SlideShare uma empresa Scribd logo

Quinta apresentação direito civil vii

Direito Civil

1 de 11
Baixar para ler offline
CURSO BACHARELADO EM DIREITO
BRASÍLIA/DF
ABRIL/2015
1
CÁTEDRA
RESPONSABILIDADE CIVIL
DIREITO CIVIL VII
Prof. Evannildo de Lima Rodrigues
Prof. Evannildo de Lima Rodrigues/ Brasília-DF, Abril de 2015
2
REFERÊNCIAS
BÁSICA:
CAVALIERI FILHO, Sérgio. Programa de Responsabilidade Civil. São Paulo: Atlas.
DINIZ, Maria Helena. Curso de direito civil brasileiro. Vol. 7. São Paulo: Saraiva.
TARTUCE, Flávio. Direito Civil. Obrigações e responsabilidade civil. São Paulo:
Método.
VENOSA, Sílvio de Salvo. Direito civil: Responsabilidade Civil. Vol. 4. São Paulo:
Atlas.
COMPLEMENTAR:
GAGLIANO, Pablo Stolze; PAMPLONA FILHO, Rodolfo. Novo curso de direito
civil. Vol. III. São Paulo: Saraiva.
LISBOA, Roberto Senise. Manual de Direito Civil – Volume 2. São Paulo: Saraiva.
LOBO, Paulo. Direito civil. Obrigações. São Paulo: Saraiva.
MARQUES, Cláudia Lima; BENJAMIN, Antônio Herman; BESSA, Leonardo
Roscoe. Manual de Direito do Consumidor. São Paulo: Revista dos Tribunais.
MONTEIRO, Washington de Barros. Direito Civil. V. 4. São Paulo: Saraiva.
RODRIGUES, Silvio. Direito Civil – vol. 4. São Paulo: Saraiva.
TEPEDINO, Gustavo. Código Civil Comentado. Direito das obrigações. São Paulo:
Atlas.
Prof. Evannildo de Lima Rodrigues/ Brasília-DF, Abril de 2015
TEMAS ABRDADOS
3
Prof. Evannildo de Lima Rodrigues/ Brasília-DF, Abril de 2015
• Dano;
• Nexo de Causalidade entre o dano e a ação que o
produziu...
TEORIA GERAL DA RESPONSABILIDADE CIVIL:
4
1 TEORIA GERAL DA RESPONSABILIDADE CIVIL
• Dano é um dos pressupostos da RC
contratual e extracontratual;
• O dano patrimonial compreende o dano
emergente e o lucro cessante;
1.1 Entendendo a questão: Conceitos e requisitos do dano:
Prof. Evannildo de Lima Rodrigues/ Brasília-DF, Abril de 2015
5
1 TEORIA GERAL DA RESPONSABILIDADE CIVIL
• Há casos na seara da Responsabilidade
Contratual, em que a lei presume a existência de
um dano exonerando o lesado do ônus de provar
a sua ocorrência;
• Trata-se de casos em que a presunção absoluta
de dano dispensa a alegação do prejuízo;
• VER ART. 404 E 407, 416, 773, 940 e 944 do CC;
1.1 Entendendo a questão: Conceitos e requisitos do dano
Prof. Evannildo de Lima Rodrigues/ Brasília-DF, Abril de 2015
6
REQUISITOS DO DANO
INDENIZÁVEL
Prof. Evannildo de Lima Rodrigues/ Brasília-DF, Março de 2015

Recomendados

Aula n ¦. 02 - rc teoria, classificações e critica.
Aula n ¦. 02 - rc teoria, classificações e critica.Aula n ¦. 02 - rc teoria, classificações e critica.
Aula n ¦. 02 - rc teoria, classificações e critica.Dimensson Costa Santos
 
