SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
José Saramago E.B.2,3/ S Mestre Martins Correia Golegã  2010/2011 Ana Júlia Mota Tomé12ºA nº2
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],A Ordem Franciscana:
Capítulo  II ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Tópicos:
Se a concepção da rainha ocorresse, seria vista como mais um milagre entre todos os outros relacionados à ordem de São Francisco. Diz-se, por exemplo, que o Frei Miguel da Anunciação, mesmo depois de morto, conservara o seu corpo intacto durante dias, atraindo, desde então, uma grande quantidade de devotos para a sua igreja. Outro caso, é o do furto de três lâmpadas de prata do Convento de S. Francisco de Xabregas no qual entraram ladrões passando junto ao altar de Santo António rico em prata, e nada roubaram.  Entrando na igreja, os frades deram com ele às escuras, e verificaram que foram as lâmpadas que tinham sido levadas, ao observarem o local das lâmpadas repararam que as suas correntes abanavam tendo sido o roubou pouco tempo antes.  Resumo…
O frade que tinha ido verificar o que se tinha passado, culpou Santo António por ter deixado passar alguém, sem que nada lhe tirasse, e ir roubar ao altar-mor, então este castigou Santo António, tendo tirado toda a sua prata, toalhas e adornos, a sua auréola e até o menino da cruz.  Na manhã seguinte, bateu à porta do convento um estudante que revelou o local onde estavam as lâmpadas, no Mosteiro de Cotovia, dos padres da Companhia de Jesus. Desta forma, faz-nos desconfiar que o tal estudante, apesar de querer ser padre, tenha sido o autor do roubo e que, arrependido, deixara lá as lâmpadas, por não ter coragem de as devolver pessoalmente.  
Citações acerca dos tópicos: “ Ainda é cedo para falar deste que se prepara, aliás milagre não tanto, mas simples obséquio divino(…)qual há-de ser o nascimento do infante na hora própria(…)” página 23 Sobre a concretização do sonho com o futuro descendente   “  Porém, era frei Miguel da Anunciação mesmo depois de morto pagou o mal com o bem, e se vivo fizera caridades, defunto obrava maravilhas, sendo a primeira desmentir os médicos que temiam se corrompesse o corpo aceleradamente (…) passados três dias  inteiros na igreja de Nossa Senhora de Jesus onde esteve exposto, com suavíssimo cheiro, e não se lhe enrijeceu o cadáver, pelo contrário, brandamente os membros todos se deixavam mover, como se vivo estivesse”página 24 Milagres conseguidos pelos franciscanos: história de Frei Miguel da Anunciação;
“  Foi o caso que no convento de S.Francisco de Xabregas entraram gatunos, ou gatuno entrou, pela  clarabóia  de uma capela contígua com a de Santo António, e foi, ou foram, ao altar-mor, e as três lâmpadas que lá estavam se sumiram pelo mesmo caminho em menos de um credo”páginas 26 e 27 Roubo e recuperação das lâmpadas do convento de S.Francisco “ E vós, santo, só guardais a prata que vos toca e deixais levar a outra, pois em paga disso não vos há-de ficar nenhuma”. Milagres conseguidos pelos franciscanos: história de Sto António(milagres e castigos); Nota: Clarabóia -  é uma abertura no alto da capela que permite a entrada de luz ou a passagem de ventilação

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Capítulo XXIV - MC
Capítulo XXIV - MCCapítulo XXIV - MC
Capítulo XXIV - MC12anogolega
 
Capítulo X - MC
Capítulo X - MCCapítulo X - MC
Capítulo X - MC12anogolega
 
6. sequências narrativas
6. sequências narrativas6. sequências narrativas
6. sequências narrativasHelena Coutinho
 
Capítulo XIII - MC
Capítulo XIII - MCCapítulo XIII - MC
Capítulo XIII - MC12anogolega
 
A história de santo antônio
A história de santo antônioA história de santo antônio
A história de santo antônioFelipe Silva
 
Capítulo XX - MC
Capítulo XX - MCCapítulo XX - MC
Capítulo XX - MC12anogolega
 
Memorial do convento capitulo xviii
Memorial do convento capitulo xviiiMemorial do convento capitulo xviii
Memorial do convento capitulo xviii12anogolega
 
