Livro Quadribol

8.558 visualizações

Publicada em

Publicada em: Esportes, Diversão e humor
0 comentários
12 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.558
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
392
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
132
Comentários
0
Gostaram
12
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Livro Quadribol

  1. 1. As Principais Jogadas Bludger Backbeat (Rebate Falso) Uma jogada em que o batedor gira o bastão e rebate o balaço para trás em vez de para frente. É difícil executá-la com precisão, mas a manobra é excelente para confundir os adversários. Dopplebeater Defense (Dupla-Defesa de Batedores) Os dois batedores rebatem o balaço ao mesmo tempo para lhe imprimir maior impulso, produzindo um contra-ataque de grande impacto. Double Eight Loop (Defesa de Oito Duplo) Defesa de goleiro, em geral usada coontra o jogador que cobra uma penalidade, na qual o goleiro contorna os três aros do gol em alta velocidade para bloquear a goles. Hawkshead Attacking Formation (Formação de Ataque Cabeça-de- Falcão) Os artilheiros formam um V e voam juntos em direção às balizas. Esta formação intimida fortemente o time adversário e força os outros jogadores a se afastarem para os lados. Parkin’s Pincer (Pinça de Parkin) Recebe esse nome em homenagem à equipe original do Vagabundos de Wingtown, ao qual é atribuída a invenção desse movimento. Dois artilheiros assediam o artilheiro adversário, um de cada lado, enquanto um terceiro voa de frente diretamente contra ele ou ela. Plumpton Pass (Passe de Plumpton) Movimento de apanhador: uma guinda aparentemente displicente em que ele recolhe o pomo para dentro da manga. Seu nome é uma homenagem a Rodrigo Plumpton, apanhador do Tornado de Tutshill, que empregou tal movimento em sua famosa captura recorde do pomo em 1921. Embora alguns críticos digam que o movimento foi acidental, Plumpton afirmou até o dia de sua morte que agiu intencionalmente. Porskoff Ploy (Ardil de Porskoff) O artilheiro de posse da goles voa para o alto, levando os artilheiros adversários a acreditarem que ele está tentando se livrar deles para marcar, e então atira a goles para outro artilheiro do seu time que já está à sua espera para agarrá-la. É essencial uma perfeita sincronia de tempo. O nome da manobra é uma homenagem à artilheira russa Petrova Porskoff.
  2. 2. Reverse Pass (Passe de Revés) Um artilheiro lança a goles por cima do ombro para um companheiro de time. É difícil acertar. Sloth Grip Roll (Giro da Preguiça) O jogador se pendura por baixo da vassoura, agarrando-se firmemente ao cabo com os pés e as mãos, para evitar um balaço. Starfish and Stick (Pêndulo Estrela-do-Mar) Defesa de goleiro em que ele segura a vassoura horizontalmente com uma das mãos, prende o pé no cabo e estica braços e pernas. A Estrela-do-Mar jamais deve ser tentada sem uma vassoura. Transylvanian Tackle (Faz-que-Vai da Transilvânia) Observado pela primeira vez na Copa Mundial de 1473, é a simulação de um soco direto no nariz. Desde que não haja contato o movimento não é ilegal, embora seja difícil evitá-lo quando os dois jogadores estão voando em alta velocidade. Woollongong Shimmy Aperfeiçoado pelos Guerreiros Woollongong da Austrália, esse shimmy é um movimento de ziguezague em alta velocidade, feito com intenção de desmontar o artilheiro adversário de sua vassoura. Wronski Feint (Finta de Wronski) O apanhador dispara em direção ao solo fingindo ter avistado o pomo lá embaixo, mas se recupera do mergulho antes de atingir o campo. O movimento visa a obrigar o apanhador adversário a imitá-lo e colidir com o chão. Seu nome é uma homenagem ao apanhador polonês Josef Wronski Bruxos que Revolucionaram o Quadribol Bruxos que Revolucionaram o Quadribol No começo, o Quadribol era apenas mais um jogo que surgia. Ao longo dos séculos, novas regras e novas coisas foram surgindo, formando o esporte mais popular no mundo dos bruxos. Aqui selecionamos os principais ícones e bruxos que ajudaram a fazer o Quadribol que é hoje.
  3. 3. Antes do Quadribol ser chamado de quadribol, era chamado de "jogo do brejo", por ser jogado por um grupo de bruxos montados em vassouras, no brejo de Queerditch. Eles usavam goles de couro e a arremessam pelos buracos das árvores;os balaços eram pedregulhos enfeitiçados e o pomo de ouro ainda não existia. Eram os primeiros dias do Quadribol. O pomo de ouro surgiu de forma curiosa. Usavam, primeiro, um pássaro raro de nome pomorim, gordo e muito difícil de ser pego. A caça ao pomorim, muito ativa, foi extinta com a invenção do pomo de ouro, por Bowman Wright. Wright era um bom encantador de metais e se mergulhou na tarefa de criar uma bola que imitasse o comportamento do pomorim. O bruxo Zacarias Mumps, em 1398, fez a primeira descrição completa do jogo de Quadribol. Ele começou por enfatizar a necessidade de estabelecer medidas antitrouxas durante a realização dos jogos. Em 1620, Quíntio Umfraville escreveu um livro intitulado O nobre esporte dos bruxos, no qual havia um diagrama do campo do século XVII. Nele vemos o acréscimo do que chamamos de "pequena área" em cada uma das extremidades do campo. As antigas goles não eram enfeitiçadas. Cada vez que os artilheiros não conseguiam agarrá-la, a bola caía sempre e eram obrigados a mergulhar toda vez. A bruxa Margarida Pennifold teve a idéia de enfeitiçar a bola , de modo que, quando caísse, a goles descesse lentamente em direção ao chão como se estivesse afundando em água, o que permitia que os artilheiros pudessem agarrá-la ainda no ar. No passado, arbitrar partidas de quadribol era tarefa para bruxos e bruxas corajosos. Um árbitro de Norfolk, chamado Ciprião Youdle, faleceu num amistoso entre bruxos locais. O autor da maldição nunca foi apanhado, mas acredita-se que foi um espectador. Rodrigo Plumpton jogou pela Inglaterra como apanhador vinte e duas vezes e detém pelo recorde britânico de captura mais rápida de um pomo em uma partida (três segundos e meio). Fabricas De Vassouras Como fabricar sua vassoura Comece já e monte sua companhia de Vassouras Monte sua própria vassoura e saiba que estará seguro com ela. Ou simplesmente monte uma Companhia de Vassouras com as dicas e informações deste livro. Capítulo I O que é preciso para montar uma vassoura: Para começar a montar sua vassoura você irá precisar de certas coisas que, para dar segurança e confortabilidade a sua vassoura, precisam estar em perfeito estado.
  4. 4. Madeira A madeira é essencial para montar sua vassoura, mas existem vários tipos de madeiras com várias qualidades e defeitos, a madeira utilizada para fabricar vassouras geralmente é a mesma que se utiliza para fabricar violões. Aqui está três tipos de madeiras para você escolher a que melhor lhe agrada. Jacarandá: (encontrado na Bahia) essa madeira por ser muito leve ganha altura e velocidade rapidamente, mas não pode carregar cargas muito mais pesadas que 140kg. Cedro: carrega cargas de até 500kg, mas demora mais para ganhar velocidade e altura. Ébano: carrega cargas de até 300kg, ganha altura e velocidade mais fácil que o Cedro, mas não é muito durável. Caso não queira nenhuma dessas, pode escolher algum outro tipo de madeira, mas dê preferencia à madeiras do mesmo tipo da que se usa para violões. Varinha A varinha é necessária para realizar os feitiços amortecedor, de velocidade, etc. Não há preferencias de varinhas, a única exigência é que a varinha esteja em ótimo estado, ou você poderá desde perder a direção, bater e cair até ficar com hemorróidas. Um kit de ingredientes para poção Sim, um kit para poção, essa poção irá no interior de sua vassoura, é ela que faz a vassoura mágica. O kit deve conter: 1 caldeirão: para preparar a poção, obviamente. Um medidor mágico: para medir a temperatura do fogo. Um fogo mágico: para aquecer a poção. Um filtro mágico para poção: para retirar sólidos da poção. 1 folha de Kirmy: É uma planta de cor verde clara, bastante forte e com uma audição muito poderosa. Essa planta tem o efeito de fazer a vassoura entender os comandos (ex.: suba) ou de saber quando seu piloto está em apuros 3 Cumaris inteiros: deixa sua vassoura mais perspicaz, entre outras coisas.