Aula n ¦. 01 - Responsabilidade Civil, considerações iniciais.
Aula n ¦. 01 - Responsabilidade Civil, considerações iniciais.Aula n ¦. 01 - Responsabilidade Civil, considerações iniciais.
Aula n ¦. 01 - Responsabilidade Civil, considerações iniciais.Dimensson Costa Santos
 
Aula n ¦. 05 - Responsabilidade Civil,
Aula n ¦. 05 - Responsabilidade Civil,Aula n ¦. 05 - Responsabilidade Civil,
Aula n ¦. 05 - Responsabilidade Civil,Dimensson Costa Santos
 
Aula n ¦. 04 - excludentes de responsabilidade.
Aula n ¦. 04 - excludentes de responsabilidade.Aula n ¦. 04 - excludentes de responsabilidade.
Aula n ¦. 04 - excludentes de responsabilidade.Dimensson Costa Santos
 
Noções Introdutórias de Responsabilidade Civil
Noções Introdutórias de Responsabilidade CivilNoções Introdutórias de Responsabilidade Civil
Noções Introdutórias de Responsabilidade CivilJunior Ozono
 
Aula n ¦. 03 - rc. culpa, dolo e nexo de causalidade.
Aula n ¦. 03 - rc. culpa, dolo e nexo de causalidade.Aula n ¦. 03 - rc. culpa, dolo e nexo de causalidade.
Aula n ¦. 03 - rc. culpa, dolo e nexo de causalidade.Dimensson Costa Santos
 

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Rosana Júlia Binda - Responsabilidade Civil
Rosana Júlia Binda - Responsabilidade CivilRosana Júlia Binda - Responsabilidade Civil
Rosana Júlia Binda - Responsabilidade CivilJordano Santos Cerqueira
 
Fontes e Princípios do Direito Civil - Aula 001
Fontes e Princípios do Direito Civil - Aula 001Fontes e Princípios do Direito Civil - Aula 001
Fontes e Princípios do Direito Civil - Aula 001Tércio De Santana
 
Dir civil uni_2011_responsab_1
Dir civil uni_2011_responsab_1Dir civil uni_2011_responsab_1
Dir civil uni_2011_responsab_1Deivid canto
 
Segunda apresentação direito civil vii
Segunda apresentação direito civil viiSegunda apresentação direito civil vii
Segunda apresentação direito civil viiSamuel Viana
 
Apresentação direito constitucional i
Apresentação direito constitucional iApresentação direito constitucional i
Apresentação direito constitucional iSamuel Viana
 
Terceira apresentação direito civil vii
Terceira apresentação direito civil viiTerceira apresentação direito civil vii
Terceira apresentação direito civil viiSamuel Viana
 
Aula n ¦. 06 - da responsabilidade por fato de outrem.
Aula n ¦. 06 - da responsabilidade por fato de outrem.Aula n ¦. 06 - da responsabilidade por fato de outrem.
Aula n ¦. 06 - da responsabilidade por fato de outrem.Dimensson Costa Santos
 
Carlos roberto gonçalves responsabilidade civil (2014)
Carlos roberto gonçalves   responsabilidade civil (2014)Carlos roberto gonçalves   responsabilidade civil (2014)
Carlos roberto gonçalves responsabilidade civil (2014)jessicasanchezguimaraes
 
Mapas mentais-direito-civil
Mapas mentais-direito-civilMapas mentais-direito-civil
Mapas mentais-direito-civilKlaslany Gomes
 
Resumo para prova direito civil 1
Resumo para prova   direito civil 1Resumo para prova   direito civil 1
Resumo para prova direito civil 1Raquel Dias
 
Mapas mentais português - 30 pgs
Mapas mentais   português - 30 pgsMapas mentais   português - 30 pgs
Mapas mentais português - 30 pgsMurilo Cesar
 

Destaque (15)

Rosana Júlia Binda - Responsabilidade Civil
Rosana Júlia Binda - Responsabilidade CivilRosana Júlia Binda - Responsabilidade Civil
Rosana Júlia Binda - Responsabilidade Civil
 
