O ISLAMISMOCarolina Fioravanti Fernandes       RA 911115581Emerson Feliciano Mathias           RA 2211106920   2BElaine Ap...
Aula 01 – O Nascimento do Islã
Aula 01 – O Nascimento do IslãObjetivos da aula:•Local de origem: Península Arábica•Como era antes: Sociedade politeísta B...
Aula 01 – O Nascimento do IslãA Região onde nasceu o Islamismo
Aula 01 – O nascimento do IslãBEDUÍNOS   Homens nômades do deserto
Aula 01 – O Nascimento do IslãMaoméNascimento: Meca 570 d. CBeduínoRevelacão: 609 d. C, anjo Gabriel, (Jibril) AlcorãoO in...
Aula 01 – O nascimento do IslãO Alcorão (livro sagrado para a religião islâmica)
Aula 01 – O nascimento do IslãObjetivos da atividade:  •   Dar a noção de onde e como surgiu esta religião, bem como as co...
Aula 01 – O Nascimento do IslãAtividade: Baseado nos textos do livro didático e na notícia dojornal, responda as questões....
Aula 01 – O nascimento do IslãEditor da "Charlie Hebdo" mostra capa com charge de Maomé; ao fundo, redação da revista que ...
Aula 01 – O nascimento do IslãQuestões:1) Procure nos textos 1 e 2 palavras que você desconheça.2) Quem foi Maomé, quando ...
Aula 02 – A expansão IslâmicaObjetivos da aula: •Fazer um pequeno resumo da aula anterior;• Explicar como o islamismo foi ...
Aula 02 – A expansão Islâmica
Aula 02 – A expansão IslâmicaObjetivos da atividade:•Levar o aluno a entender os motivos históricosque dividiram a populaç...
Aula 02 – A expansão Islâmica   Atividade: Após a morte de Maomé, os muçulmanos tiveram que decidir   quem ocuparia o luga...
Texto 2) Confronto entre xiitas e sunitas deixa feridos no BahreinMotivo do incidente ainda não está claro.Reino enfrenta ...
Aula 02 – A expansão IslâmicaManifestantes protestam contra o governo do Bahrein nesta sexta-feira (4) emManama (Foto: AP)
Aula 02 – A expansão IslâmicaQuestões1) Historicamente, qual o motivo que dividiu os muçulmanos entre   sunitas e xiitas?2...
Aula 03 – A cultura Islâmica Objetivos da aula:• Fragmentação   antes do Islã•Unificação das ciências após o Islã•Explicar...
Aula 03 – A cultura IslâmicaObjetivos da atividade:••Fazer o aluno refletir sobre como aglobalização    interferiu   na   ...
Aula 03 – A cultura Islâmica        Atividade: As duas imagens mostram a cidade de Meca em dois momentos . A menor        ...
Aula 03 – A cultura IslâmicaTEXTO ) A Meca do turismoO governo saudita projeta um crescimento exponencial de peregrinos e ...
AULA 03 – A CULTURA ISLÂMICA Objetivos da atividade:1) Compare as paisagens referentes à cidade de Meca. Quais mudanças   ...
Aula 04 – Os Fundamentos Islâmicos Objetivos da aula:•Explicar os 5 pilares do Islã, ou seja, no que esta religião se base...
Aula 04 – Os Fundamentos IslâmicosObjetivos da atividade:•Explicar o significado do termo “fundamentalismo”;• Mostrar que ...
Aula 04 – Os Fundamentos Islâmicos                                            Mulher muçulmana praticando esporteBibi Aish...
Aula 04 – Os Fundamentos IslâmicosTEXTO 1) […] Meninas proibidas de ir à escola e                […] Não existe a mulher m...
Aula 04 – Os Fundamentos Islâmicos Questões:1) Segundo o texto 1, o que significa “fundamentalismo”?2) Ainda no texto 1, o...
Aula 05 – O Islã e a PolíticaObjetivos da aula:•Desconstruir a ideia do Ocidente que liga a religião islâmica ao terrorism...
Aula 05 – O Islã e a PolíticaObjetivos da atividade:•Reforçar a ideia de que a religião islâmica não estáligada ao terrori...
