FRANCISCO JOSÉ DE   GOYA  Y LUCIENTES
  Francisco José de Goya y Lucientes nasceu em Saragoça, em 30 de março de 1746. Ainda jovem conseguiu uma bolsa na Real A...
<ul><li>Em 1786 foi nomeado pintor da corte por  Carlos  III, nomeação confirmada por Carlos IV. Em 1799, era o primeiro p...
<ul><li>Reassumiu o cargo em 1814, com Fernando VII, mas a restauração do absolutismo levou-o a isolar-se na Quinta del So...
<ul><li>Goya começou sua obra pelos afrescos convencionais da capela de Nuestra Señora del Pilar, em Saragoça. Pintou em 1...
Nuestra Señora del Pilar, em Saragoça.
INTERIOR DA CAPELA <ul><li>Interior da  </li></ul>
    Suas inclinações realistas só se afirmaram a partir de 1792, em quadros como &quot;O manicômio&quot;, &quot;O tribunal...
<ul><li>O Maníaco </li></ul>
<ul><li>O tribunal da Inquisición </li></ul>
<ul><li>Procissão de flagelantes </li></ul>
<ul><li>O funeral da sardinha </li></ul>
Em 1800, no auge do prestígio, pintou seus quadros mais discutidos, &quot;Maja desnuda&quot; (&quot;Mulher despida&quot;) ...
<ul><li>Maja vestida </li></ul>
<ul><li>Mulher despida </li></ul>
A família de Carlos IV
Em todos o realismo ora explode em erotismo, ora detém-se na análise desapiedada dos modelos.
Goya pintou também os episódios da invasão francesa, como o &quot;Três de maio&quot;, que representa uma cena de fuzilamen...
 
<ul><li>   &quot;Sabá das bruxas&quot; e &quot;Saturno&quot; são o ápice da carreira e manifestam uma visão sombria da rea...
Goya foi tão importante na pintura quanto na gravura, onde pôde manifestar de forma extremamente expressiva o espírito do ...
Predominam a sátira social, cheia de sarcasmo, os motivos eróticos e a feitiçaria, como obra oposta à razão, pois Goya era...
<ul><li>A sátira está entretanto ausente na coleção mais célebre de Goya, &quot;Os desastres da guerra&quot; (1810-1814), ...
 
 
 
 
 
É também o Goya mais &quot;heróico&quot;, que exalta os patrícios -- sobretudo as mulheres -- e mostra a infâmia dos invas...
<ul><li>VER VÍDEO </li></ul>A coleção de gravuras &quot;Tauromaquia&quot; escapa desse universo atormentado, para mostrar ...
           Por volta de 1819, realizou o último dos seus conjuntos e o de mais difícil abordagem, os &quot;Disparates&quot...
 
<ul><li>VER VÍDEO </li></ul>
Existe ainda uma pequena série de obras litográficas. Das águas-fortes dispersas a mais impressionante é a intitulada &quo...
Goya morreu em Bordéus, em 16 de abril de 1828. ©Encyclopaedia Britannica do Brasil Publicações Ltda.
CRÉDITO <ul><li>PROFESSORA SALETE DISCIPLINA: ARTES </li></ul>
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
CRÉDITO <ul><li>PROFESSORA SALETE </li></ul><ul><li>DISCIPLINA: ARTES </li></ul>http://www.pitoresco.com.br/universal/goya...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Francisco josé de goya y lucientes