Fontes e Princípios do Direito Civil - Aula 001
Fontes e Princípios do Direito Civil - Aula 001Fontes e Princípios do Direito Civil - Aula 001
Fontes e Princípios do Direito Civil - Aula 001
 
Dir civil uni_2011_responsab_1
Dir civil uni_2011_responsab_1Dir civil uni_2011_responsab_1
Dir civil uni_2011_responsab_1
 
Direito civil 4
Direito civil 4Direito civil 4
Direito civil 4
 
Segunda apresentação direito civil vii
Segunda apresentação direito civil viiSegunda apresentação direito civil vii
Segunda apresentação direito civil vii
 
Apresentação direito constitucional i
Apresentação direito constitucional iApresentação direito constitucional i
Apresentação direito constitucional i
 
Terceira apresentação direito civil vii
Terceira apresentação direito civil viiTerceira apresentação direito civil vii
Terceira apresentação direito civil vii
 
Aula n ¦. 06 - da responsabilidade por fato de outrem.
Aula n ¦. 06 - da responsabilidade por fato de outrem.Aula n ¦. 06 - da responsabilidade por fato de outrem.
Aula n ¦. 06 - da responsabilidade por fato de outrem.
 
Carlos roberto gonçalves responsabilidade civil (2014)
Carlos roberto gonçalves   responsabilidade civil (2014)Carlos roberto gonçalves   responsabilidade civil (2014)
Carlos roberto gonçalves responsabilidade civil (2014)
 
Mapas mentais-direito-civil
Mapas mentais-direito-civilMapas mentais-direito-civil
Mapas mentais-direito-civil
 
C.c. civil ii aula 1 a 16 respondidos
C.c. civil ii   aula 1 a 16 respondidosC.c. civil ii   aula 1 a 16 respondidos
C.c. civil ii aula 1 a 16 respondidos
 
Resumo para prova direito civil 1
Resumo para prova   direito civil 1Resumo para prova   direito civil 1
Resumo para prova direito civil 1
 
Mapas mentais lei 8.666/93
Mapas mentais lei 8.666/93Mapas mentais lei 8.666/93
Mapas mentais lei 8.666/93
 
Lei 8112 mapas mentais
Lei 8112 mapas mentaisLei 8112 mapas mentais
Lei 8112 mapas mentais
 
Mapas mentais português - 30 pgs
Mapas mentais   português - 30 pgsMapas mentais   português - 30 pgs
Mapas mentais português - 30 pgs
 

Semelhante a Quinta apresentação direito civil vii

Plano de aprendizagem Direito Civil II
Plano de aprendizagem Direito Civil IIPlano de aprendizagem Direito Civil II
Plano de aprendizagem Direito Civil IIVitor Carvalho
 
Plano de aprendizagem Direito Civil II
Plano de aprendizagem Direito Civil IIPlano de aprendizagem Direito Civil II
Plano de aprendizagem Direito Civil IIVitor Carvalho
 
Acordao trf-nega-dano-moral-sargento
Acordao trf-nega-dano-moral-sargentoAcordao trf-nega-dano-moral-sargento
Acordao trf-nega-dano-moral-sargentoRicardo Montedo
 
Sistema de responsabilidade civil vigente no Brasil
Sistema de responsabilidade civil vigente no BrasilSistema de responsabilidade civil vigente no Brasil
Sistema de responsabilidade civil vigente no BrasilWagson Filho
 
Tópicos Gerais em Direito Civil - Direito das Obrigações
Tópicos Gerais em Direito Civil - Direito das ObrigaçõesTópicos Gerais em Direito Civil - Direito das Obrigações
Tópicos Gerais em Direito Civil - Direito das ObrigaçõesStephany Dayana Pereira Mencato
 