Aula 05 – O Islã e a Política      Atividade: Leia os textos e responda as questões:TEXTO 1)Vincular islamismo a terrorism...
Aula 05 – O Islã e a Política TEXTO 2) BIN LADEN: O PIOR INIMIGO DO ISLÓA maioria dos muçulmanos compartilha com os não m...
Aula 05 – O Islã e a PolíticaQuestões:1)   Pesquise nos textos, 1 e 2 o significado das palavras e dos termos     que você...
Para ComplementarSugestão para ler:•   O que sabemos sobre o Islamismo?, de Shahrukh Husain, Editora Callis•   O mundo mul...
Trabalho em grupoSugestão do livro didático     Como você viu durante as aulas, a influência moura foi trazida para o Bras...
Metodologia de Avaliação• No final de cada aula terá uma atividade  valendo 2 pontos. São 5 aulas, portanto a  soma das at...
Fim!!!
O islamismo
O islamismo
O islamismo
O islamismo
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O islamismo

7.335 visualizações

Publicada em

TRABALHO APRESENTADO PARA AVALIAÇÃO - PRÁTICA DE ENSINO 2º SEMESTRE.

  • Seja o primeiro a comentar

O islamismo

  1. 1. O ISLAMISMOCarolina Fioravanti Fernandes RA 911115581Emerson Feliciano Mathias RA 2211106920 2BElaine Aprígio RA 911118098Fernando Calixto Alves RA 911124378Priscila Cassanti Sil Pereira RA 311108749
  2. 2. Aula 01 – O Nascimento do Islã
  3. 3. Aula 01 – O Nascimento do IslãObjetivos da aula:•Local de origem: Península Arábica•Como era antes: Sociedade politeísta Beduínos•Líder Maomé•Início da Pregação•Sucessão do Profeta
  4. 4. Aula 01 – O Nascimento do IslãA Região onde nasceu o Islamismo
  5. 5. Aula 01 – O nascimento do IslãBEDUÍNOS Homens nômades do deserto
  6. 6. Aula 01 – O Nascimento do IslãMaoméNascimento: Meca 570 d. CBeduínoRevelacão: 609 d. C, anjo Gabriel, (Jibril) AlcorãoO início da pregaçãoHégira: Migração (início do calendário islâmico)Chefe militar e líder religiosoInfluências: comunidades judaicas, cristãs e persaszoroastristasConquista de MecaSucessão do Profeta
  7. 7. Aula 01 – O nascimento do IslãO Alcorão (livro sagrado para a religião islâmica)
  8. 8. Aula 01 – O nascimento do IslãObjetivos da atividade: • Dar a noção de onde e como surgiu esta religião, bem como as condições que favoreceram o surgimento dela; • Familiarizar os alunos a termos da religião islâmica; • Despertar a criticidade do aluno quanto à liberdade de expressão.
  9. 9. Aula 01 – O Nascimento do IslãAtividade: Baseado nos textos do livro didático e na notícia dojornal, responda as questões.Texto 1) “[…] Assim, Maomé assumiu o papel de profeta, renegou a antiga religiãopoliteísta e passou a pregar a crença a uma única divindade, chamada Alá. Nascia, assim, oislamismo, cujos seguidores seriam chamados de muslimin (mulçumanos), ouseja, submetidos a Alá”. (p.170 do livro didático)Texto 2) Editor que publicou charge de Maomé vive sob escolta policial“O editor da revista satírica francesa "Charlie Hebdo", Charbonnier, recebeu ameaças de morte e hojevive sob escolta policial, após publicar uma charge de Maomé na capa da edição há duas semanas. Masele não se importa, e diz que não liga "para o que os fascistas estão pensando", em reportagem deDiogo Bercito publicada na edição de hoje da Folha.A polêmica começou quando a publicação trouxe um aviso na capa de que teria sido editada peloprofeta Maomé, acompanhado de uma ilustração do mesmo, e prometia cem chibatadas a quem nãoachasse graça.Para o islamismo, retratar o profeta é um tabu. Como resposta, a redação da revista foi bombardeada.O caso faz lembrar episódio semelhante em 2006, quando o jornal dinamarquês "Jylland-Posten" foi alvode ameaças após retratar charges de Maomé e despertou protestos em diversos países islâmicos.http://www1.folha.uol.com.br/mundo/1007229-editor-que-publicou-charge-de-maome-vive-sob-escolta- policial.shtml
  10. 10. Aula 01 – O nascimento do IslãEditor da "Charlie Hebdo" mostra capa com charge de Maomé; ao fundo, redação da revista que foibombardeada.
