O muro de berlim

5.965 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia
1 comentário
7 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.965
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
1
Gostaram
7
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O muro de berlim

  1. 1. O Muro de Berlim<br />Alemanha<br />
  2. 2. Fim da 2ª Guerra mundial<br />Vitória dos AliadosFrança<br />Inglaterra<br />EUA<br />URSS<br />
  3. 3. Fim da 2ª Guerra mundial<br />Oposição EUA ‘’mundo capitalista’’<br /> URSS ‘’mundo comunista’’<br />
  4. 4. Oposição<br />Apesar de terem feito parte do mesmo bloco durante a 2ª Guerra Mundial, no final, em 1945, são os EUA quem possui maior capacidade bélica devido às duas bombas atómicas, nomeadamente Hiroxina e Nagasaqui. <br />Hiroxina depois da bomba atómica<br />Escombros de Nagasaqui<br />
  5. 5. Oposição<br />Este facto vai afastar as duas grandes superpotências (EUA E URSS), sendo que nos anos seguintes, estes países passam a controlar económica e militarmente grande parte do Mundo.<br />
  6. 6. Expansão do mundo socialista<br />Entre 1945 e 1952, Truman torna-se presidente dos EUA, sendo o seu objectivo ‘’principal’’ conter a expansão do comunismo na Europa. <br />Harry Truman <br />
  7. 7. Expansão do mundo socialista<br />A partir de 1947, é lançado o Plano Marshall, que apoiará assim a reconstrução dos países da Europa Ocidental devastados pela guerra. Este plano, visa também a recuperação económica dos 16 países aderentes, em troca de fidelidade ao capitalismo liberal.<br />George Marshall<br />
  8. 8. Plano Marshal - objectivos<br />Com este plano, os EUA pretendem:<br /><ul><li>Ajudar economicamente na reconstrução das indústrias e reactivação do comércio;</li></ul>Mapa da Europa -países que receberam ajuda económica do Plano Marshall. <br />
  9. 9. Plano Marshal - objectivos<br /><ul><li>Reforçar e reafimar a posição dos EUA como superpotência;
  10. 10. Impedir a expansão do comunismo e a influência soviética na Europa debilitada pela guerra.</li></li></ul><li> Plano Marshall - resumo<br /> ajuda americana<br /> (empréstimos e donativos)<br /> EUA Países Europeus Beneficiadosreembolso <br /> compra de produtos americanos <br />
  11. 11. Política externa americana<br />Em 1948 formou-se a OECE – Organização Europeia de Cooperação Económica, com o objectivo de fiscalizar e controlar a ajuda económica prestada pelos EUA.<br />Posteriormente, em 1949, é criado a NATO ou OTAN – Organização do Tratado do Atlântico Norte, que visava a defesa militar do ocidente.<br />
  12. 12. Expansão do mundo comunista<br />Entre 1945 e 1948 vão surgindo, apoiados pela URSS, regimes comunistas por toda a Europa de Leste (Albânia, Jugoslávia, Bulgária, Polónia, Roménia, Checoslováquia e Hungria).<br />Estes regimes seguem fundamentalmente o regime soviético com a instauração do partido único e colectivização da economia.<br />
  13. 13. Expansão do mundo comunista<br />Contrariamente aos EUA, a União Soviética, com o intuito de travar a influência americana no Leste europeu, criou em 1947, um organismo com sede em Moscovo de controlo e coordenação dos partidos comunistas da Europa – o Kominform.<br />
  14. 14. Expansão do mundo comunista<br />Estaline, não aderindo ao Plano Marshall, em 1949, propôs ele também apoio finaceiro aos países da Europa de Leste, criando desta vez o COMECOM – Conselho de Ajuda Económica Mútua.<br />Representação da abrangência desta Organização<br />
  15. 15. COMECOmConselho de Ajuda Económica Mútua<br />Este apoio financeiro é bastante semelhante ao Plano Marshall tendo como objectivos o desenvolvimento económico da URSS bem como dos países comunistas de Leste.<br />Logótipo do Comecon <br />
  16. 16. A Política de blocos <br />A oposição entre os EUA e a URSS, no final da 2ª Guerra Mundial, dividiu o mundo em dois blocos:<br /><ul><li>Bloco Ocidental-capitalista, liderado pelo EUA, sendo formado já este pelos países do Ocidente europeu;
  17. 17. Bloco de Leste-comunista, chefiado pela URSS, que integrava países da Europa Oriental contando com o apoio da China comunista desde 1949.</li></li></ul><li>A política de blocos<br />Tal como os Estados Unidos criaram a NATO ou OTAN (dito anteriormente), também a URSS procurou defender-se militarmente, criando em 1955, o Pacto de Varsóvia.<br />Reunião do Pacto de Varsovia<br />
  18. 18. A política de blocos<br />Esta política de blocos provocou a disputa e divisão de zonas de influência no Mundo, sendo que o comunismo alastrou na Ásia com a implantação da República Popular da China, em 1949, por Mao Tsé-Tung. A Coreia do Norte e a Indochina implantaram igualmente regimes comunistas e ficaram sob influência soviética.<br />Mao Tsé-Tung<br />