Aula 2- Elementos da Responsabilidade Civil .pptx
Aula 2- Elementos da Responsabilidade Civil .pptxAula 2- Elementos da Responsabilidade Civil .pptx
Aula 2- Elementos da Responsabilidade Civil .pptxAline633422
 
Teoriado risco adib salim
Teoriado risco adib salimTeoriado risco adib salim
Teoriado risco adib salimtaniatalles2
 
Curso de Direito Previdenciário para Promotor de Justiça 2019
Curso de Direito Previdenciário para Promotor de Justiça 2019Curso de Direito Previdenciário para Promotor de Justiça 2019
Curso de Direito Previdenciário para Promotor de Justiça 2019Estratégia Carreira Jurídica
 
Concentrescoringsentença
ConcentrescoringsentençaConcentrescoringsentença
ConcentrescoringsentençaFabio Motta
 
Poder judiciário da união pimenta
Poder judiciário da união pimentaPoder judiciário da união pimenta
Poder judiciário da união pimentaEsion Geber Almeida
 
A receptividade da teoria da perda de uma chance pelo direito brasileiro
A receptividade da teoria da perda de uma chance pelo direito brasileiroA receptividade da teoria da perda de uma chance pelo direito brasileiro
A receptividade da teoria da perda de uma chance pelo direito brasileiroWagson Filho
 
Mídias Digitais e as implicações jurídicas na sociedade
Mídias Digitais e as implicações jurídicas na sociedadeMídias Digitais e as implicações jurídicas na sociedade
Mídias Digitais e as implicações jurídicas na sociedadeVívian Freitas
 
NOME SUJO NO SPC/SERASA INDEVIDAMENTE ?
NOME SUJO NO SPC/SERASA INDEVIDAMENTE ?NOME SUJO NO SPC/SERASA INDEVIDAMENTE ?
NOME SUJO NO SPC/SERASA INDEVIDAMENTE ?João Vitorio Netto
 
Resp civil cd
Resp civil cdResp civil cd
Resp civil cddroliv
 

Semelhante a Quinta apresentação direito civil vii (20)

Plano de aprendizagem Direito Civil II
Plano de aprendizagem Direito Civil IIPlano de aprendizagem Direito Civil II
Plano de aprendizagem Direito Civil II
 
Plano de aprendizagem Direito Civil II
Plano de aprendizagem Direito Civil IIPlano de aprendizagem Direito Civil II
Plano de aprendizagem Direito Civil II
 
Monografia joatan
Monografia joatanMonografia joatan
Monografia joatan
 
Acordao trf-nega-dano-moral-sargento
Acordao trf-nega-dano-moral-sargentoAcordao trf-nega-dano-moral-sargento
Acordao trf-nega-dano-moral-sargento
 
Slides_Sergio.ppt
Slides_Sergio.pptSlides_Sergio.ppt
Slides_Sergio.ppt
 
Sistema de responsabilidade civil vigente no Brasil
Sistema de responsabilidade civil vigente no BrasilSistema de responsabilidade civil vigente no Brasil
Sistema de responsabilidade civil vigente no Brasil
 
AULA OAB XX ESTRATÉGIA DIREITO CIVIL 07
AULA OAB XX ESTRATÉGIA  DIREITO CIVIL  07AULA OAB XX ESTRATÉGIA  DIREITO CIVIL  07
AULA OAB XX ESTRATÉGIA DIREITO CIVIL 07
 
Tópicos Gerais em Direito Civil - Direito das Obrigações
Tópicos Gerais em Direito Civil - Direito das ObrigaçõesTópicos Gerais em Direito Civil - Direito das Obrigações
Tópicos Gerais em Direito Civil - Direito das Obrigações
 
Aula 2- Elementos da Responsabilidade Civil .pptx
Aula 2- Elementos da Responsabilidade Civil .pptxAula 2- Elementos da Responsabilidade Civil .pptx
Aula 2- Elementos da Responsabilidade Civil .pptx
 
Teoriado risco adib salim
Teoriado risco adib salimTeoriado risco adib salim
Teoriado risco adib salim
 