  11. 11. Aula 01 – O nascimento do IslãQuestões:1) Procure nos textos 1 e 2 palavras que você desconheça.2) Quem foi Maomé, quando e onde ele nasceu?3) O que Maomé representa para a religião islâmica?4) Relacionando os textos 1 e 2, identifique os possíveis motivos que levaram a redação da revista a ser bombardeada.5) Você concorda com a atitude da revista em retratar o profeta Maomé de forma satírica? Justifique.
  12. 12. Aula 02 – A expansão IslâmicaObjetivos da aula: •Fazer um pequeno resumo da aula anterior;• Explicar como o islamismo foi ganhando cada vez mais adeptos; • os domínios islâmicos (622 – 809 d.C); • jihad (o dever de todo muçulmano defender a religião); • Diferenças entre ser árabe e muçulmano; • As dinastias; • Linha do tempo – A expansão do Islamismo; • Explicar origens dos conflitos entre sunitas e xiitas.
  13. 13. Aula 02 – A expansão Islâmica
  14. 14. Aula 02 – A expansão IslâmicaObjetivos da atividade:•Levar o aluno a entender os motivos históricosque dividiram a população mulçumana;•Fazer com que o aluno entenda que a populaçãomulçumana não é uniforme;•Levá-lo a compreender alguns dos conflitos pelosquais os países islâmicos estão passandoatualmente.
  15. 15. Aula 02 – A expansão Islâmica Atividade: Após a morte de Maomé, os muçulmanos tiveram que decidir quem ocuparia o lugar deixado por ele. A disputa sucessória provocou uma hostilidade gratuita entre os muçulmanos, dividindo-os entre sunitas e xiitas. Leia os textos 1 e 2 e responda as questões.Texto 1) “Os Xiitas, ou “partidários de Ali”(shi ‘it’ Ali), eram os quecondicionavam sua lealdade à família do Profeta, perpetuada pelos filhos deFátima, a única filha de Maomé, e Ali, seu genro. Os xiitas não admitiam que ogovernante fosse um mero administrador da Lei […] o líder deveria também serum guia espiritual que continuaria a receber a Revelação pelo parentesco com oProfeta. […] Para os xiitas, o governo funda-se em bases teocráticas. Em oposiçãoestavam os sunitas. Estes ortodoxos começaram a surgir após a morte deMaomé, quando seus ensinamentos e a própria Revelação passaram a serescritos e estudados. […] Para os sunitas, a Revelação estava completa. A religiãoe a política estavam interligadas pelo papel , sobretudo moral, dos califas dezelarem pelo cumprimento da Lei, sem que pudessem extrair daí nenhum tipo depoder divino.Elaine Senise Barbosa. A encruzilhada das civilizações: católicos, ortodoxos e muçulmanosno Velho Mundo. SãoPaulo: Moderna, 1997. p. 54-5.
