O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
MENSAGEM AOS FORMANDOS CULTO EM AÇÕES DE GRAÇAS (25/08/2016)
Profª Me. Cristina Torres Ferreira
Boa noite a todos, saúdo a...
Os jardineiros vivem de sonhar, é ao imaginar o jardim que ele se constrói. Não há
jardim, se não houver aqueles que imagi...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Mensagem aos formandos curso pedagogia 2010 2

585 visualizações

Publicada em

mensagem simples e singela aos nossos pedagogos formados pela UFMA em Grajaú - MA

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Mensagem aos formandos curso pedagogia 2010 2

  1. 1. MENSAGEM AOS FORMANDOS CULTO EM AÇÕES DE GRAÇAS (25/08/2016) Profª Me. Cristina Torres Ferreira Boa noite a todos, saúdo as autoridades presentes em nome do padrinho das turmas, Senhor Marinaldo do Gesso. Satisfação ao Cumprimentar o Dr. Mercial Lima de Arruda - Patrono das turmas e companheiro que esteve conosco desde quando o Campus da UFMA em Grajaú era apenas sonho. Saudo todos os pais, filhos e amigos dos formandos em nome do Senhor Carvalho Neto. Cumprimento com muita satisfação a professora Herli Carvalho representando aqui a UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO - UFMA. Prezados, Agradeço a Deus a graça desse momento e de todos os bons e felizes momentos que estivemos juntos e por ser homenageada com o nome da turma – Muito obrigada! Quão maravilhoso é está na casa do Senhor para juntos tributar a nosso Deus o mérito dessa vitória Me remeto ao Salmo 122: 1 quando Davi proclama a alegria em está na casa de Deus "Alegrei-me quando me disseram: Vamos à casa do Senhor". A conquista não é somente de vocês queridos formandos, é de cada um que direta ou indiretamente contribuiu ao longo desses quase 5 anos. Aos esposos/esposas e filhos que compreenderam a ausência no seio da família por todos os finais de semana ao longo desse percurso. Imagino que não foi fácil para todos eles e mais ainda para cada um de vocês – Aplaudam de pé queridos formandos, todos os seus familiares aqui representados, como sinônimo reconhecimento. À UFMA e a parceria do município - Por sempre atender às nossas solicitações, favorecendo assim o bom andamento do Programa (agradeço como Profa. do Programa e Coordenadora Local a confiança da UFMA e do Município nas pessoas das gestões Anterior Mercial Arruda e atual Junior Otsuka pela Confiança no meu trabalho). Dirijo me agora aos nossos formandos/professores da rede pública de ensino, com os quais contrui laços de amizade e aprendizado. Através da fábula do Jardineiro os percebo, pois, somos todos jardineiros. “O que se encontra no início? O jardim ou o jardineiro? É o jardineiro. Havendo um jardineiro, mais cedo ou mais tarde um jardim aparecerá. Mas havendo um jardim sem jardineiro, mais cedo ou mais tarde ele desaparecerá. O que é um jardineiro? Uma pessoa cujo pensamento está cheio de jardins. O que faz um jardim são os pensamentos do jardineiro. O que faz um povo são os pensamentos daqueles que o compõem”. (Rubem Alves, 1999, p.29)
  2. 2. Os jardineiros vivem de sonhar, é ao imaginar o jardim que ele se constrói. Não há jardim, se não houver aqueles que imaginam a sua beleza. O jardineiro sabe a necessidade do cuidado que deve ter para ver a beleza das flores. Ele sabe que regar todos os dias é parte do processo. O jardineiro também sabe que por mais que o jardim permaneça um longo período sem dar flores, ele ainda precisa continuar cuidando, porque as roseiras só florescem no seu tempo. Eles sabem que as primaveras preenchem o jardim de alegria e amor, mas também sabem que os invernos chegarão, e que nesse período é preciso ter ainda mais cuidado e sabedoria para que ao despertar de cada nova primavera o jardim esteja repleto de novos sorrisos e perfumes. Os jardineiros sabem apreciar a beleza das rosas e sabem que com as rosas vêm os espinhos que elas carregam. Mas não temem os espinhos. Colhem as rosas sem medo dos arranhões que podem levar. E nós? Quantas vezes deixamos de colher as rosas porque pensamos somente nos espinhos? Quantas vezes nós deixamos de perceber e apreciar a beleza e a pureza das rosas porque só conseguimos ver os espinhos? Então eu desejo que vocês sejam jardineiros na arte de ensinar e principalmente na arte de viver, que tenham paciência para esperar o tempo das coisas; que possam despertar a sensibilidade necessária para saber contemplar as belezas daquilo que é pequeno, sem manchar o olhar com as dificuldades. Desejo que a sua vida se torne um jardim de oportunidades para ser feliz, para mudar a realidade educacional do nosso município... Que quando as primaveras desabrocharem as primeiras pétalas de rosas todos vocês possam ser amantes da beleza, da beleza do dever cumprido, mas quando os dolorosos invernos apontarem nas colinas da alma, vocês possam ser amantes da paciência e da perseverança em nunca desistir da Educação. O Jardim só nasce com a imaginação, com o sonho de que amanhã ele estará mais florido que hoje. Sem a imaginação/sonho não há jardim. Mas de que adianta olhar um terreno baldio e imaginar um jardim. Se não houver jardineiros com coragem de construí-los. Por isso, conclamo todos os 63 licenciados em Pedagogia a terem coragem de agir. De sair da condição de pequenos colaboradores na educação pública em direção ao protagonismo no palco das nossas realizações. Encero minha fala com a palavra viva de Deus para cada um de nós “Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês’, diz o Senhor, ‘planos de fazê-los prosperar e não de causar dano, planos de dar a vocês esperança e um futuro.” (Jeremias 29:11). Muito Obrigada!

×