Prisioneira Meus olhos não enxergam onde escrevo  Choro...  as lágrimas escorrem  molham minha boca que era sua  sinto gos...
Sofro por ter sido ninguém pra você  Por saber que nunca vou ser nada  por não me amar  por não querer meu amor
Por te amar tanto,  recebi tristezas, enganos  Destino amargo que me aprisionou  sem me dar direito a liberdade. TheAngel®...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

PRISIONEIRA

273 visualizações

Publicada em

PRISIONEIRA

Publicada em: Tecnologia
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

PRISIONEIRA

  1. 1. Prisioneira Meus olhos não enxergam onde escrevo Choro... as lágrimas escorrem molham minha boca que era sua sinto gosto de fel Não sei como te esquecer Difícil aceitar não te ter Difícil não poder ser tua
  2. 2. Sofro por ter sido ninguém pra você Por saber que nunca vou ser nada por não me amar por não querer meu amor
  3. 3. Por te amar tanto, recebi tristezas, enganos Destino amargo que me aprisionou sem me dar direito a liberdade. TheAngel® Música : Itzhak Perlman _Postino Theme Montagem [email_address] www.pranos.com.br

×