Reação exagerada à publicação de charges de Maomé acirra o confronto entre o Islã e o Ocidente, duas civilizações com algu...
CONTRA A DINAMARCA Palestinos pintam a marca de um pé – um gesto ofensivo no mundo árabe – na bandeira dinamarquesa.
O jornal dinamarquês que publicou as charges, diz que a crise atual é sobretudo "sobre a questão da integração e sobr...
EM NOME DE MAOMÉ A bandeira dinamarquesa é queimada no Paquistão, à esquerda, e usada como tapete na Cisjordânia.
Ataque ao escritório da União Européia em Gaza
A propagação de charges de Maomé publicadas em setembro de 2005 em um pequeno jornal dinamarquês tomou dimensões imprevisí...
Abaixo, à direita, primeira página do jornal francês  France Soir,  cujo editor foi demitido, com a manchete: "Sim, t...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

ApresentaçãO1

147 visualizações

Publicada em

Publicada em: Turismo
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
147
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ApresentaçãO1

  1. 1. Reação exagerada à publicação de charges de Maomé acirra o confronto entre o Islã e o Ocidente, duas civilizações com algumas características em comum e muitos valores incompatíveis. O desafio é fazer com que o abismo entre elas pare de crescer.
  2. 2. CONTRA A DINAMARCA Palestinos pintam a marca de um pé – um gesto ofensivo no mundo árabe – na bandeira dinamarquesa.
  3. 3. O jornal dinamarquês que publicou as charges, diz que a crise atual é sobretudo "sobre a questão da integração e sobre se a religião do Islã é ou não compatível com uma sociedade moderna e secular"
  4. 4. EM NOME DE MAOMÉ A bandeira dinamarquesa é queimada no Paquistão, à esquerda, e usada como tapete na Cisjordânia.
  5. 5. Ataque ao escritório da União Européia em Gaza
  6. 6. A propagação de charges de Maomé publicadas em setembro de 2005 em um pequeno jornal dinamarquês tomou dimensões imprevisíveis .
  7. 7. Abaixo, à direita, primeira página do jornal francês France Soir, cujo editor foi demitido, com a manchete: "Sim, temos o direito de caricaturar Deus"

×