Capítulo XXII - MC
Capítulo XXII - MCCapítulo XXII - MC
Capítulo XXII - MC12anogolega
 
Capítulo XXIII - MC
Capítulo XXIII - MCCapítulo XXIII - MC
Capítulo XXIII - MC12anogolega
 
Encontro estigmas de são francisco
Encontro estigmas de são franciscoEncontro estigmas de são francisco
Encontro estigmas de são franciscojessicabiopires
 
16827735 Espiritismo Infantil Historia 23
16827735 Espiritismo Infantil Historia 2316827735 Espiritismo Infantil Historia 23
16827735 Espiritismo Infantil Historia 23Ana Cristina Freitas
 
S.francisco de assis
S.francisco de assisS.francisco de assis
S.francisco de assisPAFB
 
Memorial do convento - Capítulo XIX
Memorial do convento - Capítulo XIXMemorial do convento - Capítulo XIX
Memorial do convento - Capítulo XIXripmitchlucker
 
Capítulo i power point(1)
Capítulo i   power point(1)Capítulo i   power point(1)
Capítulo i power point(1)12anogolega
 
Francisco de Assis - Revivendo o Cristianismo Primitivo
Francisco de Assis - Revivendo o Cristianismo PrimitivoFrancisco de Assis - Revivendo o Cristianismo Primitivo
Francisco de Assis - Revivendo o Cristianismo PrimitivoRicardo Azevedo
 
Capítulo xv memorial do convento
Capítulo xv   memorial do conventoCapítulo xv   memorial do convento
Capítulo xv memorial do convento12anogolega
 
São Francisco De Assis Apresentação
São Francisco De Assis ApresentaçãoSão Francisco De Assis Apresentação
São Francisco De Assis Apresentaçãosappzvq
 
Francisco de Assis : uma sintese biografica
Francisco de Assis : uma sintese biograficaFrancisco de Assis : uma sintese biografica
Francisco de Assis : uma sintese biograficaEugenio Hansen, OFS
 

Mais procurados (20)

Capítulo XXIV - MC
Capítulo XXIV - MCCapítulo XXIV - MC
Capítulo XXIV - MC
 
Memorial
MemorialMemorial
Memorial
 
Capítulo X - MC
Capítulo X - MCCapítulo X - MC
Capítulo X - MC
 
6. sequências narrativas
6. sequências narrativas6. sequências narrativas
6. sequências narrativas
 
Capítulo XIII - MC
Capítulo XIII - MCCapítulo XIII - MC
Capítulo XIII - MC
 
A história de santo antônio
A história de santo antônioA história de santo antônio
A história de santo antônio
 
Capítulo XX - MC
Capítulo XX - MCCapítulo XX - MC
Capítulo XX - MC
 
Memorial do convento capitulo xviii
Memorial do convento capitulo xviiiMemorial do convento capitulo xviii
Memorial do convento capitulo xviii
 
Capítulo XXII - MC
Capítulo XXII - MCCapítulo XXII - MC
Capítulo XXII - MC
 
Capítulo XXIII - MC
Capítulo XXIII - MCCapítulo XXIII - MC
Capítulo XXIII - MC
 
Fermento Velho
Fermento VelhoFermento Velho
Fermento Velho
 
Encontro estigmas de são francisco
Encontro estigmas de são franciscoEncontro estigmas de são francisco
Encontro estigmas de são francisco
 
16827735 Espiritismo Infantil Historia 23
16827735 Espiritismo Infantil Historia 2316827735 Espiritismo Infantil Historia 23
16827735 Espiritismo Infantil Historia 23
 
S.francisco de assis
S.francisco de assisS.francisco de assis
S.francisco de assis
 
Memorial do convento - Capítulo XIX
Memorial do convento - Capítulo XIXMemorial do convento - Capítulo XIX
Memorial do convento - Capítulo XIX
 
Capítulo i power point(1)
Capítulo i   power point(1)Capítulo i   power point(1)
Capítulo i power point(1)
 