Curso de Direito Previdenciário para Promotor de Justiça 2019
Curso de Direito Previdenciário para Promotor de Justiça 2019Curso de Direito Previdenciário para Promotor de Justiça 2019
Curso de Direito Previdenciário para Promotor de Justiça 2019
 
Concentrescoringsentença
ConcentrescoringsentençaConcentrescoringsentença
Concentrescoringsentença
 
Poder judiciário da união pimenta
Poder judiciário da união pimentaPoder judiciário da união pimenta
Poder judiciário da união pimenta
 
AULA DE 06 ÉTICA ESTRATRÉGIA XX
AULA DE 06  ÉTICA ESTRATRÉGIA XXAULA DE 06  ÉTICA ESTRATRÉGIA XX
AULA DE 06 ÉTICA ESTRATRÉGIA XX
 
A receptividade da teoria da perda de uma chance pelo direito brasileiro
A receptividade da teoria da perda de uma chance pelo direito brasileiroA receptividade da teoria da perda de uma chance pelo direito brasileiro
A receptividade da teoria da perda de uma chance pelo direito brasileiro
 
Compliance System Investigation (CSI)
Compliance System Investigation (CSI)Compliance System Investigation (CSI)
Compliance System Investigation (CSI)
 
Mídias Digitais e as implicações jurídicas na sociedade
Mídias Digitais e as implicações jurídicas na sociedadeMídias Digitais e as implicações jurídicas na sociedade
Mídias Digitais e as implicações jurídicas na sociedade
 
NOME SUJO NO SPC/SERASA INDEVIDAMENTE ?
NOME SUJO NO SPC/SERASA INDEVIDAMENTE ?NOME SUJO NO SPC/SERASA INDEVIDAMENTE ?
NOME SUJO NO SPC/SERASA INDEVIDAMENTE ?
 
A responsabilidade civil do cd
A responsabilidade civil do cdA responsabilidade civil do cd
A responsabilidade civil do cd
 
Resp civil cd
Resp civil cdResp civil cd
Resp civil cd
 

Mais de Samuel Viana

O LIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE GEOGRAFIA DO BRASIL
O LIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE GEOGRAFIA DO BRASILO LIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE GEOGRAFIA DO BRASIL
O LIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE GEOGRAFIA DO BRASILSamuel Viana
 
Metrópole ressurgente: economia, sociedade e urbanização em um mundo intercon...
Metrópole ressurgente: economia, sociedade e urbanização em um mundo intercon...Metrópole ressurgente: economia, sociedade e urbanização em um mundo intercon...
Metrópole ressurgente: economia, sociedade e urbanização em um mundo intercon...Samuel Viana
 
O “NOVO” IMPERIALISMO: ACUMULAÇÃO POR ESPOLIAÇÃO - David Harvey
O “NOVO” IMPERIALISMO:  ACUMULAÇÃO POR ESPOLIAÇÃO - David HarveyO “NOVO” IMPERIALISMO:  ACUMULAÇÃO POR ESPOLIAÇÃO - David Harvey
O “NOVO” IMPERIALISMO: ACUMULAÇÃO POR ESPOLIAÇÃO - David HarveySamuel Viana
 
A Geografia Serve Para Desvendar Máscaras Sociais - Ruy Moreira
A Geografia Serve Para Desvendar Máscaras Sociais - Ruy MoreiraA Geografia Serve Para Desvendar Máscaras Sociais - Ruy Moreira
A Geografia Serve Para Desvendar Máscaras Sociais - Ruy MoreiraSamuel Viana
 
Espaço e Dominação Milton Santos 1978
Espaço e Dominação Milton Santos 1978Espaço e Dominação Milton Santos 1978
Espaço e Dominação Milton Santos 1978Samuel Viana
 