  5. 5. 20g Urtigas: para aquele ar de perigo a sua vassoura, entre outras coisas Um pelo, pena ou couro de um animal mágico (a escolha): Esse ingrediente vai determinar a "personalidade" da vassoura. Ex.: a firebolt utiliza de pena de fênix, por isso, além da madeira, ela é resistente, rápida e cara, pois é difícil conseguir que um monte de fênix doem penas. Obs.: O animal deve permitir que você colha o ingrediente, mesmo que ele esteja morto, você deve pedir permissão antes de recolher o ingrediente (claro que não precisa esperar a resposta do animal morto!!!). Palha Claro que não podia faltar a palha, obviamente, a palha é sintética para não espetar. A palha é que dará o efeito aerodinâmico à vassoura. Aço ou Alumínio mágico Está achando estranho esse material não é? Pois não ache, ele é que irá dar acabamento a ligação da palha ao cabo da vassoura. Capítulo II Preparando a poção Coloque o caldeirão no fogo à 300º bruxos. Acrescente 300ml de água ao caldeirão. Espere ferver e coloque 20g de Urtigas moídas, deixe ferver durante 1 hora. Depois filtre o liquido e retire qualquer vestígio das urtigas. O liquido deve ficar com uma cor verde escura, e a poção deve parecer meio pastosa, coloque de novo o liquido ao caldeirão a 300º. Coloque 1 cumari inteiro a cada 2 minutos e mexa a poção com a varinha. A poção vai ficar verde avermelhado tão escuro que não vai dar para ver o fundo do caldeirão. Tire a poção do fogo, e jogue de longe o artigo do animal que escolheu, você vai ouvir o barulho de uma pequena explosão, provavelmente uma fumaça vai sair e a poção vai mudar para a cor dourada, não importa qual for o artigo, mas só isso que pode acontecer. Agora leve a poção de volta ao fogo a 50º somente acrescente 1 folha de Kirmy, mexa bem devagar no sentido horário, e deixe-a poção lá enquanto não for ser usada, para não esfriar. Quando for usar, filtre a poção novamente. Capítulo III Preparando a Madeira
  6. 6. Pegue a madeira que escolheu e realize o feitiço de corte: Diffendo e corte-a de forma que ela fique igual a um cabo de vassoura normal. Agora, use o mesmo feitiço e corte o cabo ao meio, e faça um canal no meio dele, de forma que quando fechar fique um cano oco no meio da vassoura. Pegue a poção ainda quente e despeje 200ml no canalzinho. Espere a poção esfriar, ela vai virar uma pasta vermelha dourada vai e grudar na madeira, caso isso não ocorra você deverá refazer a poção. Depois junte os dois pedaços do cabo e realize o feitiço reparo: o cabo deve ficar inteiro. Pronto o cabo de sua vassoura está pronto. Você pode utilizar o alumínio ou aço mágico para fazer algum detalhe na ponta da vassoura. Capítulo IV Preparando a Palha Agora você vai pegar a palha artificial vai mergulha-la em água fervente e deixar 2 minutos. Quando retirar a palha, repare que ela está mais maleável e mais junta, isso será útil para deixa-la no formato que queremos. Pegue a palha úmida e torça-a até ficar em formato aerodinamico, meio triangular... Assim ela estará aerodinâmica e contribuirá para o desempenho de sua vassoura. Pegue o cabo da vassoura e coloque a ponta dele dentro da palha. Use agora um feitiço secante, e seque por completo a palha, note que como a palha é sintética, após o processo de ferver e secar, ela junta e fica grudada umas com as outras e com o cabo. Capítulo V Dando um Efeito na Vassoura Agora pegue o alumínio ou aço mágico, e faça o acabamento da palha com o cabo da vassoura. Enfeite, faça o acabamento como quiser, seja criativo. Esse detalhe irá deixar sua vassoura com um efeito legal e também fixará melhor a palha (e caso escorregue no cabo e bata na palha não irá se machucar).
  7. 7. Use de feitiços para fazer o acabamento, senão você pode se machucar. Para cortar, use um feitiço de corte como o Diffendo. Tanto alumínio quanto o aço mágico basta ordenar-lhes para eles se fixarem em algum lugar. Você também pode colorir o cabo da vassoura com um feitiço de cor ou com uma tinta mágica própria para vassouras. Capítulo VI O Conforto de sua Vassoura. Que legal minha vassoura já está pronta!!!!!! Não, ela não está. Se você não notou, de uma voltinha nela. Ela está um pouco desconfortável não é?! Então o que está faltando nela é um feitiço amortecedor!!!! Pegue sua varinha, mais uma vez ela vai entrar em ação. Lance o feitiço mortifencius na vassoura, você pode também acrescentar intensidade no feitiço, é só falar um numero antes do feitiço ser pronunciado. Com esse feitiço vai aparecer uma almofada invisível no cabo de sua vassoura, dependendo do numero que fales a almofada vai ser maior. E dependendo do tamanho da almofada, ela vai dar um efeito especial ao cabo de sua vassoura. Capítulo VII Testando, 1, 2, 3... Vamos a parte mais divertida e muitas vezes catastrófica de montar uma vassoura, vamos testa-la. Para quem pensa que testar uma vassoura é só montar nela e sair voando está enganado. Você tem de primeiro verificar o feitiço que acabamos de fazer, o amortecedor. Você tem que ver se a almofada na intensidade conjurada ficou em bom estado, porque as vezes a intensidade não é compatível com a madeira. Esse feitiço não se revela com o Apareciun, então dois professores (Robert Wander e Elanor Wander) criaram o feitiço Elror. Aponte sua varinha para o cabo da vassoura e fale: Elror, esse é o feitiço que revela a almofada invisível. Quando a almofada aparecer é só ver se ela não está corroída, envelhecida, ou com uma aparência velha. Se estiver em algum desses estados anteriores, você terá que lançar outro feitiço amortecedor de outra intensidade. (ao lançar outro feitiço amortecedor o antigo desaparece automaticamente.) Agora, fique do lado de sua vassoura, estenda a mão acima dela e diga: suba. Se a vassoura subir sem problemas. Se ela não subir, peça para mais pessoas tentarem convence-la a subir, caso ela não suba de qualquer jeito, aí meu amigo você está
  8. 8. literalmente ferrado e com uma trabalheira enorme. Você terá de desmontar a vassoura, reabrir o cabo dela, limpar o interior, e fazer outra poção, e verificar se a planta Kirmy está em bom estado, e foi bem preparada. Muito bem, continuando o teste. Agora monte na vassoura e voe, voe e voe. Vire para a esquerda, para a direita, faça manobras, acelere e pare. Se não tiver problemas, sua vassoura estará em ótimo estado. Capítulo VIII A vassoura está pronta Agora sim sua vassoura está pronta. Também depois de preparar a poção, fazer o cabo, colocar a palha, fazer o acabamento, pintar, amortecer, testar, ufa, já estava na hora. Bom, está na hora de dar uma voltinha nela né? Claro se você ainda estiver com energia!!! Você pode, agora, montar uma Companhia de Vassouras, é claro, que você terá de contratar chefes em poções, bruxos marceneiros, bruxos para lançar feitiços amortecedores da mesma intensidade, enfim uma infinidade de empregados, mas não se esqueça de que se sua Companhia tiver um bom projeto para boas vassouras com ótimas combinações de feitços, madeiras e palha, você poderá pagar quantos empregados quiser. E não basta só saber montar vassouras tem também que saber como administrar uma empresa desse escalão. Agora dá licença que eu vou descansar, todo esse papo de como montar uma vassoura me lembrou quando eu montei a minha primeira, ai, ai, fiquei cansada só de pensar... :- P. Curiosidades O bruxo Elliot Smwthwyck, em 1820, inventou o feitiço amortecedor, que contribuiu para que as vassouras sejam. Boatos dizem que esse bruxo sofria de hemorróidas por causa das vassouras antes dessa brilhante invenção. O feitiço Elror, foi inventado pelos professores Robert e Elanor Wander (casados). Eles o inventaram porque acharam que a vassoura deles estava muito desconfortável, e queriam checar o feitiço amortecedor. Quando fizeram isso descobriram que a vassoura deles não tinha esse feitiço amortecedor, reclamaram e conseguiram que a fábrica consertasse a vassoura e de quebra lhe dessem uma outra vassoura novinha em folha. O feitiço foi nomeado pela Elanor quando estava a beira da morte, Robert atendeu o pedido dela, e a única coisa que se sabe do nome é que é a junção de Elanor com Robert. O "r" no fim ninguém sabe, só existem boatos, e o mais forte deles é que Elanor andou "pulando a cerca" com um aluno que se chamava Ray. As datas do feitiço são desconhecidas.