2.555 visualizações

Publicada em

Francisco josé de goya y lucientes

  1. 1. FRANCISCO JOSÉ DE GOYA Y LUCIENTES
  2. 2.   Francisco José de Goya y Lucientes nasceu em Saragoça, em 30 de março de 1746. Ainda jovem conseguiu uma bolsa na Real Academia de San Fernando em Madri.
  3. 3. <ul><li>Em 1786 foi nomeado pintor da corte por Carlos III, nomeação confirmada por Carlos IV. Em 1799, era o primeiro pintor da corte, mas retirou-se em 1808, quando o trono foi ocupado por José Bonaparte. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Reassumiu o cargo em 1814, com Fernando VII, mas a restauração do absolutismo levou-o a isolar-se na Quinta del Sordo, e em 1824, a mudar-se para Bordéus, na França. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Goya começou sua obra pelos afrescos convencionais da capela de Nuestra Señora del Pilar, em Saragoça. Pintou em 1787 &quot;O prado de São Isidro&quot;. </li></ul>
  6. 6. Nuestra Señora del Pilar, em Saragoça.
  7. 7. INTERIOR DA CAPELA <ul><li>Interior da </li></ul>
  8. 8.    Suas inclinações realistas só se afirmaram a partir de 1792, em quadros como &quot;O manicômio&quot;, &quot;O tribunal da Inquisición&quot;, &quot;Procissão de flagelantes&quot; e o mais marcante &quot;O funeral da sardinha&quot;, cenas realistas em que há um fluxo subterrâneo de visões fantásticas.
  9. 9. <ul><li>O Maníaco </li></ul>
  10. 10. <ul><li>O tribunal da Inquisición </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Procissão de flagelantes </li></ul>
  12. 12. <ul><li>O funeral da sardinha </li></ul>
  13. 13. Em 1800, no auge do prestígio, pintou seus quadros mais discutidos, &quot;Maja desnuda&quot; (&quot;Mulher despida&quot;) e &quot;Maja vestida&quot;, e o famoso &quot;A família de Carlos IV&quot;, que é um exemplo de como introduzia traços grotescos nas figuras.
  14. 14. <ul><li>Maja vestida </li></ul>
  15. 15. <ul><li>Mulher despida </li></ul>
  16. 16. A família de Carlos IV
  17. 17. Em todos o realismo ora explode em erotismo, ora detém-se na análise desapiedada dos modelos.
  18. 18. Goya pintou também os episódios da invasão francesa, como o &quot;Três de maio&quot;, que representa uma cena de fuzilamento de composição insólita.
  19. 20. <ul><li>  &quot;Sabá das bruxas&quot; e &quot;Saturno&quot; são o ápice da carreira e manifestam uma visão sombria da realidade. </li></ul>
  20. 21. Goya foi tão importante na pintura quanto na gravura, onde pôde manifestar de forma extremamente expressiva o espírito do humor espanhol, que tende para a deformação e até para o trágico.
  21. 22. Predominam a sátira social, cheia de sarcasmo, os motivos eróticos e a feitiçaria, como obra oposta à razão, pois Goya era um iluminista e fustigava as crendices do tempo. Emblemática é a que traz a inscrição &quot;O sono da razão produz monstros&quot;. O charlatanismo, a avareza, a vaidade, são seus alvos.
  22. 23. <ul><li>A sátira está entretanto ausente na coleção mais célebre de Goya, &quot;Os desastres da guerra&quot; (1810-1814), na qual o artista rememora as atrocidades das invasões napoleônicas na Espanha. </li></ul>
  23. 29. É também o Goya mais &quot;heróico&quot;, que exalta os patrícios -- sobretudo as mulheres -- e mostra a infâmia dos invasores: uma sucessão de mutilações, fuzilamentos, saques, tentativas de estupro e outros males da guerra.
  24. 30. <ul><li>VER VÍDEO </li></ul>A coleção de gravuras &quot;Tauromaquia&quot; escapa desse universo atormentado, para mostrar as façanhas e heróis célebres da plaza de toros. Nessa coleção, editada em 1816, Goya desenvolve um clima de dinamismo e tensão raros na arte da gravura.
  25. 31.           Por volta de 1819, realizou o último dos seus conjuntos e o de mais difícil abordagem, os &quot;Disparates&quot;. Há neles um caráter crítico, em que volta o gênio sarcástico de &quot;Os caprichos&quot;, mas os temas são genéricos e há maior liberdade de composição e de proporção das figuras.
  26. 33. <ul><li>VER VÍDEO </li></ul>
  27. 34. Existe ainda uma pequena série de obras litográficas. Das águas-fortes dispersas a mais impressionante é a intitulada &quot;O colosso&quot;, um gigante sentado defronte a um quarto crescente, com o rosto voltado para o contemplador, talvez o emblema mais contundente dos enigmas de seu gênio artístico.
  28. 35. Goya morreu em Bordéus, em 16 de abril de 1828. ©Encyclopaedia Britannica do Brasil Publicações Ltda.
  29. 36. CRÉDITO <ul><li>PROFESSORA SALETE DISCIPLINA: ARTES </li></ul>
  30. 79. CRÉDITO <ul><li>PROFESSORA SALETE </li></ul><ul><li>DISCIPLINA: ARTES </li></ul>http://www.pitoresco.com.br/universal/goya/goya.htm

×