Francisco de Assis - Revivendo o Cristianismo Primitivo
Francisco de Assis - Revivendo o Cristianismo PrimitivoFrancisco de Assis - Revivendo o Cristianismo Primitivo
Francisco de Assis - Revivendo o Cristianismo Primitivo
 
Capítulo xv memorial do convento
Capítulo xv   memorial do conventoCapítulo xv   memorial do convento
Capítulo xv memorial do convento
 
São Francisco De Assis Apresentação
São Francisco De Assis ApresentaçãoSão Francisco De Assis Apresentação
São Francisco De Assis Apresentação
 
Francisco de Assis : uma sintese biografica
Francisco de Assis : uma sintese biograficaFrancisco de Assis : uma sintese biografica
Francisco de Assis : uma sintese biografica
 

Semelhante a Franciscanos: Milagres e Princípios

Nsps 12 historia e explicacao manaus Jozef Grzywacz
Nsps 12 historia e explicacao manaus Jozef GrzywaczNsps 12 historia e explicacao manaus Jozef Grzywacz
Nsps 12 historia e explicacao manaus Jozef GrzywaczPe. José Grzywacz
 
Cadernos 23_4ec3ac277fe24
 Cadernos 23_4ec3ac277fe24 Cadernos 23_4ec3ac277fe24
Cadernos 23_4ec3ac277fe24Ifense Santarém
 
Nsps 10 história datas Jozef Grzywacz
Nsps 10 história datas Jozef GrzywaczNsps 10 história datas Jozef Grzywacz
Nsps 10 história datas Jozef GrzywaczPe. José Grzywacz
 
3 A Contra Reforma
3 A Contra Reforma3 A Contra Reforma
3 A Contra ReformaHist8
 
Nª SªFátima e os Pastorinhos( Breve História)
Nª SªFátima e os Pastorinhos( Breve História)Nª SªFátima e os Pastorinhos( Breve História)
Nª SªFátima e os Pastorinhos( Breve História)Emilia Pereira
 
Santa Inês, Virgem e martir.pptx
Santa Inês, Virgem e martir.pptxSanta Inês, Virgem e martir.pptx
Santa Inês, Virgem e martir.pptxMartin M Flynn
 
O nome da rosa (filme) trabalho
O nome da rosa (filme)   trabalhoO nome da rosa (filme)   trabalho
O nome da rosa (filme) trabalhoSousaLeitee
 
Dramas da obsessão (cefak)
Dramas da obsessão (cefak)Dramas da obsessão (cefak)
Dramas da obsessão (cefak)PontoDeLuz
 
Alicerces do Cristianismo - Parte 2
Alicerces do Cristianismo - Parte 2 Alicerces do Cristianismo - Parte 2
Alicerces do Cristianismo - Parte 2 Ponte de Luz ASEC
 
A contra reforma parte 3
A contra reforma  parte 3A contra reforma  parte 3
A contra reforma parte 3Carla Teixeira
 
Jb news informativo nr. 0467
Jb news   informativo nr. 0467Jb news   informativo nr. 0467
Jb news informativo nr. 0467JB News
 
21 - Cultura, Religião e Arte Medievais
21 -  Cultura, Religião e Arte Medievais21 -  Cultura, Religião e Arte Medievais
21 - Cultura, Religião e Arte MedievaisCarla Freitas
 
edoc.pub_santa-clara-de-asis.pdf
edoc.pub_santa-clara-de-asis.pdfedoc.pub_santa-clara-de-asis.pdf
edoc.pub_santa-clara-de-asis.pdfssuserc1f56a
 
Misericórdia de Barcelos - Brochura da igreja
Misericórdia de Barcelos - Brochura da igrejaMisericórdia de Barcelos - Brochura da igreja
Misericórdia de Barcelos - Brochura da igrejaJoaquim Vinhas
 

Semelhante a Franciscanos: Milagres e Princípios (20)

Nsps 12 historia e explicacao manaus Jozef Grzywacz
Nsps 12 historia e explicacao manaus Jozef GrzywaczNsps 12 historia e explicacao manaus Jozef Grzywacz
Nsps 12 historia e explicacao manaus Jozef Grzywacz
 