  9. 9. Em 1901, o bruxo Gladis Bootby, que por acaso tocava muito bem violão, teve a brilhante idéia de fabricar uma vassoura com a mesma madeira que geralmente é usada nos violões (jacarandá) e daí surgiu a primeira vassoura de corrida a Moontrimer. Depois começaram a usar de outras madeiras também utilizadas para fabricar violões, mas por um bom tempo só foi usado o jacarandá. Fundamentos do Quadribol A História do Quadribol Nas antigas crônicas de Hogwarts, encontra-se registrado como surgiu o esporte oficial do mundo bruxo, o Quadribol. Contaremos um pouco do que lá está escrito... A criação do Quadribol remonta da criação da vassoura como meio de transporte. Um bruxo chamado Astor Utterson, criador de dragões, ficou encantado com a nova invenção. Sentindo falta de um esporte para os bruxos, e dispondo de algum tempo livre, do trato com os dragões, imaginou que poderia criar um novo esporte que utilizasse o novo invento. Em sua juventude, sendo filho de trouxas, praticava regularmente várias modalidades esportivas. Queria juntar em apenas um esporte suas modalidades preferidas. Vendo na vassoura um grande aliado, pelas possibilidades que oferecia, imaginou uma modalidade que as reunisse, criando assim, os rudimentos do que hoje é conhecido como Quadribol. Ao longo dos anos, o jogo evoluiu, onde foram introduzidas regras, e novos apetrechos mágicos, o que possibilita uma maior vibração e interesse por parte de seus integrante e apreciadores. Com a criação da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, ele foi escolhido como esporte oficial da mesma. Neste livro, iremos falar do Quadribol, tal qual ele é jogado hoje. Regras do Jogo 1)O campo Uma longa quadra ao ar livre. Em cada ponta há 3 aros, chamados Balizas, que têm 15 metros de altura. 2)As bolas São quatro, de três tipos diferentes: A Goles – Uma bola vermelha, do tamanho de uma bola de futebol, que deve ser colocada nos aros localizados nas extremidades do campo.
  10. 10. Os Balaços – São dois. Duas bolas pretas, que são lançadas contra os jogadores adversários. O Pomo de Ouro – A bola mais importante do jogo. É do tamanho de uma noz, dotada de asas, muito veloz, muito difícil de ser capturada. 3)Os jogadores São Sete no total Um Apanhador – Sua função é capturar o Pomo de Ouro. Geralmente são de constituição pequena, e velozes com a vassoura. Um Goleiro – Sua função é defender as Balizas do seu time. Deve ser bem atento, para não deixar a Goles passar por ele. Dois Batedores – Sua função é rebater os Balaços, para que os mesmos não atinjam os jogadores do seu time. Três Artilheiros – Sua função é colocar a Goles nas Balizas adversárias, marcando pontos para o seu time. 4)Pontuação A cada vez que a Goles entra nas Balizas, o time ganha dez pontos. A captura do Pomo corresponde a 150 pontos, sendo a mesma quem define o fim da partida. 5)Faltas Existem 700 maneiras de cometer faltas no Quadribol e todas elas ocorreram na Copa Mundial em 1473. Na maioria das vezes, os apanhadores são os mais prejudicados, devido à sua função, e por serem, geralmente, menores que os outros jogadores. Vassoura utilizadas no Quadribol Como o Quadribol é um esporte muito popular, todos os tipos de vassoura podem ser utilizadas para joga-lo, porém, os times que jogam profissionalmente, ou os times de colégio utilizam vassouras mais sofisticadas. As mais utilizadas são: Firebolt - A vassoura mais ágil e veloz que existe, ela só é usada nas Copas Mundiais e por Harry Potter, o antigo apanhador da Grifinória, em Hogwarts. Nimbus 2000 – Conhecida por sua leveza e velocidade, foi a primeira vassoura do grande Harry Potter. Nimbus 2001 – Muito mais veloz que sua antecessora, a Nimbus 2000.
  11. 11. Cleansweep – É a mais utilizada nos times de escolas de magia e bruxaria, já estando um pouco ultrapassada. Comet 260 - É a mais usada nas primeiras aulas de vôo, por ser mais fácil de manejar. Agora, não é muito vendida porque é muito lenta se comparada com as outras. É uma das vassouras mais antigas. História da Vassoura Voadora A evolução da vassoura voadora Nenhum feitiço inventado até hoje permite aos bruxos voarem apenas com os recursos de sua forma humana. Os poucos animagos que se transformam em animais alados podem voar, mas são raros. A bruxa ou o bruxo que se vê transformado em um morcego pode levantar vôo, mas, possuindo um cérebro de morcego, com certeza vai esquecer aonde queria ir no momento em que deixar o chão. A levitação é uma prática comum, mas os nossos antepassados não se contentaram em planar a um metro e meio do chão. Quiseram mais. Quiseram voar como pássaros, mas sem a inconveniência de ter o corpo coberto de penas. Hoje, estamos tão habituados à idéia de que todas as casas de bruxos na Grã-Bretanha dispõem no mínimo de uma vassoura que raramente paramos para nos perguntar qual é a razão disso. Por que a humilde vassoura iria se tornar o único objeto legalmente aceito como meio de transporte bruxo? Por que nós, no Ocidente, não adotamos o tapete voador tão apreciado pelos nossos irmãos orientais? Por que não preferimos produzir barris voadores, poltronas voadoras, banheiras voadoras - por que vassouras? Bastante perspicazes para compreender que seus vizinhos trouxas procurariam explorar seus poderes, se conhecessem o seu alcance, os bruxos e bruxas ficavam quietos em seus cantos muito antes de o Estatuto nternacional de Sigilo em Magia entrar em vigor. Se pretendessem guardar um veículo de transporte em casa, teria de ser algo discreto, facil de esconder. A vassoura era ideal para isso; não exigiria explicação nem desculpa se fosse encontrada pelos trouxas, era portátil e de baixo custo. No entanto, as primeiras vassouras enfeitiçadas para voar tiveram os seus senões. Há registros de que os bruxos e bruxas europeus já estavam usando vassouras em 962 d.C. Uma iluminura alemã desse período mostra três bruxos desmontando suas vassouras com expressões de estranho mal-estar no rosto. Guthrie Lochrin, um bruxo escocês, escreveu em 1107 que teve as "nádegas cravadas de farpas e as hemorróidas inflamadas" depois de um breve vôo de vassoura de Montrose a Arbroath. Uma vassoura medieval exibida no Museu do Quadribol, em Londres, nos dá uma ideia das razões para o mal-estar de Lochrin. Um cabo de freixo no doso e sem verniz, com gravetos de amendoeira amarrados toscamente a uma ponta, não é nem confortável nem aerodinâmico. Os feitiços lançados sobre as vassouras eram igualmente básicos: ela podia se deslocar apenas para a frente e a uma dada velocidade; subia, descia e parava. Naquele tempo, as famílias bruxas confeccionavam as próprias vassouras, por isso havia uma enorme variação na velocidade, no conforto e no manuseio desse meio de transporte de que dispunham. Por volta do século XII, no entanto, os bruxos já haviam aprendido a trocar serviços entre si, a fazer escambo, de modo que um mestre artesão de vassouras podia trocá-las pelas poções que seu vizinho soubesse preparar melhor que ele. Quando as vassouras se
