REMAV – Rede Metropolitana de Alta Velocidade
INFOVIA DIGITAL = Rede de comunicação digital multisserviço
de alta capacida...
Por que implantar uma rede de dados municipal?
• As cidades estão cada vez mais complexas :
– Cidades superpopulosas Mais ...
Porque uma infovia municipal:
• Compete ao Governo
• Fornecer serviços novos e melhores a todos os cidadãos:
– Melhorar a ...
Infovias Públicas x Privadas
As Infovias públicas são imprescindíveis no:
• complementar as ações da iniciativa privada no...
Benefícios que poderá trazer à cidade
• Modernização e melhoria da gestão pública;
• Gestão da iluminação pública;
• Gestã...
POLITICAS PÚBLICAS a serem IMPACTADAS
Infraestrutura de
Rede de Dados
Comunicação
Governança
Economia
Saúde
Educação
Segur...
Quais as características necessárias de uma rede?
Conectividade
Órgão públicos  cidadãos
(Necessidades diferentes)
rede co...
Núcleo
Coração da rede.
alta capacidade, velocidade e
confiabilidade. conexão com
internet e banco de dados da
prefeitura....
TOPOLOGIA20 GBps (metro ethernet, 48 Km enterrada, 48 f.o.)
1 GBps (metro ethernet, 86 Km aérea, 36 f.o.)
1,3 GBps (GPON, ...
ARQUITETURA
Como são o núcleo e agregação da rede?
• Tecnologia Metro Ethernet
• Utilizam desenho em anel de alta velocidade (Fibra ót...
Como são o núcleo de agregação e rede?
• Tecnologia Metro Ethernet
– Tecnologia dominante em Redes Inteligentes;
– Rede mu...
Como pode ser construída a rede de acesso?
• Tecnologia ethernet
• Solução difundida, flexível e à prova de futuro;
• Cres...
Como pode ser construída uma rede acesso?
• Tecnologia GPON
• Tecnologia de acesso de largura de banda
compartilhada;
• Ba...
Backbone sobreposto aos sub-anéis
OLTs e ramos GPON
acesso via rádio p2p
Escolas atendidas
Unidades de saúde atendidas
Unidades de assistência social atendidas
Câmeras de videomonitoramento de trânsito
Hotspots
Conclusão
• A implantação de uma rede Metro Ethernet, para agregação e núcleo,
permite:
• A diversificação e flexibilizaçã...
CUSTO DE OPORTUNIDADE
( o custo de não fazer o certo na hora certa)
• A administração pública deve ir além da inclusão dig...
• Estamos disponíveis para informações:
• Secretaria Municipal de Informação e Tecnologia de São Luis
• vanilmatatilima@ho...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LUÍS

219 visualizações

Publicada em

REMAV – Rede Metropolitana de Alta Velocidade INFOVIA DIGITAL = Rede de comunicação digital multisserviço de alta capacidade de transmissão

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
219
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • 300 km fibra aérea
    40 km fibra enterrada
  • PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO LUÍS

