e Obsessão - 35 anos_TEXTOLoucura e Obsessão - 35 anos_TEXTO
Loucura e Obsessão - 35 anos_TEXTO
 
Loucura e Obsessão - 35 anos
Loucura e Obsessão - 35 anosLoucura e Obsessão - 35 anos
Loucura e Obsessão - 35 anos
 
Sexo e Destino - 60 anos_Texto
Sexo e Destino - 60 anos_TextoSexo e Destino - 60 anos_Texto
Sexo e Destino - 60 anos_Texto
 
Sexo e Destino - 60 anos
Sexo e Destino - 60 anosSexo e Destino - 60 anos
Sexo e Destino - 60 anos
 
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completoO Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
 
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_SinteseO Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
 
O Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTO
O Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTOO Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTO
O Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTO
 
O Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃO
O Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃOO Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃO
O Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃO
 
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_TextoRelacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
 
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_ApresentaçãoO Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
 
As Catástrofes e os Desastres Coletivos
As Catástrofes e os Desastres ColetivosAs Catástrofes e os Desastres Coletivos
As Catástrofes e os Desastres Coletivos
 
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_ApresentaçãoAs Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
 
Tempo de Recomeçar - TEXTO - 2023
Tempo de Recomeçar - TEXTO - 2023Tempo de Recomeçar - TEXTO - 2023
Tempo de Recomeçar - TEXTO - 2023
 
Tempo de Recomeçar - 2023
Tempo de Recomeçar - 2023Tempo de Recomeçar - 2023
Tempo de Recomeçar - 2023
 

Último

Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024Fraternitas Movimento
 
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdfESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdfDaddizinhaRodrigues
 
Lição 7 - O Perigo da Murmuração - EBD.pptx
Lição 7 - O Perigo da Murmuração - EBD.pptxLição 7 - O Perigo da Murmuração - EBD.pptx
Lição 7 - O Perigo da Murmuração - EBD.pptxCelso Napoleon
 
projeto semestral IAD departamento infantil(1).pptx
projeto semestral IAD departamento infantil(1).pptxprojeto semestral IAD departamento infantil(1).pptx
projeto semestral IAD departamento infantil(1).pptxestermidiasaldanhada
 
Livro sobre a Defesa espiritual - treino da mente.pdf
Livro sobre a Defesa espiritual - treino da mente.pdfLivro sobre a Defesa espiritual - treino da mente.pdf
Livro sobre a Defesa espiritual - treino da mente.pdfValder Felipe
 
O CRISTÃO E O MEIO AMBIENTE: o homem como jardineiro
O CRISTÃO E O MEIO AMBIENTE: o homem como jardineiroO CRISTÃO E O MEIO AMBIENTE: o homem como jardineiro
O CRISTÃO E O MEIO AMBIENTE: o homem como jardineiroReflexesEvanglicaspo
 
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2Nilson Almeida
 
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdfLeandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdfFrancisco Baptista
 

Último (8)

Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
Boletim Espiral número 74, de abril de 2024
 
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdfESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
ESPECIALIDADES ARQUEOLOGIA BIBLICA DBV.pdf
 
Lição 7 - O Perigo da Murmuração - EBD.pptx
Lição 7 - O Perigo da Murmuração - EBD.pptxLição 7 - O Perigo da Murmuração - EBD.pptx
Lição 7 - O Perigo da Murmuração - EBD.pptx
 
projeto semestral IAD departamento infantil(1).pptx
projeto semestral IAD departamento infantil(1).pptxprojeto semestral IAD departamento infantil(1).pptx
projeto semestral IAD departamento infantil(1).pptx
 
Livro sobre a Defesa espiritual - treino da mente.pdf
Livro sobre a Defesa espiritual - treino da mente.pdfLivro sobre a Defesa espiritual - treino da mente.pdf
Livro sobre a Defesa espiritual - treino da mente.pdf
 
O CRISTÃO E O MEIO AMBIENTE: o homem como jardineiro
O CRISTÃO E O MEIO AMBIENTE: o homem como jardineiroO CRISTÃO E O MEIO AMBIENTE: o homem como jardineiro
O CRISTÃO E O MEIO AMBIENTE: o homem como jardineiro
 
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
Coletânea De Orações Cristãs Parte 2
 
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdfLeandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
Leandro Pires - O Eu Superior Nosso Verdadeiro Mestre.pdf
 

