Poema para Elis.. Elisabete Aguiar (Elis..)
O que aconteceu? Porque este rosto molhado, Porque esse ar cansado, Porque esse desânimo diante da vida? Olha para mim...s...
Você sonhou demais E todo sonho tem o seu despertar.. Acorda!Teu sonho acabou Foi lindo, mágico e cruel  Mas nunca deixes ...
Ah menina...pára de esperar! Nessa vida já foste forte Alegre, amiga nunca ausente.. É hora de voltar, Se fazer uma lutado...
Elis.. Menina-mulher Elis.. minha sombra oculta.. Volta a ser aquela que sempre me fez feliz Volta a sorrir..volta a canta...
Na hora de escolher O caminho que escolheste percorrer.. Levanta menina..vem viver Eu estarei sempre aqui  Para te apoiar,...
Te criei.. Sou teu Deus, tua rainha,  E só eu poderei um dia Numa suprema loucura  Te matar! Mas não é hora ainda..
Vem Elis.. Vem .. A vida continua..enxuga esse rosto E vem viver.. Elis..
Imagens: Google eo site da autora do texto  Texto: Elisabete Aguiar (Elis..)  Música: Ballade pour Adeline – R. Clayderman...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

POEMA PARA ELIS

760 visualizações

Publicada em

POEMA PARA ELIS

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
760
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
22
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

POEMA PARA ELIS

  1. 1. Poema para Elis.. Elisabete Aguiar (Elis..)
  2. 2. O que aconteceu? Porque este rosto molhado, Porque esse ar cansado, Porque esse desânimo diante da vida? Olha para mim...sou eu... Estou aqui para ficar ao teu lado.. Vamos, me dê sua mão vou te ajudar.. Não apareceu ninguém para te levantar?
  3. 3. Você sonhou demais E todo sonho tem o seu despertar.. Acorda!Teu sonho acabou Foi lindo, mágico e cruel Mas nunca deixes de acreditar Nunca deixes um sonho te derrubar Eles servem de alicerce para o amanhã Te faz mais forte mas...que pena... Esse te fez mais fria, mais realista...
  4. 4. Ah menina...pára de esperar! Nessa vida já foste forte Alegre, amiga nunca ausente.. É hora de voltar, Se fazer uma lutadora presente E novamente amar!
  5. 5. Elis.. Menina-mulher Elis.. minha sombra oculta.. Volta a ser aquela que sempre me fez feliz Volta a sorrir..volta a cantar.. O mundo não perdoa Um simples vacilo
  6. 6. Na hora de escolher O caminho que escolheste percorrer.. Levanta menina..vem viver Eu estarei sempre aqui Para te apoiar, te mostrar a luz Afinal, sou teu eu, és minha,
  7. 7. Te criei.. Sou teu Deus, tua rainha, E só eu poderei um dia Numa suprema loucura Te matar! Mas não é hora ainda..
  8. 8. Vem Elis.. Vem .. A vida continua..enxuga esse rosto E vem viver.. Elis..
  9. 9. Imagens: Google eo site da autora do texto Texto: Elisabete Aguiar (Elis..) Música: Ballade pour Adeline – R. Clayderman Formatação: adsrcatyb@terra.com.br Site: www.momentos-pps.com.br

×