    1. 1. REMAV – Rede Metropolitana de Alta Velocidade INFOVIA DIGITAL = Rede de comunicação digital multisserviço de alta capacidade de transmissão • Prefeitura Municipal de São Luís - MA • Secretaria Municipal de Informação e Tecnologia
    2. 2. Por que implantar uma rede de dados municipal? • As cidades estão cada vez mais complexas : – Cidades superpopulosas Mais de 50% da população vive em cidades; – Desafios crescentes: Saúde, Transporte, Segurança e Educação. A solução é o uso da tecnologia: Redes de Telecomunicações (nova infraestrutura urbana essencial). – Integrar a estrutura municipal e obter controle, eficiência, economia; – Alcançar toda a população, ofertando serviços públicos de qualidade.
    3. 3. Porque uma infovia municipal: • Compete ao Governo • Fornecer serviços novos e melhores a todos os cidadãos: – Melhorar a qualidade de vida da população; – Universalizar os serviços públicos com uso de novas tecnologias; – Reduzir as desigualdades sociais – Fomentar o desenvolvimento econômico.
    4. 4. Infovias Públicas x Privadas As Infovias públicas são imprescindíveis no: • complementar as ações da iniciativa privada no acesso a internet para as populações mais carentes. • Os provedores locais podem ter preços mais acessíveis
    5. 5. Benefícios que poderá trazer à cidade • Modernização e melhoria da gestão pública; • Gestão da iluminação pública; • Gestão do lixo e do meio ambiente; • Gestão do trânsito e do transporte público; • Defesa Civil e Resposta a incidentes e calamidades; • Vigilância Policial • Acesso público a internet e Inclusão digital de populações carentes • Compartilhar sistemas de informação • Educação a distância • Telemedicina • Fomento ao desenvolvimento econômico
    6. 6. POLITICAS PÚBLICAS a serem IMPACTADAS Infraestrutura de Rede de Dados Comunicação Governança Economia Saúde Educação Segurança Assistência Social
    7. 7. Quais as características necessárias de uma rede? Conectividade Órgão públicos cidadãos (Necessidades diferentes) rede com melhor custo beneficio Segurança Os dados protegidos. Evitar que ataques Eficiência serviços e infraestrutura com custos apropriados. Desempenho alta responsividade e velocidade, de acordo com as aplicações dos usuários. Confiabilidade fornecer os serviços em qualquer lugar e a qualquer tempo. Longevidade Projetada a prova de futuro. Possibilitar a evolução tecnológica e crescimento.
    8. 8. Núcleo Coração da rede. alta capacidade, velocidade e confiabilidade. conexão com internet e banco de dados da prefeitura. Agregação Artérias da rede. alta capacidade, flexibilidade e funcionalidades. Estende as conexões do núcleo a regiões periféricas e concentra os acessos de usuários Acesso Vasos capilares da rede. menor custo e menor capacidade. capilariedade das conexões aos usuários finais. Metro Ethernet Ethernet / Gpon / Wifi TipodeRedeTecnologia Como planejar uma rede?
    9. 9. TOPOLOGIA20 GBps (metro ethernet, 48 Km enterrada, 48 f.o.) 1 GBps (metro ethernet, 86 Km aérea, 36 f.o.) 1,3 GBps (GPON, 263 Km aérea, 36 f.o.) acesso ( 36 Km aérea, 6 f.o.) CPD SEMOSP COLISEUCTA-ANIL SMTT SEMFAZ UEB DARCY RIBEIRO SEMED
    10. 10. ARQUITETURA
    11. 11. Como são o núcleo e agregação da rede? • Tecnologia Metro Ethernet • Utilizam desenho em anel de alta velocidade (Fibra ótica) sendo resistentes à falha no anel; • Mesma tecnologia utilizada por Operadoras – 99,999% de confiabilidade; • Investimento de alta longevidade, suportando ampla gama de redes de acesso. NÚCLEOAGREGAÇÃOACESSO DATACENTER Escolas Cameras Assistência Social Secretarias Unidades de Saúde Pontos de Acesso INTERNET Trânsito
    12. 12. Como são o núcleo de agregação e rede? • Tecnologia Metro Ethernet – Tecnologia dominante em Redes Inteligentes; – Rede multisserviço: suporta aplicações governamentais e uso cidadão; – Arquitetura modular permite a fácil e barata expansão da rede; – Melhor custo benefício para projetos de médio e longo prazo; – Facilidade de operação: tecnologia mundialmente conhecida, permite gerência gráfica; – Mais barata que outras tecnologias de transporte de mesma capacidade.
    13. 13. Como pode ser construída a rede de acesso? • Tecnologia ethernet • Solução difundida, flexível e à prova de futuro; • Crescimento da rede conforme a demanda; • Banda realmente “larga” para usuários; • Coexistência entre usuários de alta e baixa demanda. REDE METRO ETHERNETREDE DE ACESSO AGREGAÇÃO NÚCLEOACESSO Unidades de Saúde Secretarias FO INTERNET DATACENTER • Secretarias ou órgãos públicos com grande número de usuários • Secretarias ou órgãos públicos que possuem grande demanda de tráfego / banda (Secretaria de Fazenda) • Secretarias ou órgãos que exigem confiabilidade e banda (Unidades de Saúde) APLICAÇÃO
    14. 14. Como pode ser construída uma rede acesso? • Tecnologia GPON • Tecnologia de acesso de largura de banda compartilhada; • Banda dedicada por usuário, mas limitada pelo compartilhamento; • Baixo custo de implantação; • Capilarização da rede de fibras (Divisor/Splitter). REDE METRO ETHERNET REDE DE ACESSO AGREGAÇÃO NÚCLEOACESSO Escolas Splitter Hotspots Câmeras FO DATACENTER INTERNET • Secretarias ou órgãos públicos com poucos usuários; • Secretarias ou órgãos públicos com baixa demanda de tráfego; • Escolas; • Hotspots WIFI; • Câmeras de vigilância; • Totens de consulta e serviços. APLICAÇÃO INTERNET
    15. 15. Backbone sobreposto aos sub-anéis
    16. 16. OLTs e ramos GPON
    17. 17. acesso via rádio p2p
    18. 18. Escolas atendidas
    19. 19. Unidades de saúde atendidas
    20. 20. Unidades de assistência social atendidas
    21. 21. Câmeras de videomonitoramento de trânsito
    22. 22. Hotspots
    23. 23. Conclusão • A implantação de uma rede Metro Ethernet, para agregação e núcleo, permite: • A diversificação e flexibilização de tecnologias na Rede de Acesso; • A rede de acesso não necessita ser de uma única tecnologia. As necessidades dos usuários (cidadãos ou órgãos), devem definir a tecnologia de acesso. • Evolução tecnológica gradativa (expansão ou atualização); • Gama maior de serviços e com alta confiabilidade;
    24. 24. CUSTO DE OPORTUNIDADE ( o custo de não fazer o certo na hora certa) • A administração pública deve ir além da inclusão digital (acesso à Internet), • Manter uma rede de alto desempenho que propicie o desenvolvimento da cidade. • A possibilidade de parcerias proporciona economia municipal. • BUSCAR FINANCIAMENTO JUNTO AO BNDES • USAR TECNOLOGIA BRASILEIRA E EQUIPAMENTOS NACIONAIS • CNPQ • DATAPROM • AKER
    25. 25. • Estamos disponíveis para informações: • Secretaria Municipal de Informação e Tecnologia de São Luis • vanilmatatilima@hotmail.com • tatilima.semit@saoluis.ma.gov.br • 098 988262343

    ×