Missionários da Luz - 75 anos

  • 1. 1
  • 2. 2 •A Vida no Plano Espiritual - Clarêncio1º - 1943 – NOSSO LAR •As Falências Mediúnicas - Aniceto2º - 1944 – OS MENSAGEIROS •A Reencarnação/O Processo Reencarnatório - Alexandre3º - 1945 – MISSIONÁRIOS DA LUZ •A Desencarnação – Jerônimo/ Zenóbia 4º - 1946 – OBREIROS DA VIDA ETERNA •A Mente/ Distúrbios Mentais - Calderaro5º - 1947 – NO MUNDO MAIOR •A obsessão/Vampirismo/Ovoides/Licantropia - Gúbio6º - 1949 – LIBERTAÇÃO •As Patologias do corpo espiritual - Clarêncio7º - 1954 – ENTRE A TERRA E O CÉU •A Mediunidade - Aulus 8º - 1954 – NOS DOMÍNIOS DA MEDIUNIDADE •A Lei de Causa e Efeito - Druso9º - 1956 – AÇÃO E REAÇÃO •As Relações Ciência/Doutrina Espírita/Medicina 10º - 1958 – EVOLUÇÃO EM DOIS MUNDOS •As Relações Ciência/Doutrina Espírita/Mediunidade 11º - 1959 – MECANISMOS DA MEDIUNIDADE •O Sexo desequilibrado - Felix12º - 1963 – SEXO E DESTINO •A Imortalidade/Pós-desencarne – Claudio/Plotino13º - 1968 – E A VIDA CONTINUA André Luiz – Livros – Série: A vida no mundo Espiritual 1947/Agenda Cristã 1964/Desobsessão 1960/Conduta Espírita
  • 3. LIVRO MISSIONÁRIOS DA LUZ – 75 anos LIVRO • Missionários AUTOR • André Luiz MÉDIUM • Chico Xavier TEMA • A Reencarnação / Processos Mediúnicos / Intercâmbio fluídico 1945 1965 1990 2020 1943 1993 1910 2002 ∑ = 31 ∑ ≥ 400 45º ≥ 500K
  • 4. André Luiz – a obra - Importância O MUNDO ESPIRITUAL (...) Podemos dividir os períodos que dizem respeito ao desdobramento das revelações espíritas a respeito do mundo transcendente em ANTES E DEPOIS de André Luiz. A DOUTRINA ESPÍRITA E OS LIVROS DE ANDRÉ LUIZ (...) FIEL aos ensinamentos ditados pelos Espíritos superiores e insertos nas obras básicas da Doutrina Espírita, ampliou-os, detalhou-os. A LEI DE CAUSA E EFEITO/O Plantar e o Colher (...) Estudando com profundidade os mecanismos das LEIS DE CAUSA E EFEITO, confirmou as informações contidas na Codificação do Espiritismo. Geraldo Campetti 2015 - FEB Eurípedes Kuhl 2014 – Boa Nova
  • 5. André Luiz : Autor CARLOS CHAGAS ??  Médico sanitarista  Membro da Academia nacional de Medicina  1879(RJ)/1934(RJ) ANTÔNIO ESPOSEL ??  Médico neurologista  Membro da Academia nacional de Medicina  1888(RJ)/1931(RJ) 1964 – Anuário Espírita Waldo Vieira/Joaquim Alves André Luiz Irmão de Chico Xavier, de quem foi tirado o nome Chico Xavier
  • 6. Missionários da Luz – Livro : Sinopse •André LuizAutor •Francisco Candido XavierMédium •FEB/1945 ( > 37 edições / > 400.000 )Editora/Ano •“Romance” MediúnicoGênero •Essa obra descreve vários processos mediúnicos e como se desenvolvem as providências do plano espiritual, antes, durante e após as reuniões mediúnicas. Nelas, são pormenorizados atendimentos a encarnados e desencarnados, sobressaindo preciosos ensinamentos. •Há descrição da sublimidade da reencarnação de um espírito, a partir da obra-prima que é a fecundação. Conteúdo •20 CapítulosEstrutura
  • 7. A REENCARNAÇÃO • O Processo Reencarnatória • O Tempo de Vida/Os Completistas O INTERCÂMBIO DE ENERGIAS • Positivos: Passes/Curas • Negativos: Simbioses/Vampirismo
  • 8. “O aprendizado fornece-nos conhecimento. A vida oferece-nos a prática. Unamos a sabedoria com o amor, na atividade de cada dia, e descobriremos a divindade que palpita dentro de nós...,” Alexandre – Cap. 20 (...) ESTUDAR a fantástica obra do mensageiro espiritual é dever de todo aquele que deseja compreender a vida e os fenômenos em torno da morte, assim como da sobrevivência do Espírito à disjunção cadavérica. Manoel Philomeno de Miranda – A Vida no Mundo Espiritual - Introdução
