Campo Grande - MS Élcio Cunha2DDDeeedddiiicccaaatttóóórrriiiaaa:::CCCuuujjjaaa vvviiidddaaa eeexxxppprrreeessssssooouuu aa...
Campo Grande - MS Élcio Cunha3MMMEEENNNSSSAAAGGGEEENNNSSS PPPAAARRRAAA VVVOOOCCCÊÊÊ:::1- UMA QUESTÃO DE PERSEVERANÇA2 - CO...
Campo Grande - MS Élcio Cunha442 - VISITA EM LUGARES DO SABER!43 - AS FRAQUEZAS SÃO GUARDADAS!44 - A DIFERENÇA ENTRE UM CO...
Campo Grande - MS Élcio Cunha51- UMA QUESTÃO DE PERSEVERANÇAUm cidadão aproveitou o mês das férias. E propôs consigomesmo ...
Campo Grande - MS Élcio Cunha62- CONSERVE O SEU NOMEUma das características nos dias de hoje e muito mérito é o“Nome”. Por...
Campo Grande - MS Élcio Cunha73 - CONFIAR EM DEUSA palavra confiar significa acreditar. E isso pode vir junto aodescansar,...
Campo Grande - MS Élcio Cunha8O nosso querido Brasil também passou por isso. Outrora, osgovernantes anteriores na amplitud...
Campo Grande - MS Élcio Cunha9Mas, o papel do fiel seguidor do Senhor Jesus é torná-loconhecido no seio de seu convívio na...
Campo Grande - MS Élcio Cunha10ou ainda a esposa. Há os que tentam demonstrar as suasconquistas as cobranças da própria so...
Campo Grande - MS Élcio Cunha11benesses do Poder. Seria desgastante para ele e ingrato aosamigos.Há esposa que quer agrada...
Campo Grande - MS Élcio Cunha12não tinha fundamentos para educar os seus filhos. E Isso nopensamento e no “entender” dele....
Campo Grande - MS Élcio Cunha13distorção, a idolatria, preencher o lugar de Deus por outros deusesnum exemplo. Porque há u...
Campo Grande - MS Élcio Cunha14O cidadão rejeita principalmente a cultura da leitura e doslivros. Onde poderia encontrar c...
Campo Grande - MS Élcio Cunha15antigamente enviados pelos europeus para colonizar a colôniaportuguesa.Entretanto, o tempo ...
Campo Grande - MS Élcio Cunha16As árvores produzem no tempo determinado. Não se forjauma árvore a produzir. Ou dirá o home...
Campo Grande - MS Élcio Cunha17diálogo que se estabelece entre você e o Criador. Mas, pregadorqualquer um pode orar. Sim, ...
Campo Grande - MS Élcio Cunha18algo que lhe possa mostrar carências. A idéia de pobre sempre vemà mente aquele ou aquela q...
Campo Grande - MS Élcio Cunha19Muitos irão ganhar a fama com o “estar lá”, participar,vivenciar momentos de “chororó”, ang...
Campo Grande - MS Élcio Cunha20As pressões do dia-a-dia, o sol, o tempo, as obrigatoriedadesdeixam o ser humano atarefado ...
Campo Grande - MS Élcio Cunha21Os crentes não sabem lidar ainda com relação ao “inimigo”,aqui dito os que se opõem as Escr...
Campo Grande - MS Élcio Cunha22deveria ser sim com a iluminação de que somos de Cristo, e quemestá com Cristo não andará e...
Campo Grande - MS Élcio Cunha23dependência da máquina. Sem contar que o avanço tecnológicotem substituído o homem em toda ...
Campo Grande - MS Élcio Cunha24cuidado familiar por seus membros. Ele, o Senhor, não nosabandona inda que uma mãe pode aba...
Campo Grande - MS Élcio Cunha25conselhos, (via e-mail)”. Ele respondeu dizendo: você enviamensagens de todos os tipos que ...
Campo Grande - MS Élcio Cunha26e evoluir profissionalmente. Neste caso, afaste de taispensamentos, até porque Paulo um dos...
Campo Grande - MS Élcio Cunha27simplesmente caminhos que são retos, justos e que vão deixarmarcas em outra pessoa.Pois um ...
Campo Grande - MS Élcio Cunha28JESUS. Ele se mostra como um verdadeiro amigo, e desejo quevocê o encontre, e abra o coraçã...
Campo Grande - MS Élcio Cunha29igrejas) crescem com grades, cercas elétricas, câmeras protetoras,seguranças etc. Depois pr...
Campo Grande - MS Élcio Cunha30mostrar um caminho sobremodo excelente é o hoje, e não ontem.Todavia, ouvimos aqui e lá, "F...
Campo Grande - MS Élcio Cunha31cidade, hoje, é um cubículo. A penitência de hoje, é massacrante,os cidadãos não melhoram e...
Campo Grande - MS Élcio Cunha32“Chá Mate Leão”. Numa família enorme, os esforços paraconseguir o alimento eram bastantes. ...
Campo Grande - MS Élcio Cunha33diversão, esporte, e outras atividades. Como os paulistas epaulistanos conhecem o Ibirapuer...
Campo Grande - MS Élcio Cunha34Pratique no Evangelismo de porta em porta, assim estarádisponibilizando suas sinergias para...
Campo Grande - MS Élcio Cunha35primeiro domingo ou o último domingo de um mês, que pode serjaneiro, o outro a escolher. Em...
Campo Grande - MS Élcio Cunha36“Portanto, meu dileto, aqui está a minha defesa da criaçãomundial do “Brother’s Day” e junt...
Campo Grande - MS Élcio Cunha37Alguém ao querer ajudar o seu próximo disse: “O cair é do homem,mas o levantar é divino”.Co...
Campo Grande - MS Élcio Cunha38viver do suor do rosto”. Um cascalho que vem fácil, ele se vaitambém facilmente.Portanto, q...
Campo Grande - MS Élcio Cunha39individual. Eu não posso prestar contas pela minha esposa e nemela por mim. As contas são p...
Campo Grande - MS Élcio Cunha40Mas a marca extraordinária do cristianismo é atitude desocorrer o homem em suas necessidade...
Campo Grande - MS Élcio Cunha41Isso fora observado no contexto da língua portuguesa. Nohebraico não poderia dizer o mesmo....
Campo Grande - MS Élcio Cunha42O lado oposto da moeda desenvolve-se com mais rapidez.Digo isso, referindo-me que os cristã...
Campo Grande - MS Élcio Cunha43acelerado a destruição. E isso por conta de ganância pessoal.Refere-se ao que detêm o Capit...
Campo Grande - MS Élcio Cunha44A capacidade de suportar é limitada. Nem todos estãopreparados suportar cargas pesadas de t...
Campo Grande - MS Élcio Cunha4538– SEJA COMO O BOLDOVamos comentar sob um aspecto da planta em si. Ela servepara diversas ...
Campo Grande - MS Élcio Cunha46O frio, o calor, a primavera, o verão as quatro estações doano. Todas se repetem anos após ...
Campo Grande - MS Élcio Cunha47sonora e melodiosa. Então, um cidadão perguntou-lhe: O senhor jácantou na igreja ou num cor...
Campo Grande - MS Élcio Cunha48sofrido pelo seu afastamento de seu Deus. Hoje é um dia aceitável,perdoa-se e aceite o perd...
Campo Grande - MS Élcio Cunha49Alguns se tornam presos de seus próprios pensamentos que oarrastam para baixo. São forças q...
Campo Grande - MS Élcio Cunha50E esse movimento deve nortear os eixos teóricos de cadaescola. A visita a outras biblioteca...
Mensagens para  sua alma
Mensagens para  sua alma
Mensagens para  sua alma
Mensagens para  sua alma
Mensagens para  sua alma
Mensagens para  sua alma
Mensagens para  sua alma
Mensagens para  sua alma
Mensagens para  sua alma
Mensagens para  sua alma
Mensagens para  sua alma
Mensagens para  sua alma
Mensagens para  sua alma
Mensagens para  sua alma
Mensagens para  sua alma
Mensagens para  sua alma
Mensagens para  sua alma
Mensagens para  sua alma
Mensagens para  sua alma
Mensagens para  sua alma
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Mensagens para sua alma

771 visualizações

Publicada em

Mensagens que edificam a alma do Ser Humano.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
771
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mensagens para sua alma

  1. 1. Campo Grande - MS Élcio Cunha2DDDeeedddiiicccaaatttóóórrriiiaaa:::CCCuuujjjaaa vvviiidddaaa eeexxxppprrreeessssssooouuu aaa FFFééé eeemmmDDDeeeuuusss eee eeemmm JJJeeesssuuusss CCCrrriiissstttooo...
  2. 2. Campo Grande - MS Élcio Cunha3MMMEEENNNSSSAAAGGGEEENNNSSS PPPAAARRRAAA VVVOOOCCCÊÊÊ:::1- UMA QUESTÃO DE PERSEVERANÇA2 - CONSERVE O SEU NOME3 - CONFIAR EM DEUS4 - A NINGUÉM DEVAIS COISA ALGUMA5 - INFLUENCIA TU O MUNDO HOJE6 - A FALTA DE PAZ NOS CORAÇÕES7 - NÃO TENTE AGRADAR A TODOS!8 - DIÁLOGOS ENTRE PAIS9 - COMO ESTAMOS SENDO VISTO?10 - O POVO QUE DESPREZA A CULTURA11 - AS AUTODEFESAS12 - OS FRUTOS DA PACIÊNCIA13 - A LIBERDADE PARA ORAR14 - FELIZES OS NECESSITADOS DE ESPÍRITO15 - NOVAS ESTRELAS SURGEM16 - QUAL O SEU DIA INTERNACIONAL?17- UM COMBATE À ALTURA18 - CONHECENDO O OUTRO19 - O MUNDO ESTÁ A SUA ESPERA20 - COM QUEM ANDAS?21- NÃO DÊ OUVIDO!22 - VEJA SE SÃO VERDADEIROS AMIGOS!23 - REDESCOBRIR O BRASIL24- O VELHO ESTÁ INDO25 - COMO PODERIA MELHORAR AS “CASAS DE DETENÇÃO”26 - NA HORA DE DEIXAR O LEITE27 - UM DIA NO SÓTER28 - UM PROFESSOR DO CÉU29 - VAMOS INSTITUIR EM CADA LAR O BROTHER’S DAY30 - QUANDO UM HOMEM SE TORNA FORTE31- POR QUE GASTAIS COM AQUILO?32 - OS CONCEITOS ESTERIOTIPADOS33 – O QUANDO TRATAMOS O PRÓXIMO COM MISERICORDIA34 - UM SINAL GRÁFICO PODE MUDAR SEU ENTENDIMENTO35 - O MUNDO ESTÁ A SUA ESPERA36 - EM QUEM TEMOS CRIDO!37 - A CONVIVÊNCIA EM FAMÍLIA38 - SEJA COMO O BOLDO39 - O FRIO ESTÁ CHEGANDO40 - O HOMEM QUE DISTANCIOU DE JESUS!41 - O HOMEM ESCRAVO DE SI MESMO
  3. 3. Campo Grande - MS Élcio Cunha442 - VISITA EM LUGARES DO SABER!43 - AS FRAQUEZAS SÃO GUARDADAS!44 - A DIFERENÇA ENTRE UM CORREDOR EXTRAORDINÁRIOVERSUS UM CORREDOR NORMAL45 - A INTELIGÊNCIA É UMA DÁDIVA DE DEUS.46 - A REFLEXÃO DE HOJE47 - PROCURAM-SE VERDADEIROS PROFESSORES48 - SUAS MUDANÇAS PODEM MELHORAR A SOCIEDADE49 - UMA MARCHA EM SEU FAVOR!50 - O QUE É SER PRÓSPERO?51 - PAULO E SUAS CARTAS!52 - UM CAMPO EVANGELÍSTICO DENTRO DE CASA53 - O QUE ANUNCIAR AO MUNDO?54 - O EVANGELHO COMO PRÁTICA CRISTÃ55 - DEUS É FIEL56 - MANTENDO A FÉ EM JESUS CRISTO57 - UM HOMEM QUE ENTRA NA HISTÓRIA58 - VOCÊ CONHECE O ANIVERSARIANTE?59 – CONSIDERAÇÕES FINAIS
  4. 4. Campo Grande - MS Élcio Cunha51- UMA QUESTÃO DE PERSEVERANÇAUm cidadão aproveitou o mês das férias. E propôs consigomesmo renovar propósitos de melhorar a sua própria auto-estima.Ele começou a caminhar, logo, depois estava dando “trotes”, ouexplicando em português claro: “correndo à moda “pro cotó”, igual acavalinhos em movimentos vagarosos. Mas, para isso era precisoperseverar. As dores musculares logo aparecem. E no dia seguintese torna cansativo. Entretanto, Ele manteve as caminhadas de levedurante o mês de janeiro.Amigo, nossa vida consiste em perseverar num alvo. Todosnós precisamos de um alvo a ser alcançando. E por isso, vocêprecisa perseverar. A perseverança se enquadra numa das virtudese que qualquer ser humano poderá adotar em sua vida. E paraperseverar é preciso determinar, estar pronto para alcançar avitória.Ser cristão tem sido uma tarefa difícil. Porque o nome sugereum discípulo de Cristo. E comparar ao Mestre se torna estreita arelação de Senhor e servo. Por isso, Ele chega a dizer: “Sê fiel até amorte, e dar-te-ei a coroa da vida”. Uma forma inequívoca de que oseguidor deverá permear o caminho que conduz à vida. Poderá oservo servir a dois senhores? Não, de hipótese alguma. Todavia,confunde-se aquele que pode fazer tudo. Quando Paulo diz: “Tudoposso n’Aquele que me fortalece”. Naquilo que poderá ser umafortaleza.Quando o seu senhor lhe sugere para prostituir, logo, vocêatende uma demanda daquele senhor. Porém, quando Tiago dizrespectivamente; “Resisti ao Diabo, ele fugirá de vós”. Resisti àsvontades humanamente de desejos escusos e ofensivos à suagrandeza espiritual. Dessa forma, será apropriado não acatar e nãoobedecer às ordens contrárias ao seu crescimento espiritual.Portanto, diletos, manter-se perseverante e fiel. É uma dasvirtudes que eleva o sentimento do verdadeiro cristão, por isso,requer nos dias de hoje, cristãos não somente de palavras, mas porobras que glorificam a Deus, e ao seu Santo nome.
