LABORATÓRIO DE QUÍMICA
EXPERIMENTAÇÃO BÁSICA I
VIDRAÇARIAS, ACESSÓRIOS E EQUIPAMENTOS
DE USO DO LABORATÓRIO
CURSO: ENGENHA...
“Feliz é a pessoa que acha a sabedoria e que consegue
compreender as coisas, por isso é melhor do que a prata e tem
mais v...
SUMÁRIO
página
1 - INTRODUÇÃO 04
2 - SEGURANÇA PARA PERMANÊNCIA NO LABORATÓRIO 04
3 - EQUIPAMENTOS E VIDRARIAS 05
4 – CONC...
1- INTRODUÇÃO
Com finalidade de minimizar a frequência de acidentes no laboratório de
Química, é absolutamente indispensáv...
• Não use lentes de contato, elas podem ser danificadas por produtos químicos
causando graves lesões.
• Mantenha as bancad...
05) PROVETA – Medida aproximada de
volumes líquidos.
05) BASTÃO DE VIDRO – Agitar
soluções, transporte de líquidos, filtra...
13) ERLENMEYER – Titulações. 14) KITASSATO – Filtrações a vácuo.
15) BALÃO VOLUMÉRICO – Preparo de
soluções.
16) BURETA– M...
23) SUPORTE UNIVERSAL - Prender
vidrarias.
24) TERMÕMETRO - medida de
temperatura
25) ADAPTADOR DE 3 VIAS - usado em
desti...
33) MANTA – Usado com balao fundo
redondo, como fonte de calor
34) ESTUFA – Serve para secar e esterilizar
os materiais.
3...
5 – BIBLIOGRAFIA
Anselmo, Prof. Dr. Universidade Federal de Goiânia. Reconhecimento de Vidrarias e
Introdução às Técnicas ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Experimentação basica i

384 visualizações

Publicada em

Vidracarias, acessórios e equipamentos uso do laboratório

Publicada em: Ciências
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
384
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Experimentação basica i