  12. 12. tornaram mais confortáveis, os bruxos passaram a voá-las por diversão e não apenas para se transportarem do ponto A ao ponto B. Jogadores de Quadribol O Artilheiro e suas funções A posição de artilheiro existe desde a criação do quadribol. A posição de artilheiro é a posição mais ativa no jogo de quadribol. A posição de artilheiro exige aos jogadores uma boa velocidade e um bom entrosamento. Os artilheiros devem ter bastante velocidade, para conseguir desviar de balaços, e também para conseguir vencer os goleiros para marcar os gols. Os artilheiros precisam ter um entrosamento muito bom, pois devem se entender na hora de fazer as jogadas, e também precisam movimentar a bola constantemente para conseguir abrir espaços para marcar gols. Os artilheiros necissitam ter uma vassoura rápida e também uma vassoura de bom controle. Essa vassoura deve ser do nível da Cleansweep 7 ou da Nimbus 2000. Os artilheiros preciam ter também agilidade e técnica. Eles necessitam ter técnica para executar as jogadas, o que também necessita de agilidade. A agilidade também é precisa para que os artilheiros consigam escapar da forte marcação, exercida cada vez mais no quadribol atual. Os artilheiros também devem se entender na hora que estão em posição defensiva, pois quanto melhor for o entendimento entre eles, mais forte e eficiente será a marcação. Atualmente, os melhores artilheiros do quadribol atual são os artilheiros irlandeses Troy, Mullet e Moran, que na final da última Copa Mundial de Quadribol, abriram uma vasta vantagem no placar. O Batedor e suas funções Sabemos que a posição de batedor foi a terceira das quatro posições do quadribol a ser criada. A posição de batedor foi criada quando houve a criação dos antigos balaços, que eram chamados de pedraços. A posição de batedor exige muita força e técnica. O batedor tem de ter muita força para distanciar o balaço dos jogadores do seu time, e também tem de ter técnica para bater o balaço, pois uma rebatida ruin e o balaço vai na cabeça de um companheiro de time. Os batedores também tem que ter raciocínio rápido, e uma vassoura com uma boa velocidade. Se o batedor não tiver um racicínio bom e rápido, ele não vai saber para onde rebater o balaço, e se ele não tiver uma vassoura de boa velocidade, ele não chegará a tempo de rebater os balaços. Se o batedor tiver velocidade, uma vassoura do nível da Cleansweep 5 já basta, pois as Cleansweeps são vassouras fáceis de serem controladas e possuem uma boa velocidade. O batedor, além de proteger os jogadores do seu time, também tem de acertar os jogadores adversários. O batedor deve sempre rebater o balaço com força em direção dos jogadores adversários, de preferência, em direção ao apanhador, pois o apanhador e o único jogador que pode tocar o pomo-de-ouro, então, se o apanhador sair de campo, o jogo está praticamente ganho. O batedor também pode tentar acertar o goleiro, pois se ele o acertar, seu time pode conseguir uma grande vantagem através dos gols. Os batedores devem ter um bom entrosamento entre si, pois eles tem que saber a hora de agir e em que lugar agir. Se um time de quadribol tiver bons batedores, ele tem boas chances de vencer o jogo. Atualmente os melhores batedores do quadribol atual são os batedores búlgaros Volkov e Vulchanov, que devido a suas fortes rebatidas, fazem que com que os artilheiros adversários se machuquem, algumas vezes, gravemente.
  13. 13. O Apanhador, sua posição e seu objetivo Como sabemos, a posição de apanhador foi a última posição de ouro. Sua origem se deve à uma longa história, que envolve um pomorim dourado, que é um passarinho que deu origem ao pomo-de-ouro, e uma recompensa de 150 galeões, que deu origem aos atuais 150 pontos. A posição de apanhador é a mais importante no quadribol atual. Se o apnhador cumprir a sua função (capturar o pomo-de-ouro) o seu time ganha 150 pontos e a partida acaba. O apanhador deve ter muita velocidade e também tem que ter muita coragem. O apanhador tem que ter muita velocidade para conseguir capturar o pomo- de-ouro, e isso também necessita de coragem, pois ele precisa ir constantemente em direção ao chão e também tem que constantemente se recuperar de mergulhos, e corre sempre o risco de ser atingido por um balaço. O apanhador depende também da proteção do batedor, pois os batedores adversários sempre vão tentar derrubá-lo. O apanhador também tem que ser extremamente técnico. Ele necessita de uma técnica muito grande para executar as suas fintas, como a Finta de Wronski, e também para executar outras jogadas essenciais, como o Passe de Plumpton, que se for bem executado, certamente decreta a vitória do seu time. A vassoura do apanhador tem que ser muito rápida e fácil de guiar. A vassoura ideal seria uma Nimbus 2000, uma Nimbus 2001 ou uma Firebolt, que é atualmente a melhor vassoura para jogar quadribol. O quadribol teve como principais apanhadores o polonês Josef Wronski, inventor da famosa finta de Wronski e o ex-apanhador do Tornado de Tutshill Rodrigo Plumpton, inventor do passe de Plumpton. Atualmente os melhores apanhadores do quadribol atual são o apanhador búlgaro Vítor Krum, e o irlândes Aidan Lynch.
  14. 14. Marcas de Vassouras Cleansweep Uma vassoura muito velha. Sem estabilidade e devagar, está muito atrasada em relação às vassouras atuais. Não aguenta muito "trancos". Se quebra muito fácil. Cleansweep II A versão mais avançada da outra, tranzendo correções em relação à outra, mas também não é muito boa. Uma das correções foi a estabilidade e o tipo da madeira do cabo, é mais resistente. Fora isso é quase igual. BlueBottle É uma vassoura muito boa, apesar de não ter velocidade. É segura, confiável e é equipada com alarme anti-roubo.Foi feita mais precisamente para famílias, por meio de transporte e não para jogar quadribol, mas server para jogar quadribol pela sua estabilidade. Ela começou a geração de vassouras tortas (com um pequeno relevo para cima). Nimbus Uma vassoura das mais velhas já existentes. A fábricação dela se tornou escassa por ser tão ruim. Ela não te obedecia, não tinha estabilidade, mas era muito rápida. Só grandes jogadores de quadribol usavam ela por ser mais rápida, já que conseguiam dominá-la facilmente. Só se tornou conhecida por este motivo. Todos que a usavam eram considerado mestres em quadribol. Nimbus 1989 Essa vassoura arrebentou. Foi um sucesso, apesar de não ser muito resistente. Seus defeitos da versão anterior foram corrigidos. A novidade foi a instalação do alarme anti- roubo Nimbus 2000 A vassoura da moda do ano de 2000 foi um sucesso. Como modelo turvo, com estaabilidade, com muita velocidade, com resistencia , é quase perfeita. Nimbus 2001 Uma vassoura perfeita com alarme anti-roubo, leve e resistente, só não foi a melhor do ano, por causa da Firebolt que a superou.