  5. 5. Campo Grande - MS Élcio Cunha62- CONSERVE O SEU NOMEUma das características nos dias de hoje e muito mérito é o“Nome”. Portanto, merece um respaldo maior nas relações sociais.Considera-se um tesouro precioso a manutenção do nome. Trata-sedo zelo na conservação do bem precioso. Ele leva o peso docaráter do indivíduo, da tradição, do aspecto humano da honra docidadão em geral.O nome traz a honra de alguém. O nome leva a lembrar apessoa, a família, a organização, por fim, traz uma marca. E estamarca pode-se considerar um tesouro inestimável. Tem-se vistopessoas que emprestam o seu nome, tornando fiador. E nisso, háprejuízo sem fim para si e para os outros. Desta forma, é precisoselecionar bastante o círculo de pessoas em que você possa cedera sua confiança.Temos observado gente que cede o nome e acaba caindo emarmadilhas e depois sofrem profundas e amargas situações. Cabe,amigo, pensar em seu zelo pelo “bem precioso”, o nome. Quandonão houver alternativa, é melhor doar algo material a fim de que nãomanche o nome na praça. Às vezes a materialidade deve ceder aosdesgostos de “emprestar o nome”. Porque você acaba perdendo aamizade, perde-se o amigo, e perde o crédito na praça. De umaforma mais angustiante, é melhor doar ao amigo do qual precisa deseu nome.O cristão por sinal também leva o peso do nome de Cristo.Um nome que é sobre todos os homens, e deveras tem poder nocéu e na terra. O nome que os seguidores de Cristo precisam zelarpela conservação do Nome. Não se compactua que os que seguema Cristo manchem o nome Dele. Todavia, não se podem julgar osque impensadamente lançam turbilhões de falsidades a fim deganhar destaque.Diletos, pensem que o seu nome tem grande valor e o nomede Jesus Cristo muito mais. Não perca a oportunidade de resgatar econservar a preciosidade da boa reputação e da alta estima dentreos homens de boa vontade. Um tesouro inestimável, enfim,conserve intacto.
  6. 6. Campo Grande - MS Élcio Cunha73 - CONFIAR EM DEUSA palavra confiar significa acreditar. E isso pode vir junto aodescansar, esperar, porque Ele agirá. Os americanos cunharam emsua cédula a seguinte frase: “We trust in God”, isto é “Nósconfiamos em Deus”. Para explicitar que eles confiam no SENHORe não na prata.A confiança não é no “Dinheiro”. Porque o dinheiro, ele ésimbolicamente números. O homem o transformou e passou aidolatrá-lo. Isso tornou uma questão séria. Pode-se verificar o que obem material faz em nossas vidas. Ele modifica o caráter,temperamento, emoções e o relacionamento entre os seres vivos.Ele foi feito para ser servo do homem e não “senhor” de sua vida.Ele, o Senhor, nos destinou para dominar sobre toda a Terra.Todavia, por conta da concupiscência dos olhos e da soberba davida, os homens praticam atos impiedosos que prejudicam e trazprejuízo a si mesmo e as futuras gerações.Portanto, diletos (as) mantenham-se a sua confiança emDeus. Ainda que as suas riquezas prosperem não confiem nelas.Elas vão e vem, por certo, não são eternas. Elas ajudam, porém,não deve ocupar o centro de adoração que pertence ao Rei dosreis. Adore e confie no Senhor dos senhores.4 - A NINGUÉM DEVAIS COISA ALGUMAA sociedade moderna procura colocar no cidadão anecessidade de consumo. E este consumo precisa girar e aeconomia produzir recursos necessários para atender aocapitalismo do mundo ocidental.Haja vista a oferta grandiosa que se faz no comércio. Quandovocê compra no supermercado tanto nos pequenos e grandes, ondeé oferecido o parcelamento de uma pequena compra em diversasparcelas. Até onde isso pode conduzir o cidadão? Ele poderápostergar sua dívida. Ele ficará ainda mais endividado. É ocapitalismo que empurra no indivíduo a saciedade de podercomprar mais e endividar-se profundamente.
  7. 7. Campo Grande - MS Élcio Cunha8O nosso querido Brasil também passou por isso. Outrora, osgovernantes anteriores na amplitude de fazer investimentos,causavam mais males e ainda o pior. Que isso quer dizer? A teoriados investimentos não passa de endividamento do próprio povo. Oque as potências chamam de necessidades para criar fundamentossuperficiais para empurrar no Brasil ao caos econômico.Todavia, isso tem mudado nos dias de hoje. Não procuraremprestar mais, de jeito nenhum. Pois, a Bíblia adverte: “O queempresta torna-se escravo”, concernente à memória das sabedoriasde Salomão. O que se afirma que se você vive emprestando, sejanas minuciosidades do cartão do crédito ou mesmo de volumesmaiores terá no fim a tornar-se escravo do devedor.Contudo, a visão que opera e precisa nortear a vida do crente(digo daqueles que crêem que Deus, Ser Supremo, que podeprover tudo). Uma vida abençoada terá que abençoar e nãomendigar o pão. Entretanto, quando se passa por isto, cresce,amadurece, contudo, a Graça de Deus supera em tudo em todas ascoisas. É claro que a vida nos apresenta duas facetas: asdificuldades que servem para serem superadas e a prosperidadepara serem testadas as generosidades.Enfim, diletos, a reflexão de hoje, traz a seriedade de quevocê não precisa ser escravo, no sentido, de que se você écogitado ou tentado a dever, fuja de tal tentação. Aos nossosgovernantes cabe colocar os pés no chão e não aceitar ofertas deinvestimentos que traduzindo seria “empréstimos” a longo prazoque traria somente prejuízo ou oneração maior. “O Brasil éabençoado por Deus”, já cantou o poeta brasileiro e, portanto,vamos emprestar aos outros e jamais pedir emprestado. Pensenisso.5 – INFLUENCIA TU O MUNDO DE HOJEO cristão foi chamado pelo Senhor Jesus Cristo parainfluenciar o presente século. É mister que seja um influenciadornesta sociedade com pensamentos de toda a espécie. Todavia issoé natural que haja idéias diferentes pessoas de todos os tipos.
  8. 8. Campo Grande - MS Élcio Cunha9Mas, o papel do fiel seguidor do Senhor Jesus é torná-loconhecido no seio de seu convívio natural e ambiental. E essainfluência torna-se necessária, onde você mostrará a sua marca nomundo que caminha para satisfação material.É claro que não estou aqui para assolar os que procuramangariar os bens do mundo, isso pode satisfazê-lo. Tudo bemcontinue assim. Agora os bens não podem ter a primazia em suasvidas. Porque eles pertencem a terra e na Terra ficarão. Concorda.Não obstante, o que importa é que você mostre que a singularidadedo Evangelho de Cristo priorize em seus corações.Sem dúvida, a mensagem cristocêntrica choca os padrõessociais de hoje e se faz necessário ter sabedoria para conviver semser influenciado, e sem perder amizade, e sem perder acordialidade. Mas, a sutilidade dos humanos tende a colocarpensamentos que em vez do cristão dar a palavra final,simplesmente recheiam de fatos os ninhos da vida pessoal docristão.Portanto, cabe conforme conselho de Paulo: “Não vosconformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovaçãodo vosso entendimento em Cristo Jesus”. Assim, pois, cada um querecebe a Cristo deverá marcar sua presença em seu lar, comoverdadeiros crentes. Uma tarefa onde você também é chamadopara brilhar nesta geração sem rumo e sem direção.6 - A FALTA DE PAZ NOS CORAÇÕESO que leva a pessoa a não ter a paz no coração. Porque emtese a paz é a ausência plena de guerra entre si mesmo. Mas, nomundo em que vivemos a guerra está instalada dentro de nós.Porque somos impulsionados a avançar todo dia como sefosse numa campo de batalha, e isso; faz com se levante para aconquista. E essa conquista se traduz basicamente para atenderaos nossos caprichos: o ter. E dessa forma, ser diferente, serdominante, ter expressão.São formas que as pessoas estão caminhando em direção doalcançar o seu objetivo, seja para agradar a namorada, ou a noiva,
  9. 9. Campo Grande - MS Élcio Cunha10ou ainda a esposa. Há os que tentam demonstrar as suasconquistas as cobranças da própria sociedade. E a impetuosidadedos desejos ansiosos do coração do homem o leva a fadiga semcessar.No afã de conquistar traz inúmeros conflitos dentro do lar. Ohomem se torna áspero com sua companheira, alguns as tratamdesrespeitosamente ou a ponto de agredi-las radicalmente.Como poderá o homem ter a paz no coração colidindo entreos desejos da alma de possuir, mesmo a fardo pesados sobre osseus ombros. Fica-se num dilema diante de um embate no ter asriquezas materiais a custo de conflitos internos no convívio social.Portanto, ou teremos a paz no coração ou teremos afliçõespara o mesmo sentimento. Quando você alcança os bens da terra,logo, o coração sente-se satisfeito porém infeliz. Porque a formaque muitas vezes você procura alcançar traz infelicidade a outros.Aí o coração sofre internamente.Enfim, ou mantemos a paz, e vivemos mais ou teremos maisfrutos “materiais”, no entanto, a vida reduzida ao finito e bem menor.João completa dizendo as palavras do Mestre: “Deixo-vos a paz, aminha vos dou; e não vô-la a dou como o mundo a dá”. Entendevocê isto?7 - NÃO TENTE AGRADAR A TODOS!A opção de agradar alguém é uma atitude de uma solicitaçãoque uma pessoa faz para que outra o satisfaça. Nem sempre oanseio será atendido. E por outro lado, atender a todos os caprichospoderá deixá-lo cada vez mais infeliz.O outro não estará satisfeito sempre. Porque as suasnecessidades estão em progressividade, ou seja, a cada dia surgeuma necessidade que precisa ser resposta. Então, as carências sãoabrangentes e todos não têm as deficiências por uniformidade.O governante não pode agradar a todos. Até porque aspreferências são, via de regra, preferenciais do partido que o apóiaou da base aliada. Jamais quem ganha dá aos adversários as
  10. 10. Campo Grande - MS Élcio Cunha11benesses do Poder. Seria desgastante para ele e ingrato aosamigos.Há esposa que quer agradar o marido. Nem sempre em tudoela o satisfará. Parece que nem todos estão satisfeitos porque aNatureza Humana não está satisfeita consigo mesma.Há pessoas que não estão satisfeitos consigo mesmo. Quempossui o cabelo liso quer torná-lo crespos ou vice-versa. Pode-severificar que a insatisfação é inerente ao humano. Faz parte daevolução da raça humana, e isso em outras áreas: crescimento,experiência, promoção etc.Enfim, não tente agradar a todos. Porque você se tornaráinfeliz e jamais deixará o outro feliz. Porque a natureza está emconstante evolução e civilização. O homem deixa de ser bárbaro,cruel à medida que ele conhece a si mesmo e se liberta dosestereótipos que o aprisiona, e que se torna novo a cada manhãquando conhece o seu Redentor.8 - DIÁLOGOS ENTRE PAISUm vizinho chegou a um cidadão e disse que queriaconversar a respeito da educação de seus filhos. Ele achara queaquele pai não estava dando boa educação aos seus filhos. Ascrianças gostam de correr, o corre-corre e a gritaria tão comuns nainfância que isso afeta principalmente a sensibilidade dos idosos.Então, aquele cidadão conversou com o pai daquelascrianças, que os seus filhos correm e gritam, brincam de esconde-esconde, e fazem a festa, o que é típico nessa faixa etária.Aquele senhor para achar algo que dissesse contra os atos dacriançada, justifica dizendo que os pais deixam os filhos em total“liberdade”. E isso ele estava referindo nas brincadeiras incessantesdos meninos. E são descuidados no trato, e em discipliná-los.O homem descreve suas qualidades, dizendo: “Sou militar dareserva, 31 anos de bons serviços, tenho uma ficha limpa e eduqueios meus 4 filhos e 2 netos tudo sob uma boa disciplina. Dei um bomexemplo para eles. Ele, no entanto, queria dizer que o outro pai
  11. 11. Campo Grande - MS Élcio Cunha12não tinha fundamentos para educar os seus filhos. E Isso nopensamento e no “entender” dele.Aquele pai humildemente, também apresentou algumascaracterísticas: Olha senhor, tenho algumas qualidades que vocêdesconheça: Leio a Bíblia para eles, oro e ajoelho diante do Senhorpor eles, conto-lhes estórias e histórias, procuro educá-los noTemor do Senhor.Além do mais, procuro demonstrar não apenas de aparênciasou de palavras, mas pelas atitudes e gestos para que eles vejam,no exemplo, na conduta de um pai que dialoga, que não espanca,que não se vicia, enfim um pai que considera-se um espelho, quepodendo atirar pedras e ser quebrado. Todavia, o caráter deledemonstra a irrepreensibilidade dos seus gestos que são sinceros.O homem abaixou a cabeça. Ouviu, e achou que o conceitoque ele tinha daquele pai, era menos do que o seu. Ele notara queaquele pai tinha algo muito além, do que uma ficha limpa no serviçomilitar. Ele tinha um coração humilde, ele buscava na Palavra deDeus o alimento diário, ele buscava na oração o fruto de umcrescimento contínuo.Assim, portanto, encerrou-se o diálogo entre um pai jávivenciado com um pai em fase de convivência familiar. É sabidofinalmente que a lição de um serviu para o outro e do outro serviupara ele.9 - COMO ESTAMOS SENDO VISTO?Antigamente os crentes foram apelidados de protestantes ouhereges (1) porque protestava principalmente o pecado, ou melhor,dizendo, as ações de transgressões às leis espirituais do Senhor.Jamais seria no contexto a pessoa humana que merece todo orespeito, porém, as ações do homem eram vistas comodesobediência aos fundamentos da Lei maior e universal deixadapor Deus.Tratava-se que anteriormente que as pessoas pensavam queera uma ofensa a pessoa. Quando o professante da fé cristãprotestava as ações dos gentios, referindo as práticas distorcidas,ele contestava a ação e não as pessoas. O que seria essa
  12. 12. Campo Grande - MS Élcio Cunha13distorção, a idolatria, preencher o lugar de Deus por outros deusesnum exemplo. Porque há um Deus e há os outros deuses.O que está em voga é a ação dos indivíduos. Essas açõesque o levam a práticas que afetam tanto a sociedade, o grupo, ou asi mesmo.Hoje em dia, foram mudados os termos são chamados deevangélicos. Agora os críticos ainda usam o termo seitas. Termousado para designar uma pessoa que diverge do pensamento deuma religião que dita “oficial”, entretanto, o Estado brasileiro éconsiderado laico ao assunto. Ele não possui uma religião adotada,portanto, os privilégios não devam ser apenas de uma.Um grupo pensa de um modo, e pensa que a sua verdade éabsoluta, ou como, se ele fosse propriedade do Criador, pelocontrário; nós que somos propriedades como criaturas dEle. Frenteao livre-arbítrio, o homem pode escolher ser criatura ou ser filho deDeus. Não será esta ou aquela que dirá ser o seu representante,pois, a fonte está em Deus, invisível, não palpável, em Espírito ereal. Ele não se encontra numa sociedade organizada porreligiosos, ou em árvores, em rios, lagos, porque tudo são obras desuas mãos. Ele não poderia estar em suas obras, pois, Ele é oCriador.Enfim, são críticas deveras oposicionistas porque nós cremosque podemos chegar ao Senhor Deus por meio de Jesus Cristo,assim como nós temos: cabeça, tronco e membros, assim o é aexistência de um Deus-Trino, como essência de Único eVerdadeiro.______(1) Usado muito na Idade Média10 - O POVO QUE DESPREZA A CULTURAQuando se fala em cultura, logo, estamos a prioridirecionando para conhecimento, procedimento típico de umasociedade. Não quero aqui aprofundar no assunto em suas diversasvariantes. Quero ressaltar apenas um das situações encontradas.