Cadernos 23_4ec3ac277fe24
 Cadernos 23_4ec3ac277fe24 Cadernos 23_4ec3ac277fe24
Cadernos 23_4ec3ac277fe24
 
Livro
LivroLivro
Livro
 
Nsps 10 história datas Jozef Grzywacz
Nsps 10 história datas Jozef GrzywaczNsps 10 história datas Jozef Grzywacz
Nsps 10 história datas Jozef Grzywacz
 
3 A Contra Reforma
3 A Contra Reforma3 A Contra Reforma
3 A Contra Reforma
 
Nª SªFátima e os Pastorinhos( Breve História)
Nª SªFátima e os Pastorinhos( Breve História)Nª SªFátima e os Pastorinhos( Breve História)
Nª SªFátima e os Pastorinhos( Breve História)
 
Santa Inês, Virgem e martir.pptx
Santa Inês, Virgem e martir.pptxSanta Inês, Virgem e martir.pptx
Santa Inês, Virgem e martir.pptx
 
Santo António
Santo AntónioSanto António
Santo António
 
O nome da rosa (filme) trabalho
O nome da rosa (filme)   trabalhoO nome da rosa (filme)   trabalho
O nome da rosa (filme) trabalho
 
Dramas da obsessão (cefak)
Dramas da obsessão (cefak)Dramas da obsessão (cefak)
Dramas da obsessão (cefak)
 
Alicerces do Cristianismo - Parte 2
Alicerces do Cristianismo - Parte 2 Alicerces do Cristianismo - Parte 2
Alicerces do Cristianismo - Parte 2
 
A contra reforma parte 3
A contra reforma  parte 3A contra reforma  parte 3
A contra reforma parte 3
 
William law e o monaquismo na igreja anglicana
William law e o monaquismo na igreja anglicanaWilliam law e o monaquismo na igreja anglicana
William law e o monaquismo na igreja anglicana
 
Chama 0173
Chama 0173Chama 0173
Chama 0173
 
Jb news informativo nr. 0467
Jb news   informativo nr. 0467Jb news   informativo nr. 0467
Jb news informativo nr. 0467
 
Agostoo
AgostooAgostoo
Agostoo
 
21 - Cultura, Religião e Arte Medievais
21 -  Cultura, Religião e Arte Medievais21 -  Cultura, Religião e Arte Medievais
21 - Cultura, Religião e Arte Medievais
 
edoc.pub_santa-clara-de-asis.pdf
edoc.pub_santa-clara-de-asis.pdfedoc.pub_santa-clara-de-asis.pdf
edoc.pub_santa-clara-de-asis.pdf
 
Joanna de Ângelis
Joanna de ÂngelisJoanna de Ângelis
Joanna de Ângelis
 
Misericórdia de Barcelos - Brochura da igreja
Misericórdia de Barcelos - Brochura da igrejaMisericórdia de Barcelos - Brochura da igreja
Misericórdia de Barcelos - Brochura da igreja
 

Mais de 12anogolega

Mais de 12anogolega (20)