  15. 15. Firebolt Totalmente perfeita, leve, resistente, a mais veloz do mundo, alarme anti-roubo, atende por comando de voz e possui a forma turva no cabo. **Protesto** As nossas vassouras estão sendo usadas por trouxas, para limpar suas casas, graças a bruxos descuidados que deixam suas vassouras com trouxas. Por favor tenham mais atenção! *Recordes* Mais veloz: Firebolt Mais Instável: Firebolt Mais resistente: Nimbus 2001 Mais Leve: Firebolt Mais pesada: Nimbus Alarme anti-roubo mais sensível: BlueBottle Menos resistente: Cleansweep Menos Instável: Cleansweep Melhor para meio de transporte: BleuBottle Pior para meio de transporte: Firebolt Nobre Esporte O Nobre Esporte dos Bruxos Este jogo é composto de quatro bolas e sete jogadores de cada time que voam vassouras voadoras.Há um gol, que é composta de três argolas de aproximadamente 1,5m de diâmetro com espaço de 80cm entre casa argola, suficiente para um jogador passar, e que fica a seis metros do chão.Os jogadores usam as mãos, não podendo ficar muito tempo com a bola nas mãos.Os únicos que não usam as mãos são os batedores.
  16. 16. Existem quatro bolas no jogo: a Goles, bola importante que a cada gol vale 10 pontos, duas Balaças, são bolas que ficam voando em alta velocidade em direção aos jogadores na tentativa de apanha-los e derruba-los e o Pomo de Ouro, uma pequena bola dourada com asas que se move muito rapidamente.O Pomo de Ouro é a mais importante, pois assim que o Apanhador a pega o jogo acaba e vale 150 pontos para o time. Existe quatro posições diferentes: Goleiro fica em frente ao gol para segurar a bola Goles, o Apanhador, que geralmente é o mais ágil do time e que serve para pegar a Pomo de Ouro, dois Batedores, que tem como função proteger seu time das Balaças sendo que um bom rebatedor pode inclusive redirecionar uma Balaça em direção ao time adversário, e três Artilheiros, que armam as jogadas para fazer gol com a bola Goles. A vitória é do time que fizer mais pontos. Quando a partida começa, a bola Goles voa para cima e permanece estacionada, as Balaças já saem voando e o Pomo sai voando em alta velocidade e desaparece. Regras Basicamente nenhum jogador deve ficar com a bola por mais de um turno, pois representa falta. O jogo depende muito do posicionamento dos jogadores.Recomenda-se usar alguma forma de mapear a posição de cada jogador.Pode-se usar um mapa hexagonal ou quadriculado.E lembre-se, esse jogo é tridimensional, isto é, os personagens podem também se deslocar para cima ou para baixo. Inicio No inicio do jogo todos os Artilheiros fazem um teste de Quadribol.Aquele que tiver melhor total consegue começar com a Goles. Durante a Partida Após o inicio da partida, os jogadores começam a se posicionar e cumprir suas funções. O Pomo de Ouro demora um pouco a aparecer.
  17. 17. O Quadribol A evolução do Quadribol com o passar dos anos Com o passar dos anos o quadribol evoluiu muito. O também chamado jogo do brejo de Quidditch, foi inventado por alguns moradores deste brejo. No início, o quadribol tinha apenas uma das quatro bolas atuais, a goles. A goles era no início semelhante a uma bexiga de porco. Os aros também não existiam, eram apenas toras de madeira, e o gol acontecia quando a goles passava por cima destas toras. Após alguns anos foram criados espécies de balaços. Chamados de pedraços, os balaços eram grandes pedras, enfeitiçadas para perseguir os jogadores. Com a invenção dos "pedraços", a posição de batedor também foi criada, com o objetivo de proteger os jogadores dos pedraços. Em um certo jogo de quadribol no brejo de quidditch, um homem do Ministério da Mágia foi assistir o jogo, e levou consigo, uma gaiola com um passarinho, um pomorim dourado, e quando o jogo iniciou, ele soltou o pomorim e disse que quem o capturasse ganharia 150 galeões. Como era de se esperar, não houve jogo algum, pois todos os jogadores saíram atrás do pomorim dourado, mas nenhum deles o capturou, pois o pomorim voou para muito além dos limites do campo. Assim era o antigo pomo-de- ouro. Assim houve a criação da posição mais importante do quadribol, a posição de apanhador. Então em todos os jogos de quadribol havia um pomorim, que quando capturado, decretava-se o final da partida e o time que o capturasse ganhava 150 pontos, em homenagem a recompensa de 150 galeões. Com o passar do tempo, o pomorim dourado, foi se extinguindo, até que ele entrou em extinção, sendo proibida a sua captura. Então, foi criado o atual pomo-de-ouro, que imitou as características do pomorim dourado. Com a criação do atual pomo-de-ouro, aconteceram algumas mudanças no quadribol. O pomo-de-ouro, foi enfeitiçado para não sair dos limites do campo, a goles, foi enfeitiçada para que quando ela caísse, ela flutuasse, facilitando aos artilheiros para que eles recuperassem a bola, e também foi enfeitiçada com uma espécie de feitiço antiderrapante, que facilitava aos artilheiros a posse de bola, os pedraços se transformaram nos balaços atuais, e em cima das toras de madeira foram colocados aros. No quadribol, os balaços são enfeitiçados para não discriminarem os jogadores, e atacarem ao mais próximo. O pomo-de-ouro é enfeitiçado para fugir dos apanhadores, e também para não seguirem jogadores de um certo time. A popularização do Quadribol nos continentes Europa O quadribol, se firmou na Europa apartir do século XIV, quando foi criada a liga de quadribol dos times da Irlanda e da Inglaterra, e quando iniciaram os campeonatos europeus, onde se destaca também a Noruega, país do Braseck Meloves, vencedor de 17 taças européias, que sempre abria vasta vantagem no placar com seu artilheiro
  18. 18. Dhuwilliaman Grodas, maior artilheiro do quadribol europeu de todos os tempos. Na Europa se destacam também o apanhador Josef Wronski, que sem dúvida foi o mais criativo do mundo, como exemplo de sua criatividade podemos citar a finta de Wronski, e também o apanhador Rodrigo Plumpton, do Tutshill Tornados, que possui o recorde de captura mais rápida do pomo-de-ouro em uma partida (3 segundos e meio contra o Caerphilly Catapults). Oceania Na Oceânia o quadribol se popularizou pela facilidade de construir campos seguros, pois lá existem muitos desertos. Na Oceânia, podemos destacar o Tasmanian Terrors, que possuíam excelentes batedores, como exemplo Mark Walber, que sempre que jogava, tirava de campo o apanhador adversário. África O quadribol se popularizou na África devido a vassoura, que foi inventada na África. Embora o quadribol não seja tão popular como na Europa, a África tem times muito fortes como o Patonga Proudsticks, de Uganda, time onde jogam seis dos sete jogadores da seleção de Uganda. Como outros exemplos de times, podemos citar o Tchamba Charmers de Togo, mestres do passe invertido(passe spring), e o Sumbawanga Sunrays, da Tanzânia, um tim conhecido pela sua excepcional formação em loop(loop formation). América do Norte O quadribol chegou ao continente norte-americano no início do século XVII, embora tenha se firmado lentamente ali em virtude do forte sentimento antibruxo infelizmente importado da Europa ao mesmo tempo que o jogo. Hoje, o Canadá é o pais que mais contribui com o quadribol. Possui dois dos melhores times do mundo, o Belmore Flares, que é conhecido por sua formação cabeça de falcão(Hawkshead Attacking Formation), e o Springrade Montgomery, conhecido pela sua forte defesa, os EUA não possuem grandes times de quadribol devido a popularidade do Trancabola. América do Sul O quadribol é jogado em toda a América do Sul, embora como acontece nos EUA precisa competir com o popular trancabola. Apesar da Argentina e o Brasil terem chegado as quartas-de-final da última copa mundial de quadribol, sem dúvida a nação mis forte é o Peru, país do Machu-Pichu Flyers, vencedor da copa sul-americana 11 vezes. Também podemos destacar na América do Sul o time brasileiro Kapyxabas Karyokas, vencedor da copa sul-americana por 7 vezes, time do melhor goleiro que o quadribol já viu, Abcinto Scaparelli, que possui o recorde de 19 partidas sem levar gol. Ásia O quadribol jamais atingiu grande popularidade na Ásia, pois as vassouras são raras no oriente devido ao grande uso dos tapetes voadores. Essa regra é apenas uma exceção para a Coréia do Norte, país do Futoka Jinfred, vencedor durante 6 anos seguidos da