  13. 13. Campo Grande - MS Élcio Cunha14O cidadão rejeita principalmente a cultura da leitura e doslivros. Onde poderia encontrar conhecimentos seja científico,técnico, ou de cunho social. Isso precisa ser codificado e modificadocom ênfase principalmente nos costumes caseiros ou nosarrabaldes escolares. Teria que os novos instrutores, juntos com ospais modelar um novo pensamento nas crianças de hoje.Esses dias, encontrei num terreno baldio, uns 20 livrosaproximadamente de português, matemática, história e geografia,todos jogados, por alguém que julgassem inúteis. Então, recolhi oslivros, limpe-os, e deixei reservados em casa.Passado alguns dias, meus filhos disseram que a escolaestava arrecadando livros para ser doados para escola que não tembibliotecas. E assim, peguei aqueles livros e entreguei na escola.Eles estavam em perfeitas condições de uso.O que invoca aqui? É que o pensamento do brasileiro queprecisa valorar o costume que a cultura aqui materializa naeducação que ele recebe. Livros podem traduzir amigos que nostransmite conhecimento, entendimento, esclarece o cérebro, produzuma série de benefícios que podem mudar o percurso da história decada um.O que não se pode aceitar, que em vão as pessoas deixam oestudo, a reflexão, para ficar à mercê de outrem. O Mestre assimafirmou: “Errais porque não conheceis as Escrituras e nem o Poderde Deus”. O erro consiste principalmente no estado pusilânimes quenos é empurrado.Enfim, amigo (a), o estado de pusilanimidade leva os cidadãosneutros, que perdem os seus direitos porque dormitam, produzemcidadãos analfabetos com relação aos anseios que uma Polispodes lhes oferecer. A pessoa fica num espaço que nem é seu enem dos outros. Portanto, leia, “Examinai tudo, porém, retende obem”.11 - AS AUTODEFESASPresencia-se o tratamento dado aos brasileiros lá fora. Nóssomos vistos com olhos críticos. Um tratamento desrespeitoso, elestêm uma idéia arcaica e barroca sobre nós. Eles pensam que nósnão pensamos. Imaginam que os brasileiros são os mesmos de
  14. 14. Campo Grande - MS Élcio Cunha15antigamente enviados pelos europeus para colonizar a colôniaportuguesa.Entretanto, o tempo passou e o Brasil cresceu e amadureceu.Surgiram novos tempos, e eles estão amarrados no passado. OBrasil está chegando e chegará a ser uma potência. O seu cicloestá chegando. Cada época um povo marca o seu tempo e o nossoestá por vir, falo como um homem e um homem de Deus.Os romanos marcaram o tempo a dois mil anos atrás ou mais.Alguns ainda consideram o seu domínio, porém, já defasou atempo. Os gregos dominaram na cultura, na intelectualidade. Hoje,já se não fazem gregos como antigamente. Os japoneses depois deHiroxima se levantaram e se mantem no topo das descobertastecnológica por pura sobrevivência própria.O Brasil está engatinhando, o que não deve aceitar e oatordoamento dos europeus pensarem que o Brasil ainda é colônia,ou se encontra num estado colonial. Continuam em sua mente queestamos por baixo. Fisicamente, a bola não tem parte de cima enem de baixo. Eles precisam sim, reciclar os conceitos, e enxergarmelhorar as grandes descobertas que o Brasil já fez e fará.Portanto, é natural, dar um tratamento da mesma forma de“Ação e Reação”. Porém, como cidadão do céu, precisamos tratá-los com hospitalidades de estrelas. Sem, contudo, deixar nos abaterfrente às provocações. Os chefes de estado precisaminterlocutarem sabiamente e resolver o impasse.A hospedagem precisa ser cortês real, educada e respeitosa.Nós ainda precisamos mostrar a nossa cultura educada aos outros.Porque se nós imitarmos a deles, seremos iguais a eles. Nósestamos amadurecendo a ponto de jamais imitarmos as práticasdescorteses que eles praticam. Nós evoluímos e eles estão setornando incivilizados no mundo globalizado. Pense nisso.12 - OS FRUTOS DA PACIÊNCIAO que poderia produzir uma árvore? Em sua essência seria oseu fruto. É óbvio que o fruto de uma mangueira, logo, dar-se-áuma manga. Diga-se en passant que ela produz anualmente. O quediria da goiabeira da mesma sorte, produziria a goiaba na estaçãoprópria.
  15. 15. Campo Grande - MS Élcio Cunha16As árvores produzem no tempo determinado. Não se forjauma árvore a produzir. Ou dirá o homem produza frutos, óabacateiro! Ela não ouvirá a voz humana, pois, o homem não temcomando para dizer que ela produza. O máximo que homem poderáfazer: colocar adubos, aguar, cuidar, enfim, e esperar que elacresça e que no seu período dê o seu fruto.Elas (árvores) seguem o tempo programado para dar o seufruto. Algumas com abundância e outra com escassez de produção.Mas, o que é certo que elas produzirão em pequenas ou grandesquantidades. Mas, darão o seu fruto no tempo marcado.O livro de Salmos 1, compara também, ao que é temente aDeus a produção de seus frutos. Assim como as árvores, nóstambém, de igual modo produzimos frutos que serão alimentos paraoutros. De maneira que no tempo próprio, e essa é a peculiaridade.Produzimos frutos, à medida que crescemos, nos tornamosmaduros. Elas se tornarão frutíferas quando se tornam adultas.Pois, também chegará o momento de produzir frutos que irãoalimentar pessoas ou humanos.A paciência em nossa vida pode gerar frutos que sãochamados de Paz e Justiça. Se por outro lado, a impaciência gerafrutos de injustiça e de intranqüilidade. Logo, a paciência produzuma certeza do fruto vindouro. De tal forma, a tartaruga mesmosendo devagar pode chegar ao seu destino. Os velozes coelhoschegarão primeiro, contudo, poderão chegar com rapidez. Mas,aqueles que ainda vão devagar chegarão ao seu destino.Portanto, os frutos da paciência, não podem trazer confusão,pois que espera sempre alcança. Outra citação sacra diz: “Deleita-te no Senhor, Ele concederá os desejos do teu coração”. Ela , apaciência, produzirá um fruto que o que virá, com certeza trará abenção prometida para cada um. De igual modo, os frutos de cadaárvore vem no seu tempo próprio, assim virão os seus frutos a seutempo. Espera, pois, no Senhor.13 - A LIBERDADE PARA ORARUm dos deveres cristãos que Paulo recomenda seria: “Oraisem cessar”. Mas, o que seria a oração? A oração é o canal, o
  16. 16. Campo Grande - MS Élcio Cunha17diálogo que se estabelece entre você e o Criador. Mas, pregadorqualquer um pode orar. Sim, desde que saiba a quem está dirigindoa sua petição.Quando a pessoa ora, dá entender a outro que desconhece,que a pessoa está falando sozinho. A oração é uma necessidadediária tanto quanto se necessita o faminto de alimento. Por meio daoração o homem estabelece uma ligação com o SENHOR.O homem vive o momento, e esse momento se torna obscuroe misterioso para cada um. O Senhor Jesus deixou um modelo deoração. Aquilo não era para ser repetido, mas, as necessidades decada um deveria nortear o estabelecido. Porque as carências de umnecessitado divergem de outros.A oração exige do crente a Fé de que Ele é Poderoso pararealizar “tudo aquilo que pedimos ou pensamos”. Se pensarmostudo que é bom, tudo de bom se realizará. Do contrário, opensamento instalado para práticas do mal, não será ouvida. Elenão atende aos pedidos dos que intencionam as práticas quetransgridem aos seus próprios mandamentos ou leis decretadasjustas para o Homem.Enfim, diletos (as) a oração deve ser criativa, própria,pessoal, onde você os seus pensamentos e o coração e peça aoPai Celestial, e ouvirá e atenderá os seus pedidos. Há uma letramusical que diz assim: “Bem de manhã, embora o céu serenopareça um dia calmo anunciar, vigia e ora...”. Dessa forma a oraçãoé uma forma de estar ligado a Ele para que os laços se fortaleçam.E assim sereis chamados, amigo de Deus por meio do diálogoestabelecido entre você e Ele.14 - FELIZES OS NECESITADOS DE ESPÍRITOQuando o Mestre trata a bem-aventurança, Ele ensina compropriedade divina a respeito dos “pobres de espírito”.Caracterizando as pessoas cuja ausência do Espírito Santo doSenhor se mostrava ausente. Elas são felizes porque serão fartasda sua presença.Alguns estudiosos se mostrado vagamente pelo aspectomaterial, ou seja, pessoas que tenham poucos bens materiais ou
  17. 17. Campo Grande - MS Élcio Cunha18algo que lhe possa mostrar carências. A idéia de pobre sempre vemà mente aquele ou aquela que não tenha algo materializado emsuas posses. Porém, o que caracteriza no conceito do ensino doMestre seria a pessoa que sem a Fé no Pai, ele se encontra emsituação de carência da presença de Deus.Dessa forma, quando Ele diz aos que são de carênciaespiritual da presença de Espírito, justifica que realmente eles serãosaciados. Há os que são fartos do Espírito quando conhece oSenhor, há os que são neutros, eles, contudo, nem sequer conhecea riqueza de Fé que poderia produzir em suas vidas.Por isso que a teorização e da prática que nos ensina oSenhor por meio das bem-aventuranças, particularmente a primeira,para justificar o que se encontra articulado na sociedade de hoje, o“Homem sem Deus é nada, e Deus sem o homem, continua sendoo próprio Deus”.Portanto, todas as criaturas criadas por Deus foram colocadaso assopro divino. Alguns obscurecem a sua presença e chegamcolocá-lo em sono profundo, outros, chegam a pensar como osfilósofos antigos “Deus não existe”. E assim, eles se tornam pobresde espírito porque desconhece o seu Criador, como fonte de toda acriação, e ele fica esquecido de seus corações. Enfim, amigo,pense em se tornar um aliado do Divino Mestre, porque Ele égrande e rico em glória pelos séculos dos séculos.15 - NOVAS ESTRELAS SURGEM!Gostaria de tecer um comentário a respeito do vencedor doBig Brother Brasil 8 (BB8). Um show que é apresentado na arenada mídia brasileira. Serve entretenimento aos telespectadores. Sãocópias de produto importado dos europeus, que em tese não dadosgratuitamente para nós.O que gostaria de fomentar aqui, que a sociedade brasileiraainda é machista. Poderia ser uma “mulher” a vencedora. Porquesomente os homens? Estou aqui fazer uma análise crítica docomportamento humano de brasileiros. Surgiram duas estrelas queficaram conhecidas nacionalmente, quiçá, até no mundo.