  16. 16. Texto 2) Confronto entre xiitas e sunitas deixa feridos no BahreinMotivo do incidente ainda não está claro.Reino enfrenta protestos da maioria xiita contra a minoria sunita governante. “Várias pessoas ficaram feridas entre quinta (3) e sexta-feira (4) em confrontosenvolvendo muçulmanos sunitas e xiitas em uma cidade do Bahrein, nosprimeiros casos de violência sectária desde o início da atual onda de protestos nopequeno reino árabe. Os incidentes, que se estenderam por toda a noite, foram provocados por umadisputa familiar ou um acidente de carro, ou ambos, segundo diferentes relatos. Ogoverno disse que havia uma motivação "simples" por trás dos conflitos."Havia cerca de cem pessoas envolvidas", disse um morador, enquantohelicópteros da polícia sobrevoavam o local, e ambulâncias saíam às pressas.Jovens com bastões também foram vistos deixando a área, segundo testemunhas.Nas últimas semanas, a maioria xiita da população tem realizado protestoscontra a minoria sunita governante, queixando-se de discriminação econômica efalta de direitos políticos...”http://g1.globo.com/revolta-arabe/noticia/2011/03/confronto-entre-xiitas-e-sunitas-deixa-feridos-no-bahrein.html04/03/2011 10h18 - Atualizado em 04/03/2011 10h18
  17. 17. Aula 02 – A expansão IslâmicaManifestantes protestam contra o governo do Bahrein nesta sexta-feira (4) emManama (Foto: AP)
  18. 18. Aula 02 – A expansão IslâmicaQuestões1) Historicamente, qual o motivo que dividiu os muçulmanos entre sunitas e xiitas?2) Quais são as diferenças entre xiitas e sunitas?3) De acordo com a notícia do jornal, “O governo disse que havia uma motivação "simples" por trás dos conflitos”. Com base nos textos o que seria essa motivação simples?4) Segundo a notícia do jornal, quais são os motivos que levam atualmente os xiitas a protestarem contra o governo sunita?
  19. 19. Aula 03 – A cultura Islâmica Objetivos da aula:• Fragmentação antes do Islã•Unificação das ciências após o Islã•Explicar aspéctos da cultura árabe• Influência da cultura árabe na Península Ibérica econseqüentemente para o Brasil.•Contribuições significativas namedicina, música, literatura, arquitetura, ciências efilosofia.
  20. 20. Aula 03 – A cultura IslâmicaObjetivos da atividade:••Fazer o aluno refletir sobre como aglobalização interferiu na culturaárabe, inclusive em lugares sagrados paraos mulçumanos, como a cidade de Meca.•Comparar aspectos da culturaislâmica, confrontando-a com aatualidade, através das mudanças napaisagem e através do texto.
  21. 21. Aula 03 – A cultura Islâmica Atividade: As duas imagens mostram a cidade de Meca em dois momentos . A menor retrata a cidade em 1930, já a maior é uma foto atual. Baseado nas imagens e no texto responda as seguintes questões:Fé no progressoA Grande Mesquita em 1930 (à esq.) e hoje: a Arábia Saudita investe 345 bilhões de dólares na construção de prédios de luxo e um shopping center, que deram ensejo a umacorrida imobiliária(Fotos Keystone-France/Getty Images e Mustafa Ozer/AFP )
  22. 22. Aula 03 – A cultura IslâmicaTEXTO ) A Meca do turismoO governo saudita projeta um crescimento exponencial de peregrinos e moderniza a cidadesagrada do IslãFolha de São Paulo – 1 de dezembro de 2010“Uma revolução modernista de concreto, vidro e mármore vem mudando a paisagem de Meca, na ArábiaSaudita, o berço do islamismo. Cerca de 130 prédios estão sendo construídos ao redor da GrandeMesquita, onde fica a venerada Caaba, ou cubo, em árabe, que teria sido erguida pelo profetaAbraão, descendente em vigésima geração de Adão e patriarca das três grandes religiões, o cristianismo, ojudaísmo e o islamismo. O complexo de sete torres é formado por um edifício de apartamentos, um shoppingcenter, um museu, uma área para orações e um hotel de luxo em uma torre de 577 metros de altura, além dotradicional centro de observação da Lua, que, na fase crescente, é símbolo sagrado para a maioria dosmuçulmanos, cujos feriados são determinados pelo calendário lunar. Adorna a torre um relógio de 43 metrosde diâmetro, seis vezes o do Big Ben, de Londres.Nem em Meca se faz omelete sem quebrar ovos. Casas antigas estão sendo demolidas para dar lugar aestacionamentos. Vielas empoeiradas são substituídas por amplas avenidas e dunas são removidas para abrirespaço a novos arranha-céus. Os lugares sagrados também não são poupados da lei de oferta e demanda. Arenovação em Meca está elevando o preço dos terrenos. O valor do metro quadrado no centro chega a 13 333dólares, o que faz da cidade santa dos muçulmanos uma área urbana mais cara do que Paris, Roma ou Dubai.Exagera o investidor saudita Ahmad al-Ghamdi: “A terra ao redor da Grande Mesquita vale, hoje, mais do quediamantes [...] Diz al-Alawi: “Estão transformando Meca em uma Las Vegas muçulmana”.O fundador do islamismo, Maomé, nasceu em Meca. Visitar a cidade pelo menos uma vez na vida, se hácondições financeiras e físicas de viajar, é uma das cinco obrigações sagradas dos muçulmanos...”.http://veja.abril.com.br/011210/meca-turismo-p-114.shtml
  23. 23. AULA 03 – A CULTURA ISLÂMICA Objetivos da atividade:1) Compare as paisagens referentes à cidade de Meca. Quais mudanças você percebe?2) Segundo o texto, Meca está passando por uma revolução modernista. Quais são as características desta “revolucão” ?3) Quais mudanças na infra-estrutura estão ocorrendo na cidade de Meca, para que esta modernização aconteça?4) Como você interpreta a frase: “Estão transformando Meca em uma Las Vegas muçulmana”.5) Em quais elementos do texto você consegue perceber a influência da globalização na cultura islâmica?6) Você acredita que nos dias de hoje é possível manter uma cultura intacta, ou seja, sem a influência de outras? Justifique.