  19. 19. taça asiática de quadribol, e para o Japão, país do Makabiki Deferynbo, o maior vencedor da taça asiática, 23 vezes. A evolução da vassoura Até os princípios do século XIX, o quadribol era jogado em vassouras comuns de qualidade variável. Tais vassouras representavam um enorme progresso com relação às suas antecessoras medievais; a invenção do feitiço amortecedor por Elliot Smenthwyck, em 1820, contribuiu muito para tornar as vassouras mais confortáveis. Mas, de um modo geral, as vassouras do século XIX não tinham potência para atingir grandes velocidades, e, em altitudes elevadas, eram difíceis para ser controladas. Além disso, na maioria das vezes, as vassouras eram feitas artesanalmente pelos bruxos, e apesar de serem muito bem acabadas, sua qualidade não era nem um pouco semelhante ao acabamento. Um bom exemplo é a Oakshaft 79, criada em 1879, pelo vassoureiro Elias Grimstone, a Oakshaft é uma bela peça, com um grosso cabo de carvalho, projetada para grande autonomia de vôo e resistência aos ventos de altidudes grandes. Na atualidade a Oakshaft é uma vassoura de época muito apreciada, mas as tentativas de usá-la para jogar quadribol não foram bem sucessidas, pois ela era muito pesada nas curvas de alta velocidade. A Moontrimer, criada em 1901 pelo vassoureiro Gladis Boothby, representou um salto de qualidade na construção de vassouras e, por algum tempo, houve uma grande demanda dessas peças finas com cabos de freixo. A principal vantagem da Moontrimer sobre outras era sua capacidade de atingir altitudes mais elevadas do que as existentes (e permanecer controlável a tais altitudes.) Gladis Boothby, porém, não teve capacidade de produzir Moontrimers na quantidade exigida pelos jogadores de quadribol. O lançamento de uma nova vassoura, a Silver Arrow, chegou em boa hora e foi a verdadeira percussora da vassoura de corrida, alcançando velocidades muito maiores do que a Moontrimer ou a Oakshaft (até 112 km/k com o vento de cauda), mas, como as anteriores, foi trabalho de um único bruxo (Leonardo Jewkes) e a demanda novamente ultrapassou a produção. A solução surgiu em 1926 quando os irmãos Roberto, Guilherme e Barnabé Ollerton criaram a Companhia de Vassouras Cleansweep. O primeiro modelo de vassoura fabricada pela Cleansweep foi a Cleansweeo One, sendo produzida em uma quantidade jamais vista, e sendo comercializada como uma vassoura para o uso especialmente esportiva. Assim a Cleansweep, rapidamente tornou-se a vassoura usada por todos os times de quadribol do país. Os irmãos Ollerton, porém, não continuaram a dominar o mercado de vassouras de corrida por muito tempo. Em 1929, uma segunda companhia de vassouras foi criada pelos jogadores do Falcões de Falmouthh, Randolfo Keitch e Basílio Horton, a Companhia de Comércio Comet. A preimeira vassoura dessa Companhia foi a Comet 140, por ter sido esse o número de vassouras testadas antes de serem lançadas. O feitiço de Freagem patenteado pelos dois jogadores, diminuiu a possibilidade dos jogadores de quadribol fazerem lançamentos além das balizas ou voar fora dos limites do campo, e,
  20. 20. em consequência, a Comet se tornou a vassoura preferida de muitos times irlandeses e britânicos. Quando a concorrência entre a Cleansweep e a Comet se tornou mais intensa, acentuada pelo lançamento das Cleansweeps Two e Three, mais aperfeiçoadas, respectivamente em 1934 e 1937, e a Comet 180 em 1938, outros fabricantes de vassouras foram surgindo por toda a Europa. A Tinderblast foi lançada no mercado em 1940. Produzida por uma companhia na Floresta Negra, a Ellerby e Spudmore, a Tinderblast é uma vassoura de exepcional flexibilidade, embora jamais tenha atingido as velocidades superiores das Comets e Cleansweeps. Em 1952, a Ellerby e Spudmore lançou um novo modelo, a Swiftstick. Mais veloz do que a Tinderblast, a Swiftstick, no entanto, tinha uma tendência a perder potência durante a subida e nunca foi usada por jogadores profissionais. Em 1955, a Universal Vassouras Limitada apresentou a Shooting Star, a vassoura de corrida mais barata até o presente momento. Infelizmente, depois de uma explosão inicial de popularidade, constatou-se que a Shooting Star perdia velocidade e altura à medida que envelhecia, e a Universal Vassouras fechou as portas em 1978. Em 1967, porém, o mundo das vassouras foi eletrizado pela formação da Companhia Nimbus de Vassouras de Corrida. Nunca se vira nada semelhante à Nimbus 1000. Com velocidades de até 160 km/h, capaz de fazer um giro de 360 graus em torno de um ponto fixo no ar, a Nimbus combinava a confiabilidade da velha Oakshaft 79 com a facilidade de manejo da Cleansweep. A Nimbus tornou-se imediatamente a vassoura preferida pelos times profissionais de quadribol de toda Europa, e os modelos subsequentes (1001, 1500 e 1700) têm mantido a companhia no primeiro lugar no mercado. A Twigger 90, lançada em 1990, destinava-se, segundo seus fabricante, Flyte e Barker, a substituir a Nimbus na liderança do mercado. No entanto, embora essa vassoura tivesse um acabamento requintado e incluísse vários recursos tais como um aviso sonoro e correção automática de rumo, descobriu-se que a Twigger empenava em alta velocidade, e ela acabou ganhando má reputação de ser voada por bruxos que possuíam mais galeões do que bom senso. Os Mais Famosos Times de Quadribol do Mundo Appleby Arrows (Flechas de Appleby) Origem: Time do norte da Inglaterra. Fundado em: Fundado em: 1612 Vestes: Vestes azul-claras com um brasão de uma flecha prateada Ballycastle Bats (Morcegos de Ballycaste) Origem: Time da Irlanda do Norte. Titulos: Ganhou a Taça da Liga 27 vezes
  21. 21. Vestes: Vestes pretas com um morcego vermelho estampado no peito Caerphilly Catapults (Catapultas de Caerphilly) Origem: Time do País de Gales. Fundado em: Fundado em 1402 Vestes: Vestes com listras verticais verde-claras e vermelhas Titulos: Dezoito vitórias em campeonatos da Liga, Vitória na final da Taça Européia Chudley Cannons (Canhões de Chudley) Titulos: Ganharam a Taça da Liga 21 vezes, a última em 1892 Vestes: Usam veste laranja-vivo com um brasão em que há uma bala de canhão em movimento e um "C"preto duplo. Falmouth Falcons (Falcões de Falmouth) Caracteristica: Time conhecido pelo jogo duro Vestes: Usam vestes branco e cinza-chumbo com a cabeça de um falcão estampada no peito. Lema do clube: "Vamos vencer, mas se não pudermos, arrebentamos o adversário!" Holyhead Harpies (Harpias de Holyhead) Origem: Time galês muito antigo, fundado em 1203. Único time de Quadribol do mundo que sempre foi formado só por bruxas. Vestes: As vestes são verde-escuras e tem uma garra dourada no peito. Kenmare Kestrels (Francelhos de Kenmare) Origem: Time irlandês, fundado em 1291. Vestes: Usam vestes verde-esmeralda com um "F" e um "K" amarelos rebatidos sobre o peito. Montrose Magpies (Pegas de Montrose) Historia: Tem fãs no mundo inteiro, é o time de maior sucesso na história da Liga Britânica e Irlandesa, cuja taça já ganharam 32 vezes. Titulos: Duas vezes campeão europeu
  22. 22. Vestes: Vestes nas cores preta e branca e com uma pega espantada no peito e outra na costas. Pride of Portree (Orgulho de Portree) Origem: Tem origem na Ilha de Skye, onde foi fundado em 1292. Vestes: Vestes roxo-escuras com uma estrela dourada no peito Puddlemere United (União de Puddlemere) Origem: Fundado em 1163, é o time mais velho da Liga. Titulos: Ganhou 22 campenatos da Liga, 2 Taças Européias Vestes: Usam vestes azul-marinho com emblema do clube, dois juncos dourados cruzados sobre o peito Tutshill Tornados (Tornados de Tutshill) Origem: Fundado em 1520. Vestes: Usam estes azul-celeste com um "T" duplo, azul-escuro, no peito e nas costas. Titulos: Ganhou a Taça da Liga cinco vezes seguidas, um recorde britânico e irlandês. Melhor Jogador: Rodrigo Plumpton, capitão do time também jogou pela Inglaterra vinte e duas vezes e detém o recorde britânico pela captura mais rápida de um pomo de ouro em uma partida (três segundos e meio contra o Catapultas de Caerphilly em 1921). Wigtown Wanderers (Vagamundos de Wigtown) Origem: Foi fundado em 1422, pelos sete filhos de um açougueiro bruxo chamado Válter Parkin. Os quatro irmãos e três irmãs formavam em todos os sentidos um time fantástico que raramente perdia. Dizia-se que, em parte, pela intimidação que o time adversário sofria ao ver Válter postado a um lado do campo com uma varinha em uma das mãos e o cutelo de açougueiro na outra. Vestes: Em homenagem às suas raízes, os Vagamundos de Wigtown usam vestes vermelho-ssangue com um cutelo prateado no peito. Winbourne Wasps (Vespas de Winbourne) Origem: Fundado em 1312. Titulos: Venceu dezoito vezes o campeonato da Liga e foi duas vezes semifinalista da Taça da Europa. Vestes: Usa vestes com listras horizontais amarelas e pretas com uma vespa no peito.