  18. 18. Campo Grande - MS Élcio Cunha19Muitos irão ganhar a fama com o “estar lá”, participar,vivenciar momentos de “chororó”, angústia, risos, alegria, tramas,traições, tudo fazendo parte de um show e todos concordam comdemocracia que instala por meio do espetáculo. Nada contra o quese passa. Todos são livres e não são os moralistas que vãoconsertar a sociedade.O que desperta aqui que o homem saiu vencedor e a mulherperdedora. A derrota poderá ser uma brecha para que a fama subaaté a cabeça. Ser um BBB é uma celebridade. Não acompanheitodos os programas e num tempo mínimo de acompanhamento já oseu suficiente para analisar do que se trata ali. Ganhar o “milhão”. Odinheiro passa a ser o alvo. E isso pode produzir na classedominante uma forma de produção de cultura. Uma cultura que visaprincipalmente o ganhar de dinheiro com jogos de interessesdiversos. No entanto, vislumbra-se a ociosidade como prêmio deestímulo para que trabalhar, pois, estou aqui com comida, conforto,lazer e etc.Enfim, um comentário para que as produções comecem atrilhar novos pensamentos sem fundamentar em bases financeiraspara que tenhamos uma sociedade com pensamentos de virtudes,respeitabilidade, convivência respeitosa. É possível sim, criar novoshorizontes, é claro que não serão produtores de retornosgrandiosos de finanças. Porém, teremos uma cultura maissedimentada em juízos de valores mais aprofundados. Fica aqui aminha expressão pessoal.16 - QUAL O SEU DIA INTERNACIONAL?Gostaria de falar sobre um dia que todos classificam como“Dia Internacional da Preguiça”. Todos sentem cansaço. Chegauma hora, um dia o corpo pede uma moleza sem igual. Então,conversava com um amigo. Ele disse que a sexta-feira é o seu diainternacional da preguicite.Com certeza, ele tem razão. Entretanto, isso varia de pessoapara pessoa, porém, concordo que também a minha sexta-feira éde tirar o fôlego. A preguiça é necessária porque o corpo estápedindo um repouso, descanso para recompor as energias. Paraalguns pode ser numa segunda-feira, terça ou outro dia qualquer.
  19. 19. Campo Grande - MS Élcio Cunha20As pressões do dia-a-dia, o sol, o tempo, as obrigatoriedadesdeixam o ser humano atarefado e assoberbado. E isso trazconseqüências de peso às almas. Os afazeres, as atividades sãosaudáveis, e também, traz um pouco de fadiga.Todas as atividades trazem um peso de responsabilidade etrabalho. Mesmo os que praticam os trabalhos voluntários e ascorvéias dos dias de hoje. Tanto as obrigatórias como asvoluntárias são pesos. Porém, estas são mais leves que aquelas.Uma leva satisfação e a outra obrigação de cumprimento legal.Uma fornece o sustento e a outra produz realização.Quando o SENHOR reservou um dia para o descanso. Ele ofez, sabendo da necessidade do repouso e isso seria um fatormotivador. O descanso pode produzir uma sensação de melhora.No descanso há oportunidade de reflexão. Porque enquanto vocêestá trabalhando, você não está pensando. Mas, quando você estádescansando, então você poderá refletir todas as suas ações ereações.No “ócio” como alguns utilizam uma forma dissociada dedescanso. O ócio na verdade, um estado dos que não trabalha, esão mandatários do poder. Eles utilizam os meios de produção efazem uma forma de ter “dominação” sem ter a satisfação detrabalho. Um não pode separar-se do outro.Portanto, dileto, no dia Internacional do “escoramento físico”aproveite para Meditação, Oração, Clamor, por você, por suafamília, por sua cidade, por seu estado e por fim por seu país.Desenvolva a arte de refletir, pensar com tanta intensidade tantoquanto o faz para o trabalho servil e manifestamente ingrato a sipróprio. Torna-te novo com o descanso.17 - UM COMBATE À ALTURAOs cristãos dos tempos atuais estão preocupados com suareputação. Haja vista a movimentação de diversos gruposdenominacionais que protestam com a novela apresentada nosmeios de comunicação. Principalmente no conjunto de idéias quevisam simplesmente denotar um caráter oposto dos chamadosevangélicos.
  20. 20. Campo Grande - MS Élcio Cunha21Os crentes não sabem lidar ainda com relação ao “inimigo”,aqui dito os que se opõem as Escrituras Sagradas. Então, osescribas televisivos criam mecanismos para dissimular uma falsaimagem do que é ser crente. Os objetivos são alcançados porqueeles querem ver os cristãos “nervosos”, “irritados”, e fazendo todotipo de manifestação face ao ‘cutucamento’ de fatos pelos quais aficção tentam mascarar a vida dos verdadeiros cristãos com cenassupostamente empírica e criadas por ilusionistas inconscientes.Eles lançam lenha na fogueira e alguns mais exaltadostendem a retrucar na impetuosidade. Pois se trata de uma obraficcionista o que está lá é apenas ficção. Todavia, o público nãoenxerga a ficção como abstrata. O povo a vê como realidade. E issoos manobristas da verdade tende a manipular os telespectadorescom mentiras que passam por verdades.O que os cristãos precisam conscientizar de que não deveriacair na jogada, estimulada e apregoada, pois tais sofistas. Elesquerem vê-los furiosos, assim o seu intento chegou ao objetivo. Nóssabemos que o “Inimigo” é forte. Ele exerceu um poderio extensoaqui na terra. No entanto, não é com a força, com a fúria, com odescontentamento que iremos triunfar. Mas, pelo Espírito Santo doSenhor.Quando alguns os criticam de forma severa, eles estãotentando provar o que eles os são na verdade. Porém, eles semostram sereno face à invericidade dos fatos. Diante do que sesucede é conveniente mostrar impetuoso daquilo que você não é.Todavia, está mais difícil mostrar-se cristão por simples ataquesabstratos ou ficcionais nas imagens mostradas por recursos visuaisdos homens impensáveis que as sofridas por irmãos de fé nopassado. (Leia histórias, de cristãos torturados, perseguidos etc).Amigos, quando Jesus disse: “Bem-aventurado, sois vósquando vos perseguirem e disserem todo o mal contra vós porminha causa”. O mestre já havia dito sobre isso, e que é passível deacontecer.Portanto, a perseguição é natural que venha e virá a todosque viverem piamente. Porém, a maior grandeza é como lidamosdiante dela. Como nos mostramos semelhante a Cristo em cadasituação. Porque eles o fazem movido por ações que eles mesmosdesconhecem. E nós, como devolvemos as acusações do “inimigo”,
  21. 21. Campo Grande - MS Élcio Cunha22deveria ser sim com a iluminação de que somos de Cristo, e quemestá com Cristo não andará em trevas, e sim na Luz.18 - CONHECENDO O OUTROA vida se apresenta de maneira diversificada. O envolvimentoe o relacionamento produzem efeitos inesperados. Quando vocêentra em contato com alguém, com certeza, esta aproximaçãoproduzirá aprendizagem. A aprendizagem consiste na troca deexperiências e motivo da convivência natural dos seres humanos.O homine não foi criado para ser uma ilha. Vivendo ilhado sesepara de toda a sociedade. A sociedade é composta demultiplicidade de religiões, costumes, tradições. Todo esse aparatoenvolve um ciclo que vai e volta.Todos precisam de cada um. Assim como uma pessoa éimportante numa sociedade democrática. Todos fazem parte deuma engrenagem que completa a rotatividade. Ninguém poderáafirmar que não precisa de outrem.Mesmos os milionários dominantes do capital eles precisamda mão de obra menos qualificada. Em sendo um Tio Patinhas eficasse enfurnado em suas riquezas materiais e como iriasobreviver? Porém, ele exerce maior domínio sobre outros porquedetém temporariamente o recurso financeiro. Isso não significa queele seja maior ou menor.O que podemos dizer que todos são iguais perante o SenhorDeus, embora a nossa Magna Carta afirme que todos são iguaisperante a Lei que estabelece. Assim encontra restrições por gruposformados entre classes piramidal a,b,c,d e e.Os olhos humanos estabelecem diferenças. Porque enxergaapenas o aparente. No entanto, o que é maior de todos e Criador vêo coração e sonda se há humildade dentro dele. O que ao contrárioa soberba o resiste e o afasta mais e mais do seu Benfeitor.Por excelência todos precisam de todos. Pode-se dizer que amáquina não precisa de outra máquina. Ela vive sem a outra. Mas,até a máquina precisa do humano. E o humano passa a viver sob a
  22. 22. Campo Grande - MS Élcio Cunha23dependência da máquina. Sem contar que o avanço tecnológicotem substituído o homem em toda a parte.Por fim, resume-se que a criatura criada a imagem esemelhança de Deus ainda é a primazia do Criador. Ele não trocarápor máquinas. Ele olha por todos desde que os seus filhos osquerem por ele ser assim chamado. Por meio de Jesus Cristo nóstornamos-nos Filhos de Deus, marcados com o sangue vertido naCruz pelo Cordeiro Divino que remove as manchas do pecar. Pensenisso.19 - O MUNDO ESTÁ A SUA ESPERAA manifestação dos filhos de Deus está sendo vista comouma estagnação neste presente século. O que acontece quando osfilhos atuais não se manifestam diante dos fatos do dia-a-dia. Logo,todos pensam que o mundo só tem um lado.Seria impossível dizer que uma moeda tenha apenas um lado.Ela tem duas faces, portanto, dois lados. Ou é cara ou é coroa. Osdois lados estão lado a lado. Porém em lados os opostos não dãopara uni-los e nem ajuntá-lo. Todavia segue-se junto.O parasitismo dos cristãos consiste na paradeira geral.Permita-me dizê-lo desta forma. A vida requer movimento edinamismo, como dizia os gregos dunamis, no sentido de que a vidaestá em constante movimento.O lado oposto da moeda desenvolve-se com mais rapidez.Digo isso, referindo-me que os cristãos que crêem num só Deus enum só mediador entre Deus e os homens. Dessa forma, ficam elesmesmos são esquecidos de sua própria fé em momentos dedificuldades, situações catastróficas, em flagelos como a dengue.Há crente que mesmo diante de uma mordida do mosquitoesquece de alçar a sua voz até o Trono majestoso do SenhorJesus. Ele, não eu, tem a autoridade sobre qualquer espécie dedoença e que coisas possam afetar a vida dos seus filhos.Pois nós o consideramos como Pai? E qual é o pai queabandona os seus filhos e não leva o alimento diário, e que damesma forma dispensa “amor paternal” nos cuidados diários eenseja o bem de sua linhagem. Faz parte da vida sucedânea o
  23. 23. Campo Grande - MS Élcio Cunha24cuidado familiar por seus membros. Ele, o Senhor, não nosabandona inda que uma mãe pode abandonar os seus filhos.Os que mais descuidam são os que o chama de Pai, é queeles mesmos esquecem que Ele é Senhor de toda a Terra e de Juizde todo Universo.Por isso, uma exortação aqui, merece a sua atenção. Omundo com suas novidades e vislumbres podem levá-lo a não selembrar que Ele existe. Porque pode abafá-lo em reconhecer a SuaMagnitude e Poder sobre a vida dos genuínos filhos de Deus.20 - COM QUEM ANDAS?Aquele axioma, “digas-me com quem andas e te direi quemés”. Torna-se verdadeiro na prática quando você verifica que oandar de uma pessoa passa a ser semelhante ao do contíguo,aquele cujo indivíduo se encontra do seu lado. Veja que o simplesfato de acompanhar alguém, este passa a ter uma conotaçãoidêntica a do outro. Se você andar com uma prostituta, o que serás,sem titubeio um devasso. Se você andar com pessoas sem caráter,o que serás um homem cheio de furor.Por outro lado, o conselho nobre para quem deseja serinteligente e um pacificador, como diz o provérbio: “andam com osábio e serás sábio”. Acrescento ainda andas com os brilhantesque se tornará brilhante. É uma linha contínua e reta, isto é, óbvio,quem anda retamente permanece num caminho firme a sua frente.As associações virtudes/vícios se separam. O fato de que asvirtudes elas vão e vem no caminhar de uma pessoa que andamjuntas. Assim também os vícios podem contaminar o outro demaneira sorrateira e sutilmente e isso prejudicá-lo sensivelmente.Ainda conciliando a outra afirmativa dizendo: “As máscompanhias corrompem os bons costumes”. Pode-se corrompertambém a Justiça, a Moral, a Virtude. Nesse cabo de guerra entre oque pode ser costumes sadios de uma sociedade, onde caminhostortuosos de descontrole de uma vida padronizada de modoorganizacional tende a macular pelas pessoas insipientes.Diga-se en passant que todos são participantes de forma ativae muitos mais passivas diante de influenciadores negativos. Outrodia um amigo disse: “Você está me educando com os seus
