Deficiência física 2

529 visualizações

Publicada em

Conceitos, principais autores, diversas deficiências e suas definições, duvidas e tratamentos.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
529
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
94
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Deficiência física 2

  1. 1. Deficiência Física
  2. 2. Conceito • Podemos definir a deficiência física como "diferentes condições motoras que acometem as pessoas comprometendo a mobilidade, a coordenação motora geral e da fala, em consequência de lesões neurológicas, neuromusculares, ortopédicas, ou más formações congênitas ou adquiridas" (MEC,2004).
  3. 3. • De acordo com o Decreto n° 5.296 de 2 de dezembro de 2004, deficiência física é : "alteração completa ou parcial de um ou mais segmentos do corpo humano, acarretando o comprometimento da função física, apresentando-se sob a forma de paraplegia, paraparesia, monoplegia, monoparesia, tetraplegia, tetraparesia, triplegia, triparesia, hemiplegia, hemiparesia, ostomia, amputação ou ausência de membro, paralisia cerebral, nanismo, membros com deformidade congênita ou adquirida, exceto as deformidades estéticas e as que não produzam dificuldades para o desempenho de funções".
  4. 4. Diagnóstico • Observação quanto ao atraso no desenvolvimento neuropsicomotor do bebê (não firmar a cabeça, não sentar, não falar, no tempo esperado). • Atenção para perda ou alterações dos movimentos, da força muscular ou da sensibilidade para membros superiores ou membros inferiores. • Identificação de erros inatos do metabolismo. • Identificação de doenças infectocontagiosas e crônico-degenerativas. • Controle de gestação de alto-risco. • A Identificação precoce pela família seguida de exame clínico especializado favorecem a prevenção primária e secundária e o agravamento do quadro de incapacidade.
  5. 5. Deficiente Físico Educação Mercado de Trabalho Acessibilidade Esporte e LazerEstudos Tecnológicos Direitos da Pessoa com Deficiência Física
  6. 6. No Plano educacional, ou mais especificamente, da escolarização, os problemas que afetam os deficientes físicos diferem, significativamente, dos problemas que afetam as pessoas portadoras de outros tipos de “deficiências”, como no caso dos “deficientes visuais, auditivos e mentais”. Por isso a escolarização precisa ser enfocada levando-se em conta as diferenças existentes no âmbito da comunidade dos “deficientes”. (CARMO, 1991). Educação
  7. 7. Mercado de trabalho
  8. 8. Acessibilidade
  9. 9. Estudos Tecnológicos
  10. 10. Paraolimpíada no Brasil teve a melhor campanha da historia , foi o 9º no quadro geral de medalhas com 16 de ouro, 14 de prata, e 17 de bronze totalizando 47 medalhas. Esporte
  11. 11. O documento “Salas de Recursos Multifuncionais. Espaço do Atendimento Educacional Especializado” MEC afirma que: • A deficiência física se refere ao comprometimento do aparelho locomotor que compreende o sistema Osteoarticular, o Sistema Muscular e o Sistema Nervoso. • As doenças ou lesões que afetam quaisquer desses sistemas, isoladamente ou em conjunto, podem produzir grande limitações físicas de grau e gravidades variáveis, segundo os segmentos corporais afetados e o tipo de lesão ocorrida. (BRASIL, 2006, p. 28)
  12. 12. Classificação • Quanto a natureza, podemos dividir as deficiências físicas em: –Distúrbios Ortopédicos; –Distúrbios Neurológicos;
  13. 13. A deficiência física pode ser • Temporária - quando tratada, permite que o indivíduo volte às suas condições anteriores. • Recuperável - quando permite melhora diante do tratamento, ou suplência por outras áreas não atingidas. • Definitiva - quando apesar do tratamento, o indivíduo não apresenta possibilidade de cura, substituição ou suplência. • Compensável - é a que permite melhora por substituição de órgãos. Por exemplo, a amputação compensável pelo uso da prótese.
  14. 14. A deficiência física pode ter causa • Hereditária - quando resulta de doenças transmitidas por genes, podendo manifestar-se desde o nascimento, ou aparecer posteriormente. • Congênita - quando existe no indivíduo ao nascer e, mais comumente, antes de nascer, isto é, durante a fase intra-uterina. • Adquirida - quando ocorre depois do nascimento, em virtude de infecções, traumatismos, intoxicações.
  15. 15. TERMINOLOGIA • Dependendo do número e da forma como os membros são afetados pela paralisia, foi sugerida por WYLLIE (1951), a seguinte classificação: • Monoplegia – condição rara em que apenas um membro é afetado. • Diplegia – quando são afetados os membros superiores. • Hemiplegia – quando são afetados os membros do mesmo lado. • Triplegia – condição rara em que três membros são afetados.
  16. 16. • Tetraplegia/ Quadriplegia – quando a paralisia atinge todos os membros; sendo que a maioria dos pacientes com este quadro apresentam lesões na sexta ou sétima vértebra. • Paraplegia – quando a paralisia afeta apenas os membros inferiores; podendo ter como causa resultante uma lesão medular torácica ou lombar. • Este trauma ou doença altera a função medular, produz como consequências, além de déficits sensitivos e motores, alterações viscerais e sexuais.
  17. 17. Causas deficiência física • Acidentes de trânsito • Ferimentos por arma de Fogo • Doenças • Traumas (50% - acidentes de trânsito) • Lesão cerebral • Paralisia cerebral • Lesão medular • Distrofias musculares • Esclerose múltipla • Amputações • Malformações congênitas • Distúrbios posturais da coluna • Sequelas de queimaduras
  18. 18. • Exercícios de mobilização, alongamentos, fortalecimento, resistência localizada e geral; • Estimulação de tonus muscular; • Esportes Tratamento

×