  • 9. [1] RESTRINGÊNCIA [2] RESSONÂNCIA [3] ACOPLAMENTO [1] LIGAÇÃO EMOCIONAL [2] LIGAÇÃO FLUÍDICA-ENERGÉTICA [1] FUTURO [2] FAMÍLIA [3] PASSADO [1] PLANEJAMENTO (alguns anos  - 1 mês) [2] PRÉ-REENCARNATÓRIA (algumas semanas  0) [3] REENCARNATÓRIA (0  9 meses)André Luiz – Missionários da Luz – Cap. 13 [4] PÓS REENCARNE (9 meses  vida) 1 2 3
  • 10. [1] Ocorre previamente no plano extrafísico, a miniaturização, que se caracteriza pela redução da forma perispirítica. RESTRINGÊNCIA [2] Óvulo feminino (esfera passiva) está igualmente impregnado de energias de atração, cheio de força receptiva. RESSONÂNCIA [3] O elemento vitorioso prosseguiu a marcha, depois de atravessar a periferia do óvulo. Ambas as forças, masculina e feminina, formavam agora uma só, convertendo-se em tenuíssimo foco de luz. ACOPLAMENTO [1] O Espírito candidato à nova reencarnação passa a conviver no clima psicofísico e emocional dos futuros pais. LIGAÇÃO EMOCIONAL [2] Progressiva ligação fluídica do espírito com os fluidos perispirituais da futura mãe. Estabelece-se um intercâmbio energético nas duas direções, com efeitos bilaterais. LIGAÇÃO FLUÍDICA-ENERGÉTICA [1]Estabelecimento do programa geral de futuras realizações e autorrealizações no plano físico. FUTURO [2]Execução do plano de associação e vinculação psicodinâmica, bioenergética, mental e afetiva. FAMÍLIA [3] Definição do mapa de provas morais, físicas (resgates). PASSADO [1] PLANEJAMENTO (alguns anos  - 1 mês) [2] PRÉ-REENCARNATÓRIA (algumas semanas  0) [3] REENCARNATÓRIA (0  9 meses)André Luiz – Missionários da Luz – Cap. 13 [4] PÓS REENCARNE (9 meses  vida)
  • 11. 11 O PROCESSO DA REENCARNAÇÃO FASES DO PROCESSO REENCARNATÓRIO – 1/3 [3] Definição do mapa de provas morais, físicas (enfermidades, etc.) [2]Execução do plano de associação e vinculação psicodinâmica, bioenergética, mental e afetiva. [1]Estabelecimento do programa geral de futuras realizações e auto-realizações no plano físico. [1] PLANEJAMENTO [1] Plano Global [2] Plano Familiar [3] Plano de Provas & Expiações
  • 12. 12 O PROCESSO DA REENCARNAÇÃO FASES DO PROCESSO REENCARNATÓRIO – 2/3 [1] O Espírito candidato à nova reencarnação passa a conviver no clima psicofísico e emocional dos futuros pais. [2] Progressiva ligação fluídica do espírito com os fluidos perispirituais da futura mãe. Estabelece-se um intercâmbio energético nas duas direções, com efeitos bilaterais [2] PRÉ-REENCARNATÓRIO [2] Ligação Fluídica Mãe/Filho] [1] Interação Pais/Filho
  • 13. 13 O PROCESSO DA REENCARNAÇÃO FASES DO PROCESSO REENCARNATÓRIO – 3/3 [3] O elemento vitorioso prosseguiu a marcha, depois de atravessar a periferia do óvulo. Ambas as forças, masculina e feminina, formavam agora uma só, convertendo-se em tenuíssimo foco de luz. [2] Óvulo feminino –esfera passiva– está igualmente impregnado de energias de atração, cheio de força receptiva. [1] Ocorre previamente no plano extrafísico, a miniaturização, que se caracteriza pela redução da forma perispirítica. [3] REENCARNATÓRIA [2] Acoplamento Espermatozóide/Ovulo [3]União Espírito/Matéria /Filho [1] Restringência perispiritual