  24. 24. Campo Grande - MS Élcio Cunha25conselhos, (via e-mail)”. Ele respondeu dizendo: você enviamensagens de todos os tipos que podem influenciar negativamente.Entretanto, não os rejeitos, porém faço uma filtragem naquilo debom que você pode melhorar.Dileto amigo! O que você pode contribuir de maneirasatisfatória com o seu próximo. A sua influência tem levadomelhorias para a sociedade. A sociedade tem se tornado melhor porsua vida e convivência neste mundo? Podemos enquadrar em duassituações: “Ser um vaso de benção” ou “Ser um vaso vazio”. Enfim,escolha a opção de que você poderá contribuir no aspecto social deseu país, fazendo valer a sua boa influência para o crescimentocomo um todo e para o bem de sua Nação.21 - NÃO DÊ OUVIDO!Nós temos um par de ouvidos para ouvir. E isto faculta-nos aouvir o que queremos e quando queremos. Todavia, no mundo detantas vozes e tantas falas as pessoas se comunicam de suaprópria maneira. Ouvir é uma das faculdades do ser humano, há,porém, alguns que já são privados por diversos fatores. Fala-se dosurdo que se torna uma parcela importante da sociedade atual. Elesutilizam a forma gestual, por meio das articulações e gestos quesão claros para eles.Mas o ouvir atento. Nem todo o mundo quer sê-lo, estarpronto a, atender e oferecer a outrem toda ajuda possível. Isso émarcado pelas necessidades que as pessoas têm no sentido desatisfazer a sua atenção. Elas estão caminhando por alcançar cadaum o seu objetivo.Quando os objetivos se diferenciam a tendência é seafastarem. Digamos que um torcedor do palmeiras não irá se unirpara assistir um clássico esportivo de outro time. Ele torcerá peloseu time. E isso causa ânimos diferentes.Há ainda um falar que o conduz ao contrário daquilo que vocêalmeja. Você que tem propósitos definidos. E por vez encontraobstáculos que tendem a impedir ou obstruir o alcance de suasaspirações. Digamos que você almeja estudar e se formar numcurso de faculdade e alguém dirá: “isto não é pra você”. Logo, estapalavra poderá infundi-lo descrédito em sua capacidade de crescer
  25. 25. Campo Grande - MS Élcio Cunha26e evoluir profissionalmente. Neste caso, afaste de taispensamentos, até porque Paulo um dos apóstolos de Jesus, disse:“Pensai nas coisas que são de cima”. É pra lá que vamos um dia,nossa morada é para o alto!Poderia também dizer, pense naquilo pode te levantar, ajudá-lo nacaminhada, a traçar o seu sucesso profissional. Ele, o Senhor,almeja que todos os seus filhos progridam e tenham felicidades emtodas as áreas. São todos, sem exceção.Quando você coloca o seu desejo como preceitua o salmistadizendo: ”Deleita-te também no Senhor, Ele concederá o desejo deteu coração”. Não se torna uma linguagem figurada ou simbólica.Pois o alegrar-se ou prazerar-se em Sua Palavra traz umaesperança inequívoca de que Ele cumprirá. Dessa forma, pode-seseparar o que profere o homem mortal, e daquilo que proferido naspromessas de Deus.Portanto, dileto amigo (a) não esteja atento a tudo que alíngua humana profere. Porque estão obscuros os pensamentoshumanos que ofuscam a sua felicidade. Porém o Senhor Jesusdeseja que todos sejam salvos, sejam transformados, cresçam,alcance todas as bênçãos do Senhor. Pois dEle é a prata e o ouro.Quem é semelhante ao Altíssimo ou que poderiam os deusescriados por mãos de homens fazerem. Enfim, quando os pés dohomem e da mulher se firmarem na Palavra de Deus, com certeza,o caminho é perfeito e seguro.22 - VEJA SE SÃO VERDADEIROS AMIGOS!Há um místico que confunde sobre a verdadeira amizade.Quem seriam os amigos verdadeiros? Estariam os amigosenvolvidos no bem-estar de seu próximo ou apenas em si mesmo.Teria os amigos apenas interesses financeiros ou benefícios pra siem prejuízo posteriormente.Esta idéia de “meu amigo” me levou ou “me ajudou”, “Umamigo que me mostrou” e no fim você se encontrar num lamaçal.Em primeira reflexão poderíamos afirmar que o amigo, elenão requer de outrem nada de benefícios financeiros para si e nempara outro qualquer. O amigo de fato e verdadeiro, ele busca
  26. 26. Campo Grande - MS Élcio Cunha27simplesmente caminhos que são retos, justos e que vão deixarmarcas em outra pessoa.Pois um amigo ele vai abrir os olhos e vai enxergar todos osseus defeitos, todos os seus vícios, todas as suas fraquezas e combenevolência o dirá como vencê-los.Ele saberá, porém, exortar quando você estiver entristecido,porém, saberá dar uma repreensão aberta quando você errar.Saberá dar palavras que poderão ferir a alma do amicíssimo, noentanto, também dará o bálsamo para curar as feridas deixadaspelo irmão.O pseudo-amigo, no entanto, o conduzirá de mansinho afazer, aquilo que se opõe às boas regras de conduta, às contidasnas leis instituídas pela sociedade, o levará a práticas detransgressão dos bons costumes. Ele é e se torna dissimulado, ointuito, daquele falsete é evidenciado a conduzi-lo e a ter prejuízoemocional e legal.Á guisa de exemplo ou de colocação, quando alguém oconvida para prática de um “furto” e você o faz. Logo, você deveriaser esclarecido pelo seu amigo que isso infringe os padrõesnormais da sociedade. Que isso tem conseqüências inevitáveis.Dessa forma, seja você duro com o falso “amigo” e aconselhe a serum bom cidadão.Os amigos não vêm em forma de inimigos. Eles vêem emforma de camaleão. Onde num lugar tem uma aparência e agediferente em outra situação.Vejamos sob outra ótica os amigos genuínos, quando vocêestiver numa situação difícil e aí eles aparecem. Estou dizendoaqui, quando você estiver doente, então o verdadeiro amigo irávisitá-lo. Pelo menos passar e dizer algumas palavras deesperança. Ó! Estou orando pela sua recuperação. Os verdadeirosamigos são como diamantes, difíceis de achá-los e de conquistá-los.Portanto, você que se encontra do outro lado, considero umamigo. Porque quero não pelos interesses próprios, porém, quevocê conheça um amigo, o qual é o melhor de todos os amigos,
  27. 27. Campo Grande - MS Élcio Cunha28JESUS. Ele se mostra como um verdadeiro amigo, e desejo quevocê o encontre, e abra o coração para Ele entrar.23 - REDESCOBRIR O BRASILHoje, comemora-se o descobrimento do Brasil. Um paísconsiderado gigante pela própria natureza. País, que fora fonte deinspiração no passado e também no presente aos poetas. Um paísabençoado por Deus, com tudo que é belo para se viver.Será que o Brasil já se descobriu. Descobriu que a força, ainteligência, a capacidade de gerir seus próprios recursos e aeconomia. E que não depende de nenhum outro, a não ser paraajudá-los. Ou seríamos semelhantes ao elefante que desconhece asua força ? Como pode paises pequenos, ter mais recursos do quenós?O Brasil não descobriu que não precisamos ser dominados poroutro, nem politicamente, nem religiosamente, e nemfinanceiramente. Porque a política está avançando para aprimorara democracia. A religião não pode ser "ópio do povo". Porquereligião que conduz o indivíduo à miséria, à pobreza, ao estado delamentações, não merece atenção. Mas, os seus olhos não foramabertos para isso. Acredito que nenhuma religião deva serinstrumento de dominação ou restrição dos direitos de um povoao crescimento, ao desenvolvimento e a vida saudável.Por outro lado, a libertação financeira só se alcança commudança em nosso comportamento. Se os primeiros habitantesdessa terra não precisava trabalhar para produzir riquezas, agoraprecisa. No entanto, não no regime de usurpação, ou "sugação" porparte dos avarentos que excluem o bem-social de todos.Como haverá a paz ? Como pregar a paz entre os seus próprioscidadãos ? Se de um lado o outro vive na exploração, no regime deum se torna milionário e outros desguarnecidos.Diria o rico: _ "Eu trabalho duro", por isso estou bem de vida.Contudo, como se processa a paz entre o que está bem de vidacom o que está mal na vida? É evidente, a violência aumenta,aumenta também os "Robin-woods" da vida. As casas, digo(há
  28. 28. Campo Grande - MS Élcio Cunha29igrejas) crescem com grades, cercas elétricas, câmeras protetoras,seguranças etc. Depois proclamam a Paz. Paz, paz, é o queremos.Paz aos nossos bens materiais, paz e segurança aos filhos dosfilhos. Uma paz externa. Manter os bens materiais protegidos.Mas, é preciso entender que a paz se faz com o próximo.Quando circulo pelas ruas e encontro com o meu próximo. Quandotendo possibilidades de ajudar, então; eu abstenho da minhaavareza e ajudo.Para fazer entender que a redescoberta do Brasil, se faz com aminha participação, com a sua, e com a de todos. Todos somosparticipantes desta grande "Nação". Todos precisamos colaborar demodo que promova o crescimento de todos , quando se olhar nopovo, e verificar que estão felizes, e não há mais violência naperiferia, e nem nos lares, então podemos concluir está começandoa processar a paz nos corações. Entretanto, a uma paz que o Brasilainda não redescobriu, digo, poucos sabem, a que foramencionada. Jesus declarou aos seus discípulos: " Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou, e não vo-la dou como o Mundo a dá". Este éo entendimento que precisamos encontrar e viver para que precedaa paz é preciso, entre os cidadãos haver justiça solidária.24 - O VELHO ESTÁ INDOPensamos que o ano está acabando. Na verdade, quem estápróximo de acabar somos nós mesmos. A cada dia que passa acontagem regressiva começa a fluir. Os momentos para atravessaro ano são inovados a cada dia.Os humanos escolhem formas de atravessá-los. Seja pelamostra de fogos e artifícios, em casa, na praia, nas montanhas emdiversos lugares. São formas livres de escolher como passar. Todostemos o direito de ir e vir (CF, 1988)Os anos são os mesmos. Nós estamos em constantestransformações, uns indos e outros estão renascendo. Cumprecada um enxergar a sua missão aqui na terra. Uns se tornamextraordinário, mas outros se tornam comum, e ainda outrosconseguem ser lembradas por atos que macularam sua imagem.A cada ano que chega, são anos irrecuperáveis. O tempo deplantar, colher, ajudar, cooperar, de fazer o mundo melhor, de
  29. 29. Campo Grande - MS Élcio Cunha30mostrar um caminho sobremodo excelente é o hoje, e não ontem.Todavia, ouvimos aqui e lá, "Feliz 2006 para você!É claro que alguém está desejando, só desejando. É precisoalém de almejar, fazer por onde o mundo que o cerca seja jubiloso.Cabe a cada um realizar o melhor de si a Deus, ao próximo e aosdistantes. Oportunidades não faltam, trabalho, resignação,motivação, a vontade disso estão aí de montão.Agora, precisa-se mudar intrinsecamente os velhos hábitos,aquilo não lhe deu sucesso: a preguiça, o pensamento negativo, afalta de objetivo, os “contra-ondas” a pessoa que diz: “ Não adiantefazer isso que não vai dar certo”. Larga a mão!Pense na grandeza do seu Deus. Ele é infinitamente bom epode realizar suas obras em sete dias. Você terá os novos 365dias, para conquistar tudo a faculdade, a esposa ou vice-versa, aleitura de 66 livros, o mestrado, sua comunhão com Ele, a paz, asaúde, os amigos. Enfim, conquiste em primeiro lugar a amizadedo Senhor Deus, pois, com Ele a frente toda a batalha que vier, Eleirá contigo.São os meus votos de sinceros sucessos no novo que seinicia.25 - COMO PODERIA MELHORAR AS “CASAS DE DETENÇÃO”Como somos tratados pelo Criador? Muito bem, sem dúvida.Desta vez, quero dizer sobre a bondade do Senhor aos homens.Desde o principio, Ele mostra benigno, apesar de o Homemescolher pelo seu livre arbítrio a quem querer adorar.A respeito das conseqüências que os atos humanospudessem resultar, Ele preparou para o homem a cidade de refúgio.Este é o lugar preparado conforme descreve o livro de Josué. Leiapor favor, se tiver tempo por completo.O homem quando praticava um crime não intencional, ele eraposto nessa cidade de refúgio, lá ele podia: trabalhar, estudar,brincar e fazer todo tipo de atividades. Só havia uma restrição, nãopoderia sair da cidade até o julgamento ou quando morresse osacerdote da cidade.Aí vemos o registro das “Casas de detenção” no passado.Haja vista que a diferença é grande dos dias de hoje. Lá,era uma