Geografia além do professor Milton Santos 1996
Geografia além do professor  Milton Santos 1996Geografia além do professor  Milton Santos 1996
Geografia além do professor Milton Santos 1996Samuel Viana
 
Para que a Geografia mude sem ficar a mesma coisa Milton Santos 1982
Para que a Geografia mude sem ficar a mesma coisa Milton Santos 1982Para que a Geografia mude sem ficar a mesma coisa Milton Santos 1982
Para que a Geografia mude sem ficar a mesma coisa Milton Santos 1982Samuel Viana
 
Globalização, regionalização: a proposta do Mercosul - Milton Santos e Mônica...
Globalização, regionalização: a proposta do Mercosul - Milton Santos e Mônica...Globalização, regionalização: a proposta do Mercosul - Milton Santos e Mônica...
Globalização, regionalização: a proposta do Mercosul - Milton Santos e Mônica...Samuel Viana
 

Mais de Samuel Viana (8)

O LIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE GEOGRAFIA DO BRASIL
O LIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE GEOGRAFIA DO BRASILO LIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE GEOGRAFIA DO BRASIL
O LIVRO DIDÁTICO E O ENSINO DE GEOGRAFIA DO BRASIL
 
Metrópole ressurgente: economia, sociedade e urbanização em um mundo intercon...
Metrópole ressurgente: economia, sociedade e urbanização em um mundo intercon...Metrópole ressurgente: economia, sociedade e urbanização em um mundo intercon...
Metrópole ressurgente: economia, sociedade e urbanização em um mundo intercon...
 
O “NOVO” IMPERIALISMO: ACUMULAÇÃO POR ESPOLIAÇÃO - David Harvey
O “NOVO” IMPERIALISMO:  ACUMULAÇÃO POR ESPOLIAÇÃO - David HarveyO “NOVO” IMPERIALISMO:  ACUMULAÇÃO POR ESPOLIAÇÃO - David Harvey
O “NOVO” IMPERIALISMO: ACUMULAÇÃO POR ESPOLIAÇÃO - David Harvey
 
A Geografia Serve Para Desvendar Máscaras Sociais - Ruy Moreira
A Geografia Serve Para Desvendar Máscaras Sociais - Ruy MoreiraA Geografia Serve Para Desvendar Máscaras Sociais - Ruy Moreira
A Geografia Serve Para Desvendar Máscaras Sociais - Ruy Moreira
 
Espaço e Dominação Milton Santos 1978
Espaço e Dominação Milton Santos 1978Espaço e Dominação Milton Santos 1978
Espaço e Dominação Milton Santos 1978
 
Geografia além do professor Milton Santos 1996
Geografia além do professor  Milton Santos 1996Geografia além do professor  Milton Santos 1996
Geografia além do professor Milton Santos 1996
 
Para que a Geografia mude sem ficar a mesma coisa Milton Santos 1982
Para que a Geografia mude sem ficar a mesma coisa Milton Santos 1982Para que a Geografia mude sem ficar a mesma coisa Milton Santos 1982
Para que a Geografia mude sem ficar a mesma coisa Milton Santos 1982
 
Globalização, regionalização: a proposta do Mercosul - Milton Santos e Mônica...
Globalização, regionalização: a proposta do Mercosul - Milton Santos e Mônica...Globalização, regionalização: a proposta do Mercosul - Milton Santos e Mônica...
Globalização, regionalização: a proposta do Mercosul - Milton Santos e Mônica...
 