  24. 24. Aula 04 – Os Fundamentos Islâmicos Objetivos da aula:•Explicar os 5 pilares do Islã, ou seja, no que esta religião se baseia;•A fillosofia islâmica•O Islamismo hoje• A questão da mulher na religião muçulmana• Romper com o preconceito que o Ocidente tem em relação amulher islâmica.
  25. 25. Aula 04 – Os Fundamentos IslâmicosObjetivos da atividade:•Explicar o significado do termo “fundamentalismo”;• Mostrar que existem diferentes interpretações arespeito do Alcorão em cada país Islâmico;•Mostrar que existem opiniões diferentes em relaçãoà mulher dentro do Islamismo;• Romper com o preconceito do Ocidente em relaçãoà mulher muçulmana;
  26. 26. Aula 04 – Os Fundamentos Islâmicos Mulher muçulmana praticando esporteBibi Aisha, afegã que teve as orelhas e onariz cortados pelo marido, como castigopara fugir de casa. (grande vencedora doWorld Press Foto)
  27. 27. Aula 04 – Os Fundamentos IslâmicosTEXTO 1) […] Meninas proibidas de ir à escola e […] Não existe a mulher muçulmana. Existem Texto 2) condenadas ao analfabetismo. Mulheres as mulheres muçulmanas. Isso depende de impedididas de trabalhar e de andar nas ruas vários fatores, como condição social e país de sozinhas. […] Mulheres com os dedos decepados origem. A mulher muçulmana reza cinco por cortar as unhas. Casadas, solteiras, velhas vezes por dia, mas não são todas que ou moças que sejam suspeitas de agressões – e cumprem, como em qualquer mandamento tudo o que compõe a vida normal é visto como religioso. […] Porque a mulher muçulmana é transgressão- são espancadas ou execultadas. E por toda parte aquelas imagens que já se vista pelo Ocidente como uma mulher que tornaram um símbolo: grupo de figuras tem menos direitos, inferiorizada, submissa? idênticas, sem forma e sem rosto, coberta das Até pela própria veste se associa isso. Para o cabeças aos pés nas suas túnicas – as burcas. Ocidente , o fato de a mulher usar o véué […] O cenário de Idade Médianão era uma sempre associado à submissão e à prerrogativa afegã. Trata-se de uma avenida ignorância.Já para a mulher muçulmana, o permnentemente aberta aos regimes islâmicos vé é entendido como algo que a dignifica, dá que desejem interpretar os ensinamentos do valor, que impõe respeito. É uma ideia Corão a ferro e fogo. A isso se dá o nome de diametralmente oposta à que o Ocidente faz fundamentalismo. Há países de Islamismo mais do véu e da própria mulher. flexível, como o Egito, e outros de um rigor extremo, como a Arábia Saudita. Para o Quanto aos direitos e deveres, o Alcorão é pensamento ortodoxo muçulmano, a mulher bem claro quando diz que a mulher tem vale menos do que o homem, explica Leila direitos sobre o marido e o marido sobre a Ahmed, especialista em estudos da mulher e do mulher. O Islã foi uma religião que inovou Oriente Próximo da Universidade de nos direitos da mulher em coisas que a Massachussetts, nos Estados Unidos. Um ‘ínfiel’ Europa só conseguiu há pouco tempo. A pode se converter e se livrar da inferioridadeque mulher no Ocidente não votava. A o separa dos ‘fiéis’. Já a inferioridade da mulher muçulmana tem esse direito desde o é imutável, escreveu Leila num ensaio sobre o surgimento do Islã. A mulher tem o direito ao tema, em 1992. divórcio e á herança, o que é bem mais O papel da mulher no Islamismo. Veja On line recente na Europa.[…] Fabiana Fevorini. O véu dignifica a mulher. Isto é http://veja.abril.com.br/idade//exclusivo/isl Gente on line amismo/contexto_debate.html 2009 www.terra.com.br/istoegente/exclusivo/outubro2 001/muculmanos.htm 2009