  • 15. 15 COMPULSÓRIA É aquela que acolhe o Espírito sem prévia concordância dele e até mesmo sem o seu conhecimento. É por sua índole, própria dos Espíritos cujo grau de perturbação impede análise clara da situação, ou cujas faltas são tão graves que anulam a liberdade de escolha. PLANEJADA É aquela que leva em consideração o livre-arbítrio relativo de que dispõe o Espírito. Mentores Espirituais estudam, sem imposição, seus débitos e méritos, programando em seguida os principais acontecimentos da próxima existência física, tendo em vista a liquidação ou diminuição de dívidas e possibilidades de progresso moral e espiritual. LIVRE É aquela que é própria dos missionários, Espíritos redimidos perante a Lei Divina ou próximos da redenção no plano terreno. São os que possuem ampla liberdade de escolha. ACIDENTAL Há circunstâncias diversas que promovem a alteração no planejamento reencarnatório, que pode ocorrer sem o detalhamento necessário nos casos de reencarnações acidentais. A fecundação não estava prevista. Ocorre uma união sexual fortuita. Carlos T. Rizzini - Evolução para o Terceiro Milênio – Cap.
  • 16. 16 Espíritos Perturbadores Desafetos, inimigos espirituais do espírito reencarnante ou dos pais Mãe Encarnada Relação anímica, mediúnica, psico-afetiva e biológica (herança genética e gestação). Pai Encarnado Relação anímica, mediúnica, psico-afetiva e biológica (herança genética). Mentores Espíritos de elevada hierarquia espiritual que atuam na relação afetiva-espiritual e no desenvolvimento do genótipo do reencarnante.
  • 17. COMPLETISTAS Aproveitaram todas as oportunidades construtivas que o corpo terrestre lhes oferece. Vários aproveitam parcialmente a oportunidade. Todos nós Reencarnamos. André Luiz – Missionários da Luz – Cap. 12
  • 18. 18 $ OS ESPÍRITOS/OS ENCARNADOS No lar, na via pública, no trabalho, nas diversões, cada criatura recebe o alimento mental que lhe é trazido por aqueles com quem convive, temperado com o magnetismo pessoal de cada um. Dessa alimentação dependem, na maioria das vezes, sobretudo para quem ainda não tem o domínio das próprias emoções, os estados íntimos de felicidade ou desgosto, de prazer ou sofrimento. André Luiz – Missionários da Luz – Cap. 14
  • 19. ENTRE ENCARNADOS E ENTRE DESENCARNADOS Sem preparo, as criaturas humanas prosseguem, em muitíssimos casos, além do túmulo, imantadas aos ambientes domésticos que lhes alimentavam o campo emocional. As manifestações do vampirismo não se circunscrevem ao ambiente dos encarnados. Quase que a totalidade dos sofrimentos nas zonas inferiores deve a ele sua dolorosa origem. NOS LARES/TRABALHO/NAS RUAS NO UMBRAL André Luiz – Missionários da Luz – Cap. 11
  • 20. Em termos espíritas, que significa o vocábulo vampiro? “Vampiro” é toda entidade ociosa que se vale indebitamente das possibilidades alheias. André Luiz – Missionários da Luz – Cap. 11
  • 21. 1. O FILHO QUE EXIGE HORAS-EXTRAS DE TRABALHO DOS PAIS PARA CUSTEAR-LHE A OCIOSIDADE; 2. O GIGOLÔ QUE EXPLORA A AMANTE SEXUALMENTE E PARA SUSTENTAR OS VÍCIOS; 3. O DITADOR QUE EXPÕE A POPULAÇÃO AO SERVICILISMO E ÀTORTURA FÍSICA; 4. O TRAFICANTE QUE EXPLORA O TRABALHO JUVENIL NA DISTRIBUIÇÃO DE TÓXICOS. SÃO CONSIDERADOS CASOS DE VAMPIRIZAÇÃO TODAS CERTAS
  • 22. É por este motivo, leitor amigo, que André Luiz vem, uma vez mais, ao teu encontro, para dizer-te algo do serviço divino dos "Missionários da Luz", esclarecendo, ainda :  que o HOMEM É UM ESPÍRITO ETERNO habitando temporariamente o templo vivo da carne terrestre;  que o PERISPÍRITO NÃO É UM CORPO DE VAGA NEBLINA e sim organização viva a que se amoldam às células materiais;  que a alma, em qualquer parte, RECEBE SEGUNDO AS SUAS CRIAÇÕES INDIVIDUAIS;  que os LAÇOS DO AMOR E DO ÓDIO nos acompanham em qualquer círculo da vida;  que A REENCARNAÇÃO É ORIENTADA POR SUBLIMES ASCENDENTES ESPIRITUAIS e  que, além do sepulcro, a ALMA CONTINUA LUTANDO E APRENDENDO, aperfeiçoando-se e servindo aos desígnios do Senhor, crescendo sempre para a glória imortal a que o Pai nos destinou. Emmanuel – Missionários da Luz - Introdução