Clipping Voce S/A_Battle of Concepts Brasil_2011

636 visualizações

Publicada em

Matéria sobre Inovação Aberta promovida pela empresa Battle of Concepts Brasil / TerraForum, publicada na Você S/A - edição Janeiro 2011.

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
636
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
19
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Clipping Voce S/A_Battle of Concepts Brasil_2011

  1. 1. mercado ® INOVAÇÃO TERCEIRIZAÇAO DE IDEIAS Em busca de soluções inovadoras, as empresas utilizam a internet para propor desaíios de negocios aos jovens ~ NATAl"U."'SI a década de 1980, os Romeo Bussarello, acredita que as nas universidades, os estudantes executivos de grandes pessoas estão executando muito e têm tempo e, por isso, os resulta- empresas enchiam o criando pouco, como se operassem dos lá são melhores", d iz o executi- peito para dizer que no automático. "Trabalhamos de- vo-chefe da TerraForum, José Cláu- suas companhias ti- m ais, concentrados na rotina diá- dio Terra. A vantagem desse modelo nham programas de ria, nos prazos, e não conseguimos é que os profissionais estão expos- qualidade - na época, umdiferendal ter novas ideias. As organizações nos tos a outros ambientes que não o de competitivo. O desafio então era pa- deixam embrutecidos e temos que uma corporação e, dessa forma, têm dronizar os processos de produção e ter humildade de ir para O mercado a cabeça aberta para experimentar. otimizar o tempo de desenvolvimen- buscar inspiração", diz o exe<:utivo. O melhor é que esses estudantes todo produto. Esse período ficou pa- Observando essa tendência no Bra- estão criando projetos com quase o ra trás e o maior desafio das empre- sil, Hans trouxe para cá uma ideia mesmo nível de profi ssional ismo en- sas na atualidade é inovar. Criar o no- que surgiu na Holanda em 2005, o contrado nas corporações, às vezes, vo já se tomou uma questão de sobre- site Battle of Concepts (BOC). Aqui, em áreas que nãosãoas deles. "O mo- vivência em um mercado de compe- ele se associou à empresa TerraFo- delo permite reunir jovens talentos tição global. Por isso, as corporações rum e traduziu O nome do site para com competências técnicas, mas que que querem ter um negócio susten- Batalha de Conceitos, que estreou no não estão sob a pressão do cotidia- tável têm buscado - dentro e fora de final de 2009. Na página, as compa- no das empresas", completa Mônica casa- ferramentas que impulsionem nhias lançam desafios online, nor- Reiter 8issi, gerente de RH da Vopak, o surgimento de projetos no mínimo malmente relacionados a problemas empresa especializada em armazena- inspiradores. "Raramente ide ias ino- interno dos negócios, e estudantes mento de gás liquefeito, óleos e pro- vadoras são encontradas dentro da or- universitários ou jovens profissio- dutos petroquímicos. No site, as em- ganização. Oambiente corporativode- nais, com idade entre 17 e 30 anos, presas ficam com a propriedade inte- forma os funcionários e faz com que postam suas soluções. "O funcio- le<:tual dos projetos, podendo ou não eles percam a criatividade~, diz o ho- nário é cobrado por resultados. Ele colocá-los em prática. As dez melho- landês Hans van Hellemondt, espe- não pode desviar das metas e das res soluções dividem cerca de 15 000 cialista em inovação. tarefas do dia a dia, e por isso não reais. Já participaram do BOC 7000 es- O diretor de ambientes digitais consegue criar. Há pressão para ino- tudantes, 180 universidades e 13gran- e inovação da construtora Tecnisa, var, mas não há tempo para isso. Já des empresas, como Ambev e Natura. 44 janeiro de l(ll1 ~ vocesa.com.br
