ANA MOURA

2.357 visualizações

Publicada em

ANA MOURA

Publicada em: Diversão e humor, Educação
6 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.357
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
58
Comentários
6
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ANA MOURA

  1. 1. FADO Deixar passar os slides automaticamente, sincronizados com a música.
  2. 2. Ana Moura
  3. 3. Búzios
  4. 4. Havia a solidão da prece no olhar triste Como se os seus olhos fossem as portas de pranto
  5. 5. Sinal da cruz que persiste, os dedos contra o quebranto E os búzios que a velha lançava sobre um velho manto
  6. 6. À espreita está um grande amor mas guarda segredo Vazio tens o teu coração na ponta do medo
  7. 7. Vê como os búzios cairam virados para norte Pois eu vou mexer no destino vou mudar-te a sorte
  8. 8. Pois eu vou mexer no destino vou mudar-te a sorte
  9. 9. Havia um desespero intenso na sua voz O quarto cheirava a incenso, mais uns quantos pós
  10. 10. A velha agitava o lenço, dobrou-o, deu-lhe dois nós E o seu padre santo falou usando-lhe a voz
  11. 11. À espreita está um grande amor mas guarda segredo Vazio tens o teu coração na ponta do medo
  12. 12. Vê como os búzios cairam virados para norte Pois eu vou mexer no destino vou mudar-te a sorte
  13. 13. Pois eu vou mexer no destino vou mudar-te a sorte
  14. 15. À espreita está um grande amor mas guarda segredo Vazio tens o teu coração na ponta do medo
  15. 16. Vê como os búzios cairam virados para norte Pois eu vou mexer no destino vou mudar-te a sorte
  16. 17. Pois eu vou mexer no destino vou mudar-te a sorte
  17. 18. Ana Moura é uma das melhores fadistas portuguesas da actualidade. Tem uma voz de sonho, uma presença ímpar em palco, e em disco não deixa os seus créditos por mãos alheias. Recupera o melhor do género, homenageia os clássicos na mesma medida em que incute uma personalidade muito própria nos tempos modernos do Fado. A novidade foi o mote central para o concerto em Sintra, mesmo tendo a fadista dado o pontapé inicial com dois temas do seu primeiro disco. «Sou do fado, sou fadista», um desses momentos, recuperou o primeiro tema escrito para a cantora, num momento de nostalgia pelo despertar para isto do Fado. «Búzios» acabou repetido no final do espectáculo, prova viva de uma tema que parece querer colar-se na memória como um dos mais felizes momentos da música nacional de 2007. (continua próximo slide)
  18. 19. Já antes da repetição, Ana Moura ousou cantar sem rede, como numa qualquer casa de fados. Com os músicos que a acompanharam, brilhou e levou a sua voz a terrenos impensáveis. Silenciou o Olga Cadaval e - repita-se - sem microfone, arrepiou a lindíssima sala com o sua não menos bela voz. Tudo isto é Fado, tudo isto é Ana Moura. Sublime. FIM FORMATADO:

×