SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
MAPA - AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL - 54/2022
Precisando de assessoria nos seus TRABALHOS entre em contato com a 2M
ASSESSORIA
E-mail: assessoria.academica2m@gmail.com
(15) 98115-0680
::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
QUESTÃO 1

Automatizar um processo não consiste apenas em se atribuir recursos de tecnologia que
permitem a autonomia funcional de um processo, também está relacionado com a
capacidade de fornecer visibilidade aos dados para gerir e viabilizar a manufatura ao qual
está associado. Com relação a este conceito, esta atividade tem como objetivo avaliar sob
o ponto de vista de integração de dados um processo industrial, com o olhar sobre os
dados do processo e da sua conversão em informações.
O processo industrial
Dado uma indústria de bebidas, em que insumos são misturados para a obtenção de um
produto final envasado que trata-se de uma garrafa de refrigerante. Considera-se para
cada produto fabricado um total de 10 ingredientes a serem dosados (conforme seus
devidos percentuais) em um misturador de acordo com uma receita previamente inserida
no sistema supervisório IHM SCADA da indústria.
Além dos insumos, há outros itens que compõe o produto final, como embalagem,
rótulo, tampa e processo de etiquetagem para registro de lote e validade. Considerando
os itens envolvidos no produto final citado e levando em conta que para que o processo
de mistura e envase ocorra, máquinas são acionadas e consomem energia durante o
período de tempo em que estão operando.
A métrica deste processo fornece a informação de viabilidade necessária para a gestão do
processo de manufatura supracitado, que leva em consideração o número de garrafas
envasadas de acordo com os padrões de qualidade esperados e o número de garrafas
não conforme, que devem retornar ao processo para verificação. Além disso, é associado
à cada garrafa o quanto cada máquina envolvida no processo consome de energia
elétrica para realizar cada etapa da fabricação.
As etapas de fabricação consideram que tendo todos os ingredientes necessários e em
quantidades suficientes, é possível iniciar a mistura dos insumos, que ocorre pelo
acionamento de válvulas proporcionais e motores que transportam os ingredientes até o
misturador na proporção correta, determinado pela medição de sua vazão de acordo com
a batelada a ser executada.
Após a dosagem, ocorre a mistura que possui tempo definido para acontecer por meio
de um motor com agitador no tanque de mistura e ao longo deste período o envase já
pode ser realizado, por meio do acionamento de uma esteira que transporta as garrafas
até o dosador e então cada garrafa recebe um rótulo e uma dada quantidade de líquido,
daí a necessidade de que a velocidade da esteira seja constante, em malha fechada com o
dispositivo de acionamento elétrico do motor da mesma. Após esta etapa a garrafa
recebe sua tampa e então é encaminhada por meio da esteira para o estágio de
armazenamento.
Este processo de fabricação é realizado e acompanhado por sensores que mensuram o
nível de líquido no interior de cada garrafa e também se há avarias em sua estrutura. Há
também sensores de proximidade utilizados para contagem de garrafas envasadas e não-
envasadas, além de uma cancela que abre para desviar aquelas garrafas que não estão de
acordo com os padrões de qualidade.
O processo tem início quando atende aos pré-requisitos citados e também ao pressionar
o botão liga e pode ser parado pressionando-se os botões desliga ou emergência.
Toda a automação deste processo conta com sensores de proximidade, sensores de fim
de curso, atuadores e controlador lógico programável que se interliga aos dispositivos de
I/O por meio de rede Devicebus além de conectividade a rede de computadores da
empresa em formato EtherNet/IP, sabendo-se que a capacidade de produção é de 500
garrafas por minuto.
Considere para sua análise operacional que o envase do líquido se faz a partir de uma
máquina dotada de motores elétricos e atuadores eletropneumáticos, além das esteiras
de transporte possuírem motores elétricos assim como o misturador, já citado
anteriormente.
Dadas as informações, responda o que se pede na atividade M.A.P.A.:
Atividade MAPA:
1) Determine 5 exemplos de dispositivos de entrada citados no processo industrial
classificando-os de acordo com seu tipo.
2) Apresente 5 exemplos de dados do processo citado e defina o porquê de sua escolha
com subsídios que comprovem suas afirmações, caso contrário a resposta será
desconsiderada.
3) Demonstre como ocorre a conversão de dados em informações neste processo de
acordo com o uso de recursos de PIMS e MES no processo dado, explicando como ocorre
esse processo citando exemplos.
4) Apresente duas tecnologias de rede industrial que possivelmente atenderiam a este
processo de automação informando o porquê de sua escolha, caso contrário a resposta
será desconsiderada.
5) Demonstre como ocorre o processo de acionamento das esteiras para que as garrafas
sejam posicionadas corretamente sob os dosadores explicando o porquê deste recurso.
::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
MAPA - AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL - 54/2022
Precisando de assessoria nos seus TRABALHOS entre em contato com a 2M
ASSESSORIA
E-mail: assessoria.academica2m@gmail.com
(15) 98115-0680
::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Mais conteúdo relacionado

