Obrigado, Emilia !
Emilia, desde pequena, tinha uma saúde delicada, que não melhorava por causa das condições adversas nas quais vivia.  Aind...
Catorze anos depois do nascimento de Edmundo e  quase dez da morte de sua segunda filha, Emilia se encontrava em situação ...
Tragicamente, também Edmundo, o único irmão do bebê que esperava, viveria só dois anos mais.  Alguns anos mais tarde, come...
Emilia optou por dar a vida a seu filho, a quem pôs o nome de Karol.  Esse menino, agora ancião, ainda vive, e cada vez qu...
O Papa João Paulo II pediu no sábado, 6 de julho de 2002, ao rezar o Angelus com os peregrinos na Praça de São Pedro, que ...
Pai nosso que estais no céu, santificado seja o Vosso nome, venha a nós o Vosso Reino, Seja feita a Vossa Vontade aqui na ...
Se desejar, passe a outras pessoas,não importa quantas...  Em pouco tempo, por todo o mundo, muitos terão rezado por João ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

EMILIA

463 visualizações

Publicada em

EMILIA

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
463
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
23
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

EMILIA

  1. 1. Obrigado, Emilia !
  2. 2. Emilia, desde pequena, tinha uma saúde delicada, que não melhorava por causa das condições adversas nas quais vivia. Ainda muito jovem, casou-se com um alfaiate e se estabeleceram em uma cidade longe de familiares e conhecidos. Pouco tempo depois, nascia seu primero filho, Edmundo, um belo menino,estudioso, atleta e com grande personalidade. Anos mais tarde, Emilia deu à luz uma menina, que só sobreviveu poucas semanas, devido às más condições de vida a que a família estava submetida. Emilia pertencia a uma família de classe média em um país europeu que sofria estragos e dificuldades depois de uma prolongada guerra nacional. Fome e epidemias afetavam toda a população .
  3. 3. Catorze anos depois do nascimento de Edmundo e quase dez da morte de sua segunda filha, Emilia se encontrava em situação particularmente difícil. Tinha cerca de 40 anos e a saúde abalada - sofria sérios problemas renais e seu sistema cardíaco se debilitava pouco a pouco devido a uma doença congênita. Por outro lado, a situação política de seu país era cada vez mais crítica, pois havia sido muito afetado pela recém terminada primeira guerra mundial. Viviam com o indispensável e com incerteza, com medo de que acontecesse uma nova guerra. E justamente nessas terríveis circunstâncias, Emilia se deu conta de que novamente estava grávida. Apesar do aborto ser proibido nessa época e o país ser tão pobre, existia a opção, e não faltou quem se oferecesse para praticá-lo.
  4. 4. Tragicamente, também Edmundo, o único irmão do bebê que esperava, viveria só dois anos mais. Alguns anos mais tarde, começaria a segunda guerra mundial, em que o pai da criança que estava por nascer também perderia a vida. Sua idade e sua saúde faziam a gravidez ser de alto risco para sua vida. Ademais, sua difícil condição de vida lhe fazia perguntar-se: Que mundo posso oferecer a este pequeno? Um lugar miserável? Um povo em guerra? Emilia desconhecia que só lhe restavam dez anos de vida, devido a seus problemas de saúde.
  5. 5. Emilia optou por dar a vida a seu filho, a quem pôs o nome de Karol. Esse menino, agora ancião, ainda vive, e cada vez que visita algum país e passa por suas cidades, milhões de vozes exaltadas saúdam: "João Paulo Segundo, te ama todo o mundo"... Muito Obrigado, Emilia !
  6. 6. O Papa João Paulo II pediu no sábado, 6 de julho de 2002, ao rezar o Angelus com os peregrinos na Praça de São Pedro, que rezem por ele. Disse que só se sustenta pela força das orações que fazem por ele. Pode ajudá-lo?
  7. 7. Pai nosso que estais no céu, santificado seja o Vosso nome, venha a nós o Vosso Reino, Seja feita a Vossa Vontade aqui na terra como no céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje, perdoai –nos as nossas ofensas, assim como perdoamos a quem nos tem ofendido. E não nos deixei cair em tentação, mas livrai-nos do mal. Amém"
  8. 8. Se desejar, passe a outras pessoas,não importa quantas... Em pouco tempo, por todo o mundo, muitos terão rezado por João Paulo II e você terá feito muitas pessoas rezarem por outra. Como deveria ser sempre, por todos! (Tradução: Aleph - Desconheço o Autor) (Som : By Grisalho^o )

×