  23. 23. Outros Esportes com Vassoura Um guia para alunos e professores Os esportes com vassouras surgiram assim que as vassouras se aperfeiçoaram o suficiente para permitir aos pilotos fazerem curvas e variar de altitude e velocidade. Os textos e pinturas mágicos da Antigüidade nos deixaram de herança alguns jogos que hoje alguns já não existem mais, outros sobreviveram ou evoluíram até se tornarem os esportes que hoje conhecemos. Corrida Anual de Vassouras A Annual Broom Race (corrida anual de vassouras), provem da Suécia onde os pilotos faziam o percurso: Kopparberg-Arjeplog, uma distancia pouco superior a 480 Km. A rota atravessava uma reserva de dragões e o prêmio, um troféu de prata imenso, era na forma de um Focinho - Curto sueco (uma raça de Dragão). Atualmente, todo ano ocorre o campeonato internacional, reunindo bruxos de todas as nacionalidades na Suécia. Os torcedores se reúnem em Kopparberg para torcer pelos jogadores, e em seguida aparatam na linha de chegada (em Arjeplog) para cumprimentar os sobreviventes. Esquema para jogar em aula: Se quiser vá até a Suécia, um lugar magnifico, e faça a rota verdadeira de Kopparberg até Arjeplog. O prêmio da corrida pode ser o que quiser, mas um troféu de um Focinho - Curto sueco não é de se jogar fora. Para jogar: peça para alguém (professor, ou no caso da ausência deste, a um colega) ser o juiz da corrida. Os jogadores devem narrar o que estão fazendo e o que está acontecendo enquanto ele percorre a reserva, o juiz pode estabelecer alguns acontecimentos, ex.: (juiz) um dragão levanta vôo e impede o caminho de *** (sendo *** um dos pilotos.). Quando um dos jogadores mencionar que está vendo a linha de chegada ou se aproximando da mesma, todos os jogadores devem mandar para o juiz: pedra, papel ou tesoura. O juiz vai ver quem ganhou de quem no pedra, papel ou tesoura. Daí o juiz vai narrar o final, ex.: *** avança e passa por ** mas um dragão jorra fogo queimando a vassoura dele e ** ganha a partida. (o que ele vai narrar depende também da quantidade de pilotos na corrida). O juiz deve entregar o prêmio, ou se quiserem eleger outra pessoa para entregar o prêmio também pode ser. Furabexiga O Stichstock, mais conhecido como Furabexiga, provem da Alemanha e temos registro dele desde 1105, ou seja ele é bem velhinho.... Era colocado uma bexiga de dragão cheia de ar no alto de uma baliza de no mínimo 6m. As bexigas de dragões de pequeno porte são mais ou menos do tamanho de rodas de caminhões trouxas.
  24. 24. Um jogador é amarrado na baliza não podendo se afastar mais de 3m, este tinha o objetivo de proteger a bexiga podendo utilizar até de feitiços contra os outros jogadores. Os demais jogadores se revezavam voando até a bexiga e tentando fura-la com os cabos especialmente pontiagudos de suas vassouras. O jogo termina quando ou todos os jogadores são azarados pelo guarda bexiga, ou quando algum dos jogadores furava a bexiga. Esse jogo desapareceu no Séc. XIV. Esquema para jogar em aula: Cada jogador, inclusive o guarda bexiga, vai mandar um sussurro (para o professor ou juiz) escrito: pedra, papel ou tesoura, aí o juiz vai dizer quem irá ser azarado pelo guarda bexiga e quem passará por ele e irá até a bexiga. Obs.: os sussurros pedra, papel ou tesoura dos jogadores devem ser comparados ao do guarda bexiga somente. E vamos repetir isso até que sobre só o guarda bexiga ou até que o ultimo jogador que não foi azarado consiga passar pelo guarda (com o esqueminha pedra papel ou tesoura) e furar a bexiga. O juiz deve orienta-los sobre o que deverão fazer pelo sussurro após dizerem pedra, papel ou tesoura. ex.: (para o guarda) você pode azarar o ***. ai o guarda vai lá e digita: lança um estupefaça (ou qualquer outro feitiço) em *** e vê ele cair no chão. Ps.: os jogadores que forem azarados estão fora do jogo Fogaréu Na Irlanda floresceu o jogo do Aingingein (Fogaréu), tema de muitas baladas irlandesas (contam que o lendário bruxo Fingal, o destemido, foi campeão de Fogaréu). Um a um, os jogadores arrebatavam o dom ou bola (na realidade a vesícula de um bode) e atravessavam correndo uma série de barris em chamas erguidos no ar por estacas. O dom era, então, atirado através do último barril. O jogador que conseguisse atirá-lo no menor tempo, sem ter ele mesmo pegado fogo no caminho, era o vencedor. Esquema para jogar em aula: O juiz da partida deve estipular um numero de barris em chamas que irá fazer parte do jogo. Os outros jogadores devem narrar um barril por vez que forem enviar uma narração. E devem narrar com criatividade, não podem só colocar: joga a bola pelo barril de numero **. Caso coloque somente isso será desclassificado.