Mais de 2m Assessoria

MAPA - GFIN- CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docx
MAPA - GFIN- CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docxMAPA - GFIN- CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docx
MAPA - GFIN- CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docx2m Assessoria
 
MAPA - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docxMAPA - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx2m Assessoria
 
MAPA - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA -  REDES DE COMPUTADORES - 512024.docxMAPA -  REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx2m Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docxATIVIDADE 1 - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx2m Assessoria
 
MAPA - MICROPROCESSADORES E MICROCONTROLADORES - 512024.docx
MAPA - MICROPROCESSADORES E MICROCONTROLADORES - 512024.docxMAPA - MICROPROCESSADORES E MICROCONTROLADORES - 512024.docx
MAPA - MICROPROCESSADORES E MICROCONTROLADORES - 512024.docx2m Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - CONTABILIDADE EMPRESARIAL - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CONTABILIDADE EMPRESARIAL - 512024.docxATIVIDADE 1 - CONTABILIDADE EMPRESARIAL - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CONTABILIDADE EMPRESARIAL - 512024.docx2m Assessoria
 
MAPA - DESENHO TÉCNICO - 512024.docx
MAPA  -  DESENHO TÉCNICO  -  512024.docxMAPA  -  DESENHO TÉCNICO  -  512024.docx
MAPA - DESENHO TÉCNICO - 512024.docx2m Assessoria
 
MAPA - CCONT - CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO - 512024.docx
MAPA - CCONT - CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO - 512024.docxMAPA - CCONT - CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO - 512024.docx
MAPA - CCONT - CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO - 512024.docx2m Assessoria
 
MAPA - GFIN- CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docx
MAPA - GFIN- CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docxMAPA - GFIN- CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docx
MAPA - GFIN- CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docx2m Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - GFIN - CONTROLADORIA - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - GFIN - CONTROLADORIA - 512024.docxATIVIDADE 1 - GFIN - CONTROLADORIA - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - GFIN - CONTROLADORIA - 512024.docx2m Assessoria
 
MAPA - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA -  REDES DE COMPUTADORES - 512024.docxMAPA -  REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx2m Assessoria
 
MAPA - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA -  REDES DE COMPUTADORES - 512024.docxMAPA -  REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx2m Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docxATIVIDADE 1 - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx2m Assessoria
 
MAPA - RH - CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docx
MAPA - RH - CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docxMAPA - RH - CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docx
MAPA - RH - CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docx2m Assessoria
 
MAPA - CCONT - CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO - 512024.docx
MAPA - CCONT - CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO - 512024.docxMAPA - CCONT - CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO - 512024.docx
MAPA - CCONT - CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO - 512024.docx2m Assessoria
 
MAPA - GFIN- CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docx
MAPA - GFIN- CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docxMAPA - GFIN- CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docx
MAPA - GFIN- CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docx2m Assessoria
 
MAPA - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA -  REDES DE COMPUTADORES - 512024.docxMAPA -  REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx2m Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - CONTABILIDADE EMPRESARIAL - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CONTABILIDADE EMPRESARIAL - 512024.docxATIVIDADE 1 - CONTABILIDADE EMPRESARIAL - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CONTABILIDADE EMPRESARIAL - 512024.docx2m Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - DESIGN E INTERAÇÃO - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - DESIGN E INTERAÇÃO - 512024.docxATIVIDADE 1 - DESIGN E INTERAÇÃO - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - DESIGN E INTERAÇÃO - 512024.docx2m Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - SEGURANÇA E AUDITORIA DE SISTEMAS - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - SEGURANÇA E AUDITORIA DE SISTEMAS - 512024.docxATIVIDADE 1 - SEGURANÇA E AUDITORIA DE SISTEMAS - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - SEGURANÇA E AUDITORIA DE SISTEMAS - 512024.docx2m Assessoria
 

Mais de 2m Assessoria (20)

MAPA - GFIN- CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docx
MAPA - GFIN- CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docxMAPA - GFIN- CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docx
MAPA - GFIN- CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docx
 
