(Protector de Portugal na luta contra os Castelhanos)
(Adoptada por D. Afonso V, quando invade Espanha, com o intuito de anexar as coroas da 
Portugal e Castela)
(Após a derrota em Toro e do Tratado de Alcáçovas. Retoma a Bandeira de D. João I)
• Durante o domínio Portugal mantém as suas armas e bandeira 
• A casa real dos Habsburgo incluem as armas de Portugal em ...
A adição da cor azul deve-se à declaração, por decreto, em 
1646, de N.ª Sr.ª da Conceição como Padroeira de Portugal 
Est...
História da bandeira nacional
História da bandeira nacional
História da bandeira nacional
História da bandeira nacional
História da bandeira nacional
História da bandeira nacional
História da bandeira nacional
História da bandeira nacional
História da bandeira nacional
História da bandeira nacional
História da bandeira nacional
História da bandeira nacional
História da bandeira nacional
História da bandeira nacional
História da bandeira nacional
História da bandeira nacional
História da bandeira nacional
História da bandeira nacional
História da bandeira nacional
História da bandeira nacional
História da bandeira nacional
História da bandeira nacional
História da bandeira nacional
História da bandeira nacional
História da bandeira nacional
História da bandeira nacional
História da bandeira nacional
História da bandeira nacional
História da bandeira nacional
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

História da bandeira nacional

208 visualizações

Publicada em

História dos símbolos nacionais de Portugal: a Bbandeira Nacional e o Hino de Portugal

  • Seja o primeiro a comentar

História da bandeira nacional

  1. 1. (Protector de Portugal na luta contra os Castelhanos)
  2. 2. (Adoptada por D. Afonso V, quando invade Espanha, com o intuito de anexar as coroas da Portugal e Castela)
  3. 3. (Após a derrota em Toro e do Tratado de Alcáçovas. Retoma a Bandeira de D. João I)
  4. 4. • Durante o domínio Portugal mantém as suas armas e bandeira • A casa real dos Habsburgo incluem as armas de Portugal em lugar de destaque: o Abismo do Chefe
  5. 5. A adição da cor azul deve-se à declaração, por decreto, em 1646, de N.ª Sr.ª da Conceição como Padroeira de Portugal Estandarte militar usado na guerra da Restauração

×