Voluntariado - AP
Voluntariado - APVoluntariado - AP
Voluntariado - AP
 
Curiosidades - AP
Curiosidades - APCuriosidades - AP
Curiosidades - AP
 
Água - Biologia
Água - BiologiaÁgua - Biologia
Água - Biologia
 
Esquizofrenia - AP
Esquizofrenia - APEsquizofrenia - AP
Esquizofrenia - AP
 
Psi - Inês
Psi - InêsPsi - Inês
Psi - Inês
 
Psi3 - Inês
Psi3 - InêsPsi3 - Inês
Psi3 - Inês
 
Psi4 - Inês
Psi4 - InêsPsi4 - Inês
Psi4 - Inês
 
Psi2 - Inês
Psi2 - InêsPsi2 - Inês
Psi2 - Inês
 
Last PP - Telma
Last PP - TelmaLast PP - Telma
Last PP - Telma
 
Last PP - Leonor
Last PP - LeonorLast PP - Leonor
Last PP - Leonor
 
Last PP - Inês
Last PP - InêsLast PP - Inês
Last PP - Inês
 
Last PP - Guadalupe
Last PP - GuadalupeLast PP - Guadalupe
Last PP - Guadalupe
 
Last PP - Paulo
Last PP - PauloLast PP - Paulo
Last PP - Paulo
 
Last PP - Magy
Last PP - MagyLast PP - Magy
Last PP - Magy
 
Last PP - Constança
Last PP - ConstançaLast PP - Constança
Last PP - Constança
 
Last PP - Julha
Last PP - JulhaLast PP - Julha
Last PP - Julha
 
Last PP - Adri
Last PP - AdriLast PP - Adri
Last PP - Adri
 
Last PP - Cláudia
Last PP - CláudiaLast PP - Cláudia
Last PP - Cláudia
 
Capítulo XIX - MC
Capítulo XIX - MCCapítulo XIX - MC
Capítulo XIX - MC
 
Last FL - Telma
Last FL - TelmaLast FL - Telma
Last FL - Telma
 

Franciscanos: Milagres e Princípios

  • 1. José Saramago E.B.2,3/ S Mestre Martins Correia Golegã 2010/2011 Ana Júlia Mota Tomé12ºA nº2
  • 2.
  • 3.
  • 4. Se a concepção da rainha ocorresse, seria vista como mais um milagre entre todos os outros relacionados à ordem de São Francisco. Diz-se, por exemplo, que o Frei Miguel da Anunciação, mesmo depois de morto, conservara o seu corpo intacto durante dias, atraindo, desde então, uma grande quantidade de devotos para a sua igreja. Outro caso, é o do furto de três lâmpadas de prata do Convento de S. Francisco de Xabregas no qual entraram ladrões passando junto ao altar de Santo António rico em prata, e nada roubaram. Entrando na igreja, os frades deram com ele às escuras, e verificaram que foram as lâmpadas que tinham sido levadas, ao observarem o local das lâmpadas repararam que as suas correntes abanavam tendo sido o roubou pouco tempo antes. Resumo…
  • 5. O frade que tinha ido verificar o que se tinha passado, culpou Santo António por ter deixado passar alguém, sem que nada lhe tirasse, e ir roubar ao altar-mor, então este castigou Santo António, tendo tirado toda a sua prata, toalhas e adornos, a sua auréola e até o menino da cruz. Na manhã seguinte, bateu à porta do convento um estudante que revelou o local onde estavam as lâmpadas, no Mosteiro de Cotovia, dos padres da Companhia de Jesus. Desta forma, faz-nos desconfiar que o tal estudante, apesar de querer ser padre, tenha sido o autor do roubo e que, arrependido, deixara lá as lâmpadas, por não ter coragem de as devolver pessoalmente.  
  • 6. Citações acerca dos tópicos: “ Ainda é cedo para falar deste que se prepara, aliás milagre não tanto, mas simples obséquio divino(…)qual há-de ser o nascimento do infante na hora própria(…)” página 23 Sobre a concretização do sonho com o futuro descendente “ Porém, era frei Miguel da Anunciação mesmo depois de morto pagou o mal com o bem, e se vivo fizera caridades, defunto obrava maravilhas, sendo a primeira desmentir os médicos que temiam se corrompesse o corpo aceleradamente (…) passados três dias inteiros na igreja de Nossa Senhora de Jesus onde esteve exposto, com suavíssimo cheiro, e não se lhe enrijeceu o cadáver, pelo contrário, brandamente os membros todos se deixavam mover, como se vivo estivesse”página 24 Milagres conseguidos pelos franciscanos: história de Frei Miguel da Anunciação;
  • 7. “ Foi o caso que no convento de S.Francisco de Xabregas entraram gatunos, ou gatuno entrou, pela clarabóia de uma capela contígua com a de Santo António, e foi, ou foram, ao altar-mor, e as três lâmpadas que lá estavam se sumiram pelo mesmo caminho em menos de um credo”páginas 26 e 27 Roubo e recuperação das lâmpadas do convento de S.Francisco “ E vós, santo, só guardais a prata que vos toca e deixais levar a outra, pois em paga disso não vos há-de ficar nenhuma”. Milagres conseguidos pelos franciscanos: história de Sto António(milagres e castigos); Nota: Clarabóia - é uma abertura no alto da capela que permite a entrada de luz ou a passagem de ventilação