MAPA - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docxMAPA - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA - FUNDAMENTOS E ARQUITETURA DE COMPUTADORES - 512024.docx
 
MAPA - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA -  REDES DE COMPUTADORES - 512024.docxMAPA -  REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx
 
ATIVIDADE 1 - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docxATIVIDADE 1 - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx
 
MAPA - MICROPROCESSADORES E MICROCONTROLADORES - 512024.docx
MAPA - MICROPROCESSADORES E MICROCONTROLADORES - 512024.docxMAPA - MICROPROCESSADORES E MICROCONTROLADORES - 512024.docx
MAPA - MICROPROCESSADORES E MICROCONTROLADORES - 512024.docx
 
ATIVIDADE 1 - CONTABILIDADE EMPRESARIAL - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CONTABILIDADE EMPRESARIAL - 512024.docxATIVIDADE 1 - CONTABILIDADE EMPRESARIAL - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CONTABILIDADE EMPRESARIAL - 512024.docx
 
MAPA - DESENHO TÉCNICO - 512024.docx
MAPA  -  DESENHO TÉCNICO  -  512024.docxMAPA  -  DESENHO TÉCNICO  -  512024.docx
MAPA - DESENHO TÉCNICO - 512024.docx
 
MAPA - CCONT - CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO - 512024.docx
MAPA - CCONT - CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO - 512024.docxMAPA - CCONT - CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO - 512024.docx
MAPA - CCONT - CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO - 512024.docx
 
MAPA - GFIN- CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docx
MAPA - GFIN- CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docxMAPA - GFIN- CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docx
MAPA - GFIN- CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docx
 
ATIVIDADE 1 - GFIN - CONTROLADORIA - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - GFIN - CONTROLADORIA - 512024.docxATIVIDADE 1 - GFIN - CONTROLADORIA - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - GFIN - CONTROLADORIA - 512024.docx
 
MAPA - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA -  REDES DE COMPUTADORES - 512024.docxMAPA -  REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx
 
MAPA - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA -  REDES DE COMPUTADORES - 512024.docxMAPA -  REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx
 
ATIVIDADE 1 - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docxATIVIDADE 1 - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx
 
MAPA - RH - CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docx
MAPA - RH - CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docxMAPA - RH - CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docx
MAPA - RH - CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docx
 
MAPA - CCONT - CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO - 512024.docx
MAPA - CCONT - CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO - 512024.docxMAPA - CCONT - CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO - 512024.docx
MAPA - CCONT - CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO - 512024.docx
 
MAPA - GFIN- CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docx
MAPA - GFIN- CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docxMAPA - GFIN- CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docx
MAPA - GFIN- CENÁRIOS ECONÔMICOS - 512024.docx
 
MAPA - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA -  REDES DE COMPUTADORES - 512024.docxMAPA -  REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx
MAPA - REDES DE COMPUTADORES - 512024.docx
 
ATIVIDADE 1 - CONTABILIDADE EMPRESARIAL - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CONTABILIDADE EMPRESARIAL - 512024.docxATIVIDADE 1 - CONTABILIDADE EMPRESARIAL - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - CONTABILIDADE EMPRESARIAL - 512024.docx
 
ATIVIDADE 1 - DESIGN E INTERAÇÃO - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - DESIGN E INTERAÇÃO - 512024.docxATIVIDADE 1 - DESIGN E INTERAÇÃO - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - DESIGN E INTERAÇÃO - 512024.docx
 
ATIVIDADE 1 - SEGURANÇA E AUDITORIA DE SISTEMAS - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - SEGURANÇA E AUDITORIA DE SISTEMAS - 512024.docxATIVIDADE 1 - SEGURANÇA E AUDITORIA DE SISTEMAS - 512024.docx
ATIVIDADE 1 - SEGURANÇA E AUDITORIA DE SISTEMAS - 512024.docx
 

Último

Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024SamiraMiresVieiradeM
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptxErivaldoLima15
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
PLANO ANUAL 1ª SÉRIE - Língua portuguesa 2024
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
 
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
(76- ESTUDO MATEUS) A ACLAMAÇÃO DO REI..
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 