Último

c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...azulassessoriaacadem3
 
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMSOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMHisrelBlog
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...apoioacademicoead
 
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024excellenceeducaciona
 
QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...
QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...
QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...azulassessoriaacadem3
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...excellenceeducaciona
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...excellenceeducaciona
 
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...azulassessoriaacadem3
 
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptxAndreia Silva
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...apoioacademicoead
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da MulherMary Alvarenga
 
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...azulassessoriaacadem3
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...excellenceeducaciona
 
Atividade Proposta: A empresa Lótus Indústria e Comércio de Móveis Ltda., ini...
Atividade Proposta: A empresa Lótus Indústria e Comércio de Móveis Ltda., ini...Atividade Proposta: A empresa Lótus Indústria e Comércio de Móveis Ltda., ini...
Atividade Proposta: A empresa Lótus Indústria e Comércio de Móveis Ltda., ini...azulassessoriaacadem3
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;azulassessoriaacadem3
 
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...azulassessoriaacadem3
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
 
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIMSOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
SOCIOLOGIA: O PENSAMENTO DE ÉMILE DURKHEIM
 
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
4. Descreva como a empresa funciona e de que maneira a teoria da ORT é observ...
 
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
 
QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...
QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...
QUESTÃO 3 Considerando as especificações, o nível de experiência, assim como ...
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
 
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
01_Apresentacao_25_CIAED_2019_Ambientação_GRAD.pptx
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher08 de março - Dia Internacional da Mulher
08 de março - Dia Internacional da Mulher
 
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
 
Namorar não és ser don .
Namorar não és ser don                  .Namorar não és ser don                  .
Namorar não és ser don .
 
Atividade Proposta: A empresa Lótus Indústria e Comércio de Móveis Ltda., ini...
Atividade Proposta: A empresa Lótus Indústria e Comércio de Móveis Ltda., ini...Atividade Proposta: A empresa Lótus Indústria e Comércio de Móveis Ltda., ini...
Atividade Proposta: A empresa Lótus Indústria e Comércio de Móveis Ltda., ini...
 
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoriaAtividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
 
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
2 – A data de implantação de cada tendência pedagógica no Brasil;
 
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
1. Encontre um Livro Didático de Língua Portuguesa, que seja para o 1º, 2º ou...
 
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
Com base no exposto, sua ação nessa atividade consiste em elaborar um texto d...
 