  1. 1. LABORATÓRIO DE QUÍMICA EXPERIMENTAÇÃO BÁSICA I VIDRAÇARIAS, ACESSÓRIOS E EQUIPAMENTOS DE USO DO LABORATÓRIO CURSO: ENGENHARIA CIVIL DATA DA REALIZAÇÃO DA EXPERIÊNCIA 17/03/15 e 31/03/15 TURMA E311C GRUPO PROFESSORA ALANA LEMOS CAVALCANTE DE OLIVEIRA COMPONENTES DO GRUPO ALEXANDRO CERQUEIRA DE SOUZA GLAUBER CASTILHO DE ALMEID 1
  2. 2. “Feliz é a pessoa que acha a sabedoria e que consegue compreender as coisas, por isso é melhor do que a prata e tem mais valor do que o ouro.” (Prov, 3-13-14) Salomão 2
  3. 3. SUMÁRIO página 1 - INTRODUÇÃO 04 2 - SEGURANÇA PARA PERMANÊNCIA NO LABORATÓRIO 04 3 - EQUIPAMENTOS E VIDRARIAS 05 4 – CONCLUSÃO 09 5 – REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICAS 10 3
  4. 4. 1- INTRODUÇÃO Com finalidade de minimizar a frequência de acidentes no laboratório de Química, é absolutamente indispensável, observar algumas normas de segurança durante as atividades realizadas neste local. A execução de qualquer experimento na Química envolve geralmente a utilização de uma variedade de equipamentos de laboratório, aparelho, vidraria ou material, empregada de uma forma que depende dos objetivos e finalidades específicas. 2- SEGURANÇA PARA PERMANÊNCIA NO LABORATÓRIO Em primeiro lugar, as atividades realizadas no laboratório de Química exige concentração máxima, para tanto, assuntos não relacionas ao trabalho prático, não devem ser conversados entre os participantes, evitando a distração. A segurança no laboratório depende de todos, então, o desconhecimento ou a imprudência das regras básicas de segurança por alguma parte é a principal causa de acidentes nesse ambiente de trabalho. Algumas recomendações importantes para evitar acidentes durante o trabalho: • Não fume nas dependências do laboratório. • Não pipete nenhum tipo de produto tóxico com a boca, use pipetas automáticas ou peras de aspiração. • Não faça uso de bebidas alcoólicas durante o serviço. • Trabalhe sempre com o jaleco abotoado (fechado). • Use calçados fechados, de couro ou similar, nunca chinelos. • Não use roupas de tecido sintético ou outro material facilmente inflamável. • Não deixe de usar óculos de segurança nos laboratórios onde seu uso é obrigatório. Use-os quando for executar uma operação que represente riscos. • Não leve as mãos à boca ou aos olhos quando estiver manipulando produtos químicos. • Lave cuidadosamente as mãos com bastante água e sabão antes de cada lanche ou refeição. • Não coloque alimentos nas bancadas, armários e geladeiras dos laboratórios. • Não utilize vidraria de laboratório como utensílios domésticos. • Não se alimente nas salas de laboratório, procure as salas especiais. 4
  5. 5. • Não use lentes de contato, elas podem ser danificadas por produtos químicos causando graves lesões. • Mantenha as bancadas sempre limpas e livres de materiais estranhos ao trabalho. • Rotule imediatamente todo e qualquer preparado, reagente ou solução e amostras coletadas. • Limpe imediatamente todo e qualquer derramamento de produtos e reagentes. 3 – EQUIPAMENTOS E VIDRARIAS A necessidade de se conhecer melhor os equipamentos como as vidrarias, está ligada aos fatores de segurança e especificidade de cada um deles. Vidraçarias são objetos imprescindíveis para o funcionamento de qualquer laboratório. Abaixo são apresentadas as principais vidrarias e equipamentos: 01) ESPÁTULA – Retirada de porções e reagentes. 02) VIDRO DE RELÓGIO – Pesagem e transporte de substâncias. 03) TUBO DE ENSAIO – Teste de reações químicas. 04) BÉQUER – Usado para transferência e aquecimento de líquidos. 5
  6. 6. 05) PROVETA – Medida aproximada de volumes líquidos. 05) BASTÃO DE VIDRO – Agitar soluções, transporte de líquidos, filtração e outros. 07) PIPETA VOLUMÉTRICA – Medidas de volume fixos de líquidos. 08) PIPETA GRADUADA – Medida de volume líquidos. 09) FUNIL DE VIDRO – Transferência de líquido em filtrações. 10) FUNIL DE BUCHNER – Usados em filtrações a vácuo. 11) FUNIL DE DECANTAÇÃO – Separação de líquidos imiscíveis. 12) ALMOFARIZ E PISTILO – Triturador e pulverizador de sólidos. 6
  7. 7. 13) ERLENMEYER – Titulações. 14) KITASSATO – Filtrações a vácuo. 15) BALÃO VOLUMÉRICO – Preparo de soluções. 16) BURETA– Medidas precisas de líquidos e em análises volumétricos. 17) CONDENSADORES – Condensar os gases ou vapores na destilação. 18) BALÃO DE FUNDO REDONDO – Aquecimento de líquido em destilação 19) CADINHO – Aquecer substâncias a seco com grande intensidade de calor. 20) – Evaporar líquidos das soluções. 21) MUFA – Prender a garra no suporte universal. 22) GARRA - Prender vidrarias no suporte universal. 7
  8. 8. 23) SUPORTE UNIVERSAL - Prender vidrarias. 24) TERMÕMETRO - medida de temperatura 25) ADAPTADOR DE 3 VIAS - usado em destilações. 26) PINÇA DE MADEIRA - segurar tubos de ensaio durante aquecimentos diretos no Bico de Bunsen. 27) BICO DE BUNSEN: Aquecimento em laboratório 28) TRIPÉ DE FERRO - Usado para sustentar a tela de amianto . 29) COLUNA - cromatografia. 30) EXTRATOR DE SOXHLET – Extração contínua. 31) BALANÇA DE PESAGEM - Pesagem de materiais e reagentes. 32) CHAPA AQUECEDORA E AGITADOR MAGNÉTICO: Aquecimento e agitação. 8
  9. 9. 33) MANTA – Usado com balao fundo redondo, como fonte de calor 34) ESTUFA – Serve para secar e esterilizar os materiais. 35) CENTRIFUGA – Usado para acelerar as sedimentações das fases. 4 – CONCLUSÃO Portanto, toda e qualquer atividade prática a ser desenvolvida dentro de um laboratório apresenta riscos e estão propensas a acidentes, então, utilizar normas de conduta para assegurar a integridade das pessoas, instalações e equipamentos é de suma importância, assim também, como manusear corretamente as substâncias químicas, com as vidrarias e equipamentos específicos vistos anteriormente. 9
  10. 10. 5 – BIBLIOGRAFIA Anselmo, Prof. Dr. Universidade Federal de Goiânia. Reconhecimento de Vidrarias e Introdução às Técnicas de Laboratório. Disponível em: <https://anselmo.quimica.ufg.br/up/56/o/Aula_02_QGI_- _Reconhecimento_de_Vidrarias_e_Introducao_as_Tecnicas_de_Laboratorio.pdf>. Acesso em: 14 abr 2015. Silva, Andre Luis Silva da. Infoescola. Segurança em Laboratórios de Química. Disponível em: <http://www.infoescola.com/quimica/seguranca-em-laboratorios-de-quimica/> Acesso em: 14 abr 2015. 10

×