  30. 30. Campo Grande - MS Élcio Cunha31cidade, hoje, é um cubículo. A penitência de hoje, é massacrante,os cidadãos não melhoram e nem se consertam. O que lhes éoferecido é bem pouco.O processo de restauração, por meio de igrejas cristães quese empenham para torná-lo sociável, se torna lento e demorado.Elas (as igrejas) se esforçam para que as pessoas melhorem,porém, é insuficiente. Sem contar que o custo da manutenção recaisobre o Estado, e todos somos pagantes desse custo.O ônus deveria retornar ao cidadão que impensadamentepraticou um ato desumano. Porém, vejam vocês que a benignidadedo Senhor dura para sempre. Até os pecadores são tratados combondade. (Não me refiro somente aos que estão atrás das grades).Porque as escrituras declaram que todos pecaram, Romanos 3:23,inclusive eu.Agora, eles não reparam o dano causado, e nem tampouco ocusto da casa que moram, ou seja, “As casas de detenções”. Énecessário, a penitência, o pagamento pelo mal feito a qualquer serhumano.Porém, deixar os indivíduos com alimentação, água, tendouma vida tranqüila, embora, restrita a quatro paredes, apenas,pensando o que fazer? Falta de sabedoria dos homens dasociedade de bem. É mister que eles paguem as suas comidas, olugar, através de seu trabalho e suor.Doutra maneira, poderia também, aproveitar a criatividadedeles, com o estudo, com produções que poderia contribuir paraeles se tornem cidadãos de bem e que volte ao convívio natural doshomens.Portanto, dileto, para que tenhamos uma sociedade melhor, épreciso que sejamos melhores, no trato com aqueles, sob aescravidão das trevas, cometeram atos não agradáveis a Deus. Eainda mais, as “suas misericórdias são as causas de não sermosconsumidos”.26 - NA HORA DE DEIXAR O LEITEQuando era menino, não tomava leite por conta dascondições financeiras da família. Era o conhecido “Chá Preto” ou
  31. 31. Campo Grande - MS Élcio Cunha32“Chá Mate Leão”. Numa família enorme, os esforços paraconseguir o alimento eram bastantes. Então, colocava-se muitaágua para que pudesse render o chazinho para todos da casa.Porém, tomar leite é essencial para as crianças. Porquecontribui para formação e desenvolvimento físico e mental dospequeninos. Sem aquele produto as deformações são visíveis eclaras. Os dentes não crescem direito, corpos frágeis, pessoas semânimo para o estudo, trabalho, e até diversão.Chegará uma época que as crianças crescem, ficamadolescentes, e se transformam num adulto. A partir daí, deverádeixar de tomar o “Milk”, o Milk-shake e outros derivados doanimal. Porque seu organismo atingiu uma maturidade alimentar.Faz-se necessário, pela cadeia nutricional, sustentar e nutrir outrosseres vivos que estão a caminho.Os adultos não precisam mais tomar ingerir leite. Pois,simboliza uma fase da criancice. O homem já não necessita dealimento leve. Ele precisa de alimentos sólidos e fortes para abatalha diária. Até porque o corpo já está preparado para as novasetapas da vida. Enfim, deixe o leite para as crianças.Não faço apologia para diminuir as riquezas do nosso Estado.Um dos binômios principais que é gado x soja. Seus produtosgeram riquezas, divisas, para a toda a população. Por isso, o nossogado, merece atenção. Digo nosso, porque está aqui no Estado deMS. Então, quando o animal estiver doente, nós daqui temos queorar para ele seja curado. O Senhor cura tanto pessoas comoanimais. Por isso, a minha oração para que Jesus seja glorificado, aintercessão para que Ele cure os animais da febre aftosa. Você crênisso? Eu creio.Portanto, não duvido do Poder de atuação de Deus nas vidasdos animais. Quando ele criou, ele disse que serviria para oalimento da descendência de Adão. Meus amigos! Oro e continuareiorando para o Senhor restitua a saúde do nosso gado, e que fiquelivre das pragas advinda. Em nome do Senhor Jesus.27 - UM DIA NO SÓTERNinguém é de ferro. Somos feitos de carne e osso, alma,espírito temos direitos também ao lazer. O lugar é destinado à
  32. 32. Campo Grande - MS Élcio Cunha33diversão, esporte, e outras atividades. Como os paulistas epaulistanos conhecem o Ibirapuera assim os campo-grandenses oSóter.No dia das crianças em 12/10/2005 estávamos com meusfilhos para jogar bola na quadra. E elas ficaram animadas, tem umaenergia pra lá de vontade de correr. Por isso, um tempo se faznecessário para descarregar as energias acumuladas. Levei umabatida forte na canela, sem, entretanto, ofender o meu adversário.Saí no silêncio.Após a prática do esporte, enquanto estava sentado, e aodescascar uma laranja. Uma criança de mais ou menos 03 de idadese aproximou, e olhou em meus olhos. Depois olhei para ela.Apenas numa olhar entendi o que era queria, a laranja que estavadescascando. Por conseguinte a dei para ela, sem lhe falar nada.Comunicamos via pensamento. Observei a necessidade dela, eprontamente procurei atendê-la.Entretanto, um grupo descansava. Havia um outro grupo dejovens de diversas denominações evangélicas dispostos a cantar elouvar o Senhor. Eles cantaram, louvaram e propuseram fazer umbonito trabalho. Enquanto um descansa outro se propõe a realizaralgo em prol do Reino de Deus.São poucos os jovens que se dispõe a fazer isso, em plenoferiado. Eles estavam cantando, outros distribuindo literatura, eainda falando a respeito do Senhor Jesus. Porém, na massa e naforça que há nos mancebos, ainda era pouco.Alguns preferem o descanso, ou permanecer na ociosidade.Mas a atitudes daqueles foram louváveis. Mas, os que deixam otempo passar na ociosidade dos prazeres naturais, por exemplo, osjovens que jogam suas energias em práticas egoístas da ejaculaçãosolitária. Ou seja, gastam suas energias em masturbaçõesdesnecessárias.Por isso, jovens cristãos. Não dê lugar às vazões da carne ouda tentação. Não jogue suas forças ao lixo e ou nada. Comoaqueles nobres jovens foram na disponibilidade do Senhor. Quandoo escritor escreve: “ Eu vos escrevi jovens, porque sois fortes e jávencestes o maligno”. Ele estava dando uma palavra de ânimo e devigor aos jovens. Portanto, aplique suas forças em algo valoroso.
  33. 33. Campo Grande - MS Élcio Cunha34Pratique no Evangelismo de porta em porta, assim estarádisponibilizando suas sinergias para a glória de Deus.28 – UM PROFESSOR DO CÉUO ministério do Senhor Jesus foi realizado de forma múltipla.Entretanto, gostaria enfatizar o ministério do ensino. Jesus Cristo éconsiderado um Mestre por Excelência até os dias de hoje. Porqueesse atributo? Porque ao estudarmos a sua didática, observamosque ele envolvia de maneira teórica e prática simultaneamente.A junção de teoria/prática demonstrava uma didáticaverdadeira. Porquanto ele não poderia misturar mentiras comverdade. Então, Ele utiliza o método verdade e simplesmente averdade. Verificamos que ele é um Mestre incansável. Estavapronto a ensinar em todo momento, mesmo em situação contrária,ou seja, os “inimigos” queriam pegá-lo em alguma falha oucontradição. Sua vida ensinava a todo momento seja para os seusdiscípulos, seja para os fariseus, os saduceus, ou para os religiososda época ou para o povo.Uma ocasião, Ele entrou num barco para ensinar, e depoissubiu ao Monte para falar à multidão. Ele tinha algo para ensinar eaproveitar todo o tempo para tirar lições e repassar o conhecimentoaos seus seguidores. Dessa forma, temos por espelho um professorcapaz de mostrar ensinos que estavam esquecidos. Ele não perdiauma única oportunidade e o seu ensino estava sendo transmitido demaneira simples, dentro do cotidiano e discernia bem aaprendizagem.Vez por outra, os alunos que não entendiam o assunto. E asperguntas eram incessantes? Fazem parte da relaçãoensino/aprendizagem. Dizem que o ferro se afia com outro ferro,creio que podemos moldar o outro pelo ensino da palavra. Jesussabia muito bem como podia preparar em seus 03 anos deministério os seus alunos que mais tarde tornaram-se tão brilhantestanto quanto o seu Mestre. Olhe e tenha como espelho o SenhorJesus para ensinar os seus alunos.29 - VAMOS INSTITUIR EM CADA LAR O “BROTHER’s DAY”É mais um dia para ser lembrado. Mas, de uma forma bemdiferente. Assim, podemos escolher uma data. Que pode ser um
  34. 34. Campo Grande - MS Élcio Cunha35primeiro domingo ou o último domingo de um mês, que pode serjaneiro, o outro a escolher. Em virtude de guerras que surgem diaapós dia, e os líderes mundiais não conseguem promover a paz.Será um dia não “comercial”, nem vendas, nem compras,nem trocas de coisas materiais. Já temos vários dias comerciais,“Dia das mães”, “Dia dos namorados”, “Dia da Sogra”, “Dia dosPais”, são tantos e o comércio já explora o lado financeiro.Todavia, o lado “não-monetário” não deverá prevalecer nestedia especial. Porque de onde surgem as guerras? Tiago, apóstolodo Senhor Jesus, diz que vem do nosso interior, pois guerreiainteriormente, onde há ciúmes, invejas, pelos prazeres egoísticos.Então, precisamos criar o “Dia do Irmão”, ou “Dia da Irmã”. Pois,somos sangue do mesmo sangue, e filhos do mesmo Pai celestial.Que não haja troca de presentes entre si. Apenas, gestos,atitudes e relação de perdão, gratidão, carinho e de amizade. Queneste dia, não seja dado nenhum caramelo ou chiclete. Será um diapara ser lembrado, e esquecer toda a mágoa, ressentimentos,disputas etc. Será um dia de sorrisos, e total esquecimento daspicuinhas.Por isso, os adultos precisam aprender uma lição com ascrianças. Quem não se lembra da frase: “ Estou de mal de você” evirava a mão. Daqui a pouco, as crianças estavam brincandonovamente, e esquecia todo mal feito anteriormente. Não acontececom os adultos, quando ficam de mal, ficam de mal pelo resto davida. Não aprenderam a lição das crianças. Jesus disse “Quem nãose tornar como uma criança, jamais entrará no Reino dos Céus”.O mundo está em guerra, Israel é irmão do Líbano, e nãoconseguem a Paz. De lá, porém nasceu o Príncipe da Paz,deixaram suas palavras, deixaram os seus conselhos, e deixaramde viver as suas Palavras.Os irmãos não se entendem, não se perdoam, não procuramuma forma pacífica e amigável para cessar o fogo. No mundo, jáexiste muita miséria, fome, maremotos, terremotos causado pelanatureza. Agora, os seres criados com inteligência, não sãocapazes de se entenderem? Por quê?
  35. 35. Campo Grande - MS Élcio Cunha36“Portanto, meu dileto, aqui está a minha defesa da criaçãomundial do “Brother’s Day” e juntamente com o ‘‘Sister’s Day” nomundo inteiro, e que nesse dia comece em cada lar, cristão e nãocristãos, céticos e incrédulos, amigos e inimigos, todos, nesse dia,deverá lembrar que pelo menos um dia do ano deverá ser pelaPAZ entre irmãos.30 – QUANDO UM HOMEM SE TORNA FORTEQuando somos crianças, e estamos naquela fase deaprendizagem, tudo parece novidade. Lembro-me quando aprendiandar de bicicleta e levei aquele tombo. Doeu a poupança. Mas,não desisti de pedalar. Continuei até aprender. Às quedas,estamos sujeitos. Porém a fortaleza do homem consiste emlevantar toda vez que cair.Quando um homem se torna forte. Quando ele se levanta deuma queda, de duas, de três, de quatro etc... Todos cairão. Semdúvida. Por que? A semente de Adão é incontestável. Quandoescreveu, ele foi claro: “Todos pecaram e destituído estão da Glóriade Deus”. Então, erramos o alvo. Como diz um deputado sul-mato-grossense não existe “decorozinho parlamentar” e nem “decoroparlamentar”, e nem grande “decoro parlamentar”. Não resta dúvidatambém que as transgressões do homem perante o Senhor não sãodiferentes. Vamos nos colocar na balança “Santa” e verificar o pesodas nossas faltas.O que faz um homem forte e quando ele se curva e volta aoSenhor. O único que pode julgar o homem é o Deus Todo-Poderoso, entretanto, o julgamento humano não passa deimperfeitos. Os nossos julgamentos são carregados depreconceitos.Os homens quando chegam ao poder, os seus pensamentose caminhos prostituem em palavras e ações do próprio “status ”. Oque faz um homem novo e quando ele cai, mas se levanta. Quandonão sobe o poder na cabeça, e quando reconhece suas fraquezas elimitações.Quantas quedas você tem enfrentado? Muitas. Muitos caem eficam prostrados. Parecem que se esgotaram as suas forças.