  2. 2. CAOS FOCADO Foi esse o nome que o R!IOO de três estudantes de engenharia maca- trônica da PoIi-USP deram ao pro- cesso de broinstoJm que c riaram. Daniel Damas, de 25 anos, Mui Chaves. de 25, e D!C:Igo Dutra. de 24, tem em comum a vontade de tra- balhar com inovação. Miguel trou- xede um curso no Institutode Tec- nologia de Massachusetts a ex- periência sobre processo de crta- tivldade e DJagO trouxe de um ln- tercamblo na França teorias do curso de engenharia de designo Juntos, transformaram acasa do amigo Daniel num laboratMo on- de reCinem pessoas de diversas Eireas em busca da diversidade de pensamentos. ~A mistura traz Idelas criativas", diz Daniel. A cada encontro, depois de muitos post- its. eles tem cerc a de 300 idelas. O grupo se classifiCou em Plugar na Batalha da Tecnlsa. Criaram o projeto de um condominio de prEi- dios que sequestra gas carbOnl- co (COd e o vende no mercado de cra:dltos. Dessa fOfl'Tla, os morado- res se apropriariam do dinheiro e ni!:io teriam de pagar as taxas de condOmlnlo. ~auem economizar mais na emlss~o de C02 vende co- tas para os vizinhos", afirma Dlogo. VITRINE DE TALENTOS Eles ficaram em 69 logar na Batalha De quanto mais batalhas o jovem participa, maiores as chances de conquis- da vopak e em 311 na lnovatec. feifa tar os Battle Points (pontos) e mais inovador será considerado. O site apre- de lnovaç~o do govemo de Minas senta um ran king dos alunos e das universidades mais bem colocadas. "De Gerais. ' Varias empresas nos con- um lado, as empresas têm desafios e querem a ajuda de jovens para resolvê- vidaram para trabalhar, mas não los. De outro, os estudantes têm necessidade de mostrar para o mundo seu aceitamos porque vamos montar talento", diz o holandês Hans van Hellemondt. Na Holanda, o site 6cou tão a nossa prOpria companhia", diz famoso que jovens profissionais passaram a colocar os pontos no currículo. Miguel. Na Batalha. a Tecnlsa re - E tudo indica que aqui iremos pelo mesmo caminho. "Recebemos ligações cebeu 52 soluç:Oes e montou uma de um banco pedindoos contatos dos 2oprimeiros jovens do rankingporque equipe de avaliaçlk). ~Noo quere- eles querem contratá-los", diz José Cláudio Terra. E a ideia é essa mesmo. As mos Ideias prontas, mas, sim, a empresas não necessariamente estão buscando soluções prontas. Elas que- Insplraç~o que mova nosso pes- rem insights e, principalmente, o contato com os bons talentos. soat, afirma Ro meo Bussarello. voceaa.ccm.br ~ j;oneiro de 2011 45
  3. 3. mercado S INOVAÇÃO ADMINISTRAÇÃO COMPARTILHADA Na Holanda, atê o seta pCbico entrou na brh::adeira "La. o Minis- t~ da Educação pediu ldelasdo que poderia ser feito para dimirur o IndiOe de 30070 de alunos que deixam 8 faculdade pOblica no pr1melro ano. Com Isso, o gover- no mostra que quer se aproximar dos lideres do futuro", diz o holan- dês Hans van He/Iemondt Seguindo o exemplo. Minas Gerais lançou uma batalha na fei'a lnovatec. "O governo seu da caixa e oomeçou a trabatlar com a scx::iedade. O normal ti o gover- no criar e levar pera tora. AqI.j, ele tanta compartIha(, para ser mais eficlente-, dIZ Hebef PereIra Ne- ves, coordenador da tnovatec. A dupla vencedora foi a de estudantes de publicidade da ECA-USP, ErIc Anacleto Ribeiro, de 21 anos, e sarbars Dom Za- chl, de 22. Eles propuseram criar um portal com sistema de feed. desenvolver um aplicativo para smartphone. realizar pop up sto- ras e uma disputa por empresas junlores. ~A proposta fOi uma das mais criativas. Reuniu processos que ja existiam em um sõ", afir- ma Heber. A Secretaria de Esta- do de Ciência, Tecnologia e EnsI- no Superior de Minas Gemis de- ve LIlir vanas ideias em um Cnioo prOjeto. Mparticlpar de um desa- fio aberto de II"IOVaÇão valortzou o meu clJI1'lcuIo e aumentou mi- nha oonfiança ciante de desafios que posso encontrar no 11"Ief'Ca- do", diz Barbara. Erc concorda: "Aprendi muito mais do que nas ~as aulas da faculdade, por- que vivemos a teoria na pratica·. 46 janeiro d~ JQU -+lIOQfIla.com.bt