  25. 25. O juiz pode também estabelecer acontecimentos. O jogador que narrar mais rapidamente o trajeto e passar o dom pelo ultimo barril ganha. Aí o juiz deve ver se ele fez o trajeto certo antes de lhe entregar o prêmio. Rachacrânio A Escócia foi o berço do jogo com vassouras provavelmente mais perigoso de todos - Creaothceann (Rachacrânio). O jogo é descrito em um poema trágico gaélico, do século XI, cuja tradução do primeiro verso é a seguinte: Juntos, os jogadores, doze homens de força e coragem, Caldeirões afivelados, aguardavam em posição Que a trompa soasse para saírem velozes pelo ar Mas, dentre eles, dez voavam ao encontro da morte. Cada jogador do Rachacrânio usava um caldeirão afivelado à cabeça. Ao som da trompa ou do tambor, umas cem pedras e pedregulhos enfeitiçados, que pairavam a trinta metros de altura, começavam a cair em direção ao solo. Os jogadores voavam para cá e para lá tentando recolher o maior número possível de pedras em seus caldeirões. Considerado por muitos bruxos escoceses o supremo teste de virilidade e coragem, o Rachacrânio gozou de grande popularidade na Idade Média, apesar do número de fatalidades que causava. O jogo foi proibido em 1762, e embora Magno Macdonald, o Cabeça Amassada, liderasse uma campanha para sua reintrodução na década de 1960, o Ministério da Magia se recusou a revogar a proibição. Esquema para jogar em aula: Esse jogo é proibido pelo ministério por tanto não pode ser praticado. Derrubada A Shuntbumps (Derrubada) foi um jogo popular em Devon, Inglaterra. Era uma forma rústica de justa com o único objetivo de desmontar da vassoura o maior número possível de jogadores, saindo vencedor o último combatente a permanecer montado. Esquema para jogar em aula: Para jogar em aula eu fiz umas modificações no jogo: ao envés de se baterem até um cair, o jogo vai ser tipo um duelo, com pm e feitiços.
  26. 26. A única diferença é que vocês estarão no ar e poderão desviar do feitiço fugindo com a vassoura, mas com isso você perderá 1 rodada até se virar de volta para o adversário e você não pode desviar consecutivamente. Malha Porco O Swivenhodge (Malhaporco) começou em Herefordshire. Tal como o Furabexiga, esse jogo envolvia uma vesícula cheia de ar, em geral a de um porco. Os jogadores montavam as vassouras de trás para a frente e batiam na bexiga para cá e para lá, por cima de uma sebe, com a palha das vassouras. O jogador que errava marcava um ponto para o adversário. O primeiro a acumular cinqüenta pontos era o vencedor. Esquema para jogar em aula: Esse jogo deve ser jogado como os artilheiros do quadribol jogam. O Malhaporco ainda é jogado na Inglaterra, embora nunca tivesse alcançado grande popularidade; a Derrubada sobrevive apenas como jogo infantil. Entrementes, no brejo de Queerditch, surgira um jogo que um dia iria se tornar o mais popular do mundo dos bruxos, mas aí vocês iram ler sobre ele em: Quadribol através dos séculos. Quadribol Para Principiantes As regras gerais - Não há um limite de altura pro jogador voar. Mas se ele ultrapassar as linhas do campo, a goles passa pro outro time. - O capitão do time pode pedir tempo, fazendo um sinal para o juiz. Em partidas com mais de 12 horas, esse tempo pode ser até de 2 horas. Se o time não voltar, é desclassificado; - Na hora do Pênalti, o atacante que vai cobrar voa do círculo central até a área. Enquanto isso, todos os outros jogadores, com exceção do goleiro, devem ficar longe; - A goles pode ser roubada, mas o jogador não pode encostar-se ao adversário; - Em caso de Penalização, não pode haver substituição. O time deve jogar com um Jogador a menos; - Varinhas podem ser levadas ao jogo, mas em hipótese alguma devem ser usadas contra outro jogador, o juiz, ou as bolas; - Um jogo só termina quando o Pomo é capturado, ou quando os 2 Capitães entram em acordo.
  27. 27. Os Jogadores - Goleiro: O Time tem um Goleiro tem que impedir a entrada da Goles nos três Aros; - Batedores: São dois. Os Batedores tem que defender os Jogadores aliados do Balaço, no entanto os Batedores não podem fazer Gols; - Artilheiros: Os Artilheiros são em três no Campo... Eles que fazem os Gols, colocando a Goles em um dos três Aros Inimigos; - Apanhador: O Apanhador é único no Time. Sua função é a de capturar o Pomo de Ouro. Geralmente os Apanhadores são os mais leves Jogadores do Time, mas nem todos seguem esse exemplo. As Bolas - Goles: A Goles usada atualmente é a "Goles Pennifold”. Ela tem a Cor vermelha, e é do Tamanho de uma Bola de Futebol (jogo trouxa muito conhecido no mundo bruxo). A Goles serve para fazer os Gols, cada um valendo dez pontos para o Time, e apenas os Artilheiros usam a Goles. - Balaços: São feitos de Ferro, e são um pouco menores que a Goles. Eles servem para atingir os Jogadores de qualquer time, e só os Batedores rebatem os Balaços para o Time Adversário. - Pomo de Ouro: É uma única Bola minúscula, do tamanho de uma Noz. Ela é Dourada e tem duas Asinhas Prateadas. O Pomo dá uma Soma de cento e cinqüenta pontos ao Time, e declara o fim de Jogo, mas nem sempre esses cento e cinqüenta pontos declaram a vitória pro Time do Apanhador que capturou o Pomo. Geralmente, os Apanhadores podem levar meses para capturar um Pomo. O campo O campo tem uma forma oval, com aproximadamente 152x55m, com um círculo central de mais ou menos 60cm de diâmetro, além de ter três Aros em cada lado do campo, numa distância de 15m de altura do chão.
  28. 28. Quadribol e Suas Vassouras As Vassouras As vassouras são os elementos principais do Quadribol, sem elas seria impossível de se jogar esse maravilhoso esporte bruxo, pois precisamos delas para voar atrás da Goles, pegar o pomo e até rebater os balaços. As vassouras antes eram ruins, desconfortáveis e lentas. Ao passar dos tempos isso foi mudando, as vassouras ficaram cada vez mais rápidas e confortáveis para os bruxos. Atualmente as melhores vassouras voadoras são: Firebolt, Nimbus 2000 e Nimbus 2001. Firebolt: Uma vassoura da Marca Nimbus, atualmente a melhor vassoura existente no mundo bruxo, a Firebolt é feita com tecnologia de ponta. Pode alcançar facilmente 200km/hs e até muito mais, dependendo do bruxo que a está guiando. Também é a mais confortável e tem o melhor freio já feito pelos bruxos. Quase todas as seleções de Quadribol usam Firebolts Nimbus 2001: A outra vassoura da marca Nimbus. A segunda melhor até os dias de hoje, a Nimbus 2001 também tem muita tecnologia de ponta. É muito veloz, pode atingir facilmente os 150km/hs e tem um freio que alguns acham que é até melhor do que o da Firebolt. Ela é usada por algumas seleções de Quadribol, mais muitos clubes de Quadribol usam ela. Nimbus 2000: Uma outra vassoura da marca Nimbus, esta é a terceira vassoura mais rápida e confortável do mundo bruxo atualmente. Tem velocidade impressionante também e freios ótimos. Alguns clubes de Quadribol usam elas, e muitas escolas já tem estas vassouras para as aulas de Vôo. As Vassoura nos Dias de Hoje As vassouras, foram e ainda são as principais formas de transportes dos bruxos. Desde os tempos muito antigos eles usam elas para ir de um lugar ao outro, e também usam para praticar muitos esportes, sem ser o Quadribol, como por Exemplo a Corrida Anual de Vassouras. Existem casos em que alguns trouxas falam que viram vassouras flutuarem pelo céu a noite, embora não seja nada provado, são verdades, pois muitos bruxos saem pelo mundo trouxa a noite, principalmente na época do Hallowen. Os bruxos tentam o máximo possível não serem percebidos pelos trouxas quando voam a noite, mais em algumas vezes eles não consguem. Tipos de Vassoura Existem muitos tipos de vassouras mágicas, várias diferentes, de formas e modelos esquisitos, contando também a velocidade e a confortabilidade. Vamos conhecer algumas delas agora: Firebolt
  29. 29. Nimbus 2001 Nimbus 2000 Nimbus 1000 Cleansweep 12 Cleansweep 11 Cleansweep 10 Cleansweep 9 Cleansweep 8 Cleansweep 7 Cleansweep 6 Cleansweep 5 Cleansweep 4 Cleansweep 1 Shoting Star

×