  36. 36. Campo Grande - MS Élcio Cunha37Alguém ao querer ajudar o seu próximo disse: “O cair é do homem,mas o levantar é divino”.Contudo, tenho visto homens e mulheres que caíram selevantaram. O rei Davi foi um bom exemplo, o homem segundo ocoração de Deus, caiu, adulterou, matou, roubou. Mesmo assim,arrependeu-se de tudo aquilo e voltou um coração quebrantadoperante o Senhor. Mais tarde, ele exclamou “Cria-me, ó Deus, umcoração puro e renova-me um espírito reto”.Meu caro amigo, como você tem feito? Caiu e tempermanecido no fundo do poço. Lembra-se que “Eis que a mão doSenhor não está escolhida para que não possas salvar”. Arrepende-se, repare o dano cometido, e volte-se para Deus. Umas dasterríveis transgressões humanas é o chamado “Orgulho”, porqueele dificulta o homem ou mulher de reconhecer que errou, deixar oerro, consertar o caminho e abrir espaço para o Salvador entrar,perdoar e sarar toda a ferida. Tome uma decisão apropriada,levante-se e siga em frente.31 – POR QUE GASTAIS COM AQUILO?Uma das recomendações de Isaías para o povo de Deusseria: “Por que gastais aquilo que não pode satisfazer?”. Aspessoas querem gastar até porque o consumismo toma conta.Quem ganha muito gasta muito e quem ganha pouco gasta pouco.Há, porém, os que não ganham e gastam. E aquelescomeçam a “fazer bolas de neve”, e levado pelas emoções, passama usar a modernidade, o cartão de crédito, o crediário e assim vai.A ganância tem feito muitos escravos de suas preocupações,principalmente, quando é divulgado o prêmio milionário. Entretanto,levado pela ganância de querer ganhar, quantos pais, tiram o pãoda criança para jogar fora. Observem bem, que está lançando o seupão ao desperdício. As filas são enormes, e pessoas pensam queficaram felizes, quando ganharem “os milhões prometidos”.Uma paixão “ilusória”, seus entes passam necessidades, ásvezes até passam fome pensando em conseguir algo facilmente.Porém, a Palavra de Deus, diz ao contrário, “que o homem teria que
  37. 37. Campo Grande - MS Élcio Cunha38viver do suor do rosto”. Um cascalho que vem fácil, ele se vaitambém facilmente.Portanto, quando Isaías, o profeta aconselhara o se povo, eleo fazia com singeleza de coração. Deixe o seu coração em paz, asriquezas granjeadas com pressas com a mesma intensidade, elasirão. Enfim, procure as melhores riquezas, dentre elas a virtude, afé, o amor e a esperança no Senhor Jesus.32– OS CONCEITOS ESTERIOTIPADOSA definição de certa palavra depende do ponto de vista dealguém. Depende também, por quem ela é conceituada. Vamos aosdetalhes. A sociedade diz que “Um sujeito é ladrão”, quando eleapropria algo de alguém. Pois bem. A Lei existe e se alguém forpego com algo de alguém, o sujeito é tachado de “Larápio”.Porém, esse conceito ele é apenas aparente. Quando o atoparte de baixo para cima, então classifica o sujeito como“criminoso”, entretanto, quando a ação vem de cima para baixo,denomina-se “erro”. Então, vemos dois conceitos dissociados edivergentes.Começando pelo conceito da cúpula. Os cidadãos em geralpossuem uma conta corrente, para movimentação financeira, equando um banco oficial subtrai de um correntista o valor de R$100,00. Para melhor exemplificar, um cidadão comum, ele emite umcheque de R$ 83,00, e o banco desconta o valor de R$ 183,00.Verifica-se matematicamente que existe uma diferença a maior deR$ 100,00. Quando você vai ao banco, e prova que a+b=c, aresposta que encontra “Foi um erro”, “Me desculpe”, “Vai procuraros seus direitos”.Doutra sorte, o mesmo cidadão simples. Ou por se deixar atentação, a ganância, a vil concupiscência ofuscar os seus olhos, eentra no mesmo banco. Ele leva os R$ 100,00. É claro que ele usoua força. E isso, a sociedade conceitua “Gatuno”. Por outro lado, a“Nata” quando transgredi o mesmo inciso da Lei Penal subtraindo omesmo valor. O conceito muda de figura, aí se denomina “erro”.E diante do Criador? Como fica? Para Ele não existediferença. Todos pagarão pessoalmente. A prestação de contas é
  38. 38. Campo Grande - MS Élcio Cunha39individual. Eu não posso prestar contas pela minha esposa e nemela por mim. As contas são pessoais. Portanto, amigo, todosenfrentaremos o Tribunal do Senhor para prestarmos contas. OSenhor Jesus aconselhou, “até das palavras ociosas” daremoscontas. Entretanto, não estou aqui para ser o “Juiz”. Mas, paraapresentar-lhe o seu Advogado no dia de hoje: Jesus Cristo. Elepagou o preço na Cruz do Calvário, e lá as suas vestes foramlavadas e os seus pecados perdoados!33 – O QUANDO TRATAMOS O PRÓXIMO COM MISERICORDIANós sabemos que o homem, por Natureza, é pecador. Porisso, não se espera que vá fazer tudo perfeito. Esta relação dohomem com outros em toda a esfera de vida lhe irá proporcionaruma relação de imperfeição.Aqui na Terra não existe uma hierarquia de superioridade dequem quer seja. Um não é maior que o outro. Sabendo que o limiteda perfeição é chegado para o homem mortal.Há quem trate o outro de maneira arrogante. Pensando que ésabe tudo e faz corretamente. O que não é verdade. O erro énormal para todos. Todos estão sujeitos a erros, e por mais que seesforce, faz parte integrante da humanidade. O que algunsesquecem é de compreender o que fez por desconhecimento ou poroutra motivação.Jesus não deu motivo para outros criticarem seussemelhantes. Pode-se verificar que Ele respondia com mansidão aotratar os publicanos, tipo de pessoas rejeitadas pela sociedade daépoca. O publicano era desmerecedor de crédito, no entanto, Jesusveio e disse você tem crédito comigo. Você recebe o meu perdão,seja de qual for tamanho.A necessidade principalmente da humanidade é reconhecerque é pecador e que precisa de Deus, por meio de seu planosalvífico. Os que não reconhecem não são impelidos a força a tereste reconhecimento dos seus pecados. Quando tratamos depecado que impedem a comunhão com Deus, estamos falandodaquilo que impede de ter a paz com Ele próprio.
  39. 39. Campo Grande - MS Élcio Cunha40Mas a marca extraordinária do cristianismo é atitude desocorrer o homem em suas necessidades espirituais. Porqueprecisamos de Deus para que ele supra as fraquezas e nosfortaleça. Quando Paulo escreve dizendo: “Posso todas as coisasnAQUELE que me fortalece”. Permite ele fazer tudo desde que saiafortalecido ou robustecido. Se um pensamento de origem escusatentar-me a prática ilegal. Devo-me recorrer a Aquele que mefortalece.Dificilmente a sociedade trata com misericórdia o seu próximo.Nós temos que ver o próximo com “olhos de misericórdia”. Mas doque nunca, Jesus Cristo, soube aplicar seus ensinos com ajudadaquele “ Q “ precisava ser curado, ser perdoado, ser transformadoe ser levantado.34 – UM SINAL GRÁFICO PODE MUDAR SEU ENTENDIMENTOUma frase que tipicamente muito interessante, face acolocação de um pequeno sinal gráfico. Quando Jesus disse aPedro que “Antes que o galo cante três vezes me negarás”.Insurge-se daí que ao colocar uma vírgula depois do cante, vocêterá um sentido. O significado seria antes do cocoricó do galinho,Pedro iria negar Jesus por três vezes.Quando você coloca a vírgula depois da palavra “Vezes”,teríamos então um valor semântico diferente. O galo iria cantar aquantidade de três, e Pedro negaria apenas uma. Percebemosentão, um sinal pode mudar o rumo das coisas.Somente quem conhece a história bíblica por meio dos relatosdos evangelhos sinóticos poderia perceber a trajetória dos fatos.Nos filmes dos dias atuais têm modificado sensivelmente a direçãodo foco natural do cristianismo.O uso que fazemos das palavras relacionadas com a históriapode-se criar uma versão diferente. E essa versão pode transmitirum teor contrário ao exposto pelo autor.Na história ilustrada de Jesus e Pedro simboliza o preço quePedro iria pagar mais tarde. Ele que estava disposto a suportar tudopor amor ao seu Mestre, logo, passado um tempo estaria elemesmo negando uma fé inda não substanciada em Cristo.
  40. 40. Campo Grande - MS Élcio Cunha41Isso fora observado no contexto da língua portuguesa. Nohebraico não poderia dizer o mesmo. Mas, acentua-se aqui que umelemento sinalizado poderá causar no receptor uma compreensãocorreta ou equivocada.Outro fator a observar que o fato aconteceu pela manhã.Geralmente os galos cantam de manhã. Esse acontecimentoocorreu após a madrugada que se aproximava à Páscoa e Jesushavia passado a noite em sofrimento. E bem cedo, antes mesmodo galo cantar, Pedro haveria de demonstrar sua negação deconhecê-Lo.Porém, a própria fala o entregava. Ele conviveu com o Mestrepor mais de três anos, e nessa comunhão, ele aprendera comodizer, expressar, e posteriormente a utilizar a autoridade concedidapelo Senhor. Por mais que ele se esforçasse, ele não saberia nemmentir porque os seus gestos e articulações verbais estavamcontundentes na vida de Pedro.Portanto, diletos, a forma como queremos dizer as coisaspoderá ser interpretada diferente, quando colocamos uma partículaem lugar inapropriado. Produzindo dessa forma, novosentendimentos que podem simplesmente estagná-lo na ignorânciaespiritual ou colocando adequadamente poderá ajudar as pessoasa conhecer o verdadeiro caminho. Pois bem que nenhuma vírgulapossa desvirtuar a Fé em nosso Senhor Jesus Cristo.35 – O MUNDO ESTÁ A SUA ESPERAA manifestação dos filhos de Deus está sendo vista comouma estagnação neste presente século. O que acontece quando osfilhos atuais não se manifestam diante dos fatos do dia-a-dia. Logo,todos pensam que o mundo só tem um lado.Seria impossível dizer que uma moeda tenha apenas um lado.Ela tem duas faces, portanto, dois lados. Ou é cara ou é coroa. Osdois lados estão lado a lado. Porém em lados os opostos não dãopara uni-los e nem ajuntá-lo. Todavia segue-se junto.O parasitismo dos cristãos consiste na paradeira geral.Permita-me dizê-lo desta forma. A vida requer movimento edinamismo, como dizia os gregos dunamis, no sentido de que a vidaestá em constante movimento.
  41. 41. Campo Grande - MS Élcio Cunha42O lado oposto da moeda desenvolve-se com mais rapidez.Digo isso, referindo-me que os cristãos que crêem num só Deus enum só mediador entre Deus e os homens. Dessa forma, ficam elesmesmos esquecidos de sua própria fé em momentos dedificuldades, situações catastróficas, em flagelos como a dengue.Há crente que mesmo diante de uma mordida do mosquitoesquece de alçar a sua voz até o Trono majestoso do SenhorJesus. Ele, não eu, tem a autoridade sobre qualquer espécie dedoença e que coisas possam afetar a vida dos seus filhos.Pois nós o consideramos como Pai? E qual é o pai queabandona os seus filhos e não leva o alimento diário, e que damesma forma dispensa “amor paternal” nos cuidados diários eenseja o bem de sua linhagem. Faz parte da vida sucedânea ocuidado familiar por seus membros. Ele, o Senhor, não nosabandona inda que uma mãe pode abandonar os seus filhos.Os que mais descuidam são os que o chama de Pai, é queeles mesmos esquecem que Ele é Senhor de toda a Terra e de Juizde todo Universo.Por isso, uma exortação aqui, merece a sua atenção. Omundo com suas novidades e vislumbres podem levá-lo a nem selembrar que Ele existe. Porque pode abafá-lo em reconhecer a SuaMagnitude e Poder sobre a vida dos genuínos filhos de Deus.36–EM QUEM TEMOS CRIDO!O cidadão de hoje tem crido mais nas criaturas do que nopróprio Criador. Digo isso, devido, as influências que o própriohomem (dominador) plastifica o outro a ser dominado por elepróprio.As pessoas passam a crer no aspecto humano dos fatos queacontecem no mundo exterior. O mundo tem existido e continuaráexistindo, o fim pode estar próximo ou distante. As pessoas tendema ficar cheios de temores e tremores.Um tremor aqui e outro ali, ainda assim não será o fim. Noentanto, os sobreviventes deste planeta têm de forma radical
  42. 42. Campo Grande - MS Élcio Cunha43acelerado a destruição. E isso por conta de ganância pessoal.Refere-se ao que detêm o Capital por conta de “ganhar mais” ouquestão de querer além. Por isso, a sociedade necessita refletirsobre avanços que podem tornar-se prejudicial às futuras gerações.Não se via falar de tremores no Brasil. Porém, já se ouve. Eisso, pode-se provar que os humanos estão cometendo atrocidadescom o “Jardim de Deus”. Aqui, era o paraíso para o primeiro Adão.De lá para cá, o homem entregou o domínio ao “inimigo” do Senhor.Desta forma, o homem não domina mais o que era seu por direito.Mas, há uma esperança. Quando houver o retornou do Reidos reis para governar, não aqui, como esperava os israelitas dopassado. No sentido espiritual, o domínio próprio nas vidas depessoas que foram impactadas pela Sua presença.Cristo veio para resgatar o homem de volta a sua origem. Enós não estamos sozinhos neste planeta, há Alguém que olha porvocê, e tem especial atenção. Os seus cuidados Paternos são fiéise duram para sempre. Ele, não poderia contrariar suas próprias leisespirituais. Enfim, lembre-se que Jesus veio trazer: “Vida e vidacom abundância”, e acrescenta um notório pregador sacro: “Eu seiquem tenho crido, e é poderoso para guardar o meu tesouro, até odia final”.37 – A CONVIVÊNCIA EM FAMÍLIAA vida nos mostra várias facetas. Entretanto, o que chama aminha reflexão é a convivência entre as pessoas. Você convive compessoas? Acredito que sim, vivemos, relacionamos, trocamospalavras etc. Mas, um fator que chama para pontos convergentes.Onde queremos chegar.Os antigos lemas diziam: “É preciso comer um quilo de salpara conhecer uma pessoa”. São sentenças proferidas no intuito deque é preciso conhecer. Conhecer se torna prematuro dizer numnível de convívio muito leve ou virtual.A convivência acontece pelos dias, meses, anos a fio. Elessão marcados pelas capacidades estruturantes que cada pessoapossui. Quando se fala de capacidade, vamos dizer capacidadesuportar, de perdoar, de esquecer leves ofensas, de entender emque estado o companheiro pronunciou ou reagiu frente às situaçõessimples ou complexas.
  43. 43. Campo Grande - MS Élcio Cunha44A capacidade de suportar é limitada. Nem todos estãopreparados suportar cargas pesadas de tensão. E isso sedesenvolve à medida que a pessoa se prepara para suportar taissituações. A estória de que o feijão só torna bom, após muitapressão na panela. Isso é uma teoria que não aplica a todos osindivíduos. Os suportes de pressões variam de crianças a adultos.Por isso que a pressão social, ela é vencida, quando você torna oopressor mais fraco, pela capacidade de junção com outros emequivalência de vivência.O perdão é uma das artes mais difíceis para o ser humano.Seria para nós, dificílimo superar as atitudes ou fatos que outrosnos causaram. No entanto, é a forma mais simples de vencer todo omal advindo, ou melhor, a troca, a devolução de um ato maldosopor um bondoso que contrapõem em qualidade.Jesus soube além da teoria, por em prática, quando estevepregado na Cruz, ele disse: “Pai, perdoa-lhes porque não sabem oque fazem”. Um estado de superação humana para um divino.A capacidade de esquecer “leves ofensas” numa convivênciafamiliar ocorre normalmente às ofensas proferidas. Cabe,entretanto, ignorá-las porque elas vêm em momentos dedesconfortos emocionais, biológicos, em se tratando de queridosque estão famintos, a exemplo: sede, desejo da libido, paixõesatordoadas pela visão ou audição. Enfim, há fatores que motivam ooutro a agir ou reagir impetuosamente.A convivência leva-nos a entender o humano. Entender quetodos têm necessidade de afeto, carinho, fisiológico, o básico,satisfação são coisas pertinentes ao cidadão como um todo. Eaquelas necessidades não sendo atendidas projetam na pessoaações que jogam ao mundo ao seu redor. Você esteve diante de umfaminto que o perturba insistentemente dizendo: “ Estou com fome”.E a insistência vá perturbando e isso o motivo a solucionar o estadofamigerado de o descontrolado alimentar.Portanto, dileto, a vida requer de nós a sabedoria. Não aquelainstituída nos cursos e nos bancos escolares. A promoção da pazfamiliar requer, além de letramentos, uma convivência de paz, deentendimento que excede a todo conhecimento, enfim, a viverjuntos por mais longo tempo.