Quinta apresentação direito civil vii

  • 1. CURSO BACHARELADO EM DIREITO BRASÍLIA/DF ABRIL/2015 1 CÁTEDRA RESPONSABILIDADE CIVIL DIREITO CIVIL VII Prof. Evannildo de Lima Rodrigues Prof. Evannildo de Lima Rodrigues/ Brasília-DF, Abril de 2015
  • 2. 2 REFERÊNCIAS BÁSICA: CAVALIERI FILHO, Sérgio. Programa de Responsabilidade Civil. São Paulo: Atlas. DINIZ, Maria Helena. Curso de direito civil brasileiro. Vol. 7. São Paulo: Saraiva. TARTUCE, Flávio. Direito Civil. Obrigações e responsabilidade civil. São Paulo: Método. VENOSA, Sílvio de Salvo. Direito civil: Responsabilidade Civil. Vol. 4. São Paulo: Atlas. COMPLEMENTAR: GAGLIANO, Pablo Stolze; PAMPLONA FILHO, Rodolfo. Novo curso de direito civil. Vol. III. São Paulo: Saraiva. LISBOA, Roberto Senise. Manual de Direito Civil – Volume 2. São Paulo: Saraiva. LOBO, Paulo. Direito civil. Obrigações. São Paulo: Saraiva. MARQUES, Cláudia Lima; BENJAMIN, Antônio Herman; BESSA, Leonardo Roscoe. Manual de Direito do Consumidor. São Paulo: Revista dos Tribunais. MONTEIRO, Washington de Barros. Direito Civil. V. 4. São Paulo: Saraiva. RODRIGUES, Silvio. Direito Civil – vol. 4. São Paulo: Saraiva. TEPEDINO, Gustavo. Código Civil Comentado. Direito das obrigações. São Paulo: Atlas. Prof. Evannildo de Lima Rodrigues/ Brasília-DF, Abril de 2015
  • 3. TEMAS ABRDADOS 3 Prof. Evannildo de Lima Rodrigues/ Brasília-DF, Abril de 2015 • Dano; • Nexo de Causalidade entre o dano e a ação que o produziu... TEORIA GERAL DA RESPONSABILIDADE CIVIL:
  • 4. 4 1 TEORIA GERAL DA RESPONSABILIDADE CIVIL • Dano é um dos pressupostos da RC contratual e extracontratual; • O dano patrimonial compreende o dano emergente e o lucro cessante; 1.1 Entendendo a questão: Conceitos e requisitos do dano: Prof. Evannildo de Lima Rodrigues/ Brasília-DF, Abril de 2015
  • 5. 5 1 TEORIA GERAL DA RESPONSABILIDADE CIVIL • Há casos na seara da Responsabilidade Contratual, em que a lei presume a existência de um dano exonerando o lesado do ônus de provar a sua ocorrência; • Trata-se de casos em que a presunção absoluta de dano dispensa a alegação do prejuízo; • VER ART. 404 E 407, 416, 773, 940 e 944 do CC; 1.1 Entendendo a questão: Conceitos e requisitos do dano Prof. Evannildo de Lima Rodrigues/ Brasília-DF, Abril de 2015
  • 6. 6 REQUISITOS DO DANO INDENIZÁVEL Prof. Evannildo de Lima Rodrigues/ Brasília-DF, Março de 2015
  • 7. 7 1 TEORIA GERAL DA RESPONSABILIDADE CIVIL a) Diminuição ou destruição de um bem jurídico - patrimonial ou moral, pertencente a uma pessoa tutelados juridicamente; b) Efetividade ou certeza do dano – não podendo ser hipotética ou conjectural – deve ser real e efetivo sobre a pessoa ou patrimônio; c) Causalidade – relação entre a falta e o prejuízo - o dano pode ser direto e indireto; 1.1 Entendendo a questão: Requisitos do dano indenizável: Prof. Evannildo de Lima Rodrigues/ Brasília-DF, Abril de 2015
  • 8. 8 1 TEORIA GERAL DA RESPONSABILIDADE CIVIL d) Subsistência do dano momento da reclamação do lesado; e) Legitimidade a vítima que pleiteia a reparação deve ser titular do direito ou seu dependentes; f) Ausência de causas excludentes de responsabilidade – Não resulta em dever Ressarcitória – caso fortuito, força maior ou culpa exclusiva da vítima; 1.1 Entendendo a questão: Requisitos do dano indenizável: Prof. Evannildo de Lima Rodrigues/ Brasília-DF, Abril de 2015
  • 9. 9 ESTUDO DIRIGIDO Em sala Prof. Evannildo de Lima Rodrigues/ Brasília-DF, Abril de 2015
  • 10. 10 DIRECIONAMENTO • Com base no Texto de Maria Helena Diniz, Responda corretamente: Prof. Evannildo de Lima Rodrigues/ Brasília-DF, Abril de 2015 1) Conceito de Dano patrimonial; 2) De que forma a reparação do dano processa-se? Exemplo. 3) Caracterize Dano emergente e lucro cessante. 4) Para conceder indenização, quais os fatores que o magistrado deveria considerar? 5) Apresente a distinção entre dano patrimonial direto e indireto. 6) Legalmente como está previsto o dano ao corpo. Fundamente na Lei. 7) O que é dano estético? Fundamente a possibilidade de ressarcimento no Código Civil vigente. 8) Apresente: a) A definição de Dano Moral. b) As objeções à reparação do dano moral; 9) Quais são as regras a serem seguidas pelo órgão judicante no arbitramento pecuniário do dano moral? 10) Quais são as formas de reparação do Dano Moral? 11. Caracterizar o nexo de causalidade entre o dano e a ação que o produziu.
  • 11. ASSUNTOS PARA PRÓXIMA AULA: 11 NOVO MATERIAL NA REPROGRAFIA Prof. Evannildo de Lima Rodrigues/ Brasília-DF, Abril de 2015