  4. 4. UM CONVITE Á INOVAÇÃO ABERTA .. Na mesma onda do Batalha de conceitos, outros sitas est{k) surgin- do. Ja existe o Zooppa, no Qual empresas lançam seus desafios voltados a publicidade, e artistas criam peças publ!citl:irlas e ati;i campanhas em video. Os prêmios stlo polpudos, aproximadamente la 000 dOlaras para o escolhi- do. Grandas marcas têm passado por la, como Riachuelo, Sprlte, Axe, Greenpeace e Tecnisa. .. Inspirada pelo soe e pelo Zooppa, a Tacnlse criou seu prOprlo site de Inovação aberta, o Tacnlse Ideias. Em menos de 60 dias, foram enviadas 500 Idelas. "Recebemos Inspirações que nos levam a outras Idelas". diz Romeo SussareUo. .. A Whlrlpool tambêm tem EXPERIÊNCIA duas ferramentas de Ino- NO CURRÍCULO vação aberta: o Freedom. um prc;eto da Brastemp Gabriel Estav am Domingues. de 22 anos, estudante do primeiro ano de en- Que prop& o desenvol- vimento de eletrodomês- genharia a mbiental na Unlmoota. em Santos, peQOU o BOsto pela pesquisa tlcos conceito. processo por causa do BOC. Ficou sabendo do sita peles redes sociais e resolveu de crlaç{k) conjunta com aceitar o desafio p rop os to pela v opak:, empresa do setor qulmlco. consumidores para enten- der suas reais necessida- Ele desenvolveu um processo de aquecimento por traços ell!itrlcos, que des e colher percepções. converte energia ell:!trica em tl§rmlca e somou a Isso conceitos de Isola- E o Prêmio Inova, Que mento nos tanques e nas tubulaç ões. Para convencer a empresa, apre- Incentiva pesqUisas em tacnologla, Inovação e sentou um projeto abrangente. Fez cacuJos de calorlmetria, um memor1al deslgn entre estudantes e descritivo no qual explica os cabos que seriam utilizados e um pequeno professores de graduação estudo de viabilidade ec0n6mlca. ~ o projeto do Gabriel foi o que apresen- e pOs.-graduação. "Nesse tipo ele Inlciatlv8, a expec- tou mais elementos que pocIeflam ser colocados em prEitlca~, diz MOnica tativa j; Que uma resposta Reiter BIssl, gerente de recursos humanos da vopak com sede em San- criativa se some as ações tos, no estado de São Paulo. Para lançar a batalha, a compa nhia se utili- Ja desenvolvIdas pela empresa. Afinai, promove zou de um processo de Inovação aberto intarnamente. ~ Pedlmos a parti- o contato com um pOblico cipação dos fun Cionarias para qua nos ajudassem a Identificar quais se- Que esta exposto a outro riam os nossos desafios. Iss o es timulou a reflexão", conta M Onica. Para a tipo de ambiente, por isso. tem ref8(ênclas e pontos vopak, alguns fatores são Importantes: o estreitamento de laços c o m jo- de vista dlf9fentes, Que vens talentos e o reforço da cultufa de Inovação entre os colaboradores. ao agregam ao processo", Gabriel par ticipou de duas batalhas des sa companhia, ficou em J2e 22 lu- diZ Mario Florettl, gefente- geral de desIgn Industrial gar e esta em 3 2 1ugar no ranking gereI. "Antes, eu mandava meu curr1culo e inovaçao da Whlrlpoot e nl:lo era aceito porque nl:Io tinha experiência. Agora, estou etê recusan- do proposta de trabalho", diz o estudante. O _ o;:om.b! ~ j~neiro de lQll 47

×