SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 8
Baixar para ler offline
ESTUDO DOS
GÊNEROS
LITERÁRIOS:
Apólogo – Fábula - Parábola
APÓLOGO
 Narrativa escrita geralmente em prosa e
de curta extensão.
 O apólogo é protagonizado por coisas
inanimadas (plantas, pedras, rios, relógios,
montanhas, relógios, estátuas, etc.).
 Adquirem certos dotes humanos: a fala,
por exemplo.
 Os apólogos têm o objetivo de atingir os
conceitos humanos de forma que os modifique
e reforme, levando-os a agir de maneira
diferente.
 Trazem uma moral significativa.
FÁBULA
 Pioneirismo das fábulas escritas creditado á
Esopo, escritor grego (620-560 a.C.).
 Muito comum na literatura infantil.
 Escrito em prosa ou em verso e de curta
extensão.
 Utiliza como personagens, os animais com
características, personalidade e
comportamento semelhantes aos dos seres
humanos.
‘
 Durante a fábula é feita uma analogia entre a
realidade humana e a situação vivida pelas
personagens.
 Tem o objetivo de ensinar algo ou provar
alguma verdade estabelecida (lição moral).
PARÁBOLA
 Narrado em prosa e com curta extensão.
 Protagonizado por seres humanos.
 Se utiliza de situações e pessoas para
comparar a ficção com a realidade e através
dessa comparação transmitir uma lição de
sabedoria (a moral da história).
 Gênero muito comum na Bíblia: As parábolas
de Jesus.
 Narrativa altamente metafórica.
Qual a principal diferença
entre os três gêneros
estudados até o momento?

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Gêneros Literários: Apólogo, Fábula e Parábola

Semelhante a Gêneros Literários: Apólogo, Fábula e Parábola (9)

ISOPO-PAI das Fábulas
ISOPO-PAI das FábulasISOPO-PAI das Fábulas
ISOPO-PAI das Fábulas
 
Apólogo
ApólogoApólogo
Apólogo
 
Fbulas 130123132604-phpapp01
Fbulas 130123132604-phpapp01Fbulas 130123132604-phpapp01
Fbulas 130123132604-phpapp01
 
A Montanha Da áGua LiláS, Pepetela
A Montanha Da áGua LiláS, PepetelaA Montanha Da áGua LiláS, Pepetela
A Montanha Da áGua LiláS, Pepetela
 
Texto narativo trabalho
Texto narativo trabalhoTexto narativo trabalho
Texto narativo trabalho
 
Fábulas apologos
Fábulas apologosFábulas apologos
Fábulas apologos
 
6 ano 2 capitulo.pptx
6 ano 2 capitulo.pptx6 ano 2 capitulo.pptx
6 ano 2 capitulo.pptx
 
Fábulas
FábulasFábulas
Fábulas
 
Literatura tradicional oral
Literatura tradicional oralLiteratura tradicional oral
Literatura tradicional oral
 

Mais de Renally Arruda

Sequencia pibid 2015.2
Sequencia pibid 2015.2 Sequencia pibid 2015.2
Sequencia pibid 2015.2 Renally Arruda
 
Peça teatral representação da paraíba
Peça teatral representação da paraíbaPeça teatral representação da paraíba
Peça teatral representação da paraíbaRenally Arruda
 
Entrevistas a membros da comunidade quilombola grilo
Entrevistas a membros da comunidade quilombola griloEntrevistas a membros da comunidade quilombola grilo
Entrevistas a membros da comunidade quilombola griloRenally Arruda
 
Esquema para realização da entrevista
Esquema para realização da entrevistaEsquema para realização da entrevista
Esquema para realização da entrevistaRenally Arruda
 
Caderno de atividades.2015.2
Caderno de atividades.2015.2Caderno de atividades.2015.2
Caderno de atividades.2015.2Renally Arruda
 
QUIZ MEMÓRIAS LITERÁRIAS
QUIZ MEMÓRIAS LITERÁRIASQUIZ MEMÓRIAS LITERÁRIAS
QUIZ MEMÓRIAS LITERÁRIASRenally Arruda
 
Gênero memórias literárias
Gênero memórias literáriasGênero memórias literárias
Gênero memórias literáriasRenally Arruda
 
Análise das-perguntas versão final
Análise das-perguntas versão finalAnálise das-perguntas versão final
Análise das-perguntas versão finalRenally Arruda
 
O gênero textual entrevista
O gênero textual   entrevistaO gênero textual   entrevista
O gênero textual entrevistaRenally Arruda
 
Artigo de opinião dos alunos versão final
Artigo de opinião dos alunos versão finalArtigo de opinião dos alunos versão final
Artigo de opinião dos alunos versão finalRenally Arruda
 
Revisao produção pibid
Revisao produção pibidRevisao produção pibid
Revisao produção pibidRenally Arruda
 