  44. 44. Campo Grande - MS Élcio Cunha4538– SEJA COMO O BOLDOVamos comentar sob um aspecto da planta em si. Ela servepara diversas finalidades. Destaca-se o uso intestinal, quando aspessoas não estão bem do estomago. Elas amassam as folhas ecolocam num copo d’agua e bebem.Elas contêm essenciais que ajudam o mal-estar daalimentação que geram problemas estomacais. Principalmente nosalimentos que causam ou afetam a sensibilidade das florasintestinais. Neste caso, é bom conhecer e estudar o assunto commais profundidade, buscando nas literaturas ou informando-se comum profissional habilitado.Porém existem outras lições que podemos aprender com oboldo. Cuja experiência, fora confirmada, por práticas vistas.Experimente retirar uma muda de boldo, e corta em quantas partesquiser. Depois, plante em vários lugares. Logo, descobre-se queaquele ramo plantado, irá criar raízes, firmar seus raminhos e logose tornará uma planta com folhas, embelezando todo o jardim.Assim deverá ser a vida dos cristãos. Por mais que o mundotente afligi-lo, cortá-lo, desfalecê-lo são semelhantes ao ramo doboldo. Ele renasce como um rebento em terra seca. Quando cai aprimeira chuva, ele torna a ser novo. Fiquei impressionado com ofloreamento do Boldo.Portanto, para extrair lições dessa planta. É mister estarligado ao Senhor dos Ramos, Jesus, ele mesmo havia dito aos seusdiscípulos que sem Ele nada podeis fazer. Significa que estivermosligados a Ele a produção de frutos ou novo rebento surgirá dedentro de você. Pense nisso.39 – O FRIO ESTÁ CHEGANDOEsta época do ano que muitos pensam que é melhor ficardebaixo dos cobertores. Por outro lado, requer de cada um adisposição para a vida. A vida nos chama para luta diariamente. Ohomem que habita na terra não pode parar. O frio faz parte doquadro atmosférico da Terra, a queda adâmica trouxe a nósmortais, e ficamos sujeito a tê-lo.
  45. 45. Campo Grande - MS Élcio Cunha46O frio, o calor, a primavera, o verão as quatro estações doano. Todas se repetem anos após ano. Quando os anos vãopassando, temos que ganhar experiência com eles. As doenças serepetem. Precisamos saber lidar com elas principalmente no frio.Não significa que ficaremos acochoados dentro de casa,estagnados para o tempo passar.Para alguns o frio o desperta para os movimentos. Há, os quesentem mais ânimo nesse período do ano. As energias podemacumular, ou as pessoas querem consumir mais alimentos.Entretanto, se faz necessário para o despertamento para asatividades físicas. Se há água parada é logradouro dos mosquitos,muito mais nós, parados no tempo e no espaço. Não podemos. Porisso anime-se, coloque-se para as caminhadas.O frio também pode nos despertar para a caridade, diríamos,uma caridade não de toques de trombetas. O mundo toca suatrombeta quando realizada suas benevolências para serem vistospor outros. Dizendo assim: “Olha como eles são bonzinhos, ajuda atantos”. Os objetivos são manifestos e querem os aplausos deoutros, ou reconhecimentos de bondades visuais ou olhares deoutros.Porém, não será assim, com os seguidores de Jesus Cristo.Não toques a Tuba ou Trombone. Faça tudo em silêncio, porque oNosso Pai Celestial o vê, e em secreto o recompensará. A nossaatitude deve ser de servo que sirva com liberalidade, sem, noentanto, mostrar ao mundo que você faz, pensando na recompensa.Portanto, o que precisamos é não possuir um coração frio,porque ele (o frio) esfria até a alma dos nobres. Precisamos simesquentar um coração. E que as nossas ações falem conformeestabelecem os ensinos do Mestre Jesus. Porque o frio vem e vai,assim como aquele que dá e com certeza terá o mesmo retorno,daí, surge a frase célebre do pregador “É melhor dar que receber”.Enfim, mostre que o frio pode ser coberto com as chamas do Amor.Ele é Amor e quem está nEle, com certeza, poderá retransmitir asua própria essência. Viva isso!40–O HOMEM QUE DISTANCIOU DE JESUS!Um homem vendia pamonha. Sua voz saía como um cânticomusical, melódica: “Pamonhaaaa”. Sumia o som como uma forma
  46. 46. Campo Grande - MS Élcio Cunha47sonora e melodiosa. Então, um cidadão perguntou-lhe: O senhor jácantou na igreja ou num coral. Ele respondeu que sim. Já participoude uma igreja evangélica?*. Já fez parte de um grupo musical. Eledisse que sim.Depois, conversa vai e vem. Ele perguntou: Jesus te abandonou?Ele respondeu: "Pelo contrário, eu que O tenho abandonado". Qualé a causa de seu afastamento do convívio dos crentes. Ele não quisentrar, observei atentamente a sua atitude de não querer responder.Porém, disse que de vez em quando visitava a igreja. Comprei-lheuma pamonha, e despedi-me perguntando o seu nome? Elerespondeu educadamente: "Antonio".Percebe-se que ele se afastou do Senhor Jesus. Em nenhummomento, ele quis atribuir ao Senhor algum fator ou algumaobservação pela qual motivo fosse o seu afastamento. Temos vistosmuitos afastados que sentem a vontade retornar para casa Paterna.Todavia, sente-se amedrontado, tímido, envergonhado. É claro queeles não vão se abrir com qualquer pessoa na rua, sobre o motivoque o levou afastar-se.Geralmente, é por conta do "pecado". Ele o leva a repelir dacomunidade de salvos. Ele separa o homem de Deus. Ele éinstigado pelo "Inimigo". Não podemos atribuir a falta a "X". Agora,não teremos uma igreja perfeita, porque ela é composta de pessoasimperfeitas. Sabemos que o Senhor da Igreja é Jesus Cristo, Elesim é perfeito e justo. Muitos quando erram ficam em silêncio eguarda para si o seu erro. O erro fica acumulado na consciência, eisso vai martirizando - o por muito tempo, e logo, ele se afasta doconvívio espiritual de sua comunidade, por não encontrar apoio, ouajuda espiritual para que vença a fraqueza ou seja perdoado pelopróprio Senhor Jesus.Outro motivo, por terceiros que podem ter imposto uma barreirapara que o impeça de prosseguir na fé. Por causa de fulano meafastei, jamais eles dizem por causa do Senhor. Esses empecilhosdevem ser quebrados, refeitos e restaurados.Portanto, meu amigo (a) você que se afastou do Senhor. Lembre-seque as misericórdias do Senhor são as causas de não sermosconsumidos. Eis que o Senhor Jesus está de braços abertos, teesperando para que você volte a Ele. Permita-me que Jesus cureas suas feridas, as mágoas acumuladas, não sei, quanto tempo tem
  47. 47. Campo Grande - MS Élcio Cunha48sofrido pelo seu afastamento de seu Deus. Hoje é um dia aceitável,perdoa-se e aceite o perdão de Jesus.41– O HOMEM ESCRAVO DE SI MESMOO que pode escravizar um homem? Um domina sobre o outrode várias formas. Pode dominar pelo poder “capital” que tem sobreo outro. Pode dominar pelo conhecimento que possui e inseriridéias mirabolantes sobre um grupo ou uma sociedade. Issotacitamente visível por meio de fábulas ou crendices populares.Elas imprimem no pensamento humano uma idéia dominante paraum subordinado.O paralelo entre dominador/dominado existe há muitos anos.O indivíduo para ser escravos das normas inventadas pelasociedade: cumprimento de horário com desculpas de disciplina,cumprimento de obrigação, instituído por homens que sobrepõelegislativamente sobre o outro. Sobretudo, no que se refere aprimazia que ele possui sobre o outro. As leis passam sersoberanas para os subordinados e se revestem de senhorio para oslegisladores.De uma forma ou de outra, os grupos sociais tentam imporuma forma de superposição. Mesmos entre os marginalizados oudistanciados de grupos elitizados. Eles possuem suas normas esubjugam os seus dominados. Trata-se de grupos de poderioparadoxalmente ao sistema vigente.Há os escravos de si mesmo? Escravo do medo, doscomplexos, dos vícios, dos pensamentos impostos por outrem a fimde sobrepor. Geralmente colocados pelo adversário do homem.A escravidão de si mesmo depende unicamente de você. Sevocê resolver a partir de hoje, tomar um novo rumo. Vou praticarcaminhada, e levar a sério, e isso pode melhorar seucondicionamento físico.Tomar uma decisão de parar de fumar, sabendo dosmalefícios que o tabaco lhe causa. Sem dúvida que é difícil. Hámilhares de pessoas aprisionadas pelo fumo. Elas sabem que issofaz mal à sua saúde. E a nossa luta é a sua conscientização dosvalores trocados do homem sobrepondo o outro. Com vontadeapenas de lucros produzidos, e não uma sociedade sadia.
  48. 48. Campo Grande - MS Élcio Cunha49Alguns se tornam presos de seus próprios pensamentos que oarrastam para baixo. São forças que querem torná-lo infeliz. Deusfez o Homem e Mulher para serem felizes. Libertos de quaisquercoisas ou subordinante humano o espiritual que lhe cause ainfelicidade.Enfim, dileto (a) busque ser livre dos pensamentos que lheatacam durante toda a sua vida. Pois aquele que diz “Conhecereis averdade, e a verdade o libertará”. Conheça aquele que é oCaminho, a Verdade, e a Vida.... e o seu nome é Jesus.42 –VISITA EM LUGARES DO SABER!As escolas de um modo em geral levam os seus alunos avisitar lugares no intuito de transmitir conhecimento, para associar aprática/teoria a fim de que o aluno saia das quatro paredes doeducandário. Que a educação não se pode apenas mensurar emlivros didáticos ou paradidáticos.Todavia, o que acontece geralmente, são promoções de idasa empresas de refrigerantes, de alimentos do tipo “Junk food”, istoé, produtos industrializados. As crianças gostam, há um incentivobasicamente a busca de conhecimentos muito dissociado dos livrostécnicos ou científicos. Porém, a ênfase é finalística, manter acriançada atrelada a produtos e gostos alimentares menossaudáveis.Essa atitude baseia-se apenas em desconhecimentos teóricose práticos do que estão escritos nos livros. Na verdade, passa-seapenas a ser uma diversão. Onde lá, num preço razoável, ascrianças se divertem e mantém pessoas em afeiçoadas ao produtoque produzem.Entretanto, a escola não faz bem nesse sentido. Os objetivoscentrais da escola se enquadrariam no foco de visita à guisa deexemplo a Biblioteca Central da UFMS, recém inaugurada. Umlugar que os alunos de todas as escolas públicas e privadasdeveriam visitar. Para que no futuro tenhamos meninos e meninasvoltadas para o crescimento intelectual de nosso país.
  49. 49. Campo Grande - MS Élcio Cunha50E esse movimento deve nortear os eixos teóricos de cadaescola. A visita a outras bibliotecas municipais e estaduais queestão abandonadas e empoeiradas. Ficam à mercê do poderpúblico que pouco incentiva a cultura do “Ler”, do “Pesquisar”, do“Raciocinar”.Os ânimos estão faltando aos mestres, aos supervisores, aosdiretores que por encargo da ocupação poderia também ler pelomenos dez livros anuais desde que suas posses o permitam. Arotina escolar destroça o vislumbre de horizontes promissores,porém, um pouco de esforço poderia ser suficientes paraexemplificar e dar exemplos extraordinários.Enfim, precisamos resgatar e motivar as crianças de hoje, avisitar as bibliotecas com vistas a despertar no brasileirinho (a), hojebebê, amanhã um cidadão consciente de suas raízes.Educadores! Convoco-lhes para este míster na tarefa decolocar em seus pupilos a ardente necessidade de apaixonar-sepelos livros que estão em suas bibliotecas. Comece, leia, reflita edesperte em seus filhos o gosto pela leitura.43 – AS FRAQUEZAS SÃO GUARDADAS!Os crentes afirmam crer num Deus verdadeiro e todoonipotente. Ademais, todos os cristãos e religiosos que professam acrença nEle. No entanto, as pessoas tendem a revelar as suasfraquezas por meio de exposição pública. Principalmente, naquelasem que a subsistência põem a prova toda a sobrevivência.Nos tempos históricos de Moisés, o Senhor provou ao seupovo, mostrando que era possível sustentá-los no deserto. Elesustentou poderosamente. Assim foi, Ele enviou o “Maná” dos céuse povo ficou satisfeito. Outrora, eles queriam comer carne, e deoutro modo, foram e chegaram a eles toneladas e toneladas decarne. Comerem até se enfastiaram. Eles viram a provainequívoca da sustentabilidade divina. Mas, não ficaram saciados emurmuravam constantemente.Nos dias de hoje observamos que há evangélicos quemendigam o pão e expõe as suas fraquezas diante do público. Eisto pode ser motivo de zombaria por parte dos incrédulos ou ditos

×