  28. 28. Aula 04 – Os Fundamentos Islâmicos Questões:1) Segundo o texto 1, o que significa “fundamentalismo”?2) Ainda no texto 1, o que você entende pela frase: “Um ‘infiel’ podese converter e se livrar da inferioridade que o separa dos ‘fiéis’. Já ainferioridade da mulher é imutável””.3) Segundo os textos 1 e 2, quais as diferenças em relação aopapel da mulher no Islamismo? E segundo o texto 2, por queesta diferença ocorre?4) Segundo o texto 2, por que existe o preconceito doOcidente em relação a mulher mulher muçulmana?5) Em relação a violência contra as mulheres, você percebealguma semelhança em seu país?
  29. 29. Aula 05 – O Islã e a PolíticaObjetivos da aula:•Desconstruir a ideia do Ocidente que liga a religião islâmica ao terrorismo;•Dar ao aluno conhecimento sobre o assunto sem a interferência da mídia;•Dar condições ao aluno de adquirir um senso crítico, tendo condições derefletir sobre a religião islâmica;•Desmistificar o preconceito em relação aos islâmico;•Explicar aos alunos conceitos que estão constantemente na mídia, comojihad, Bin laden, terrorismo, 11 de setembro, Al Qaeda, etc.
  30. 30. Aula 05 – O Islã e a PolíticaObjetivos da atividade:•Reforçar a ideia de que a religião islâmica não estáligada ao terrorismo;•Desvincular a figura de Bin laden da religião islâmica;•Desenvolver no aluno uma criticidade em relação aoque lhe é informado pela mídia;
  31. 31. Aula 05 – O Islã e a Política Atividade: Leia os textos e responda as questões:TEXTO 1)Vincular islamismo a terrorismo é como ligar catolicismo a pedofiliaSão Paulo, 11 de agosto de 2011 “[…] Para estudiosos de teologia, após os atentados de 11 de setembro as autoridades islâmicas se posicionaram fortemente contra o terrorismo, mas motivações políticas nortearam um esforço do Ocidente de vincular injustamente a religião a atos de extrema violência. “Acho que a gente poderia fazer uma má comparação dizendo que o catolicismo é pedófilo, como se a gente passasse a tratar algo que acontecesse dentro do catolicismo como alguma coisa caracterizadora”, segere a professora de pós – graduação de ciências da religião da Pontíficia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) Maria José Rosado Nunes “No meu ponto de vista, há um problema do Ocidente nessa identificação de terrorismo e Islamismo. Isso é uma questão política que deveria ser trabalhada e discutida. Não é justo para o Islamismo esse vínculo de terrorismo. O Islã não é terroristahttp://noticias.terra.com.br/mundo/11-de-setembro-10-anos/noticias/0,,OI5279583-EI18316,00- Vincular+islamismo+a+terrorismo+e+como+ligar+catolicismo+a+pedofilia.html
  32. 32. Aula 05 – O Islã e a Política TEXTO 2) BIN LADEN: O PIOR INIMIGO DO ISLÓA maioria dos muçulmanos compartilha com os não muçulmanos a preocupação coma ameaça do extremismo religioso e o medo do terrorismo. Por mais que se digam identificados com os textos sagrados do Islã, Bin Laden eoutros terroristas não são adequadamente muçulmanos. Não são devotos. Nada têmde ortodoxos. Para lançarem-se em suas guerras profanas, eles ignoram ou violaramleis e doutrinas básicas da religião que dizem defender. Eles desrespeitaram osrequisitos clássicos do Islã para uma Jihad justa e não reconhecem limites alémdaqueles estabelecidos por eles próprios. Rejeitaram os regulamentos da lei islâmicasobre os objetivos e meios da jihad: a violência só