Slide sobre coerencia pibid
Slide sobre coerencia pibidSlide sobre coerencia pibid
Slide sobre coerencia pibidRenally Arruda
 
Slide sobre coerência pibid
Slide sobre coerência pibidSlide sobre coerência pibid
Slide sobre coerência pibidRenally Arruda
 

Mais de Renally Arruda (20)

Módulo 2015.2
Módulo 2015.2 Módulo 2015.2
Módulo 2015.2
 
Sequencia pibid 2015.2
Sequencia pibid 2015.2 Sequencia pibid 2015.2
Sequencia pibid 2015.2
 
Memórias literárias
Memórias literáriasMemórias literárias
Memórias literárias
 
Peça teatral representação da paraíba
Peça teatral representação da paraíbaPeça teatral representação da paraíba
Peça teatral representação da paraíba
 
Entrevistas a membros da comunidade quilombola grilo
Entrevistas a membros da comunidade quilombola griloEntrevistas a membros da comunidade quilombola grilo
Entrevistas a membros da comunidade quilombola grilo
 
Esquema para realização da entrevista
Esquema para realização da entrevistaEsquema para realização da entrevista
Esquema para realização da entrevista
 
Caderno de atividades.2015.2
Caderno de atividades.2015.2Caderno de atividades.2015.2
Caderno de atividades.2015.2
 
QUIZ MEMÓRIAS LITERÁRIAS
QUIZ MEMÓRIAS LITERÁRIASQUIZ MEMÓRIAS LITERÁRIAS
QUIZ MEMÓRIAS LITERÁRIAS
 
Vamos ler
Vamos lerVamos ler
Vamos ler
 
Textualização
TextualizaçãoTextualização
Textualização
 
Slides maquetes
Slides maquetesSlides maquetes
Slides maquetes
 
Gênero memórias literárias
Gênero memórias literáriasGênero memórias literárias
Gênero memórias literárias
 
Análise das-perguntas versão final
Análise das-perguntas versão finalAnálise das-perguntas versão final
Análise das-perguntas versão final
 
O gênero textual entrevista
O gênero textual   entrevistaO gênero textual   entrevista
O gênero textual entrevista
 
Artigo de opinião dos alunos versão final
Artigo de opinião dos alunos versão finalArtigo de opinião dos alunos versão final
Artigo de opinião dos alunos versão final
 
Revisao produção pibid
Revisao produção pibidRevisao produção pibid
Revisao produção pibid
 
Slide sobre coerencia pibid
Slide sobre coerencia pibidSlide sobre coerencia pibid
Slide sobre coerencia pibid
 
O jogo da vida
O jogo da vidaO jogo da vida
O jogo da vida
 
Quem sabe mais
Quem sabe maisQuem sabe mais
Quem sabe mais
 
Slide sobre coerência pibid
Slide sobre coerência pibidSlide sobre coerência pibid
Slide sobre coerência pibid
 

Último

ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxAULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxrenatacolbeich1
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfpaulafernandes540558
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 

Último (20)

ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptxAULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
AULA 7 - REFORMA PROTESTANTE SIMPLES E BASICA.pptx
 
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdfSlides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
Slides criatividade 01042024 finalpdf Portugues.pdf
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 

Gêneros Literários: Apólogo, Fábula e Parábola

  • 2.
  • 3. APÓLOGO  Narrativa escrita geralmente em prosa e de curta extensão.  O apólogo é protagonizado por coisas inanimadas (plantas, pedras, rios, relógios, montanhas, relógios, estátuas, etc.).  Adquirem certos dotes humanos: a fala, por exemplo.
  • 4.  Os apólogos têm o objetivo de atingir os conceitos humanos de forma que os modifique e reforme, levando-os a agir de maneira diferente.  Trazem uma moral significativa.
  • 5. FÁBULA  Pioneirismo das fábulas escritas creditado á Esopo, escritor grego (620-560 a.C.).  Muito comum na literatura infantil.  Escrito em prosa ou em verso e de curta extensão.  Utiliza como personagens, os animais com características, personalidade e comportamento semelhantes aos dos seres humanos.
  • 6. ‘  Durante a fábula é feita uma analogia entre a realidade humana e a situação vivida pelas personagens.  Tem o objetivo de ensinar algo ou provar alguma verdade estabelecida (lição moral).
  • 7. PARÁBOLA  Narrado em prosa e com curta extensão.  Protagonizado por seres humanos.  Se utiliza de situações e pessoas para comparar a ficção com a realidade e através dessa comparação transmitir uma lição de sabedoria (a moral da história).  Gênero muito comum na Bíblia: As parábolas de Jesus.  Narrativa altamente metafórica.
  • 8. Qual a principal diferença entre os três gêneros estudados até o momento?