O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
LIÇÕES APRENDIDAS NA ECF 0215
Diversas ECDs com informações inexatas:
 Contas não mapeadas ou mapeadas incorretamente.
 ...
LIÇÕES APRENDIDAS NA ECF 0215
Impossibilidade de utilização dos Saldos Contábeis nos registros da ECF
Por exemplo, o regis...
SOBRE AS OBRIGAÇÕES
PLANO DE CONTAS REFERENCIAL
PLANO DE CONTAS REFERENCIAL
CENTROS DE CUSTOS FISCAIS
 Criados na ferramenta de Centralização do PCR.
 Mapeamento via configuração dos diversos obje...
RAZÕES PARA CENTRALIZAR O MAPEAMENTO DO PCR
 Manutenção centralizada e mapeamento único de Contas Contábeis X
Contas PCR....
RAZÕES PARA CENTRALIZAR O MAPEAMENTO DO PCR
 Tabelas do mapeamento centralizado irão gerar:
- Registros: I050, I051, I155...
Palestra GUEPARDO - Centralização do Plano de Contas Referencial - Edição Curitiba
Palestra GUEPARDO - Centralização do Plano de Contas Referencial - Edição Curitiba
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Palestra GUEPARDO - Centralização do Plano de Contas Referencial - Edição Curitiba

527 visualizações

Publicada em

A complexidade do novo leiaute da ECD é aplicada de maneira prática e efetiva, através da unificação da ECD e ECF, novo Plano de Contas Referencial, subcontas auxiliares e integração contábil fiscal.

Para acompanhar esta palestra, acesse o canal youtube da FH:
https://www.youtube.com/user/fhconsulting.

Saiba mais através do e-mail guepardo@fh.com.br.

Publicada em: Direito
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Palestra GUEPARDO - Centralização do Plano de Contas Referencial - Edição Curitiba

  1. 1. LIÇÕES APRENDIDAS NA ECF 0215 Diversas ECDs com informações inexatas:  Contas não mapeadas ou mapeadas incorretamente.  Zeramento por centro de custo incompleto (sem aviso na ECD e erro na ECF)  Utilização de centros de custo somente para preencher a ECD, sem critérios definidos e sem considerar objetos SAP ECC.
  2. 2. LIÇÕES APRENDIDAS NA ECF 0215 Impossibilidade de utilização dos Saldos Contábeis nos registros da ECF Por exemplo, o registro M310. Na validação da ECF, um grande número de advertências na comparação dos saldos ECD x ECF.
  3. 3. SOBRE AS OBRIGAÇÕES
  4. 4. PLANO DE CONTAS REFERENCIAL
  5. 5. PLANO DE CONTAS REFERENCIAL
  6. 6. CENTROS DE CUSTOS FISCAIS  Criados na ferramenta de Centralização do PCR.  Mapeamento via configuração dos diversos objetos de custo SAP para os Centros de Custos Fiscais.  Atribuição automática na Busca de Documentos.  Atribuição automática na geração da ECD e da ECF.  Utilização para “zeramento” do resultado do exercício.
  7. 7. RAZÕES PARA CENTRALIZAR O MAPEAMENTO DO PCR  Manutenção centralizada e mapeamento único de Contas Contábeis X Contas PCR.  Relação de contas não mapeadas (novas contras criadas no sistema) e facilidade para o respectivo mapeamento.  Atribuição de subcontas conforme Lei 12.973/2014  Balanço e DRE referenciais gerados mensalmente e visualizados através de relatórios da própria ferramenta.
  8. 8. RAZÕES PARA CENTRALIZAR O MAPEAMENTO DO PCR  Tabelas do mapeamento centralizado irão gerar: - Registros: I050, I051, I155 e I355 da ECD - Registros: L100 e L300 da Apuração de IRPJ / CSLL  Simplificação da Apuração de IRPJ e CSLL e da ECF, com preocupação somente com modificadores do lucro de partida.  ECD e ECF conciliadas em tempo real.

×