CISTERNA DE ISTAMBUL

5.174 visualizações

Publicada em

CISTERNA DE ISTAMBUL

Publicada em: Arte e fotografia
1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.174
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
22
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
40
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

CISTERNA DE ISTAMBUL

  1. 1. Cisterna da Basílica ( Ye re be tan s arayi ) Istambul - Turquia
  2. 2. Na histórica cidade de Istambul ...
  3. 3. Próximo à bela Mesquita Azul
  4. 4. E mais próximo da histórica Mesquita de Santa Sofia ...
  5. 5. Encontra-se uma caixa d’água subterrânea, do tempo do Imperador Justiniano I.
  6. 6. Uma bilheteria simples ...
  7. 7. Uma entrada simples ...
  8. 8. E de repente... você está numa caixa d’água subterrânea, com o teto sustentado por colunas dignas de um
  9. 9. É a Cisterna da Basílica ou Yerebatan Sarnici, em turco também chamada de Yerebetan Sarayi (Palácio Afundado).
  10. 10. São 336 colunas de mármore, cada uma com 9 m de altura, sustentando um teto de 143m por 65m – as paredes tem 4,8m de espessura
  11. 11. As colunas são nos estilos iônico, coríntio, e algumas no estilo dórico.
  12. 12. Istambul (Constantinopla) à época do Império Bizantino. Por sua localização estratégica, Istambul foi vítima de muitas guerras e muitos cercos, além dos terremotos, pois a região encontra-se sobre o ponto de encontro de três placas tectônicas.
  13. 13. Em 532 a.D., o imperador Justiniano I, utilizando o trabalho de 7.000 escravos, mandou construir este grande reservatório de 80.000 litros de água, capaz de abastecer a cidade em caso de cerco.
  14. 14. Os turistas recebem um impacto, com a visão da floresta de colunas, apesar da iluminação repousante que é mantida na cisterna.
  15. 15. Na base de duas das colunas, foram colocadas cabeças de medusa em posições diferentes, o que gera polêmicas sobre o motivo de sua utilização.
  16. 16. A água para abastecer a cisterna era trazida de uma distância de 19km, por aquedutos.
  17. 17. A cisterna ficou lacrada durante um período, após a conquista do Otomanos no séc. XV, talvez por temor de envenenamento. Foi redescoberta no séc. XVI.
  18. 18. Após muitos reparos, a Cisterna da Basílica foi reaberta para visitação desde 1987, é um dos monumentos imperdíveis de Istambul. Pesquisa e formatação : alcidesdourado@gmail.com Fonte : internet Fotos : próprias e internet Música : Turkey Armenia

×