  19. 19. A Guerra fria<br />Esta divisão do mundo em dois blocos políticos criou um clima permanente de tensão militar, ideológica e diplomática pelo que estas duas potências se defrontaram através de países terceiros durante o período que ficou conhecido pela expressão ‘’Guerra Fria’’.<br />
  20. 20. A guerra fria<br />Durante este período existe uma corrida ao armamento nuclear e o equilíbrio entre as partes fazia-se através do terror, nomeadamente nuclear.<br />
  21. 21. guerra fria - bloqueio de berlim<br />Em 1945, a Alemanha e a cidade de Berlim ficaram divididas por quatro países (EUA, URSS, Inglaterra e França).<br />Os países ocidentais decidiram criar um estado alemão independente – a República Federal Alemã (RFA), com o objectivo de assim travar o avanço comunista.<br />
  22. 22. bloqueio de berlim (1948-49)<br />Com isto, a URSS acaba por responder com um bloqueio económico a Berlim Ocidental, impedindo a acesso terrestre à cidade.<br />
  23. 23. bloqueio de berlim (1948-49)<br />Não havendo outra via de abastecimento, este começou a ser realizado, pelos EUA, por via aérea. Criou-se a maior ponte aérea de abastecimento realizada até hoje, durando 318 dias, com cerca de 1000 voos diários. Esta visava o fornecimento de bens essenciais aos berlinenses.<br />
  24. 24. bloqueio de berlim (1948-49)<br />Já em 1949, Estaline pôs fim ao bloqueio e criou na parte oriental a República Democrática Alemã (RDA) a qual, em 1961, acaba por construir o Muro de Berlim ou também chamado por Muro da Vergonha, com vista a impedir que cidadãos de Leste fugissem para a RFA – República Federal Alemã.<br />Trabalhador constrói o muro e soldado vigia<br />
  25. 25. Construção do MuRO DE BERLIM<br />O muro, que começou a ser construído em 13 de agosto de 1961, possuía cercas elétricas, valas e cerca de 300 torres de vigilância com policiais e soldados da Alemanha Oriental que impediam e até mesmo matavam quem tentasse ultrapassar o muro.<br />Muro finalizado<br />Muro em construção<br />
  26. 26. Queda do muro de berlim<br />Em 9 de novembro de 1989, com a crise do sistema socialista no leste da Europa e o fim deste sistema na Alemanha Oriental, foi autorizada a livre circulação entre as duas partes de Berlim, e como consequência a destruição do muro. <br />
  27. 27. QUEDA DO MURO DE BERLIM<br />Naquela noite, entre os alemães de um e de outro lado da cidade, reinava a alegria, sendo que todos festejavam, enquanto várias faixas do muro iam sendo cortadas e deitadas abaixo. <br />
  28. 28. QUEDA DO MURO DE BERLIM<br />Nesse momento histórico não se estava apenas a deitar abaixo uma parede: a sua queda significava a queda dos regimes comunistas, o fim da Guerra Fria, de toda a tensão mundial e a abertura ao mundo. <br />
  29. 29. Crise<br />Porém, no meio de toda a euforia, muita gente não previu as futuras dificuldades por que a Alemanha iria atravessar, tais como:<br /><ul><li>O fecho de muitas empresas;
  30. 30. O desemprego e instabilidade, o que viria a despertar movimentos político-sociais, como o neonazi. </li></li></ul><li>CRISE<br />A Alemanha enfrentava graves problemas económicos: <br /><ul><li>Infra-estruturas escassas ou mesmo inexistentes;
  31. 31. Uma indústria antiquada;</li></li></ul><li>crise<br /><ul><li>Habitações degradadas;
  32. 32. Bem como um sistema de distribuição e de comércio inoperante. </li></li></ul><li>CRISE<br />O desfasamento entre o crescente número de consumidores privados de bens de consumo e a escassez de produtores provocou uma inflação galopante, aumentou a pobreza e o desemprego, permitindo o enriquecimento rápido e fácil das máfias através de tráficos ilícitos.<br />
  33. 33. conclusão<br />Após a execução do trabalho fiquei com o conhecimento que devido a uma ruptura política e ideológica entre dois blocos dá-se a Guerra Fria, que vai dividir a Alemanha em dois estados através de um muro, Muro de Berlim.<br />
  34. 34. CONCLUSÃO<br />Este muro símbolo da rivalidade entre o leste e oeste foi também o verdadeiro atestado do fracasso do socialismo em manter-se como um modelo de sistema atraente para as populações. Mesmo após a sua queda ainda trouxe muita dificuldade para o país e para o seu povo sendo que com a destruição deste ainda veio o fim do comunismo de leste.<br />
  35. 35. FIM<br />Trabalho realizado por:<br /><ul><li>Beatriz Noronha – nº24</li></ul>Escola Secundária Almeida Garrett <br />Trabalho de História - 9ºA<br />http://www.youtube.com/watch?v=h3KicQFQNK0<br />

×