Automatizando a produção de refrigerante

  • 1. :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: MAPA - AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL - 54/2022 Precisando de assessoria nos seus TRABALHOS entre em contato com a 2M ASSESSORIA E-mail: assessoria.academica2m@gmail.com (15) 98115-0680 :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: QUESTÃO 1  Automatizar um processo não consiste apenas em se atribuir recursos de tecnologia que permitem a autonomia funcional de um processo, também está relacionado com a capacidade de fornecer visibilidade aos dados para gerir e viabilizar a manufatura ao qual está associado. Com relação a este conceito, esta atividade tem como objetivo avaliar sob o ponto de vista de integração de dados um processo industrial, com o olhar sobre os dados do processo e da sua conversão em informações. O processo industrial Dado uma indústria de bebidas, em que insumos são misturados para a obtenção de um produto final envasado que trata-se de uma garrafa de refrigerante. Considera-se para cada produto fabricado um total de 10 ingredientes a serem dosados (conforme seus devidos percentuais) em um misturador de acordo com uma receita previamente inserida no sistema supervisório IHM SCADA da indústria. Além dos insumos, há outros itens que compõe o produto final, como embalagem, rótulo, tampa e processo de etiquetagem para registro de lote e validade. Considerando os itens envolvidos no produto final citado e levando em conta que para que o processo
  • 2. de mistura e envase ocorra, máquinas são acionadas e consomem energia durante o período de tempo em que estão operando. A métrica deste processo fornece a informação de viabilidade necessária para a gestão do processo de manufatura supracitado, que leva em consideração o número de garrafas envasadas de acordo com os padrões de qualidade esperados e o número de garrafas não conforme, que devem retornar ao processo para verificação. Além disso, é associado à cada garrafa o quanto cada máquina envolvida no processo consome de energia elétrica para realizar cada etapa da fabricação. As etapas de fabricação consideram que tendo todos os ingredientes necessários e em quantidades suficientes, é possível iniciar a mistura dos insumos, que ocorre pelo acionamento de válvulas proporcionais e motores que transportam os ingredientes até o misturador na proporção correta, determinado pela medição de sua vazão de acordo com a batelada a ser executada. Após a dosagem, ocorre a mistura que possui tempo definido para acontecer por meio de um motor com agitador no tanque de mistura e ao longo deste período o envase já pode ser realizado, por meio do acionamento de uma esteira que transporta as garrafas até o dosador e então cada garrafa recebe um rótulo e uma dada quantidade de líquido, daí a necessidade de que a velocidade da esteira seja constante, em malha fechada com o dispositivo de acionamento elétrico do motor da mesma. Após esta etapa a garrafa recebe sua tampa e então é encaminhada por meio da esteira para o estágio de armazenamento. Este processo de fabricação é realizado e acompanhado por sensores que mensuram o nível de líquido no interior de cada garrafa e também se há avarias em sua estrutura. Há também sensores de proximidade utilizados para contagem de garrafas envasadas e não- envasadas, além de uma cancela que abre para desviar aquelas garrafas que não estão de acordo com os padrões de qualidade. O processo tem início quando atende aos pré-requisitos citados e também ao pressionar o botão liga e pode ser parado pressionando-se os botões desliga ou emergência. Toda a automação deste processo conta com sensores de proximidade, sensores de fim de curso, atuadores e controlador lógico programável que se interliga aos dispositivos de I/O por meio de rede Devicebus além de conectividade a rede de computadores da empresa em formato EtherNet/IP, sabendo-se que a capacidade de produção é de 500 garrafas por minuto. Considere para sua análise operacional que o envase do líquido se faz a partir de uma máquina dotada de motores elétricos e atuadores eletropneumáticos, além das esteiras de transporte possuírem motores elétricos assim como o misturador, já citado anteriormente. Dadas as informações, responda o que se pede na atividade M.A.P.A.: Atividade MAPA: 1) Determine 5 exemplos de dispositivos de entrada citados no processo industrial classificando-os de acordo com seu tipo. 2) Apresente 5 exemplos de dados do processo citado e defina o porquê de sua escolha com subsídios que comprovem suas afirmações, caso contrário a resposta será desconsiderada. 3) Demonstre como ocorre a conversão de dados em informações neste processo de acordo com o uso de recursos de PIMS e MES no processo dado, explicando como ocorre esse processo citando exemplos. 4) Apresente duas tecnologias de rede industrial que possivelmente atenderiam a este processo de automação informando o porquê de sua escolha, caso contrário a resposta
  • 3. será desconsiderada. 5) Demonstre como ocorre o processo de acionamento das esteiras para que as garrafas sejam posicionadas corretamente sob os dosadores explicando o porquê deste recurso. :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: MAPA - AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL - 54/2022 Precisando de assessoria nos seus TRABALHOS entre em contato com a 2M ASSESSORIA E-mail: assessoria.academica2m@gmail.com (15) 98115-0680 ::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::