Patrimnionaturaleconstrudode Portugal

509 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
509
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
56
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Patrimnionaturaleconstrudode Portugal

  1. 1. Património natural e construído de Portugal Catarina Silva nº2 Inês Tavares nº6 Sara Rua nº 18 6ºA
  2. 2. E.B 2 3 V.B. Património Natural e construído de Portugal <ul><li>Professores: </li></ul><ul><li>Maria Ivone Saraiva </li></ul><ul><li>Pedro Almeida </li></ul><ul><li>Disciplina: </li></ul><ul><li>Área de Projecto </li></ul><ul><li>Grupo 3 </li></ul><ul><li>Membros: </li></ul><ul><li>Nº2,Catarina Silva </li></ul><ul><li>Nº6, Inês Tavares </li></ul><ul><li>Nº18 , Sara Rua </li></ul>
  3. 3. Introdução <ul><li> Neste trabalho vamos falar-vos um pouco dos monumentos de Portugal. Este trabalho tem a ver com o Intercâmbio Escolar com S. Tomé e Príncipe. O objectivo deste é dar a conhecer Portugal aos nossos colegas . Alguns dos nossos amigos não conhecem o nosso país. Este trabalho é a continuação de outro que realizámos no período passado. </li></ul><ul><li>Esperemos que gostem ! </li></ul>
  4. 4. A serra do Buçaco <ul><li>Nome: Serra do Buçaco </li></ul><ul><li>Altitude:549 metros </li></ul><ul><li>Outros nomes: Grafia do Buçaco ou Serra da Alcoba </li></ul><ul><li>Abrange os concelhos de : </li></ul><ul><li>Mealhada </li></ul><ul><li>Penacova </li></ul><ul><li>Mortágua </li></ul>
  5. 5. O Cedro do Buçaco <ul><li>Quem mandou plantar: Ordem dos carmelitas descalços </li></ul><ul><li>Plantado em 1644, no século XVII </li></ul><ul><li>Espécie: Cupressus lusitanica </li></ul>
  6. 6. A batalha do Buçaco <ul><li>Foi nesta serra que se travou a batalha do Buçaco em 1810, entre as forças anglo-lusas </li></ul><ul><li>Comandadas pelo Duque de Wellington, de um lado, e as francesas comandadas por André Massena, de outro. </li></ul>
  7. 7. Santuário do Bom Jesus de Braga <ul><li>  </li></ul>Desenhado por Carlos Amarante . Encomendada pelo Arcebispo D.Gaspar de Bragança As obras começaram em: 1780 Terminaram em: 1811
  8. 8. Torre de Belém <ul><li>Outras Designações:: Torre de Belém, Torre de São Vicente ,a Par de Belém </li></ul><ul><li>A Torre de Belém foi construída em homenagem ao santo patrono de Lisboa, S. Vicente, no local onde se encontrava ancorada a Grande Nau, que cruzava fogo com a fortaleza de S. Sebastião. </li></ul><ul><li>O arquitecto da obra foi :Francisco de Arruda </li></ul><ul><li>Iniciou a construção :em 1514 </li></ul><ul><li>Finalizou em :1520 </li></ul>
  9. 9. Torre dos Clérigos <ul><ul><li>Foi iniciada em: 1754 </li></ul></ul><ul><ul><li>Tendo em conta: o aproveito do terreno que sobrara para a instalação da enfermaria dos Clérigos. </li></ul></ul><ul><ul><li>Construída por: Nasoni </li></ul></ul><ul><ul><li>Estava prevista a construção de duas torres, e não apenas de uma. A torre é decorada segundo o gosto barroco, com esculturas de santos, fogaréus, cornijas bem acentuadas e balaustradas. Tem seis andares e 76 metros de altura, que se sobem por uma escada em espiral com 225 degraus. </li></ul></ul><ul><ul><li>Era, na altura da sua construção, o edifício mais alto de Portugal. No primeiro andar apresenta uma porta encimada pela imagem de S. Paulo, tendo por debaixo, inserido num medalhão, um texto de São Paulo, na Carta aos Romanos. A espessura das paredes do primeiro andar, em granito, chega a atingir os dois metros. Destacam-se as janelas abalaustradas do último andar, mais comprimido e decorado, e os quatro mostradores de relógio. </li></ul></ul>
  10. 10. Igreja Matriz de Válega Castelo de Guimarães Buçaco Hotel do
  11. 11. Torre da universidade de Coimbra Castelo da Pena Castelo de Óbidos Padrão dos descobrimentos
  12. 12. Artes nos monumentos <ul><li>Maior parte dos monumentos mais famosos de Portugal já foram construídos há bastante tempo. Aí se explica a razão de terem características das artes: </li></ul><ul><li>Barroca; </li></ul><ul><li>Manuelina ; </li></ul><ul><li>Etc. </li></ul>
  13. 13. Intercâmbio com S. Tomé e príncipe <ul><li>A realização deste intercambio teve a ver com a ida de uma professora da escola de Vilarinho do Bairro para S. Tomé e Príncipe. A professora Fátima Trancho Passado uns tempos surgiu a idéia de começar a enviar cartas para lá e de lá para cá. As turmas privilegiadas no ano passado eram : </li></ul><ul><li>5º A </li></ul><ul><li>6º B </li></ul><ul><li>Mas agora resta apenas intercâmbio com os alunos do 6ºA que no ano passado pertenciam ao 5º A. </li></ul>
  14. 14. Conclusão <ul><li>Gostaram do trabalho? </li></ul><ul><li>Espero que tenham gostado do nosso trabalho como nós gostamos de o realizar. </li></ul><ul><li>Os trabalhos podem ser cansativos mas só o facto de os realizarmos com os nossos amigos é bastante bom. </li></ul>
  15. 15. Visitem o blog da nossa turma! <ul><li>http://6aareaprojecto.blogspot.com/ </li></ul>
  16. 16. Bibliografia <ul><li>www.monumentospt.blogs.sapo.PT/ </li></ul><ul><li>http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Bu%C3%A7aco.JPG </li></ul><ul><li>www.drapc.min-agricultura.pt/images/documentos/bussaco_cedro_sjose.jpg </li></ul><ul><li>www.arqnet.pt/imagens2/imag090204.jpg </li></ul>

×