pode ser proporcional à agressãosofrida; o invasor deve ser repelido com o uso da menor força suficiente para isso; évedado o ataque a não combatente; a jihad só pode ser declarada por um governanteou chefe de estado. A maioria dos muçulmanos enxerga Bin Laden como o pior inimigo do Islã.Compartilha com os não muçulmanos a preocupação com a ameaça do extremismoreligioso e o medo do terrorismo dirigido a suas famílias e sociedades.”Esposito, John L. Veja: Editora Abril, ed. 2216 – ano 44 – n◦ 19 11 maio de 2011. pp 96-97
  33. 33. Aula 05 – O Islã e a PolíticaQuestões:1) Pesquise nos textos, 1 e 2 o significado das palavras e dos termos que você desconheça.2) No texto 1, segundo a Professora Maria José Rosado Nunes, existe um problema do Ocidente em relação ao Islamismo. Qual é este problema e como ela propõe uma possível solução?3) Com base no texto 2, você acredita que Bin Laden representa a ideologia do Islã. Justifique4) De acordo com os textos, quais são as diferenças entre as aplicações da jihad pelos muçulmanos e por Bin Laden?5) Segundo o texto 2, o que Bin Laden e o terrorismo representa para a maioria do mundo Islâmico?6) Você percebe um esforço da mídia em vincular a religião islâmica ao Terrorismo? Justifique.
  34. 34. Para ComplementarSugestão para ler:• O que sabemos sobre o Islamismo?, de Shahrukh Husain, Editora Callis• O mundo mulçumano, de Peter Demant, Editora Contexto• Uma história dos povos árabes, de Albert Hourani, Editora Conpanhia das Letras• A história do mundo em quadrinhos: a ascensão do mundo árabe e a história da África, de Larry GonickPara navegar:• www.alcorao.com.br (o portal do Islã no Brasil)• www.islam.org.br (Islã e muçulmanos)• www.tendaarabe.com (Comunidade árabe-Brasileira na internet)• Para assistir: As mil e uma noites de Steve Barron (2000)
  35. 35. Trabalho em grupoSugestão do livro didático Como você viu durante as aulas, a influência moura foi trazida para o Brasilpelos portugueses, que depois de séculos, sob dominação muçulmana adquiriram muitos hábitos desse grupo cultural. Contudo, outros povos que vieram para o Brasil também trouxeram em seus costumes a influência muçulmana, como os haussás, os iorubás, africanos trazidos para trabalhar como escravos nas lavouras açucareiras coloniais a partir do século XIX. Atualmente, estima-se que existam cerca de meio milhão de muçulmanos no Brasil, principalmente em São Paulo, Brasília e Foz do Iguaçu. Para conhecer um pouco mais sobre os muçulmanos brasileiros de hoje, realize com os colegasa seguinte pesquisa. Veja o roteiro:A) Selecionem as fontes de informação que o grupo vai utilizar, por exemplo, livros, revistas, jornais, sites da internet.B) Procurem descobrir: quantas mesquitas existem no Brasil, qual a quantidade de muçulmanosem cada região brasileira; quais são seus costumes; como são suas celebrações religiosas; quais influências desse povo na cultura brasileira de forma geral; quais os maiores problemas enfrentados por eles atualmente, etc.C) Elaborem um relatório de pesquisa. Esse relatório deve conter: fontes de pesquisa, textos citados, textos elaborados pelo grupo, imagens, tabelas, etc. Por fim, apresentem os resultados da pesquisa para o restante da turma.
  36. 36. Metodologia de Avaliação• No final de cada aula terá uma atividade valendo 2 pontos. São 5 aulas, portanto a soma das atividades valerá 10.• Trabalho em grupo valerá 10• Soma-se a nota e divide-se por 2
  37. 37. Fim!!!

×