Alegria Íntima
Estou Pensando ...
nos que perseveram fiéis pelos caminhos serenos  do bem.
Semblantes iluminados. Corações dadivosos.  Mãos  sempre abertas.
Largamente compreensivos e generosamente  misericordiosos.
Passam pelas ruas onde andam tristezas e amarguras. Entram nos salões de festa onde  se escondem  ansiedades  e  ilusões.
Onde quer que se encontrem os  que,  serenos e fiéis,  perseveram na  prática  do bem, logo iluminam e  prontamente  ajuda...
Sem despertar as atenções curiosas. Sem provocar as calorosas admirações.
Retos na intenção de sempre  fazer o bem, são ainda  simples e discretos no modo de o fazer.
Nem todos reconhecem a formosura de seu espírito, a nobreza de seu caráter,  a sublimidade de seu coração.
No entanto, sentem-se felizes porque não buscam aplausos, nem querem retribuições.
Buscam e querem  perseverar fiéis na prática do bem. Levando alegria, acendendo esperanças, apontando ideais, enxugando lá...
A cada passo encontram. Em todos os caminhos. Encontram e acolhem, indistintamente as angústias dos grandes  e dos pequeni...
Com a ternura do olhar. Com a  serenidade do semblante.  Com a bênção do amor.
Firmes na caminhada serena.  Tranqüilos. Perseverantes na doação de si mesmos.
Sabem sorrir e ensinam a  esperar.Sabem compreender e ensinam  a perdoar.  Sabem amar e ensinam  a viver.
Estou pensando na alegria íntima destas almas  bem-aventuradas...
Não obstante todas as decepções e  obstáculos que se lhes apresentam jamais conhecem a tortura do desânimo.
apesar das ingratidões. Superam incompreensões e realizam o  luminoso ideal da bondade. Vivem contentes
A bondade  lhes enriquece os dias, alcatifando de flores todos os caminhos.
Espargem-nas em  profusão. Mãos sempre abertas. Corações  dadivosos. Não guardam  para si  as flores da  bondade.
Imagens:  www.toucanart.com Texto: Inspirado no livro “Estou Pensando...”, de Arnaldo A. Padovani, Cônego, 6ª. Ed. 1970. C...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

ALEGRIA INTIMA

663 visualizações

Publicada em

ALEGRIA INTIMA

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
663
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
21
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
30
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ALEGRIA INTIMA

  1. 1. Alegria Íntima
  2. 2. Estou Pensando ...
  3. 3. nos que perseveram fiéis pelos caminhos serenos do bem.
  4. 4. Semblantes iluminados. Corações dadivosos. Mãos sempre abertas.
  5. 5. Largamente compreensivos e generosamente misericordiosos.
  6. 6. Passam pelas ruas onde andam tristezas e amarguras. Entram nos salões de festa onde se escondem ansiedades e ilusões.
  7. 7. Onde quer que se encontrem os que, serenos e fiéis, perseveram na prática do bem, logo iluminam e prontamente ajudam a quantos vão encontrando.
  8. 8. Sem despertar as atenções curiosas. Sem provocar as calorosas admirações.
  9. 9. Retos na intenção de sempre fazer o bem, são ainda simples e discretos no modo de o fazer.
  10. 10. Nem todos reconhecem a formosura de seu espírito, a nobreza de seu caráter, a sublimidade de seu coração.
  11. 11. No entanto, sentem-se felizes porque não buscam aplausos, nem querem retribuições.
  12. 12. Buscam e querem perseverar fiéis na prática do bem. Levando alegria, acendendo esperanças, apontando ideais, enxugando lágrimas, confortando aflições.
  13. 13. A cada passo encontram. Em todos os caminhos. Encontram e acolhem, indistintamente as angústias dos grandes e dos pequeninos. Acolhem carinhosamente os sofrimentos para os lenir.
  14. 14. Com a ternura do olhar. Com a serenidade do semblante. Com a bênção do amor.
  15. 15. Firmes na caminhada serena. Tranqüilos. Perseverantes na doação de si mesmos.
  16. 16. Sabem sorrir e ensinam a esperar.Sabem compreender e ensinam a perdoar. Sabem amar e ensinam a viver.
  17. 17. Estou pensando na alegria íntima destas almas bem-aventuradas...
  18. 18. Não obstante todas as decepções e obstáculos que se lhes apresentam jamais conhecem a tortura do desânimo.
  19. 19. apesar das ingratidões. Superam incompreensões e realizam o luminoso ideal da bondade. Vivem contentes
  20. 20. A bondade lhes enriquece os dias, alcatifando de flores todos os caminhos.
  21. 21. Espargem-nas em profusão. Mãos sempre abertas. Corações dadivosos. Não guardam para si as flores da bondade.
  22. 22. Imagens: www.toucanart.com Texto: Inspirado no livro “Estou Pensando...”, de Arnaldo A. Padovani, Cônego, 6ª. Ed. 1970. Colaboração: MFD, Cravinhos-SP Música: Tema de amor de Elvira Madigan (Mozart), Frank Pourcel Design & layout: Benjunior [email_address]

×